HomeEsportesNBA: Maiores Jogadores, títulos da Liga e suas rivalidades

NBA: Maiores Jogadores, títulos da Liga e suas rivalidades

-

A National Basketball Association (NBA) foi fundada em 1946 na cidade de Nova Iorque e a muitos anos é a melhor e maior liga de basquete do mundo. Ela é composta por 30 franquias divididas em duas conferências, Leste e Oeste, onde os campeões de cada divisão se enfrentam na grande final. A liga é transmitida para 225 países por aproximadamente 50 canais, em 47 idiomas diferentes e  continua a crescer em todo o mundo.

Durante os seus 75 anos de existência a liga coleciona grandes histórias, dinastias, confrontos e jogadores que marcaram não apenas o basquete ou a NBA, mas o esporte em geral. Assim, vamos conhecer um pouco mais sobre as grandes rivalidades, os melhores jogadores da sua história e os títulos e maiores vencedores da história da NBA.

NBA: Dinastias e Rivalidade

A NBA passou alguns períodos de grandes dinastias e equipes que marcaram época, as primeiras delas foram justamente as atuais franquias com mais títulos da liga na história, Boston Celtics e Los Angeles Lakers.

Lakers de 50

O Los Angeles Lakers venceu 5 títulos da NBA entre o final dos anos 40 e meados dos anos 50. Liderados pelo pivô George Mikan o time se estabeleceu logo de cara como uma das maiores franquias da história da liga. Essa dominância ocorreu em uma época em que ainda não existia o cronômetro de tempo, onde as equipes passaram a ter 24 segundos para concluir uma jogada. Esse reinado dos Lakers durou até 1957, quando uma nova dinastia se iniciaria.

Boston Celtics de Bill Russell

O pivô ingressou no Celtics como calouro em 1957, um time já estabelecido e uma das principais forças da liga, mas que até então não tinha conseguido se firmar como vencedor. O time já contava com nomes como do armador Bob Cousy e do lendário técnico Red Auerbach.

- Continua Depois da Publicidade -

A chegada de Russell era o elemento que faltava para a equipe de Boston e isso trouxe resultados imediatos e que superaram as expectativas de qualquer um. O time venceu a liga incríveis 11 vezes num período de 13 edições disputadas, sendo 8 delas consecutivas, entre 1959 e 1966,  a maior dominância da história da NBA e que não foi superada até os dias atuais, inclusive vencendo o seu maior rival, Los Angeles Lakers, em 6 Finais.

Anos 80: A rivalidade no seu auge

Após alguns anos com menores índices de audiência, mas de crescimento contínuo na sua estrutura a NBA ganhou um novo capítulo marcante de sua história, a rivalidade entre Lakers e Celtics se elevou a um novo nível durante os anos 80, quando os então calouros Magic Johnson em Los Angeles e Larry Bird em Boston, se juntaram à liga.

Durante esse período, o Lakers que além de Johnson tinha destaques como o lendário Kareem Abdul-Jabbar, um dos maiores jogadores da história da liga e James Worthy que também era uma estrela na sua época, venceram a NBA por 5 vezes na década e Magic Johnson foi eleito o MVP (Most Valuable Player) das Finais 3 vezes.

Enquanto isso, Larry Bird e o Boston Celtics, que contava com Kevin McHale e Robert Parish no elenco, venceram a liga 3 vezes nesse período, Bird foi eleito 2 vezes o MVP das Finais. Estabelecendo de vez a maior rivalidade entre duas franquias na história da liga, nesse período eles se enfrentaram em 3 finais, o Lakers levou a melhor em 2 confrontos (1985 e 1987) e o Boston ganhou 1 confronto (1984).

Os times ainda se encontrariam novamente nas finais de 2008, vencida pelo Boston Celtics do trio de ferro formado por Kevin Garnett, Ray Allen e Paul Pierce. Enquanto em 2010 os Lakers de Kobe Bryant levaram a melhor e se sagraram campeões, dando o troco nos rivais. Ao todo, foram 12 finais entre as equipes, com o Boston vencendo 8 confrontos e o Los Angeles Lakers 4.

NBA: Anos 90: A Era Bulls

Chicago Bulls | Michael Tipton | Flickr

Qualquer pessoa, goste de basquete ou não, já ouviu falar ou conhece o astro Michael Jordan. O ex-jogador é considerado o maior de todos os tempos no esporte e conseguiu vencer a liga 6 vezes com o Chicago Bulls, ao lado de outros astros como Scottie Pippen e Dennis Rodman, a equipe conseguiu uma dominância incrível e marcou uma época.

O Chicago Bulls venceu 3 títulos consecutivos de 1991 a 1993, então Michael Jordan se aposentou por dois anos para jogar Baseball, nesse período o Houston Rockets do pivô Hakeem Olajuwon venceu a liga nos dois anos seguintes. Então, em 1996 Jordan retorna da sua aposentadoria para o Chicago Bulls vencer novamente a liga, por mais 3 vezes consecutivas entre 1996 e 1998.   

Anos 2000: Kobe Bryant, Shaquille O’Neal e o Los Angeles Lakers

- Continua Depois da Publicidade -

Os anos 2000 começaram e terminaram com a estrela de Kobe Bryant brilhando. Ao lado de Shaquille O’Neal o time da Califórnia conquistou um tricampeonato em 2000, 2001 e 2002 sem dar a mínima chance aos adversários nas Finais. No final da década e início da década seguinte o Lakers ainda venceria outros dois títulos, em 2008 e 2010, o que colocava de vez Kobe Bryant entre os maiores da história da NBA.

Para completar, além de vencer a liga em todos esse anos, o time de Los Angeles ainda chegou em outras 2 finais, quando foi derrotado pelo Detroit Pistons em 2004 e pelo Boston Celtics em 2008. Uma década inteira de domínio dos Lakers, mas que ainda abriu espaço para outra franquia brilhar.

San Antonio Spurs de Gregg Popovich

Popovich é considerado um dos maiores treinadores de todos os tempos graças ao seu trabalho frente ao San Antonio Spurs, que fica localizado em um centro comercial pequeno. Campeão em 1999, o time voltaria a vencer o campeonato outras três vezes na década seguinte (2003-2005-2007) e mais uma vez em 2014. 

O time lendário era formado por jogadores como a lenda Tim Duncan, David Robinson, Tony Parker e Manu Ginobili. Essa equipe marcou história e colocou o ala-pivô Tim Duncan no hall dos maiores jogadores da história da liga. O técnico Gregg Popovich também se mostrava fundamental no controle sobre a equipe e montagem dos elencos.

Nas temporadas de 2013 e 2014 o time travou batalhas contra o Miami Heat de Lebron James e Dwyane Wade, sendo derrotado na primeira final graças a uma bola convertida por Ray Allen nos últimos segundos de jogo. No ano seguinte veio o troco, essas duas finais marcaram uma grande rivalidade entre as equipes naquele período.

Década de 2010: Surge o supertime do Miami Heat

Miami Heat | Michael Tipton | Flickr

Em 2011 o time do Miami Heat que já havia conquistado um título em 2006 sendo liderados por Dwayne Wade, ganhou outros dois reforços de peso, o ala-pivô Chris Bosh chegou do Toronto Raptors, juntamente com um dos maiores jogadores da liga naquele momento, Lebron James.

Bosh e James ainda não tinham vencido um título e se juntaram com Wade para formar um supertime, que chegaria em 4 finais consecutivas. Em 2011 foram derrotados pelo Dallas Mavericks do alemão Dirk Nowitzki, em uma das maiores exibições individuais de um jogador na história das finais. Então, logo depois veio o bicampeonato, em 2012 vencendo o Oklahoma City Thunder e em 2013 o já mencionado San Antonio Spurs, para quem perderia a final no ano seguinte.

- Continua Depois da Publicidade -

O time marcou época e encantou o mundo com suas jogadas plásticas, sintonia em quadra e domínio durante a temporada regular. Apesar das duas derrotas, o feito de chegar em 4 finais consecutivas colocou Lebron James definitivamente no Hall dos maiores jogadores de todos os tempos, ele ainda venceria um outro título em 2016 contra o Golden State Warriors que também marcou a história da NBA.

NBA: O Golden State Warriors e a revolução do jogo

O time dos Warriors montado em 2015 trouxe uma revolução para o jogo. O time mudou a forma de se jogar o basquete, com um jogo de mais mobilidade e com um foco muito maior nos arremessos de 3 pontos. Liderados por Stephen Curry e Klay Thompson, os “Splash brothers” venceram um título da liga em 2015 e perderam outro em 2016. 

Então, em 2017 o time que tinha quebrado o recorde da liga de vitórias na temporada regular (73) e sendo atual vice-campeão conseguiu uma adição ao seu elenco que elevaria de vez o nível do time, Kevin Durant, um dos melhores jogadores da liga se juntava ao já vencedor Golden State Warriors para buscar o seu primeiro título, e ele veio. O time foi bicampeão (2017 e 2018) e ainda seria vencido em 2019, uma dinastia que mudou o jogo e venceu 3 em 5 finais seguidas.

Títulos da NBA

A liga possui diversas equipes vencedoras ao longo de sua história, com títulos espalhados por todo Estados Unidos. Algumas das equipes atuais ainda não conseguiram levantar o anel de campeão, são elas: Orlando Magic, Brooklyn Nets, Phoenix Suns, Utah Jazz e Indiana Pacers.

Por outro lado, as franquias do Boston Celtics e do Los Angeles Lakers são totalmente dominantes nesse aspecto e lideram a NBA em títulos com uma enorme diferença entre as outras equipes, são 17 títulos para cada uma delas. O que acaba mostrando o domínio das franquias nas épocas passadas. Logo depois, temos a seguinte ordem:

  • Golden State Warriors e Chicago Bulls com 6 títulos;
  • San Antonio Spurs com 5 títulos;
  • Philadelphia 76ers, Detroit Pistons e Miami Heat com 3 títulos cada;
  • New York Knicks e Houston Rockets com 2 títulos;

Dentre as franquias que possuem 1 título em sua história, temos o Cleveland Cavaliers, Atlanta Hawks, Portland Trail Blazers, Dallas Mavericks, Oklahoma City Thunder, Washington Wizards, Sacramento Kings, Toronto Raptors, Milwaukee Bucks e o já extinto Baltimore Bullets.  

A liga da NBA, apesar da quantidade de títulos conquistados pelas franquias do Los Angeles Lakers e do Boston Celtics, é uma das ligas mais difíceis de serem conquistadas entre todos os esportes no mundo. A liga é tão valorizada, que inúmeros jogadores já abriram mão de jogar as Olimpíadas para ter férias e poder se recuperar para a temporada seguinte da NBA.

Com grandes histórias ao longo de sua existência, uma publicidade gigante em todo mundo e um público apaixonado pelo esporte, a liga vai continuar por muitos e muitos anos no topo do basquete. Construindo novas rivalidades, grandes jogos e principalmente jogadores extraordinários. 

Alguns jogadores ajudaram na popularização da liga, outros são super vencedores e alguns mudaram a forma como se vê o jogo, cada um ao seu modo contribuiu para a NBA ser o que é atualmente. 

TOP 10: Maiores/Melhores jogadores da história da NBA.

Veja agora a lista dos maiores jogadores da história da liga, que tem como base o quão bom e vitorioso o jogador foi em sua carreira na NBA. 

10. Wilt Chamberlain

Talvez o pivô mais dominante da história da liga, com recordes que reinam até hoje e que podem deixar qualquer um impressionado. O jogador foi campeão da NBA duas vezes, em 1967 com o Philadelphia 76ers e depois em 1973 com o Los Angeles Lakers, além de ter sido eleito MVP da liga 4 vezes.

Durante a sua carreira o jogador construiu recordes e mais recordes, dentre eles está o de maior pontuação da história em uma única partida, onde ele anotou inacreditáveis 100 pontos contra o New York Knicks em 1962. Além disso, Wilt Chamberlain detém ainda os recordes de ser o único jogador na história da NBA a possuir uma média de pontuação de 40 e 50 pontos. Também conseguiu o feito de ser o único na história com uma temporada de pelo menos 30 pontos e 20 rebotes de média, números que também foram a média de toda sua carreira, sendo o único jogador da NBA a ter conseguido tal feito até hoje.

9. Bill Russell

Como já vimos, o jogador marcou uma era na liga. Durante os seus 13 anos de carreira, venceu 11 títulos da liga, sendo 8 consecutivos. Graças a esse feito, Russell detém o recorde de atleta com mais títulos em uma liga norte-americana, ao lado de Henri Richard da NHL (liga americana de hóquei).

Além disso, Bill Russell teve uma importante influência na participação dos atletas negros na NBA, com uma luta constante contra o racismo dentro e fora do basquete. Ele foi o primeiro atleta afro-americano a conquistar o status de astro na liga, tanto como jogador como treinador, quando atuou ao mesmo tempo nas duas funções entre 1966 e 1969.

Russell foi eleito ainda MVP da liga 5 vezes, sendo também campeão olímpico em 1956.  Coleciona recordes de rebotes na liga, dentre eles o fato de ter conseguido mais de 1.000 rebotes em doze temporadas seguidas, em apenas 1 ano de liga ele não conseguiu esse número.

8. Hakeem Olajuwon

The Dream” como ficou conhecido, foi um jogador bicampeão da NBA nas temporadas de 1994 e 1995. Ele marcou a liga com o seu jogo dominante e técnico, onde conseguia dominar os pivôs adversários com sua mobilidade, jogo de pés e força física. Em sua carreira, conseguiu marcar mais de 20 mil pontos e 12 mil, estando entre uma lista seleta de apenas oito jogadores a terem conseguido isso.

Para se ter uma noção da dominância e qualidade técnica dele, Hakeem Olajuwon é um dos 4 jogadores a ter conseguido marcar um quádruplo-duplo (4 itens do jogo, com número de dois dígitos), sendo ainda MVP da NBA em 1994 e MVP das Finais nas duas nas duas oportunidades que jogou e foi campeão, além de possuir ainda um título Olímpico em 1996 com o “Dream Team”.

7. Tim Duncan

Simples, singelo e fatal, assim podemos descrever Tim Duncan. O ala-pivô do San Antonio Spurs liderou a franquia rumo a 5 títulos da NBA em diferentes épocas, para se ter uma ideia, o primeiro título foi em 1999 e o último em 2014. O jogador ficou marcado pela sua simplicidade ao executar os fundamentos do jogo, tanto na parte ofensiva quanto defensiva da quadra.

Dentre os títulos pessoais, o jogador foi eleito MVP da temporada duas vezes (2002 e 2003), além de ser eleito MVP das Finais em três oportunidades (1999, 2003 e 2005). Ele jogou por 17 anos na liga, todos pelo time de San Antonio, onde se tornou o maior pontuador da história da franquia na NBA.

6. Magic Johnson

NBA

Earvin Johnson Júnior, ou simplesmente, “Magic Johnson”. Um dos maiores armadores da história (se não o maior) da NBA, não ganhou o apelido de mágico atoa. Com assistências incríveis e uma visão de jogo sensacional, o astro do Los Angeles Lakers venceu o campeonato 5 vezes.

Um ponto marcante da carreira de Johnson foi a sua aposentadoria precoce. Identificado com o vírus HIV em 1991. Na época, a doença era vista com maus olhares pela sociedade e também pelo meio esportivo, assim o jogador acabou se aposentando muito antes da hora. Ele ainda retornaria para a liga em 1996, para disputar sua última temporada e então se aposentar de forma definitiva.

Durante a sua carreira, além de conquistar os 5 títulos da NBA, o jogador também venceu o prêmio de MVP da temporada em 3 oportunidades (1987, 1989 e 1990), MVP das Finais também 3 vezes (1980, 1982 e 1987). Além de ter sido campeão Olímpico, integrando o Dream Team de 1992, quando mesmo estando fora da liga, ele pode defender a Seleção Americana.

5. Larry Bird

Outro jogador lendário dos 80 e que marcou uma das maiores rivalidades da história da liga jogando pelo Boston Celtics e enfrentando justamente o Lakers de Magic Johnson, o que não era uma tarefa fácil. Larry Bird venceu a NBA 3 vezes durante a carreira (1981, 1984, 1986), sendo eleito ainda o MVP em duas Finais disputadas, 84 e 86.  Venceu ainda o prêmio de MVP da liga 3 vezes, nas temporadas de (1984, 1985, 1986).

Larry Bird marcou a liga pelo seu estilo de jogo, não possuindo um físico muito avantajado, como a maioria dos atletas da liga. Bird conseguiu se destacar graças ao seu arremesso certeiro de 2 ou 3 pontos, bem como a sua capacidade de jogo coletivo e poder de decisão.

4. Kobe Bryant

NBA

Um dos maiores jogadores da história do esporte, engajado em diversas causas sociais e querido por todos companheiros e amigos, esse era Kobe Bryant. O jogador que morreu em um trágico acidente de helicóptero juntamente com uma de suas filhas e outra família, deixou um legado e uma mentalidade vencedora tatuada na história da NBA.

O “Black Mamba” foi campeão da NBA 5 vezes ao longo da sua carreira, sendo o cestinha da liga em duas temporadas seguidas (2005 e 2006). Kobe ainda venceu o prêmio de MVP da liga em 2008 e de MVP das Finais em (2009 e 2010). O jogador tinha um intenso poder de decisão e ajudou o Los Angeles Lakers a ser a franquia que é hoje, além de ter colaborado para o crescimento da NBA no mundo graças a sua visibilidade e carisma.

3. NBA: Kareem Abdul-Jabbar

Simplesmente o maior pontuador da história da NBA, esse é o cartão de visitas de Kareem Abdul-Jabbar. O jogador venceu o maior campeonato de basquete do mundo 6 vezes (1971, 1980, 1982, 1985, 1987 e 1988). Sendo eleito ainda MVP da temporada regular também por 6 vezes e MVP das Finais em dois momentos, um dos maiores vencedores da história da liga e que coleciona recordes na sua carreira.

A dominância do jogador era tão grande, que ele conseguiu levar o Milwaukee Bucks a conquistar o seu primeiro campeonato, depois disso, quando foi jogar com o Los Angeles Lakers, ele venceu outras 5 vezes. A carreira de Abdul-Jabbar durou 20 anos, em metade dessas oportunidades o jogador esteve na final da NBA. E em apenas 2 temporadas não classificou seu time aos playoffs, sendo considerado por inúmeros especialistas e ex-jogadores como o melhor de todos os tempos.

2. Lebron James

NBA

Apelidado de “The King”, Lebron James é sem dúvidas um dos maiores nomes da história do esporte e aquele (ao lado de Kobe Bryant) que mais gerou comparações com Michael Jordan. O jogador é dominante em todos os aspectos do jogo, sendo decisivo tanto no ataque, quanto na defesa. Lebron James venceu a NBA em 4 oportunidades, conseguindo inclusive a maior virada da história das Finais, em 2016, quando o Cleveland Cavaliers perdia a série por 3-1 para o Golden State Warriors e James conduziu o time a uma virada inédita e se sagrou campeão fechando em 4-3 às Finais.

Lebron James ainda foi eleito MVP da liga e MVP das finais 4 vezes cada. Além de ter sido campeão Olímpico em 2008 e 2012. O jogador coleciona diversos recordes e ameaça o Kareem Abdul-Jabbar como maior pontuador da história da NBA. Ainda atuante, o jogador que venceu a liga por três equipes diferentes continua em plena forma, aos 36 anos de idade e pode continuar colecionando recordes e quem sabe até vencendo a liga novamente.

1.NBA: Michael Jordan

Michael Jordan | mccarmona23 | Flickr

O maior jogador da história do basquete e também um dos maiores atletas de todos os tempos do esporte em geral. Michael Jordan dominou a NBA durante a sua carreira e impressionou o mundo com suas jogadas e capacidade física. O jogador venceu a liga 6 vezes. Sendo as 3 primeiras vezes de forma consecutiva, quando então ele decidiu se aposentar da liga para jogar Baseball. Dois anos depois ele retornou e conquistou o campeonato novamente por 3 vezes seguidas.

Muitos questionam se ele teria conseguido vencer a liga nos 8 anos seguidos, caso não tivesse se aposentado, igualando assim o recorde de Bill Russell. Porém, essa é uma pergunta que só cabem hipóteses. De concreto, o jogador conquistou ainda o prêmio de MVP das finais em todas as oportunidades que foi campeão, 6x.

Sendo eleito ainda 5x MVP da temporada regular e campeão Olímpico em 1984 e 1992, sendo o líder do Dream Team. 

NBA: A história continua…

Ao longo dos anos a NBA conseguiu crescer em todo mundo e é atualmente uma das maiores ligas esportivas do planeta. Sua audiência cresce a cada dia e a cada ano o campeonato se mostra mais e mais competitivo, o que é um ponto chave para os fãs do esporte.

Assim, a liga continua escrevendo sua rica história de grandes equipes, jogos e jogadores. Apresentando um verdadeiro espetáculo aos seus espectadores e se solidificando ainda mais, para que grandes nomes continuem a surgir e nos encantar com esse esporte maravilhoso.

Saiba mais sobre esportes ao no nosso canal do flamecontent

VEJA TAMBÉM: Campeonato Paulista: História, Times e Prêmios

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -