HomeFinanças, Crédito & SegurosSerasa score: Com consultar gratis

Serasa score: Com consultar gratis

-

O Serasa Score faz parte da página oficial do Serasa e permite que todos os brasileiros façam uma breve análise sobre a situação de crédito e dívidas no CPF. Os bancos costumam  avaliar esse aspecto para saber se o cidadão é uma pessoa confiável para ter um empréstimo ou financiamento. Geralmente, quando os valores estão muito baixos, acaba-se tendo algumas dificuldades em conseguir até mesmo parcelamentos no cartão de crédito. 

O que é SPC e Serasa Score?

Tanto o SPC quanto o Serasa Score foram criados como uma forma de analisar a reputação do cliente bancário quando o mesmo vem solicitar um empréstimo ou financiamento. Geralmente, são vistos como confiáveis aqueles que contam com o score na faixa de 600 a 1000. No entanto, quando o valor está abaixo de 400, é comum que não consigam bons juros, por exemplo. 

O Serasa Score sempre diminui quando existem dívidas no CPF, busca pelo CPF em alguma loja que deseja saber se o seu nome está sujo ou até mesmo, em relação ao atraso nos pagamentos de faturas do cartão. 

  • Outro ponto curioso e que pode diminuir o Serasa Score é o valor que você gasta na sua fatura. Se o valor for muito alto, pode acontecer do seu score diminuir porque isso mostra que a sua vida financeira não está segura e pode ser abalada em caso de desemprego, visto que não teria como pagar o que tem parcelado e nem o que pretende parcelar a mais pelos bancos como o Bradesco, Inter e até mesmo o Nubank. 

Leia mais: Serasa: O que é Score, como funciona, créditos e mais

Como funciona o Serasa Score?

O Serasa Score leva em consideração uma série de fatores diferentes para determinar a pontuação do indivíduo e facilitar – ou não – para que ele tenha acesso a empréstimos e financiamentos. 

  • O principal fator e que determina cerca de 70% do cálculo é se conta com histórico de crédito. Quanto mais histórico de crédito o indivíduo possui, melhor é a sua pontuação – caso tenha uma boa experiência no pagamento. 
  • Depois disso, leva-se em conta o fato de pagar as contas em dia ou não. Os atrasos são ruins para o seu Score e podem mostrar que você não é uma pessoa compromissada com suas dívidas. 
  • Por fim, e não menos importante, o valor da fatura. Supondo que declare que recebe na faixa de R$ 4 mil por mês e tem cerca de R$ 3 mil todos os meses para pagar a fatura. Ou seja, vai cerca de 3/4 do salário apenas para dívidas. Isso pode mostrar que você não é uma pessoa que sabe lidar com as faturas e com os parcelamentos e que, consequentemente, pode atrasar os pagamentos pela falta de controle. 
- Continua Depois da Publicidade -

Leia mais: Score: O que é, como funciona e dicas para aumentar

Como ver o Serasa Score?

O processo para consultar o Serasa Score é bastante simples, prático e rápido. Para isso, será necessário que você: 

  • Acesse o site oficial
  • Depois disso, clique em “Consultar agora”. 
  • Será necessário que você crie um acesso com o seu CPF e uma senha, isso dura menos de 2 minutos. 
  • Agora, faça o login com o CPF e senha que usou. 
  • Pronto, já na página oficial terá acesso a toda a sua pontuação e os motivos que fazem com que ela diminua ou aumente. Dessa forma, basta fazer uma análise e pensar em formas de corrigir a situação para ter o score acima de 800 pontos e ser considerado como um consumidor extremamente confiável. 

Leia mais: Serasa consumidor: é seguro consultar pela internet

Como aumentar 

Existem vários pontos importantes que devem ser analisados no momento de aumentar o Serasa Score. No entanto, tudo isso vai estar declarado já no próprio portal que faz o acesso. A página inicial diz o que está causando a queda e o aumento para que, assim, você possa alterar os seus hábitos. Contudo, vale a pena dizer que existem regras e leis gerais para aumentar e iremos deixar aqui neste artigo. 

1. Cuidado com o valor da fatura

Muita gente pode se perguntar: Ok, mas eu pago tudo em dia e nem tenho empréstimos ou financiamentos, o que está causando essa queda do meu Serasa Score? 

A resposta é simples: o valor da sua fatura de crédito. Quando ela está elevada todos os meses, pode haver uma queda do seu score porque pode representar uma perda de poder sobre a própria vida financeira. 

Em suma, em alguns casos a pessoa pode até mesmo estar segura dos valores. No entanto, o computador não entende isso. 

Geralmente, o alto valor dos parcelamentos ocorre quando o indivíduo está criando a casa própria e até mesmo quando ele está passando por alguma dificuldade como é o caso do desemprego. 

2. Pagamento em dia 

- Continua Depois da Publicidade -

O pagamento em dia conta com apenas 20% do valor do cálculo no Serasa 2.0. Então, é essencial, apesar de ser uma porcentagem menor, que o cidadão esteja sempre pagando as faturas em dia. 

  • Uma dica para não esquecer, neste caso, é que o cidadão ative o débito automático do cartão de crédito para que o desconto já seja realizado no dia do pagamento da fatura. Dessa forma, não corre o risco de esquecer de pagar e ter que fazer a adição de multas e juros – sem esquecer ainda que isso prejudica o seu score. 

3. Histórico de crédito

O histórico de crédito também influencia. Uma pessoa que paga tudo em dia e que não possui alto valor no parcelamento das dívidas, pode continuar com o score baixo justamente porque não possui histórico de crédito. Ou seja, tem o cartão a pouco tempo, nunca pediu empréstimos e nada do gênero. Geralmente, esse histórico determina cerca de 70% do cálculo do score. Então, é muita coisa tendo em vista a porcentagem levada em conta nos tópicos anteriores. 

Conclusão

Como você pode ver, aumentar o score no Serasa é essencial para quem está em busca do financiamento da casa própria e até mesmo de empréstimos. Portanto, é indicado que você esteja sempre consultando esses valores porque é através dele que os bancos irão analisar o seu perfil de consumidor. 

Vale ressaltar que existem muitas formas de controlar o valor no score e de aumentar. No entanto, é necessário analisar casos e casos para determinar quais são os principais fatores negativos, como: 

  • Nome sujo; 
  • Alto valor de parcelamentos na fatura; 
  • Atraso nos pagamentos da fatura; 
  • Pouco histórico com crédito. 

E então, tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Comente aqui com a gente e não se esqueça de avaliar o nosso conteúdo para que possamos melhorar em nossas próximas produções. 

Leia também: Diferença entre SPC e Serasa: entenda como usar cada um

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -