HomeAutomóveisJeep Renegade: por que não comprar? Descubra nesse artigo

Jeep Renegade: por que não comprar? Descubra nesse artigo

-

O Jeep Renegade surgiu na década de 70 com o objetivo de trazer uma versão mais esportiva e dinâmica para os amantes de carros. Com mais de cinco décadas de existência, o automóvel vem se destacando em várias categorias que variam desde consumo até mesmo velocidade.

O desempenho é um dos fatores que, segundo a empresa, são os mais admiráveis: isso tudo sem levar em consideração a estrada.

Enfim, neste artigo iremos abordar mais sobre o que ele é, quais as vantagens e desvantagens de comprar e, claro, se realmente vale a pena o investimento ou recomendamos outra alternativa. Portanto, continue a leitura conosco para saber mais sobre o assunto.

Jeep renegade: sobre

No ano de 2020, a marca Jeep foi uma daquelas que atraíram um número de maiores seguidores nas redes sociais: somente no Facebook, foram mais de 2 milhões de pessoas interessadas no assunto.

Mas, vale ressaltar que o Jeep Renegade não é tão novo como se pensa e ele existe há anos no mercado, no entanto, todos os lançamentos contam com novidades que deixam seus seguidores de boca aberta.

- Continua Depois da Publicidade -

Com mais de 70 anos, a Toledo que era uma das linhas mais conhecidas da marca, acabou saindo de linha para abrir espaço para outros desenvolvimentos. Então, como consequência, os preços de peças começaram a aumentar.

De acordo com o iCarros, o valor médio cobrado dentro das concessionárias neste ano é de R$ 70 mil, podendo ter adições caso o cliente resolva que irá contar com um financiamento ou empréstimo bancário.

Abaixo, separamos alguns anos e modelos para que você veja quais são as principais características e alterações. Portanto, continue a leitura conosco para saber mais sobre o assunto e, claro: para comprar o ano certo e que esteja de acordo com o que procura.

jeep renegade usado

Existem muitos portais que permitem a compra de um Jeep Renegade usado, no entanto, um dos que mais estão ocupando destaque é através do Marketplace do Facebook. Por lá, é possível aplicar um filtro completo do ano e até mesmo da localização máxima que o automóvel pode estar localizado.

Outro ponto é que as concessionárias costumam publicar nas redes sociais os carros que estão disponíveis. O que aumenta ainda mais as chances de você conseguir comprar com total segurança.

Um outro portal que também conta com uma expressiva variedade de modelos é a OLX. No site, é possível especificar todos os dados sobre o carro, inclusive se é cambio manual, se é de leilão (o preço tende a diminuir) e outros aspectos.

Além da OLX e do Facebook serem ótimas alternativas para quem está pensando em comprar, também temos o Mercado Livre, apesar de ser um pouco mais limitado em relação às classificações do automóvel.

jeep renegade 2016

Geralmente, ao comprar um carro de anos anteriores, como em 2016 e em 2015, o cidadão consegue ter preços menores e mais acessíveis. Sem contar que o modelo nem sempre fica tão atrás como costumamos pensar. Neste caso, o Jeep Renegade conta com uma série de especificações que fazem com que o ano de 2016 seja  uma boa opção para quem quer economizar:

- Continua Depois da Publicidade -

Na OLX, ele é vendido por cerca de R$ 70 mil em estados como Santa Catarina, São Paulo e até mesmo no Rio de Janeiro.

Algumas das vantagens para quem deseja comprar é que ele conta com rodas de liga leve e freios ABS, para deixar a experiência ainda mais satisfatória e garantir a segurança de todos dentro do automóvel em caso de freadas bruscas.

A marca também conta com ar condicionado tanto quente quanto frio e outro ponto é que os retrovisores são elétricos, o que deixa a abertura dos vidros ainda mais práticas e sem tanto esforço. Apesar do ano, não há dúvidas que se trata de um carro de alto padrão.

Além de todas as vantagens que citamos anteriormente, ele também possui outras como: sensor de estacionamento, volante com regulagem de acordo com a altura do motorista e até mesmo a distribuição eletrônica de frenagem.

jeep renegade 2015

Na Webmotors também é possível encontrar a versão do ano de 2015, que custa na faixa de R$ 60 mil e pode fazer na faixa de 6 km por litro. O modelo que estamos usando como base para a análise é o Flex. Ele conta com regulagem nos bancos traseiros, retrovisores com batimento elétrico e ar condicionado para melhorar e otimizar a experiência dentro do automóvel. No portal, também há a possibilidade de simular um financiamento para saber quanto pagaria se fechasse o negócio e quais seriam os valores das parcelas.

Assim como a versão do ano de 2016, ele conta com a regulagem do volante de acordo com a altura do motorista. Dessa forma, garante a segurança e o conforto para que o mesmo não fique apertado ou com dificuldades no momento de dirigir.

Para quem busca carros de único dono, também encontramos alternativas que contam com apenas 30 mil quilômetros rodados e que ainda estão bem inteiros para a negociação. Vale ressaltar, no entanto, que o valor pode variar de acordo com a região e também com a fipe do carro. 

A direção do carro do modelo do ano de 2015 é hidráulica, o que permite a movimentação do volante ainda mais leve. Com certeza, uma das melhores alternativas para quem está em busca dos melhores carros seminovos. 

jeep renegade 2021

- Continua Depois da Publicidade -

Também temos a versão do ano de 2021, que é bastante procurada. No site oficial da montadora, é possível escolher como montar o seu próprio carro com características exclusivas do dono, o que pode variar bastante no preço final do automóvel.

O valor médio, no entanto, sai entre R$ 100 mil até cerca de R$ 125 mil. Uma das principais características são as rodas de aro 19, que tentam fazer com que o consumo do automóvel diminua e, assim, haja maior economia no transporte.

Nas versões mais caras, o cliente conta com um teto solar totalmente panorâmico e mais luzes de LED dentro e fora do carro. Sem contar ainda que ele vem acompanhado de um computador de bordo que mostra exatamente todas as informações sobre velocidade e consumo, deixando a aparência e design ainda mais modernos e atuais. O que, querendo ou não, coloca o Jeep Renegade acima de muitas outras alternativas do mercado atual.

Na versão que custa na faixa de R$ 150 mil, nomeada com o MOAB, o cliente pode ter acesso a rodas de liga leve em 4X4 e otimização para andar em cinco tipos de terrenos diferentes.

jeep renegade limited

O jeep renegade limited é a versão top de linha dos desenvolvimentos anuais da marca. Em suma, trata-se de uma das versões mais caras e procuradas por clientes de todos os estilos, principalmente daqueles que estão em busca de conforto e não abrem mão de ter um automóvel robusto e com tecnologia de ponta.

Atualmente, o valor gira em torno de R$ 140 mil e tem um modelo bastante próximo ao Nissan Kicks Exclusive que tem a mesma faixa de preço.

Uma das principais diferenças desta versão são os faróis de LED que garantem maior iluminação para andar durante a noite, principalmente em zonas que contam com mais trilha. Por fim, vale ressaltar que o motor é de destaque e consegue chegar a cerca de 0 a 100 km/h em 11,1 segundos. Perde apenas para grandes clássicos como é o caso do Vectra que parou de ser produzido no Brasil para dar espaço ao Astra, que tem a qualidade muito inferior.

A velocidade máxima alcançada por ele é de 182 km/h. Sendo então, um pouco inferior a outras alternativas em relação à velocidade. Então, não é um carro para quem busca realizar corridas e análises de desempenho.

Por fim, vale a pena abordar um pouco mais sobre o consumo que é de 9,4 km/l (gasolina). Ele é bastante mediano, provando que não é um carro ideal para quem costuma trabalhar e pegar trânsito durante todos os dias.

jeep renegade std

Essa é uma das versões mais econômicas para quem busca economizar de forma expressiva na compra: a faixa de preço gira em torno de R$ 60 mil, mas, como dito anteriormente, pode aumentar conforme o cliente faz financiamentos ou empréstimos.

Com um estilo bastante quadrado e tendo algumas características em relação ao ano de 2016, ele é o novo SUV compacto.

O câmbio automático possui seis velocidades e não é uma alternativa bem aceita por aqueles que são os mais tradicionais e preferem o câmbio manual. Já em relação ao motor, assim como as versões mais caras, é bastante parecido: um 1.8 E.torQ Flex. O consumo é mediano, sendo possível encontrar vídeos de testes em que faz cerca de 9 km por litro.

  • Argumentamos que o consumo pode variar porque também depende do motorista que está dirigindo o automóvel, se é uma pessoa que costuma pisar mais, o consumo deve ser maior e há maiores gastos com combustíveis.

Essa versão não conta com banco de couro. Então, é necessário tomar alguns cuidados em relação aos tecidos, como evitar o contato com sujeira. Justamente por ser um carro voltado para trilhas e estradas diversas, deveria contar com esse acabamento que seria um enorme diferencial.

Outro ponto é que o painel conta com um estilo emborrachado e diferenciado. Dessa forma, é bastante liso ao passar a mão e exige alguns cuidados com itens pontudos visto que podem deixar marcas expressivas. Ao limpar, use apenas álcool em gel e água em um pano macio e sem adição de produtos químicos voláteis.

jeep renegade 2020

O Jeep Renegade de 2020 conta com preços que variam desde R$ 77.490 a R$ 152.990 e são cerca de 6 versões sendo disponibilizadas para os clientes. Neste caso, para fazer a nossa análise, separamos o 1.8 16V FLEX LONGITUDE 4P que custa na faixa de R$ 104 mil e está sendo vendido no site oficial ou em qualquer concessionária do Brasil.

O carro é totalmente automático e conta com seis transmissões de marchas que, ao serem feitas sem ser o estilo manual, ajudam a economizar mais combustível.

Transmissão Automática
Número de marchas 6
Nomenclatura da transmissão (comercial) AT6
Localização do câmbio Assoalho

Os freios dianteiros e traseiros são outro ponto que merecem destaque em nossa análise ao contar com o disco sólido na parte de trás e o disco ventilado na parte da frente. Já para estacionar, o dono do automóvel conta com um freio eletrônico que garante o não acontecimento de acidentes como bater em outro carro.

Freios dianteiros Disco ventilado
Freios traseiros Disco sólido
Freio de estacionamento Eletrônico
Suspensão – Dianteira McPherson

Assim como em outras versões que estamos citando neste artigo, o ano de 2020 conta com LEDS em todos os faróis, o que facilita enxergar no escuro, por exemplo.

Em relação ao Design, ele conta com a média de nota 5 pelos seus usuários e, no caso do custo benefício, os clientes costumam dar a nota de 4. O espaço interno e o conforto também recebem a  nota máxima. Geralmente o custo benefício recebe a menor pontuação justamente pelo consumo e também pelo preço para se ter um desses na garagem.

jeep renegade 2018

A versão referente ao ano de 2018 custa na faixa de R$ 89 mil e está sendo vendida também na OLX e maiores concessionárias brasileiras. Em suma, o modelo que mais atrai os compradores neste caso é o da cor branca.

O câmbio é automático e conta com direção elétrica e motor de 1,8. O tempo para chegar até 100 km por hora pode ser de 12 segundos. O consumo varia de acordo com o combustível usado e também com o estilo de estrada, mas gira em torno de 8 até 10 km por litro.

 

Já em relação ao combustível, há a possibilidade do FLEX. Ou seja, tanto o diesel quanto a gasolina. O usuário pode analisar, assim, quais são as alternativas mais viáveis para o tipo de consumo que deseja obter.

 

Assim como na versão do ano de 2016 e de 2015, essa é uma das alternativas para quem está pensando em economizar, mas ao mesmo tempo, sempre sonhou em ter um jeep renegade na garagem.

 

  • Bem, agora que você já sabe quais são os principais modelos do Jeep Renegade e as especificações de cada um deles, iremos te falar qual dos modelos mais valem à pena e muitos outros aspectos importantes que você precisa saber antes mesmo de tomar a decisão final de compra.

Comprar Renegade: sim ou não?

O jeep renegade vem passando por uma série de críticas em relação ao desempenho do motor para os tipos de estrada. O consumo dele é menor que 10 km por litro para um motor mediano: já existem alternativas de carros 2.2, que são ainda mais potentes, e que consomem a mesma quantia.

Em suma, o carro também se tornou um dos queridinhos e sinônimo de status devido ao alto preço: é usado somente por pessoas com bons salários e que conseguem realmente o manter. E, não é por pouco que em questão de uma quantidade pequena de tempo ter se tornado uma das principais formas de mostrar status.

Para quem busca carros mais caros e que conseguem mostrar o status, o Jeep pode ser uma alternativa bastante viável contanto que se consiga manter: o consumo é alto para o preço dos combustíveis neste ano e além disso, ele exige muitos cuidados com a manutenção, que deve ser realizada com bastante frequência.

Já para quem busca um motor potente e um bom consumo dentro das rodovias, por exemplo, pode optar por um Vectra Chalenge que chega a fazer 15 km por litro. Dentro da cidade, faz entre 8 a 10 km por litro. Em suma, o câmbio é manual e permite que o usuário tenha mais desempenho quando se trata de “puxar o motor” e aumentar a velocidade: o velocímetro mostra o máximo de 260 até 300 km por hora.

Já para quem deseja usar para trabalhar, sem sombra de dúvidas não é uma boa alternativa para grupos de classes mais baixas ou médias visto que gasta muito, exige grande manutenção e os itens dentro do carro são caros. O indivíduo estaria literalmente trabalhando para pagar o carro para trabalhar. Neste caso, o mais indicado para os usuários seria uma versão de carro 1.0 que são bem mais baratos e em conta. 

Quantos custa (aproximadamente)?

Como foi dito neste artigo, a média de um Jeep Renegade é de R$ 100 mil, mas poderia variar dependendo do ano e do modelo. Por exemplo, o ano de 2015 custa na faixa de R$ 80 mil enquanto a versão do ano de 2021 tem o teto máximo de R$ 150 mil. 

Apesar de ser criticado, é o sonho de muitos consumidores. No entanto, o que recomendamos neste caso é que os usuários tentem determinar um valor máximo que estão dispostos a pagar pelo automóvel e também investigar outras marcas que tenham a mesma faixa de valor. 

Supondo que tenha o limite de R$ 100 mil para gastar, pode procurar carros com esse valor e que não sejam um Jeep Renegade. Dessa forma, poderá fazer análises em relação ao consumo, aparência e até mesmo o preço do veículo e da manutenção. 

Logo, será possível criar um balanço completo de prós e contras de cada um deles e ter certeza se pode ou não comprar, se vale à pena. Atualmente, também existe uma série de sites que fazem a comparação de carros e dizem quais são os melhores, qual se destaca no motor, qual se destaca no consumo e muito mais. 

Quanto custa um Jeep Renegade 2021?

O valor de um Jeep Renegate no ano de 2021 pode variar de R$ 89 mil ara cerca de R$ 150 ou R$ 160 mil, dependendo da loja que está realizando a venda do veículo. Para quem está pensando em economizar, uma das alternativas é optar por uma versão mais antiga, como o informado anteriormente. 

Mais barato

Na versão referente ao ano de 2021, o Jeep Renegade mais barato custa na faixa de R$ 89 mil e possui a roda dianteira e frontal de 19 centímetros, o que garante uma estabilidade mediana em alguns tipos de estradas. A versão também tem um computador de bordo que mostra todo o consumo do automóvel e quais são as velocidades: ele não supera a faixa de 188 km por hora. 

O Portal Garagem 360 criou uma análise com carros parecidos com a versão de 2021 mas que são mais baratos e em contas para os usuários: 

  • Hyundai Creta Prestige 2019: o preço do carro é de R$ 104 mil à vista e pode passar por novos reajustes de acordo com o parcelamento. O motor é um pouco mais potente que o Jeep: 2,0. Já o porta-malas, permite adicionar cerca de 431 litros.
  • VW Amarok Highline 2013: A Amarok é um dos sonhos de consumo de muitos brasileiros e o preço médio pode variar de acordo com  o dia que estiver lendo este artigo. No entanto, o valor atual antes da matéria ser fechada era de R$ 90 mil. 

O que levar em consideração no momento de comprar um carro?

Existem alguns pontos que devem ser levados em consideração no momento de realizar a compra de um carro. O primeiro deles é em relação ao design visto que ninguém costuma comprar carros que ache feio (a não ser que não tenha dinheiro para escolher e esteja em uma situação de emergência). O consumo do veículo é outro ponto: 

  • Se você for usar o carro para trabalhar todos os dias, é necessário que os gastos sejam mais em conta e seja uma versão como um 1.0 ou até mesmo 1.4. Para quem deseja usar o carro para viagens apenas em rodovias e que também quer status, pode optar por uma alternativa que gaste mais visto que na estrada há um consumo menor que dentro da cidade e viagens não são realizadas com tanta frequência. 

O preço do carro é outro ponto que deve ser analisado no momento de finalizar a compra. Se pretende financiar ou pedir um empréstimo, faça um cálculo para saber exatamente quanto vai gastar ao final desta empreitada e ter certeza que o valor não vai ficar muito salgado. 

E então, tem mais alguma dúvida se comprar um Jeep Renegade vale á pena? Comente aqui com a gente qual a sua opinião sobre o assunto, se pretende comprar, se já usa e quais são as suas experiências. 

Não esqueça de acompanhar o nosso site oficial para ficar por dentro de todas as nossas postagens sobre carros e reviews: mantenha- se atualizado em todos os tipos de lançamentos. 

VEJA TAMBÉM: Chevrolet: os carros mais procurados da marca

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -