HomeSaúdeCrise de ansiedade: O que é, sintomas físicos, teste, o que fazer...

Crise de ansiedade: O que é, sintomas físicos, teste, o que fazer e controle

-

Você sabe o que é e como identificar uma crise de ansiedade? Por mais que se pareça com algo simples, nem sempre é tão fácil identificar quando é apenas um “arrepio de nervosismo” – que geralmente ocorre no momento de apresentar um trabalho, de conhecer pessoas novas – ou quando se trata de um problema na saúde, que pode impactar diretamente nas relações pessoais. 

Neste artigo, iremos abordar um pouco mais sobre o que é a ansiedade e o que fazer durante um momento de crise. Portanto, continue a leitura conosco para saber mais sobre. 

O que é crise de ansiedade?

Crise de ansiedade
Créditos:br.mundopsicologos.com

A crise de ansiedade ocorre em um momento em que o indivíduo entra em um momento semelhante a uma crise de pânico. Por isso, é comum sentir sintomas relacionados a ataque cardíaco e até mesmo tremores, dores de barriga e, se for persistente, dores no corpo. 

Diferente do que se imagina, a crise de ansiedade não ataca somente o psicológico, como também proporciona uma série de sensações físicas de mal estar: tremores, diarréia, falta de ar, batimentos acelerados, pupilas dilatadas e choro excessivo.  

O que fazer quando está com crise de ansiedade?

Existem muitas dicas distribuídas nos meios online por psicólogos que podem auxiliar a controlar um momento de tensão. No entanto, o mais indicado neste caso é ir em busca de atendimento especializado: o profissional poderá auxiliar de forma prática a como controlar a crise.

- Continua Depois da Publicidade -

Existem metodologias para todos os casos e, em alguns deles, será necessário fazer o uso de medicamentos como Fluoxetina, Rivotril e Risperidona (também utilizado para tratar ataques de pânico em autistas de grau moderado e grave). 

Leia também: Teste de crise de ansiedade: Como testar e saber se tenho este mal

Quais os tipos de sintomas físicos da crise de ansiedade?

A crise de ansiedade se manifesta no indivíduo de várias formas diferentes. Por isso, nem sempre é possível determinar sintomas idênticos para todos os públicos. João pode sentir B e Maria pode sentir A. 

No entanto, separamos abaixo uma lista de sintomas mais comuns

  • Dores abdominais; 
  • Dor de cabeça e atrás dos olhos; 
  • Dificuldade em sentir prazer ao se alimentar com comidas que gosta; 
  • Tremores; 
  • Diarreia; 
  • Músculos tensionados; 
  • Visão turva e esbranquiçada. 

Leia também: Frases de crise de ansiedade: Como acalmar e ajudar alguém por mensagem

Teste para saber se está com crise de ansiedade: Passo a Passo

Para saber se está com uma crise de ansiedade, psicólogos desenvolveram um teste em parceria com psiquiatras com cerca de 21 perguntas chamado de DASS-21 (Depression, Anxiety and Stress Scale). Ele tem a capacidade de responder e diagnosticar o indivíduo em menos de 5 minutos. 

Para isso, basta aplicar a nota 0 para a questão de ela não se aplica ao caso, 01 se ela aplicou-se em algum grau ou por pouco tempo, 2 se ela aplicou-se em um grau considerável ou por uma boa parte do tempo e 3 se é algo constante do dia a dia. 

Veja as frases abaixo e some a pontuação final para descobrir qual o seu resultado: 

  1. Acho difícil me acalmar durante boa parte do dia; 
  2. Minha boa fica muito seca; 
  3. Não estou conseguindo ter momentos positivos no meu dia a dia;
  4. Sinto a todo instante que estou prestes a ter um ataque de pânico;
  5. Sofro com dificuldades de respirar quando estou em momentos desconfortáveis; 
  6. Não consigo tomar iniciativa para tomar uma série de decisões; 
  7. Costumo reagir de forma exagerada em muitos momentos; 
  8. Sinto tremores; 
  9. Sinto dificuldade em controlar as pernas e braços; 
  10. Sinto que estou sempre nervoso, como se algo estivesse me incomodando a todos os momentos; 
  11. Estou agitado durante boa parte do meu tempo; 
  12. Tenho a sensação de que as pessoas não vêem nada de positivo em mim; 
  13. Acho que é difícil de me manter relaxado, inclusive nos meus momentos de lazer, quando estou longe do trabalho; 
  14. Tenho a sensação de que estou a todos os momentos fora de mim, que não consigo pensar e há algo “preto” na minha mente; 
  15. Não tenho mais ânimo para realizar as tarefas que antes eram apreciadas; 
  16. Tenho dificuldade em ter prazer ao comer alimentos que antes gostava muito. Parece que as comidas não possuem o mesmo gosto de antes; 
  17. Sei que meu coração está alterado na maior parte do tempo, meus batimentos estão acima do normal para pessoas da minha idade (consultar batimentos antes de responder); 
  18. Sinto medo em boa parte do tempo; 
  19. Tenho a sensação de que serei demitido e / ou que não conseguirei pagar as dívidas; 
  20. Não consigo me concentrar; 
  21. Sinto que não sou capaz profissionalmente e dentro da minha família. 
- Continua Depois da Publicidade -

Quanto maiores forem os resultados, maiores são as tendências de que o leitor está ou esteve em uma crise de ansiedade. O valor máximo obtido na pontuação pode ser de 84 pontos. Se for inferior a 50 pontos, é estimado que seja apenas uma crise menor, que não impacta de forma tão negativa no dia a dia. Mas, mesmo assim, ainda é indicado ir em busca de um neurologista ou psiquiatra. Terapia pode ser uma boa alternativa para encontrar, de uma vez por todas, qual é a raiz do problema. 

Leia também: Teste de crise de ansiedade: Como testar e saber se tenho este mal

Como controlar a crise de ansiedade

  • Quando estiver em momento de pânico, tente tomar um banho com água quente. A água quente pode relaxar os músculos, diminuindo os sintomas físicos de contração e trazendo relaxamento aos braços, mãos e pernas. 
  • Evite tomar bebidas que tenham o poder de aumentar a agitação corporal e da mente, como é o caso do café. Uma crise de ansiedade pode diminuir o sono e causar a insônia, que pode se intensificar com o uso do mesmo. 
  • Se notar que as crises estão afetando o seu dia a dia, a melhor forma para resolver a questão é ir em busca de uma médico especialista para ter um diagnóstico especializado e saber se a questão está associada a qualquer outro fator externo. 
  • “Abraçar um urso de pelúcia”. Por mais que pareça ser uma dica boba, um urso de pelúcia ou coberta que está acostumado a dormir pode ajudar a relaxar e trazer um clima de tranquilidade. 
  • Tome medicamentos ou chás que tragam mais relaxamento aos músculos. Neste caso, a melhor alternativa -e natural – é o chá de camomila. Também existe a possibilidade de tomar suco de maracujá. 

E então, tem mais alguma dúvida sobre o que é a crise de ansiedade e como identificar uma? Comente aqui com a gente para que possamos te ajudar. 

Leia também: Sintomas de crise de ansiedade: O que causa, sinais, tem cura, pode matar?

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -