HomeEsportesPSG: conheça a história e curiosidades do clube europeu

PSG: conheça a história e curiosidades do clube europeu

-

O Psg está sempre se reforçando e buscando atingir seus objetivos.

E para isso não mede esforços, prova disso foi a contratação de Neymar, em 2017, no que foi a maior contratação da história do futebol.

E também na mais recente de um dos maiores jogadores de futebol do planeta, Lionel Messi.

Messi, somado aos outros jogadores do elenco, formam um dos mais bem preparados times da atualidade.

Então, se você quer saber um pouco mais sobre o Psg, conhecer sua história e algumas curiosidades do clube, basta continuar com a gente.

Psg

- Continua Depois da Publicidade -

paris, saint-germain, flag, close-up, football, soccer, europe, uefa,  champions league, paris saint germain | Pxfuel

O Paris Saint-Germain Football-Club, ou como é popularmente conhecido, o Psg, é atualmente o principal clube da França.

Apesar de jovem e de já ter uma história de conquistas dentro do país, o ano de 2011 foi o ano de virada para o clube.

Isso porque, uma grande empresa do Qatar comprou o clube e o transformou em um dos mais competitivos da atualidade.

De certo modo, pode-se considerar que o Psg rompeu as barreiras de seu país, deixando todos os seus concorrentes para trás.

Então, conquistar os seus títulos nacionais, apesar de muito gratificante, andam longe de ser o objetivo do clube.

Todos os investimentos do Psg são voltados para conquistar a tão sonhada Liga dos Campeões da Europa 

Esse é o principal campeonato do continente Europeu, e talvez, junto a copa do mundo, um dos principais eventos de futebol.

- Continua Depois da Publicidade -

Mas, apesar de todos os investimentos, o sonho ainda não foi realizado.

O mais próximo que chegaram foi no ano de 2020, quando ficaram com o vice-campeonato.

Isso, após perder na final para o Bayern de Munich, pelo placar de 1 x 0.

Mesmo assim, o Psg está sempre se reforçando e buscando atingir seus objetivos.

E para isso não mede esforços, prova disso foi a contratação de Neymar, em 2017, no que foi a maior contratação da história do futebol.

E também na mais recente de um dos maiores jogadores de futebol do planeta, Lionel Messi.

Messi, somado aos outros jogadores do elenco, formam um dos mais bem preparados times da atualidade.

História

Village fondation Paris Saint-Germain à Saint-Arnoult-en-Y… | Flickr

- Continua Depois da Publicidade -

O Paris Saint-Germain Football-Club, ou como é popularmente conhecido, o Psg, surgiu no ano de 1970, na própria França.

Tudo teve início com a fusão de dois outros times franceses, algo que foi legalizado pela própria federação do país.

Assim surgia o Psg, que apesar de jovem, não demorou muitos anos para se firmar na principal liga francesa.

No mesmo ano da criação, o time já alcançou essa classe dos principais times do país, se mantendo definitivamente apenas 3 anos depois.

Foram precisos 11 anos para finalmente o Psg conquistar seu primeiro título, ocorrido no ano de 1981.

A taça da frança sempre foi um importante título, por isso esse foi um feito grandioso para o clube, que repetiu a façanha no ano seguinte.

E o seu primeiro nacional veio 4 anos depois, na temporada de 85.

Mas foi realmente a partir da década seguinte que o Psg começou a se consagrar como um dos principais times da frança e do mundo.

Entre 90  e 2000 foram incríveis 9 títulos ganhos, sendo grande parte de expressão, como o campeonato nacional e a taça da França.

Depois disso também houveram muitos outros títulos, mas algo interessante sobre o Psg é sua forte ligação com jogadores brasileiros.

Se atualmente Neymar, Marquinhos e Rafinha tem forte presença no clube, onde o Neymar é o grande nome do time, isso não era tão diferente antigamente.

Diversos jogadores brasileiros fizeram história e foram ídolos com a camisa do clube.

Dois dos principais exemplos são Raí, também ídolo do São Paulo e Ronaldinho Gaúcho, que desfilou seus dribles pela França.

E recentemente Thiago Silva e Daniel Alves também passaram pelo Psg, assim como diversos outros.

Mas independentemente de como estava, tudo mudou para melhor no ano de 2011,  com a chegada de um grande investidor.

A era dos grandes investimentos

Na verdade, com a virada da década, em 2011, o Psg passou a pertencer a uma grande empresa do Quatar, o Qatar Sports Investments.

Desde então o sheik Nasser Al-Khelaifi é o presidente do clube e já foram realizados investimentos astronômicos.

Com a troca de comando e a vinda dos investimentos, o Psg se tornou de vez o maior clube da França, com uma grande expressão mundial.

Dentro do país, basicamente todos os títulos que o clube disputa com inteira disposição, ele consegue vencer.

Apesar de tudo, o Psg quase sempre acaba se frustrando, afinal acabou por se tornar um clube capacitado a ganhar coisas maiores.

E não é segredo para ninguém que o grande objetivo do clube e dos seus donos, é conquistar a Liga dos Campeões da Europa.

E para isso, a cada ano vem realizando mais investimentos, comprando e adquirindo mais jogadores de peso, a fim de montar um time imbatível.

O maior investimento feito pelo clube, em relação a jogadores, foi a contratação do jogador brasileiro Neymar, em 2017.

Nesse período, ele ainda pertencia ao Barcelona, gigante clube espanhol.

Por isso o Psg teve que pagar 222 milhões de euros, 824 milhões de reais na época, para tirar o jogador do clube.

Até então, a maior contratação de todos os tempos, e ganhando os holofotes de todo o mundo na época.

Desde então, o Psg vem buscando alcançar seu grande objetivo, quase sempre chegando nas fases finais do campeonato.

A maior oportunidade surgiu no ano de 2020, quando o time chegou a final da Liga, mas deixou a chance escapar ao perder para o Bayern de Munich por 1 a 0.

A chegada de Lionel Messi

Outra grande contratação foi a de Lionel Messi, considerado por muitos o melhor jogador do mundo.

Na atualidade, apenas Cristiano Ronaldo consegue bater de frente com Messi.

Mas ambos, ficam entre os maiores jogadores, não apenas da atualidade, mas de toda a história do futebol.

Ao todo, os dois têm 11 bolas de ouro, sendo eleitos 11 vezes o melhor jogador do mundo.

Cristiano tem 5 prêmios e o Messi tem 6, um a mais que seu concorrente, sendo que o último foi ganho em 2019.

Feito igualado apenas pela brasileira Marta, que também possui 6 bolas de ouro pelo futebol feminino.

Durante muitos anos, o Messi atuou pelo Barcelona, fazendo praticamente toda sua carreira e construindo sua gloriosa história no clube.

Foram inúmeros títulos nacionais e internacionais, sendo, junto ao Real Madrid, os melhores clubes dos últimos tempos.

Algo interessante sobre isso, é que ambos clubes são da Espanha, o que é no mínimo curioso.

Mas se engana quem pensa que o Psg, assim como no caso do Neymar, teve que pagar uma quantia astronômica por Messi.

Na verdade, o jogador veio sem custo algum para o clube, já que estava sem contrato vigente.

Tudo ocorreu de forma muito rápida, pois apesar do interesse do Psg, o Barça já estava com tudo certo para continuar com o jogador.

Mas por uma grave questão financeira que o clube vem passando, assim como outros problemas, não pode ficar com Messi.

Então, com o contrato encerrado, o Psg contratou o jogador por dois anos, sendo preciso apenas pagar seus salários.

O que por si só já é um grande investimento, já que se trata de um dos jogadores mais caros do futebol.

Com isso, vejamos também como está o elenco do psg.

Elenco

File:Kiev-PSG (5).jpg - Wikimedia Commons

O elenco do Psg é bastante completo, repleto de bons jogadores, que fazem do time um dos melhores elencos atualmente.

Principalmente com a recém chegada de Sérgio Ramos, que era do Real Madrid, e de Lionel Messi, que era do Barcelona.

Ambos os times são da Espanha, e sempre protagonizaram disputas eletrizantes em campo.

Vejamos então, como está atualmente o elenco do Psg para a temporada 2021/2022.

Goleiros

Alexandre Letellier, Keylor Navas (nº 1), Sergio Rico (nº 16), Gianluigi e Donnarumma (nº 50). 

Defensores

Achraf Hakimi (nº 2), Presnel Kimpembe (nº 3), Sergio Ramos (nº 4) e Marquinhos (nº 5).

Juan Bernat (nº 14), Colin Dagba (nº 17), Layvin Kurzawa (nº 20), Abdou Diallo (nº 22) e Thilo Kehrer (nº 24).

Meio campistas

El Chadaille Bitshiabu (nº 31), Nathan Bitumazala; Edouard Michut; Marco Verratti (nº 6), Leandro Paredes (nº 8) e Ángel Di María (nº 11).

Rafinha (nº 12), Danilo Pereira (nº 15), Georginio Wijnaldum (nº 18), Pablo Sarabia (nº 19) e Ander Herrera (nº 21).

Julian Draxler (nº 23), Idrissa Gueye (nº 27), Xavi Simons (nº 34), Ismaël Gharbi (nº 35) e Eric Junior Dina Ebimbe (nº 36).

Atacantes

Kylian Mbappé (nº 7), Mauro Icardi (nº 9), Neymar (nº 10), Arnaud Kalimuendo Muinga (nº 29) e Lionel Messi (nº 30).

Atualmente, o elenco do Psg conta com três brasileiros: o zagueiro Marquinhos, o meio-campista Rafinha e o atacante Neymar.

Neymar chegou a alguns anos no clube, para ser o camisa 10 da equipe, e ajudar na conquista da tão sonhada Liga dos Campeões.

E Marquinhos, também já a alguns anos no clube, já conquistou o respeito da torcida, sendo o capitão do time por diversas vezes.

Ambos são titulares tanto no Psg quanto na seleção brasileira, afinal são dois grandes gênios, em suas respectivas posições.

Lateral

A lateral é uma das funções mais importantes dentro de um time, afinal é ocupada por um jogador multitarefas.

Para deixar melhor representado, cada time, de 11 jogadores, possui dois laterais, um direito e um esquerdo.

A posição 1 é ocupada pelo goleiro; a posição 2 e 3 é ocupada pelos zagueiros; já as posições 4 e 5 pertencem aos laterais.

Eles são como dois zagueiros que ficam na lateral do campo, sendo responsáveis por dar um embate direto com os dois atacantes, pelo lado do campo.

Mas apesar de terem uma grande contribuição para a defesa, os laterais também possuem uma grande função ofensiva.

Isso porque atuam exatamente nessa lateral, sendo responsável, muitas vezes, pelos cruzamentos dentro da área.

Não à toa, é muito comum os laterais terem um grande número de assistências, e quase sempre participando diretamente dos gols.

Quem entende de futebol sabe que essa é uma posição um pouco carente em grande parte dos clubes.

No futebol brasileiro, por exemplo, clubes como o Palmeiras, que é o maior campeão nacional, sempre se encontra com dificuldades nessa posição.

Mas felizmente o Brasil sempre foi um grande formador de laterais.

Um dos maiores, se não o maior, foi o Roberto Carlos, que fez história no Real Madrid.

Mas recentemente, Marcelo, também do Real Madrid e Daniel Alves, atualmente nos São Paulo, mas na época no Barça, dominavam essa posição.

E o Psg, infelizmente também sofre com essa baixa, pois apesar de todo o dinheiro que dispõe em seus cofres e de todas as tentativas que faz, sempre foi carente de um bom lateral.

No caso, o que falta é um lateral direito, posição que já foi ocupada inclusive por Daniel Alves.

Mas que sempre sofre com a falta de alguém que realmente dê conta do serviço.

PSG: curiosidades

O Psg é um clube jovem, com apenas 50 anos de existência, é isso é pouco comparado a outros centenários do futebol.

Como visto foi criado a partir da junção de outros dois clubes franceses, e com pouco tempo já começou estava firme na liga principal do país.

Não muitos anos depois já começou a ganhar títulos, sendo alguns muito importantes, como o Campeonato Nacional.

E com pouco mais de vinte anos de história, já conseguiu conquistar se firmar entre os melhores da França, conquistando diversos títulos no país.

Mas um dos pontos principais na história do clube, que já era conceituado, foi a compra por uma investidora do Qatar.

Isso ocorreu em 2011, e depois desse ano foram realizados um grande número de investimentos no clube.

E desde então, o Psg tem o projeto de conquistar a Liga dos Campeões da Europa.

É verdade que todos os clubes europeus têm esse mesmo objetivo, mas o Psg, ao contrário dos outros, sempre busca se reforçar para esse objetivo.

Isso pode ser notado na compra de Ibrahimovic, de Neymar em 2017, de Messi em 2021, e de inúmeros outros nomes de peso no mercado.

Assim como também sempre que surge a oportunidade tenta contratar o próprio Cristiano Ronaldo.

O clube possui bastante dinheiro em seus cofres e não mede esforços para conseguir seus objetivos.

Claro que esse é o sonho de todo clube europeu, mas o Psg se mostra a cada ano mais determinado.

E quem sabe um dia esse determinação não gere bons frutos para o clube, que já é vencedor em perseverança. 

Outra curiosidade do clube é a formação de grandes ídolos brasileiros, como Ronaldinho Gaúcho, Raí, Neymar e Marquinhos.

Transmissão

Com isso, a procura pelos jogos do Psg, como no campeonato francês e na Liga dos Campeões, cresceu bastante.

Todos querem ver como esse timaço irá atuar em suas partidas. Afinal, não é todo dia que se forma um time de craques.

Mas, infelizmente, para quem acompanhar esses jogos, terá que se disponibilizar a ter uma TV por assinatura.

Isso porque os campeonatos em questão não são transmitidos pela TV aberta no Brasil.

No tópico “onde assistir”, iremos ver mais detalhes sobre isso, ainda nesse artigo.

psg bayern

Depois de quase uma década de investimentos, finalmente o clube francês conseguiu chegar a sua primeira final na Liga dos Campeões.

Não foi apenas a primeira depois dos investimentos, mas sim de toda a história do clube, que é considerado jovem em relação a seus adversários.

Afinal, são apenas 50 anos de existência, e até muitas boas histórias para contar.

Mas o que mais interessava realmente era conquistar a Europa, sendo o grande sonho do clube.

Bem, olhando para um lado mais externo, é preciso afirmar que essa não é uma obsessão exclusiva do Psg.

Isso porque, essa é a competição de futebol mais importante do planeta.

Fazendo um paralelo, é a libertadores na América do Sul, mas claro que com muito mais status e fama.

Então, depois de passar por todas as fases anteriores, tendo vitórias merecidas sobre seus adversários, o Psg chega a grande final no ano de 2020.

Seu adversário foi o clube gigante alemão Bayern de Munich, que vinha demonstrando um futebol arrasador na temporada.

Para uma boa parte dos futebolistas o Bayern chegava favorito na final, devido a enorme qualidade que vinha demonstrando até então.

O clube alemão também possuía muito mais “peso” em sua camisa, já tendo levantado o troféu outras 5 vezes.

Mesmo assim, o Psg continuou em busca do seu sonho, tendo como seu principal jogador, o Neymar, que apesar das seguidas lesões estava inteiro na final.

Vale lembrar que nesse período já estávamos em plena pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19).

Então, o jogo que ocorreu em Portugal, no Estádio da Luz, estava sem público.

Como foi o jogo?

Apesar do favoritismo da equipe alemã, o jogo se iniciou bem equilibrado com boas chances para ambos os lados.

Neymar teve boas chances com chutes ao gol, que foram defendidos por Manuel Neuer, um dos maiores goleiros do mundo.

Do lado do Bayern, Lewandowski era o principal nome do time, tendo atuações impecáveis na competição, com seu faro de artilheiro.

Tanto que durante essa temporada, o jogador foi eleito o melhor do mundo

Ele também teve boas oportunidades, que pararam nas mãos de Keylor Navas, goleiro do Psg.

E o 0 x 0 continuou até o final do primeiro tempo, deixando toda a emoção e a possibilidade do sonhado título para a segunda etapa.

No segundo tempo, a igualdade continuava, até que tudo mudou depois de uma cabeçada para o gol.

Mas, ao contrário do que se podia imaginar, nenhuma das grandes estrelas brilharam naquele dia.

Pois foi o jovem Kingsley Coman que fez o gol que daria a vitória e o título ao clube alemão, por 1 x 0.

Algo muito interessante sobre isso, é que Coman é um jogador francês, formado nas categorias do Psg, e que já havia atuado pelo time.

E o destino quis que justamente alguém que já havia participado do projeto de conquistar o título, fosse o responsável por acabar com ele.

Depois do gol,  Psg não teve mais forças para buscar o resultado e assim terminou o placar final, com o adiamento do sonho do Paris.

Contudo, o clube segue forte no mercado, e ainda não desistiu de seus objetivos, sempre buscando melhorar.

E isso pode ser perfeitamente visto com a chegada do Messi, para somar demais ao elenco do clube.

Onde assistir

Boulogne lors de PSG 0-0 Braga | PSGMAG.NET | Flickr

Com a chegada de Messi ao time do Psg, uma liga que irá ganhar uma boa audiência será a Liga Francesa.

A Ligue 1, como é chamada, já possui uma boa audiência no Brasil, devido a presença de Neymar.

Mas a atual formação do Psg, com talvez o melhor elenco da atualidade, pode ser muito interessante de se ver.

Por isso, muitas pessoas já estão se perguntando como poderão acompanhar os jogos desse timaço.

Principalmente nas competições mais importantes que são a Ligue 1 e a Liga dos Campeões.

A liga dos campeões foi durante muitos anos transmitida em canal aberto aqui no Brasil, pela Rede Globo de Televisão.

Mas nos últimos anos, é possível acompanhar apenas pelos canais fechados, disponíveis apenas para os assinantes das TVs por assinatura.

Já o Francês, apesar de já ter o Neymar, sempre esteve disponível apenas nesses canais fechados.

E continuará sendo, mesmo com a chegada de Messi, afinal já existem os próprios campeonatos nacionais que são transmitidos em TV aberta.

Por isso, para quem quer assistir aos jogos do Psg, infelizmente deve comprar uma TV por assinatura.

E além disso, assinar um pacote que contenha os canais responsáveis pelas transmissões.

Ou então também é possível se deslocar para algum local que possua TV por assinatura, como um bar, por exemplo, e verificar se estão assistindo a um jogo do Psg.

Também é possível assistir na casa de um amigo ou parente, mas claro que a opção mais cômoda é realmente assinar o pacote.

No caso da Ligue 1, a transmissão será feita pela ESPN e pela Fox Sports.

Já a Liga dos Campeões será transmitida pelo TNT Sports.

Claro TV, Sky e Oi TV são algumas opções de empresas que prestam esses serviços.

VEJA TAMBÉM: NBA: Maiores Jogadores e Títulos da Liga

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

Liverpool

Liverpool FC: tudo sobre a história

- Publicidade -