HomeReceitasBolo de chocolate: confira dicas para preparar e receitas

Bolo de chocolate: confira dicas para preparar e receitas

-

O bolo de chocolate é uma receita presente em diversas partes do Brasil e do mundo, e sem dúvidas é um dos bolos mais saborosos que existem.

É um prato, por assim dizer, bastante utilizado para lanches e café da manhã, e faz parte da vida  de muitos brasileiros.

Está presente em quase todas lanchonetes e padarias do país, além de ser tradicionalmente feito e consumido nas próprias residências familiares.

Isso porque, possui um modo de preparo bastante simples, e muitas vezes não é necessário nem liquidificador, nem batedeira, pois os ingredientes líquidos ou em pó podem ser facilmente misturados manualmente.

As principais variações podem ser encontradas também em relação às caudas ou coberturas e recheios, que podem ser de leite condensado, brigadeiro, maracujá e até mesmo de calda de chocolate.

História do bolo de chocolate

- Continua Depois da Publicidade -

O bolo de chocolate não é tradicional apenas no Brasil, mas sim em muitos outros países do mundo, principalmente América e Europa.

Na  verdade, o chocolate é um produto bastante apreciado e que faz parte de diversos produtos tradicionais, isso quando não é consumido puro mesmo.

Alguns exemplos são os brigadeiros, os ovos de páscoa e uma diversidade realmente impressionante de bolos com o produto.

A criação do bolo de chocolate é atribuída ao povo inglês, no ano de 1674, possuindo desse modo mais de 300 anos de existência.

Até esse período o cacau era utilizado apenas para produtos líquidos, mas foram adicionados às massas de bolos pelos confeiteiros da Inglaterra, e a partir daí ganharam o mundo.

O chocolate em si já era trabalhado pelos povos maias, nativos da américa, bem antes de 1500, mas era como um suco à base de cacau.

Já o bolo existe a bastante tempo, e é atribuído ao Egito antigo e Roma antiga, que costumavam temperar as massas de pães com frutas.

Atualmente, o bolo de chocolate possui diversas variantes, com o acréscimo de outros ingredientes, que tornam cada receita única.

- Continua Depois da Publicidade -

Uma que é bem utilizada é a nega maluca, que apesar de comumente ser chamado de bolo de chocolate, possui suas características próprias.

Dicas para preparar um bolo de chocolate

Quando já não se há uma receita tradicional na família, também não é difícil encontrar diversas disponíveis na internet.

Cada uma com um toque diferente, que dão a cada bolo texturas, visuais e sabores próprios.

O canal Panelaterapia ensina uma receita tradicional de bolo de chocolate, apenas com uma pequena alteração, adicionando um pouco de maizena à massa..

Na receita descrita, há apenas ovos, leite, óleo, chocolate em pó, farinha de trigo, Maizena, açúcar e fermento em pó.  A quantidade de cada ingrediente está na descrição do vídeo.

É um processo bastante simples e que não demora muito tempo para cozer a massa e preparar toda a receita.

Como há apenas componentes em pó ou em estado líquido, não há nem mesmo a necessidade de um liquidificador.

E todo o processo de homogeneização da massa foi feito manualmente, sem o auxílio de uma batedeira.

- Continua Depois da Publicidade -

É preciso simplesmente  misturar os ingredientes, colocar em uma forma e levar para o forno pré-aquecido por aproximadamente 45 minutos.

A receita ensinada também leva uma cobertura de brigadeiro derretido, muito simples, mas que não há a necessidade de colocar.

É uma cobertura bastante simples, que leva apenas leite condensado, leite, chocolate em pó e manteiga ou margarina.

E tudo que é preciso é apenas levar ao fogo em uma panela até que ferva, e depois despejar ainda quente sobre o bolo.

Como deixar o bolo de chocolate fofinho

Preparar um bolo em si não é algo tão complicado, em suma, tudo o que é preciso é misturar os ingredientes e levar para o forno.

Isso até pode ser verdade, e um bolo de chocolate, mesmo que não muito bem feito, sempre é uma delícia.

Mas na verdade o resultado final vai muito além disso, e está atrelado a diversos fatores.

Apesar de ser bom, mesmo com alguns defeitos visuais ou até mesmo sendo solado, o que se deve buscar é um bolo bonito, fofo, molhado e saboroso.

Mesmo com todas essas características necessárias, continua sendo um trabalho relativamente fácil, onde qualquer pessoa pode fazer.

Tudo o que é preciso é paciência e atenção a detalhes e principalmente obediência às regras de modo de preparo e quantidade de ingredientes.

Mas e para o bolo ficar fofinho? Para o bolo de chocolate não solar uma das principais dicas é em relação a temperatura do forno.

Não apenas para o bolo de chocolate, mas para todos os tipos de bolo, um ponto fundamental é o pré-aquecimento do forno.

Pré-aquecer significa que ao se colocar um bolo no forno, ele já estará em uma temperatura ideal para cozinhar a massa.

Isso é necessário, porque assim, logo que se coloca o bolo no forno, ele já começa a cozinhar em pouquíssimo tempo.

E apesar do que se pode pensar, não configura como um gasto desnecessário de gás, uma vez que, mesmo que se ligue o fogo depois depois de se colocar o bolo, levará um tempo até que ele comece realmente a assar.

Além do mais, esse tempo inicial de cozimento é crucial para o resultado final impecável, pois é nesse período em que ocorrem as reações químicas.

Essas reações dizem respeito ao fermento e à própria farinha de trigo, que são as grandes responsáveis por dar a fofura que um bolo precisa.

Outra dica que facilita bastante o processo de deixar o bolo de chocolate bem fofinho é a troca de porções da farinha de trigo por amido de milho.

O amido de milho é conhecido popularmente como Maizena, devido ao nome da principal produtora do produto aqui no Brasil a mais de 140 anos.

O amido é bem mais leve que a farinha, e ao substituir uma porção da mesma, torna toda a massa leve também. Com isso, o resultado final é um bolo mais leve e fofinho.

Como assar corretamente

Para assar um bolo corretamente é preciso tomar cuidados e se ater a pontos básicos do tempo de cozimento e temperatura ideal, não abrir o forno, untar a forma e testes para conferir se está no ponto.

Mesmo assim, ainda é um processo simples, basta que se tome cuidados básicos e nada complicados de cozimento da massa.

temperatura

Em relação à temperatura do forno, na maioria dos bolos em geral, o forno é ligado em uma temperatura média.

No caso do bolo de chocolate não é diferente, a temperatura para a maioria das receitas desse tipo de bolo gira em torno de 180º, em alguns casos 185º ou 200º.

Por isso, ao procurar uma receita, se atenha a temperatura informada, pois ela é mais indicada para um bolo de chocolate perfeitamente assado

Isso porque as temperaturas abaixo das recomendadas fazem o bolo assar muito devagar, e todos os processos químicos fundamentais para a qualidade visual e do sabor não ocorrem perfeitamente. Desse modo, o bolo ficaria muito seco e duro.

E as temperaturas muito acima da indicada, fazendo o movimento contrário, obrigam o bolo a assar muito rápido, e essas mesmas reações químicas do fermento, do trigo, e do amido não ocorrem perfeitamente.

Nesse caso, o resultado é um bolo totalmente murcho, sem a presença de oxigênio preso em sua massa.

De toda forma, outro segredo importante é o pré-aquecimento do forno, para deixar tudo na temperatura ideal mesmo no início do processo.

tempo

Além da temperatura, outro ponto crucial também é o tempo, pois de nada vale cozer a massa do jeito certo se ela passar do ponto ou tirar antes do indicado.

No caso da grande maioria dos bolos de chocolate, e das maiorias das receitas dispostas na internet, que fazem referência a um tamanho de bolo padrão, o tempo para assar o bolo varia de 35 a 45 minutos.

E para um bolo de chocolate assar corretamente é preciso respeitar esse tempo, pois apesar de poder variar um pouco, quase sempre o ideal é esse período.

untar a forma

Apesar de sua utilidade principal ser para que o bolo desgrude perfeitamente da forma, sem que fique grudada na mesma, o ato de untar também pode ser englobado na parte dos termos de assar corretamente um bolo.

Isso porque, quando um bolo de chocolate gruda significa que ele está queimando um pouco suas bordas, fazendo com que a massa grude na forma.

Ou melhor, ao se despejar a massa do bolo sem untar, isso faz com que ela asse rapidamente pelo contato direto da forma, consequentemente queimando suas bordas e prejudicando a qualidade final do bolo.

No caso dos bolos de chocolate, normalmente esse processo de untar é feito com manteiga, sendo que muitas receitas adicionam outra fina camada de farinha de trigo ou até mesmo pó de chocolate.

Por isso, é preciso verificar, de acordo com a receita que está seguindo, para que não haja problemas e asse corretamente.

não abrir o forno

Para que tudo asse perfeitamente, é preciso uma temperatura constante dentro do forno, assim não é nada indicado ficar sempre abrindo o mesmo para verificar. 

É como abrir uma geladeira, sempre que ela é aberta sai o ar frio e entra o ar ambiente, no caso mais quente, que ao ser fechada novamente deve ser resfriado.

No caso do forno, ocorre a mesma coisa, de um modo diferente claro, pois ao abri-lo, sairá um pouco de ar quente e entrará um pouco de ar ambiente, e quando fechado deve ser aquecido novamente.

Assim há a perda de temperatura dentro do forno, o que atrapalha, e muito, o processo de cozimento da massa, tanto em tempo hábil, quanto em qualidade.

teste do palito

Como dito, é preciso respeitar o tempo de cozimento da massa indicado, mas cada bolo pode variar um pouco, dependendo, por exemplo, do forno em que é feito.

Por isso, os confeiteiros ou “boleiros” costumam aprender técnicas que observam eficazes para saber o ponto de cada bolo, podendo ser a maciez, a douração, etc.

No caso do bolo de chocolate, o truque mais tradicional é através do uso de palito, que ao ser espetado no bolo e sair completamente limpo, indica que tudo já está ok.

Isso porque a massa de chocolate é muito grudenta, e sempre que ainda não estiver no ponto deixa o palitinho completamente ou parcialmente sujo e grudado.

Além do palito, podem ser usados um talher, um garfo, um faqueiro, ou qualquer outro utensílio que possa ser introduzido no meio do bolo, sem causar estragos.

Mas de toda forma, esses testes devem ser realizados em um período perto do tempo indicado, pois o forno não deve ser aberto constantemente.

Diferença de bolo chocolate para nega maluca

Além do bolo de chocolate tradicional, há também diversas versões e modificações dessa receita, dando outras características, e a mais conhecida é a nega maluca.

Apesar de muitas vezes ser confundido e chamado de bolo de chocolate, na verdade a nega maluca nem deveria ser chamada assim.

Pois apesar das grandes semelhanças de visual e de realmente parecer muito com esse bolo, há alguns pontos que diferem essas receitas.

É uma diferença em relação à textura e ao gosto, mas o visual é praticamente o mesmo.

A principal diferença é que na nega maluca não vai leite entre os ingredientes, mas apenas água quente.

Em algumas receitas há ainda a presença de uma pitada de sal, que confere ao bolo um sabor realmente diferente, bem como a textura.

Outra característica é a cobertura de calda chocolate, presente na receita tradicional.

Por isso é comum pensarem que a nega maluca é simplesmente um bolo de chocolate com cobertura de chocolate. Mas como visto, há sim diferenças de ingredientes também.

Espero que tenha gostado do conteúdo deste artigo, e caso ainda tenha alguma dúvida sobre o tema, basta deixá-la aqui nos comentários, que nossa equipe prontamente irá saná-la.

E então, você gosta de comer bolo de chocolate? Tem alguma receita especial que não citamos e que só você sabe fazer? Deixa aqui nos comentários quais são as suas principais dicas de preparo. Estamos ansiosos para saber o que você achou!

Não esqueça de avaliar nosso artigo!

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -