HomeSaúdeTeste de crise de ansiedade: Como testar e saber se tenho este...

Teste de crise de ansiedade: Como testar e saber se tenho este mal

-

Você sabe qual é o melhor teste de crise de ansiedade? Neste artigo, iremos te ajudar a identificar se está passando por um momento de crise e quais são os principais sintomas.  O problema, que já é questão de saúde pública e virou tema na redação do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) no ano de 2020, vem recebendo mais destaque, principalmente após a venda de calmantes saltar em 17% no mesmo ano. 

Neste artigo, iremos abordar mais sobre o teste de crise de ansiedade, quais são os principais sintomas e o tratamento mais indicado para cada tipo de perfil. Portanto, continue a leitura conosco para saber mais sobre o assunto. 

Estou surtando? Estou ficando louco? Como saber?

Teste de crise de ansiedade
Créditos: vittude.com

Em alguns casos, a rotina pode ser tão cansativa e frustrante, que sequer sabemos o que acontece com a nossa mente: é mais um dia normal ou está acontecendo uma crise constante de ansiedade?  Além do teste de crise de ansiedade, existem alguns sintomas típicos (apesar de não estarem na mesma intensidade em todos os indivíduos) que podem indicar que o indivíduo está em uma crise. Veja, abaixo, quais são eles: 

  • Dor de cabeça constante; 
  • Medo de não ser ouvido ou de ninguém gostar de você; 
  • Sensação de estar sempre sendo observado e avaliado; 
  • Dores na barriga assim como nos músculos; 
  • Compulsão alimentar; 
  • Tremores e palpitação; 
  • Falta de ar e dificuldade em respirar. 

Existe algum tratamento?

Existem vários tratamentos diferentes que são disponibilizados para os indivíduos que sofrem com os sintomas da ansiedade. No entanto, o mais comum deles é através de medicamentos como o Risperidona, que é destinado também a crianças e pacientes autistas que estão tendo crises. O Rivotril também está na lista das alternativas mais famosas.

Para quem não possui os sintomas com tanta frequência, ou que não sente que estejam impactando de forma negativa na rotina, pode optar por tratamentos naturais. 

- Continua Depois da Publicidade -

Neste caso, o suco de maracujá pode ser uma alternativa: possui o poder de acalmar o corpo e de relaxar os músculos. Dessa forma, diminui as dores que foram causadas através das tensões musculares durante o momento de crise. 

Tomar um banho bem quente também ajuda a diminuir o estresse excessivo e as dores corporais. Portanto, também é uma indicação dada por especialistas da área. 

Como faço para saber se sofro de ansiedade?

Existem vários sintomas físicos de ansiedade assim como os psicológicos. Por isso, em um momento de crise, é comum sentir alguns aspectos como dificuldade em respirar, tremores, dores na barriga e dificuldade em falar ou controlar os braços.  No entanto, um diagnóstico online pode acabar sendo perigoso (por tirar diagnósticos equivocados). O mais indicado, neste caso, é optar por se consultar com um psicólogo que irá ajudar a diminuir os efeitos negativos. 

Outro tipo de profissional que pode auxiliar neste processo de descobrimento é o neurologista e o psiquiatra. Ambos podem fazer a recomendação de medicamentos. 

Teste de Crise de ansiedade: saiba o nível que você está

Abaixo, separamos um teste de crise de ansiedade. Iremos explicar como funciona: você deve marcar 0 para as situações em que não se identifica, 1 para as alternativas que acontecem, mas em quantidade muito menor a duas vezes por mês, 2 para aquelas com mais frequência, de uma a duas por semana e 3 para aquelas que são quase sintomas diários.  Ao final, some a quantidade de pontos: quanto maiores forem, mais indicado é ir em busca de um especialista. 

  • Estou diariamente com medo de perder o emprego, de não conseguir me manter estável onde estou; 
  • Não consigo me relacionar com outras pessoas e sinto muito medo de tentar coisas novas, minha sensação é que tudo pode estar desabando; 
  • Há mais de um mês estou sem libido sexual e, quando tento ter relações, não me sinto completo e, em alguns casos, é comum sentir dores e falta de lubrificação; 
  • Estou com dificuldades em manter a concentração no trabalho ou na escola, sinto que isso está me prejudicando  em questões básicas como interpretação de texto ou compreensão do que o outro disse; 
  • Sinto que estou me sentindo mais cansado que o normal. Na maior parte do dia, fico pensando em chegar em casa para poder ficar em silêncio e dormir; 
  • Quando quero falar com as pessoas, sinto que elas não gostam de falar comigo, que elas não se sentem felizes em conversar comigo ou de me ouvir. Tenho a sensação de não ser importante; 
  • Ultimamente, venho sofrendo com a compulsão alimentar. Ou seja, como muito mesmo sem estar com fome e depois me sinto culpado; 
  • Não consigo realizar as minhas atividades durante o dia e, depois quando chega à noite, sinto culpa por não ter feito nada. 

Como pedir ajuda? 

Neste artigo, abordamos um pouco mais sobre o teste de crise de ansiedade e como fazer passo a passo. Também citamos brevemente sobre os sintomas desta doença. Caso esteja passando por momentos difíceis, pode entrar em contato com o CVV (Centro de Valorização da Vida) através do número 188.  O número do CVV também é destinado aos grupos que estão enfrentando problemas com depressão, esquizofrenia ou outras doenças. É uma boa alternativa para quem não possui pessoas para conversar e precisa desabafar. 

Além disso, o CAPES, que foi criado pelo Ministério da Saúde, permite que os brasileiros tenham acesso a especialistas de forma totalmente gratuita. Por isso, não é necessário possuir dinheiro para realizar o pagamento das consultas. E, vale salientar que o paciente ainda tem direito a receber todos os medicamentos através do SUS. 

Para encaminhar o pedido de análise do CAPES, é necessário antes de tudo passar por uma avaliação realizada pelo SUS, Sistema Único de Saúde. O tempo de espera na fila pode variar de acordo com cada cidade. No entanto, pode demorar um pouco mais de duas semanas a um mês. 

- Continua Depois da Publicidade -

E então, conseguiu ter uma noção um pouco maior sobre o teste de crise de ansiedade e ter um diagnóstico prévio sobre o seu caso? Esperamos que tenhamos te ajudado. E, em qualquer dúvida, procure o mais rápido possível um psicólogo. 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -