HomeTecnologia & InternetOutlook: tudo que precisa saber para ganhar mais produtividade

Outlook: tudo que precisa saber para ganhar mais produtividade

-

Você com certeza já ouviu falar do Microsoft Outlook, o software de email corporativo mais usado nas empresas e escritórios. Essa popularidade se deve muito ao pacote Office que se popularizou muito na década de 90. E hoje nós vamos falar um pouco mais a respeito do Outlook e sua história.

Mas é claro que também vamos falar um pouco a respeito da história do Windows, e da Microsoft. Hoje em dia é impossível imaginar o mundo dos computadores sem o pacote office. Seja para as empresas ou para os computadores domésticos, que foi o grande diferencial da Microsoft como vamos ver mais adiante.

O Outlook, no entanto, ficou mais popular dentre as empresas, ou seja nos e-mails corporativos. Devido a uma série de fatores que vão desde as suas inúmeras funcionalidades até a chegada do gmail do Google. Isso tudo fez com que o Outlook ficasse restrito aos escritórios. 

Mas vamos ver mais a respeito da Microsoft conhecer um pouquinho melhor da sua história. E descobrir como o Pacote Office Outlook se tornou tão popular. E é claro vamos saber mais a respeito do Outlook.

História da Microsoft

A Microsoft foi fundada por Paul Garnier Allen e William Henry Gates III (Bill Gates) em 1975 Albuquerque, Novo México, EUA. A relação entre Gates e Garnier começou bem antes quando ambos tinham uma empresa chamada Traf-O-Data que criava relatórios de trânsito a partir da leitura de dados. Mas a empresa não vai para frente e tempos depois a Microsoft ganha vida, e inicialmente atua como desenvolvedora de programa para chips menores.

- Continua Depois da Publicidade -

Eles começaram desenvolvendo um software para o Altair 8800 por volta de 1975. E ao longo dos anos 70 a empresa cresceu de forma ascendente o que fez ela nos anos 80 fechar uma grande parceria com a IBM. Ao longo dos anos 80, além da IBM a Microsoft fechou parceria também com a Apple. Essa parceria seria rompida e reatada algumas vezes.

Mas em 1983 a empresa criou o seu primeiro mouse junto com seu editor de texto, o Microsoft Word. Que não era nem de longe como nós conhecemos hoje em dia, mas ainda sim era bastante revolucionário. Sendo um dos primeiros a ser distribuídos em disquete e uma revista de instrução. Esse é o primeiro hardware desenvolvido pela Microsoft, que mais pra frente entraria de fato neste mercado. Mas o Word seria o início do que nós conhecemos como pacote office.

A partir da segunda metade dos anos 80 a Microsoft desenvolveu melhor os seus programas. Fazendo com que o Word, Excel e Power point fossem todos reunidos em um programa que se chamava pacote office. E por aí que começa a história do Microsoft Outlook.

Como surgiu o Pacote office?

O Pacote Office surgiu neste primeiro momento apenas com Word, Excel e Power Point. O Outlook foi apenas desenvolvido em 1997 com o nome de Outlook 97. Ele passou a estar presente no famoso Windows 98.

De 98 em diante ele passou a estar presente em todas as atualizações do Windows sempre se renovando de acordo com as atualizações. Apesar de ser menos lembrado nos PCs domésticos ele até hoje é muito querido nas empresas.

Isso porque suas atividades podem ajudar muito na rotina, pois além de e-mail, ele também possuí um calendário onde você pode agendar seus compromissos no dia, na semana ou no mês.

Ele também possui gerenciador de contatos, onde além do nome e do e-mail você pode cadastrar outras informações como endereço, telefones, ramo de atividade, apelidos, etc. Oferece um gerenciador de tarefas, onde você pode criar listas com todos os detalhes sobre suas atividades a serem realizadas. E você ainda pode criar anotações como em um post-its.

Como podemos ver, o Microsoft Outlook além de E-mail,  oferecia também uma função semelhante a uma agenda. Onde nós podemos inserir contatos, fazer anotações, gerenciar tarefas, entre outras coisas. Em um período onde não havia organizadores como hoje em dia, isso foi bastante revolucionário. O que fez o Outlook ser notável.

- Continua Depois da Publicidade -

Mas nem tudo são flores, como dissemos o Outlook vinha junto com o pacote office, o que fazia dele um e-mail pago. E havia um “concorrente” gratuito chamado Hotmail, que mais adiante vai se cruzar com o Outlook.

Concorrência do Outlook

Com a adesão ao Hotmail, a Microsoft percebeu que as pessoas tinham vontade de acessar e-mail gratuitamente. E comprou a startup pelo valor de 450 milhões de dólares, maior valor de compra envolvendo uma startup até então.

Com isso, a Microsoft incorporou o Hotmail a outros serviços como o MSN, e ele continuou crescendo até o surgimento do Gmail em 2004. Um grande diferencial do concorrente era a capacidade de armazenamento de 1GB que permitia aos usuários armazenar muitas mensagens. 

Outro fator que influenciou os usuários foi o crescimento do google. Muitos usuários utilizam ele como buscador e passavam a fazer uma conta por ali mesmo. Mas o fato de o MSN ficar cada vez mais popular também levou muitos usuários para si.

Mas em termos de e-mails, o Hotmail em meados dos anos 2000 já era considerado obsoleto. Quando em 2012 o hotmail passou a ser o Outlook.com, que é uma versão mais modernizada e mais encorpada. Todas as contas foram migradas e podem ser acessadas até hoje. 

Contudo, qual a diferença entre o Outlook.com e o Microsoft Outlook? Será que eles são a mesma coisa?

O que é o Outlook.com?

O outlook.com é nada mais do que uma atualização do Microsoft Outlook. Com o diferencial de que ele é oferecido online e gratuitamente. Ele ainda é oferecido junto com o Pacote Office mas assim como todos os programas do Pacote Office ele também é oferecido online e gratuitamente. 

As contas do Outlook.com são integradas automaticamente ao Skype, Onedrive e Office Online. O que significa que ao ter uma conta no Outlook.com você pode acessar todos estes serviços gratuitamente

- Continua Depois da Publicidade -

Mas vamos ver abaixo o que muda com o Outlook.com:

  • Arquivos Grandes: você pode enviar arquivos maiores que 10 ou 25 MB. Assim podendo enviar facilmente músicas e vídeos.
  • Exclusão automática: Essa função é bastante prática para quem recebe muitos e-mails de Spam. No Outlook.com esses e-mail são apagados periodicamente.
  • Integração com as redes sociais: As contas do Outlook possuem integração com as redes sociais principalmente com o Facebook e o Twitter.
  • Funções antigas ainda estão presentes: Funções como calendário, Agenda e notas ainda estão disponíveis. Basta você ter uma conta.

Portanto o outlook.com só fez com que o outlook fosse um concorrente à altura para seus adversários. Agora o Microsoft Outlook não está apenas restrito para quem compra o Pacote Office, mas sim para todos aqueles que tiverem uma conta na Microsoft.

Esta iniciativa de colocar seus programas a disposição de forma gratuita foi muito certa e ajudou e muito a Microsoft a rivalizar com o Google. Que havia disponibilizado um programa semelhante ao google document que oferecia word, Excel, PowerPoint como documentos, planilhas e apresentações. Além de já possuir o Gmail que fazia e faz muito sucesso até hoje.

Mas agora vamos ver mais a fundo como criar uma conta no Outlook.

Como criar uma conta no Microsoft Outlook?

Bom, agora que mostramos até aqui tudo sobre a Microsoft é hora de mostrar como criar uma conta na microsoft. Você pode conferir todas essas informações completa no site oficial da Microsoft, mas vamos resumir tudo para você:

  • Primeiro acesse o site microsoft.com, crie uma conta gratuita 
  • Após escolha o nome do seu e-mail
  • Selecione sua senha
  • Insira seu nome e sobrenome
  • Data de nascimento
  • Logo após o teste para saber se você não é um robô
  • E após isso seu E-mail está pronto 

E você pode desfrutar de todos os benefícios da conta Microsoft que já comentamos anteriormente como o pacote office, conta no skype e onedrive. Além de ter tudo o que oferece o Microsoft Outlook. 

Mas agora vamos ver como escrever um e-mail no Outlook. Você vai ver que é mais simples do que você pode imaginar.

Escrevendo um E-mail do Microsoft Outlook

Para escrever um e-mail é bem simples basta você clicar uma vez na caixinha enviar mensagem, que está como na imagem abaixo:

Como podemos ver, na imagem acima do lado esquerdo, possui uma caixa escrita nova mensagem. Basta clicar na caixa que você será redirecionado para a página como na imagem abaixo.

Ele se assemelha muito ao formato de envio do Gmail. Entretanto, seu diferencial é que ele permite que você possa personalizar suas mensagens podendo até inserir emojis. E é claro fazer formatações no texto como alinhamento diminuir ou aumentar o recuo. E ainda tem a opção de corrigir a ortografia e gramática.

O seu maior diferencial em relação ao Gmail é que as formatações de texto são mais específicas e estão mais a vista em relação ao Gmail. 

Na parte superior você ainda pode notar que há os ícones do Skype e a opção de Reunir-se agora.

Os feeds do onenote e do calendário, onde você pode fazer anotações e realizar anotações. Nos pontilhados você pode ter todas as opções dos programas oferecidos pela Microsoft como na imagem abaixo:

Como dissemos anteriormente, tanto ele quanto o Gmail são bem semelhantes atualmente. Entretanto, os programas da Microsoft são programas que as pessoas há anos estão acostumadas. 

Mas como dissemos anteriormente em relação aos e-mails, as pessoas querem de graça. E elas passaram a ter acesso gratuito aos programas pagos como o próprio pacote office. Durante os anos ele foi muito pirateado e baixado de forma irregular. Oferecer os programas gratuitamente foi uma solução natural que cedo ou tarde iria ter de acontecer.

Mas agora vamos ver mais algumas curiosidades a respeito da Microsoft e do Microsoft Outlook. Apesar de não parecer ele tem algumas histórias boas para contar

Curiosidades da Microsoft e do Microsoft Outlook

Atalho nos teclados

Os atalhos nos teclados são bastante populares e alguns até chegaram a virar gírias como o CTRL+C, CTRL+V. Por isso no Outlook.com não poderia deixar de ter seus atalhos para facilitar a vida de seus atalhos.

Por isso vamos deixar abaixo a lista com os principais atalhos:

  • Enviar email: Ctrl+Enter
  • Responder a um email: Ctrl+R
  • Marcar como lido: Ctrl+Q
  • Criar email: Ctrl+N
  • Salvar como rascunho: Ctrl+S
  • Encaminhar um email: Ctrl+Shift+F
  • Marcar mensagens como não lidas: Ctrl+U

Os atalhos vem facilitando a vida de muitas pessoas desde o início do Windows até os dias de hoje. Não se sabe ao certo qual a origem dos atalhos, mas sabemos muito bem que eles não deixaram de ser utilizados.

E se você quiser saber mais um pouco a respeito dos atalhos do teclado para Windows vale conferir a matéria da ELGScreen. Nesta matéria, você pode conferir todos os atalhos e facilitar ainda mais a sua vida.

Fim do MSN

Em 2013 quando o MSN foi descontinuado muitos fãs tiveram muita nostalgia e comoção. O principal rival ou complemento do Orkut ainda tinha alguns adeptos e até mesmo usuários. Mas isso não foi o suficiente para que ele fosse incorporado no skype que em seu início tinha como principal função fazer chamadas de vídeo.

A realidade é que tanto o MSN quanto o Orkut foram engolidos por algumas outras redes sociais, principalmente o Facebook. Uma vez que o Facebook oferecia tanto o serviço de compartilhamento de fotos quanto as mensagens. Isso fez com que as pessoas ao invés de 2 redes sociais tivessem apenas uma. Assim decretando fim do MSN e das telas tremendo.

O MSN não conseguiu ganhar uma sobrevida no Skype que naquele momento tinha uma finalidade muito mais coorporativa. Uma vez que as chamadas de vídeo demoraram a se popularizar aqui no Brasil. E o Skype não era o lugar mais comum para mandar mensagens. 

Assim, ao ser incorporado pelo Outlook o Hotmail só passou a ter destaque maior quando as chamadas de vídeo passaram a ser mais populares graças aos smartphones.

Os fracassos da Microsoft

Apesar de ser muito popular por todo seu sucesso, a Microsoft também coleciona alguns fracassos no seu currículo. O mais lembrado e recente é o Windows 8, ser o sucessor de um programa tão popular quanto o Windows 7 é muito complicado. E o Windows 8 teve esta missão e ele não foi bem sucedido.

Muitos fatores contribuíram para este fracasso, podemos listar alguns: Falta do botão de iniciar, Mudanças radicais na interface, necessidade de uma conta na Microsoft e por último ele foi lançado em um mau momento para os PCs.

Em 2012 os Ipads, tablets e os primeiros smartphones estavam começando a se popularizar. Isso fez com que as vendas do Windows 8 caíssem drasticamente, e o fato de o Windows ainda oferecer suporte ao Windows 7 fez com que as pessoas deixassem essa atualização de lado.

Outro fator que mostra essa mudança é o fato de que o Windows 8 parece ter sido desenvolvido para o touch, seja pela interface e pela falta do botão de iniciar. Esta versão de fato parecia ter ficado a desejar para os PCs.

Mas esse não foi o único fracasso da Microsoft. Alguns outros que podemos destacar também são:

    • Windows Millennium Edition: Assim como o Windows 8 ele substituiu um sistema muito popular que foi o Windows 98. Mas problemas como tela azul, constantes falhas no sistema, problemas com o internet explorer. Foram apenas alguns dos problemas enfrentados por quem comprou esta edição
  • Windows Vista: Esse foi outro caso de problemas com o pacote. Atualizações exageradas, incompatibilidade de drivers, estabilidade e lentidão, e um antecessor muito querido fizeram com que ele não fosse bem aceito.

Microsoft e os celulares

Alguns fracassos da Microsoft tinham tudo para dar certo, e esse é o caso dos celulares é algo que poderia ser incrível mas não foi. Como dissemos anteriormente, o Windows 8 foi desenvolvido com o intuito de ser ideal para tablets e smartphones. E anos antes em 2010 vinha ao mercado o Windows Phone.

Apesar de timidamente o Windows ter investido para os dispositivos móveis essa foi a primeira investida real. Ele teve as versões 7, 8, 8.1 e 10 e esses investimentos ainda contam com a compra da divisão mobile da Nokia.

Mas a concorrência é muito grande e estabelecida tanto a Samsung quanto a Apple estavam bem estabelecidas no mercado e a Nokia já era considerada decadente. O resultado final foram vendas bem fracas, exceto no Brasil e em alguns outros países a Nokia conseguiu algumas boas vendas.

Mas a Microsoft ainda teria uma outra coisa para se consolar deste fracasso.

O console da microsoft

Em 2001 a Microsoft lançou o seu primeiro console, o XBOX. Após muitos anos flertando com o mercado de games e até mesmo tentando desenvolver algumas parcerias. A Microsoft lançou o seu primeiro console, com direito a The Rock para apresentação o XBOX era apresentado.

Naquele tempo, a Sega já estava começando a dar adeus aos mercados de consoles, a Nintendo não ia muito bem das pernas.

Então era o momento ideal para chegar ao mercado com um console novo. Apresentado como um possível complemento para o PC podendo também ser um PC gamer. O XBOX estreou simplesmente no auge do Playstation 2, o que fez com que ele ficasse em segundo plano.

Naquele tempo, embora ele fosse muito mais poderoso que seu concorrente, ele ainda tinha alguns problemas como superaquecimento e dificuldade de suporte. E jogos a menos no seu catálogo. Mas esse jogo parecia que iria virar logo na próxima geração.

Após um lançamento mal sucedido do seu concorrente Playstation 3, o XBOX 360 junto com o Nintendo Wii toma a frente do mercado.

A Nintendo assumiu a liderança com seus jogos interativos, algo que logo o XBOX faria frente com seu Kinect e a série de jogos Just Dance fizeram com que ele tomasse a liderança.

E até hoje a Microsoft é uma grande rival da Sony no mercado dos Consoles. O que prova que nem todo o investimento fora do mercado dos PCs é um investimento ruim. 

A editora da Microsoft

Você sabia que a Microsoft já teve uma editora, isso foi no final dos anos 80 quando seus produtos vinham acompanhados de livros e revistas.

Hoje em dia, não se tem muitas informações a respeito da editora da empresa de Gates. Mas o que se sabe é que essa foi uma excelente estratégia para se evitar gastos com a prensagem de seus manuais.

A única informação que consta é que a editora não era muito grande até o fim dos anos 80. Não se sabe ao certo quais eram as pretensões, se era apenas algo para ser exclusivo de manuais ou se haviam planos para editora. Mas essa foi mais uma prova de que Gates não brincava em serviço.

Conclusão 

Espero que vocês tenham gostado de saber um pouco mais da história tanto da história da Microsoft, quanto do Pacote Office e do Outlook. Foi uma excelente jornada, espero que você tenha tirado todas as suas dúvidas a respeito do outlook, e que agora você faça seu E-mail, e aproveite tudo o que o Microsoft Outlook pode lhe oferecer.

Não deixe também de aproveitar as outras possibilidades que o Office online oferece. Seja  Word, Excel, Power Point. Agora você não precisa mais correr o risco de infectar seu computador, seja baixando de um local errado ou seja com um disco pirata.

É só aproveitar o que é oferecido e se for de sua vontade compre o pacote Pro. Embora muitos considerem o Pacote tradicional o suficiente para realizar qualquer trabalho. Mas para uma empresa o pacote pro pode ser mais interessante por questões de segurança.

Mas espero que você tenha gostado do nosso artigo, nós vamos ficando por aqui. Aproveite bem nossas dicas, se inspire com a Microsoft!

Muito sucesso!

Leis também: Pacote Office 365: Aprenda mais sobre os programas

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -