HomeLeis & GovernoSintegra: Veja como consultar sua inscrição estadual

Sintegra: Veja como consultar sua inscrição estadual

-

O Sintegra é uma forma tecnológica encontrada, para que o fornecimento de dados e informações fiscais fossem integrados em um só lugar. É como se todos os processos contábeis e fiscais, fossem digitalizados e agora podem ser encontrados em sua forma digital através do sistema.

Existem diversas exigências contábeis, tantos processos que em muitos casos os empresários ficam sem saber por onde dar início e cumprir com tudo que é imposto, e a insegurança acaba atrapalhando a resolução desses problemas. Por esse motivo, é essencial se manter atualizado e também entender sobre tudo que diz respeito ao funcionamento e as obrigações desse sistema. Para entender melhor, continue lendo.

Sintegra

Sintegra: O que é?

O Sintegra, ou Sistema Integrado de Informações sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços, foi elaborado para que o fluxo de dados fiscais e o fornecimento de informações pudesse ser administrado de forma mais fácil. Nesse meio, a intenção do sistema era de que tanto as informações do Fisco, quanto dos contribuintes pudesse ficar em um único lugar, de forma digital e simplificada, muito mais fácil de ser encontrada e também de ser administrada.

De uma maneira prática, o Sintegra realiza o controle de operações interestaduais, que são realizadas por todos aqueles que contribuem com o ICMS, em entrada e saída de informações. As operações de compra e venda e também de prestação de serviços, são todas simplificadas pelo poder público, o que garante uma maior confiabilidade dos dados, maior controle e também mais agilidade em acessar essas informações.

- Continua Depois da Publicidade -

Quando foi criado, a principal intenção do Sintegra era a de informatizar e digitalizar, tudo que tinha relação com o Fisco, para que os contribuintes pudessem verificar e acompanhar tudo que estivesse sendo realizado, e apurar as informações de fiscalização, junto com o comportamento dos contribuintes de ICMS.

Com esse objetivo em mente, o intuito do Sintegra sempre foi o de facilitar o acesso aos dados do Fisco de cada empresa. Com isso, tanto a entrada quanto a saída de informações, pode ser controlada pelo Poder Público, que passa a ter um controle sobre as operações das empresas de forma mais apurada.

Na prática, quando se realiza qualquer emissão de documentação, uma nota fiscal, etc, essas informações que são repassadas aos contribuintes, emitem informações de compra e venda, ou até mesmo de prestação de serviços, e nesse caso, elas precisam ser documentadas para que tanto as operações internas quanto as interestaduais, fiquem registradas e possam ser armazenadas no sistema.

Controle de informações

Para que serve?

Toda empresa que precisa realizar uma troca de informações com o Sintegra, assim como toda sua diversidade de dados e informações, se relacionam com o sistema dessa maneira, já que ele serve para que os dados de operações também sejam consultados. Com isso, para garantir que as operações possam ser envolvidas com empresas perante o Poder Público, o sistema possui várias funcionalidades.

Além de armazenar dados e auxiliar na administração das informações, o Sintegra também serve para que as consultas do CND (Certidão Negativa de Débito) sejam feitas, assim como avaliação e conferência da situação atual do CNPJ, Receita Federal, inscrição com o município, no estado, e até mesmo no próprio Sintegra. Cada tipo de consulta é realizado por um órgão responsável, que também pode ser consultado através do sistema.

Sobre a Inscrição Estadual de forma específica, as empresas precisam acessar o sistema do Sintegra para poder escolher onde inserir o CNPJ ou realizar as pesquisas de cada estado. Com isso, fazer as avaliações dos dados e das informações, assim como averiguar a situação da Inscrição em cada instância, sendo ela municipal ou estadual, acaba levando mais tempo, ainda mais dependendo da quantidade de consultas.

Por esse motivo que todo o sistema foi automatizado, para que as consultas cadastrais possam ser feitas de maneira mais rápida. A solução digital implementada no Sintegra, garante que as consultas sejam feitas de forma mais rápida, e as notificações são automáticas, mostrando o que pode ter sofrido alteração ou não.

Faça o cadastro no Sintegra

- Continua Depois da Publicidade -

O cadastro no Sintegra se faz extremamente importante, principalmente para a emissão de notas fiscais aos clientes e compradores. Sem o sistema, fica impossível realizar esse tipo de operação, já que ela é um dos requisitos fundamentais para lojistas e comerciantes e também para prestadores de serviço.

Quem possui empresa em sistema de vendas no B2W, realizar o cadastro da empresa junto ao Sintegra pode ajudar a regularizar os negócios junto aos órgãos específicos do governo que fazem essa exigência.

Porém, é válido ressaltar que MEIs, não precisam se cadastrar no sistema, desde que suas notas fiscais sejam emitidas no próprio site da Receita Federal de forma avulsa.

Para fazer o cadastro no Sintegra, é preciso fazer um pedido com a Secretaria da Fazenda do estado em que a empresa se encontra, e acessar o site do Governo Federal. Normalmente existem alguns links para cada estado e sua secretaria, que separa cada região, portanto, é possível escolher a região onde a empresa possui o registro e realizar o cadastro por lá.

O Sintegra é um facilitador, que oferece as facilidades de acesso à dados de empresas que estão relacionados ao Fisco. Essas informações precisam ser passadas ao poder público, que consegue manter um controle de tudo que acontece em meio as empresas.

Depois de fazer o cadastro no Sintegra, a emissão de notas fiscais pode começar, e a empresa fica qualificada e pronta para vender em todos os sites do país, e também em lojas físicas.

Consulte sua inscrição estadual

A IE (Inscrição Estadual), vai ser o número que a Secretaria da Fazenda libera, assim que o registro da empresa é realizado no estado. Esse número vai sempre aparecer nos registros do contribuinte, como no ICMS da Receita Estadual. Nesse número de inscrição, o contribuinte está registrado de maneira formal com seu negócio, junto da Receita Estadual e por isso, se encontra regular com toda a sua situação cadastral.

Essa inscrição serve para que o ICMS possa ser recolhido, assim como também garante a emissão das notas fiscais de produto. Quando o empresário recebe esse número, ele precisa ser parecido com o CNPJ, e feito isso, indica que a empresa está regularizada, assim como com o Sintegra.

- Continua Depois da Publicidade -

A Inscrição Estadual é uma exigência de todas as empresas, que vendem algum produto físico e precisam contribuir com o ICMS. Essa inscrição é o que garante a avaliação e permite que os impostos sejam pagos. Com isso, independente de qual seja o produto vendido, ele pode ser entregue ao cliente, e para isso, vai precisar desse número.

Assim como as informações do Sintegra, o número da Inscrição Estadual vai junto na nota fiscal do produto, quando o envio dele é feito através dos correios. Ao despachar uma mercadoria, é preciso emitir uma nota fiscal, e para isso, esse número é essencial.

Sem contar que o número de Inscrição Estadual é usado e pode ser aplicado a qualquer tipo de mercadorias e comércios, até mesmo para quem vende online, mas entregam mercadorias físicas. Só não precisa desse número de inscrição quem não vende produtos físicos.

Para consultar o número de uma empresa através da sua Inscrição Estadual no Sintegra, é preciso acessar o portal do sistema, e então encontrar o estado onde busca o número de Inscrição Estadual. Feito isso, uma nova página vai se abrir, e exigir alguns dados para realizar a consulta.

Nessa etapa é preciso selecionar a opção de CCE, e digitar no quadrado em branco, o número da inscrição estadual e depois clicar em consultar. Se o número estiver correto, todas as informações da empresa aparecerão abaixo.

Inscrição Estadual

Consulta Sintegra pelo CNPJ

Também é possível consultar o Sintegra através do CNPJ, e descobrir o número da Inscrição Estadual. Pelo Sistema é possível identificar o número, já que se trata de uma plataforma federal, que consegue disponibilizar e consolidar informações de todos os contribuintes e da Receita Federal.

Para realizar a consulta é preciso acessar o site do Sintegra, e escolher no mapa que aparece a região e estado onde a empresa se encontra. Depois disso, uma nova página vai abrir, com um formulário para preencher, nos campos é preciso digitar o CNPJ da empresa ou o CPF da pessoa que contribui. Depois disso é só digitar o captcha e clicar em pesquisar.

A consulta realizada através do CPF também é válida para as empresas individuais, que se enquadram dentro das incidências de pagamentos de ICMS. Caso a empresa seja contribuinte e tenha a Inscrição Estadual registrada no Sintegra, o site vai informar durante a consulta, quais são esses dados, assim como a razão social. Além disso, também é possível visualizar um painel ainda mais completo sobre as informações da empresa ao clicar no link da razão social. Ali é possível encontrar os dados como telefone, endereço, quais são as atividades desenvolvidas entre outras informações importante sobre a empresa.

Sintegra SP: Consulta

A consulta do Sintegra de empresas em estados diferentes, é feito de forma bem semelhante. Além disso, é válido ressaltar que em qualquer estado, o Sintegra ou a Inscrição Estadual pode ser consultada através do número desse documento, ou pelo CNPJ, ou CPF do contribuinte. A Inscrição Estadual possui 9 dígitos e pertence a todas as empresas que realizam a venda de produtos físicos, e nesse caso realizam a emissão de Notas Fiscais.

Cada estado tem uma responsabilidade diferente, e exigências individuais, isso acontece devido a própria legislação sobre o ICMS de cada região. Para entender melhor como realizar consultas de cada estado, acompanhe.

Para fazer a consulta estadual de São Paulo no Sintegra, é preciso acessar o site, e ter em mãos ou o CNPJ da empresa, ou a Inscrição Estadual. Caso nenhum desses documentos esteja disponível, o Nire também pode ser usado para realizar a consulta.

Sendo assim, ao entrar no site do Sintegra, escolha o estado de São Paulo no mapa para dar início a consulta. Selecione o documento que será informado e depois digite no espaço em branco o número do documento e clique em consultar. Caso os números estejam corretos, a próxima página irá mostrar todas as informações relacionadas a empresa, informando também os documentos de Inscrição Estadual e CNPJ.

Sintegra SP

Sintegra PR: Consulta

A Consulta feita através do Sintegra é pública e por isso, pode ser realizada por qualquer pessoa que queira descobrir mais informações sobre qualquer empresa. Dentro do sistema operacional de cada estado, é preciso estar cadastrado com uma Inscrição Estadual, todas as empresas que realizam venda de produtos físicos. Esse número pode ser usado para a consulta assim como o CNPJ.

Para verificar o regime de tributação e como é realizado o ICMS basta consultar as informações que estão disponíveis no sistema.

Para consular o Sintegra do Paraná é preciso acessar o site, e selecionar o estado no mapa que aparece. Na página que aparece é preciso digitar as informações da empresa, como CNPJ ou Inscrição Estadual, e então clicar em consultar empresa.

No site do Paraná do Sintegra, também existe a opção de consulta para Produtor Rural. Caso essa seja a função da empresa os números precisam ser digitados abaixo, assim como o CNPJ ou o CPF do contribuinte e então clicar em “Consultar Produtor”.

No estado do Paraná, existe a opção de buscar por produtor rural, devido a um Decreto de nº 1980/2007, de acordo com a Nota Fiscal de produtor que precisa ser emitida com o CPF ou CNPJ. As operações de venda desse tipo de empresa, foi determinada em 2008, e desde então é obrigatório realizar a inscrição como Produtor Rural e realizar o cadastro no Sintegra igualmente acontece em outras empresas.

Outro ponto importante sobre o site do Sintegra do Paraná, é que na parte de cima da página de consulta, existe uma caixa que pede um “Número de Controle”. Tal determinação foi feita para que esse número não fosse alterado e seja a segurança do site. Ele é composto de 6 números e com isso, evita que as consultas sejam feitas por programas automáticos, atrapalhando os demais usos da plataforma.

Sintegra PR

Sintegra MG: Consulta

Os dados cadastrais das empresas que estão localizadas no estado de Minas Gerais, também podem ser consultados através do site do Sintegra. É preciso que as empresas estejam cadastradas no sistema, mas assim como todo cadastro estadual é exigido, o contribuinte também pode realizar as operações que são relativas à circulação de Mercadorias ou para Prestação de Serviços.

Tais inscrições são realizadas para que o ICMS de Minas Gerais possa ser realizado e feito através da própria internet. A consulta é pública e pode ser realizada por qualquer pessoa que tenha os dados da empresa. Através do Sintegra, os dados são disponibilizados pela Secretaria da Fazenda do Estado, e servem para uma série de coisas que varia de acordo com cada serviço solicitado.

Para realizar as consultas no portal, é preciso entrar no site do Sintegra do estado de Minas Gerais. Depois de abrir o mapa, basta clicar no estado de Minas que a página seja redirecionada para a consulta em empresas do estado.

Feito isso, a página de consulta será aberta, e é preciso identificar quais os dados disponíveis para identificar a situação da empresa. No estado de Minas Gerais, o Sintegra disponibiliza os tipos de identificação que pode ser Inscrição Estadual, o número do CNPJ, o número de Inscrição como Produtor Rural, ou o CPF do contribuinte que é o responsável da produção rural.

Ao selecionar qual informação vai ser usada para realizar a consulta, digite os números no campo abaixo em branco, depois autorize o Captcha e clique em “Pesquisar”. Logo abaixo irá aparecer a razão social da empresa com os dados do CNPJ a Inscrição Estadual e qual é a sua situação cadastral para com o Sintegra.

A consulta é feita de forma bem rápida e embora a consulta possa ser realizada em vários dados diferentes, as empresas cadastradas no sistema, podem ser consultadas por qualquer pessoa que tenha acesso a esses dados, que normalmente estão presentes nas notas fiscais dos produtos.

Sintegra MG

Imprima recibo de entrega do Sintegra MG

No estado de Minas Gerais assim como em todos os outros, o recibo de entrega precisa ser feito todos os meses. Desde 2000, um decreto foi feito para que os arquivos fossem entregues todos os meses, sobre o mês anterior, diante de todos os contribuintes que estão autorizados a emitir notas fiscais, e processar dados.

Essa é uma obrigatoriedade do Sintegra, principalmente sobre os Microempreendedores individuais que devem contribuir e usar o sistema para emitir a nota fiscal de suas vendas. Quem se encaixa nessa categoria, precisa entregar essas declarações e o recibo de entrega, assim que a Declaração da Escritura Fiscal seja realizada.

Toda empresa que contribui e paga ICMS, possui um recibo de entrega, que também precisa estar incorporado no sistema. Isso é o que garante que as informações sobre as operações sejam verdadeiras. Até mesmo as empresas que optam por ter uma empresa no sistema do Simples Nacional, mas não possuem qualquer permissão de escrituração digital, podem recorrer a terceiros para realizar esse processamento eletrônico. Escritórios de contabilidade, sempre precisam das informações do Sintegra.

Para emitir o recibo de entrega do Sintegra de Minas Gerais, é preciso entrar no site da Secretaria de Estado da Fazenda e consultar o extrato de recepção do que foi emitido. Geralmente o dado pedido para fazer a consulta é a Inscrição Estadual da empresa, que depois de digitada, selecionando o estado onde irá ser feita a solicitação, é só clicar em “Consultar” para ter em tela um extrato dos recibos que foram entregues.

Basta selecionar o documento desejado, que deve estar protocolado eletronicamente como um recibo de entrega, e então fazer a impressão para que ele possa ser usado da maneira desejada.

Sintegra RS: onde consultar?

A consulta do sistema do Sintegra do estado do Rio Grande do Sul pode ser feita de forma pública e também através de ferramentas próprias para facilitar o controle dos tributos que são e precisam ser administrados pelo estado. Esse tipo de recurso realizado pelo sistema, viabiliza a troca de informações entre as empresas e o Fisco, que consegue ter acesso as transações de compra e venda, e também de prestação de serviços das empresas.

Além de ser uma ferramenta que oferece diversos benefícios, também é uma obrigação legal que faz parte da administração tributária para o controle dos impostos do país. No estado do Rio Grande do Sul, assim como nos demais estados do Brasil, a consulta é pública e pode ser feita através do navegador, com as próprias informações da empresa.

Sintegra RS

Para fazer a consulta acesse o site do Sintegra do estado do Rio Grande do Sul, e então o portal será aberto para que os números de cadastro das empresas sejam usados. Na página de consulta, os números de CNPJ ou Inscrição Estadual podem ser usados para encontrar as informações da empresa desejada, e então é só clicar em “Pesquisar”.

O Sintegra assim como seu controle sobre o ICMS recolhido foi criado para que o sistema pudesse usar as empresas e pessoas jurídicas, como é o caso de MEIs, para contabilizar a Secretaria Estadual junto de seus valores e lançamentos. Com isso, todos os documentos fiscais e contribuições podem se ater a uma tributação ou substituição tributária, quando se trata de finanças públicas.

Dentro do ambiente jurídico, o livro fiscal das empresas é fundamental para a emissão de notas fiscais e também o processamento do sistema eletrônico, como é feito o processamento de dados. Todo o acesso a essas informações podem ser feitas através do Sintegra, tanto para ter acesso às informações estaduais ou municipais, basta ser um contribuinte e ter CNPJ.

Todos os impostos e tributos são cobrados e entregues em forma de arquivos digitais, através do Sintegra, o que facilita a troca de informações, principalmente por tudo poder ser encontrado em um só lugar.

Quando a empresa não possui o cadastro no Sintegra, sua troca de informações com o Poder Público fica prejudica, e com isso, ela também não pode fazer a emissão de notas fiscais para suas vendas. Isso impossibilita o serviço e o fechamento de novos negócios, já que o documento é essencial para comprovar transações comerciais.

VEJA TAMBÉM: Consulta CPF de forma simples e rápida com 1 click

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -