HomeEntretenimentoNaruto: tudo sobre esse anime que é sucesso mundial

Naruto: tudo sobre esse anime que é sucesso mundial

-

Naruto é um clássico das histórias de mangás. É uma criação de Masashi Kishimoto, vencedor do prêmio Hop Step Award de 1996 com o mangá Karakuri, e que graças a isso conseguiu atrair o interesse de vários editores admirados com o seu estilo que mescla o de vários outros mangakás (desenhistas de mangás); uma característica que, aliás, o ajudou a conquistar jovens, adultos e até mesmo crianças nesse universo dos animes.

Tratando especificamente do mangá Naruto, sabe-se que a sua história começa no ano de 1997, quando Kishimoto decidiu contar a história de Naruto Uzumaki, um iniciante nessa curiosa arte ninja, e que passou a lutar de todas as maneiras possíveis para obter, por meio dessa arte, o reconhecimento e o respeito da sua comunidade.

Baseado em dois one-shots (capítulos rápidos) escritos por ele mesmo (Karakuri e Naruto), a série percorre a pré-adolescência e a adolescência do personagem, além de girar em torno das inter-relações entre os demais componentes, em especial as que se desenvolvem entre ele e um grupo formado por outros pré-adolescentes: Kakashi Hatake, Sakura Urano e Sasuke Uchina.

Mas a coisa começa a ficar complicada mesmo é quando surge em cena o terrível personagem de Orochimaru, um dos membros do “trio de ninjas lendários”, que, juntamente com Jiraya e Tsunade, mata, como forma de vingança, o 3ª Hokage na Aldeia Oculta da Folha, de imediato despertando a sede de vingança de Naruto.

Para piorar, agora é a vez de Orochimaru seduzir Sasuke a ajudá-lo a assassinar o seu irmão, o que faz com que agora seja a vez de Naruto, ainda imbuído do desejo de vingança, juntar-se a Jiraya para combater seu ex-amigo.

Principais personagens de Naruto

- Continua Depois da Publicidade -

A ambientação de Naruto se dá no universo mítico e lendário das histórias de ninjas; e, assim como ele, quase todos os personagens são membros de antigas aldeias e facções, e que ao longo da série vão revelando as suas principais características e papéis na história.

São personagens humanos, com poderes que se desenvolvem ainda na adolescência, certamente de propósito, como uma forma de cuidar da autoestima de adolescentes e pré-adolescentes que se veem às voltas com toda a sorte de bullying, violência doméstica e transformações típicas dessa fase.

Naruto é um deles. Um membro da Aldeia Oculta da Folha, cujas aventuras ajudam a compor a maior parte do enredo da série, assim como também as de outros personagens, como esses que veremos a seguir.

1. Kyuubi

Filho ilustre da Aldeia Oculta da Folha, Naruto Uzumaki, como dissemos, é o protagonista da série. Ele é um ninja adolescente que carrega em si um anjo demoníaco, o Kyuubi, literalmente selado em sua barriga, como um dos principais elementos na trajetória do principal personagem da saga.

Kyuubi é uma entidade responsável por afastá-lo de boa parte da comunidade, mas também por lhe conceder aspectos como o orgulho e a teimosia, que acabam sendo características que, de certa forma, atuam como os combustíveis necessários para que ele não desista do sonho de tornar-se o Hokage – o ninja mais forte e respeitado em sua aldeia.

2. Sasuke Uchila

Outro personagem importante em Naruto é um dos seus dois companheiros. Ele é um membro da comunidade Uchila, bastante experimentado no estilo “ninjutsu de fogo”, e que acaba rompendo relações com Naruto quando decide treinar o vilão da história para ajudá-lo a derrotar o seu irmão mais velho, Itachi, responsável pelo assassinato de todos os membros do clã Uchila.

3. Kakashi Hatake

Kakashi Hatake é um mestre ninja veterano, antigo professor de Naruto e dos seus companheiros, portador de um olho esquerdo (um “sharingan”) que lhe confere o poder de imitar e apreender todas as técnicas ninjas com as quais tenha contato.

Além disso, Hatake é conhecido pelo belo uso que faz de um dos seus chakras, por meio do qual desenvolveu a poderosa técnica ninja jutsu, responsável pelo seu grande detaque na 3ª Guerra Mundial Ninja.

4. Jiraiya

- Continua Depois da Publicidade -

Jiraiya é o parceiro que permanece com Naruto após o rompimento da tríade composta por eles e Sasuke.

O personagem foi um dos Sannins, um trio de ninjas entre os mais poderosos do período em que permaneceram juntos. E dentre as suas principais características, chamam a atenção o seu poderoso Rasengan (técnica ninja de aumentar o seu poder), a capacidade de invocar sapos, as suas outras técnicas de invocação, o controle do chakra para ativação de Kyuubi (o que Naruto não consegue), entre diversas outras habilidades de um ninja dos mais poderosos dentro da sua comunidade.

Animes parecidos com Naruto

1. Kimetsu no Yaiba: Demon Slayer

Apesar das diferenças, Kimetus no Yaba pode ser considerado um desses mangás parecidos com Naruto. Isso porque, mais uma vez, a história gira em torno de um adolescente que vê quase toda a sua família ser eliminada por um terrível demônio, e por isso passa a dedicar cada minuto do seu dia para treinar, treinar, e treinar, a fim de tornar-se um vigoroso caçador.

Dentre as principais característica da obra, está o fato de ela não poupar energia em cenas de luta com muito sangue, além do uso de uma certa dose de ironia e comicidade que dão um equilíbrio bastante saudável ao anime.

2. Hunter x Hunter

Em 1999 foi lançada a primeira versão desse mangá, que também gira em torno de dor e busca por vingança, em que o personagem principal utiliza-se da superação e desenvolvimento físico e mental para, durante essa busca, conhecer-se a si mesmo.

Em síntese, a história conta a saga de Gon, um adolescente que decide tornar-se um “Hunter” (um caçador), e por isso resolve submeter-se aos mais exigentes treinamentos como partes do famoso “Exame Hunter”.

Sobre esse exame, o que se sabe é que ele consegue, entre outras coisas, exercitá-los no domínio da energia das suas auras, ensiná-los a encontrar tesouros por meio da intuição, achar pessoas desaparecidas, entre outras potencialidades necessárias a um verdadeiro caçador.

3. Brave 10

Outra bela produção desse universo dos animes também tem como temática o universo ninja.

- Continua Depois da Publicidade -

Ele gira em torno da personalidade da sacerdotisa Isanami, habitante de Izumo. Esta, por sua vez, juntamente com Saizou Kirigakure (um ninja que sempre se vê às voltas com terríveis dificuldades para sobreviver), luta contra as forças demoníacas de Tokugawa.

Resumidamente, a história conta como novos guerreiros vão incorporando-se ao grupo Saizou, sempre com o objetivo de acumular forças para destruir Tokugawa.

Porém, o curioso é observar como o enredo vai, aos poucos, centrando-se nas personalidades de cada guerreiro que junta-se a Saizou, e como eles passam a contar mais sobre as suas trajetórias e habilidades nas mais variadas situações do dia a dia.

4. Basilisk

Esse mangá produzido no ano de 2005 tem como pano de fundo o Japão Feudal do início do séc. XVII. Ele conta a história de dois clãs, Iga e Koga, inicialmente rivais, porém dispostos a selarem um acordo de paz, inclusive com a possibilidade de realizarem um casamento entre membros de ambos os grupos com o intuito de fortalecer, ainda mais, esses laços.

O problema é que alguém, em dado momento, resolve que o melhor mesmo é realizar uma disputa entre ninjas de cada clã com o objetivo de, aí sim, encontrar o melhor sucessor para o Xogunato. E o restante da história fica fácil de imaginar: 10 dos melhores guerreiros de cada lado travam uma terrível batalha ninja, repleta de técnicas sobre-humanas, que transforma o pacto de amizade em uma sangrenta e conturbada batalha por supremacia.

5.  Gintama

Aqui temos um exemplar típico de toda a surreal originalidade que pode ser encontrada nesse universo dos mangás.

Gintama conta a história de como os samurais, em uma inusitada batalha contra seres alienígenas, acabaram derrotados e impedidos de utilizar espadas como armas de combate.

Nesse contexto, surge a figura de Sakata Gintoki, um samurai que vive de maneira remediada, e que acaba cruzando o seu caminho com Shimura Schinpachi, após este salvar a sua irmã do ataque de malfeitores.

Além dele, temos também a figura da personagem Kagura, uma pequena alienígena que acaba formando com os outros dois um trio verdadeiramente imbatível e capaz de enfrentar os maiores perigos com o objetivo de salvar o mundo dessa ameaçadora e inusitada presença extraterrestre na Terra.

Boruto: A nova geração de Naruto

Com quase 200 episódios, desde que foi lançado em 5 de abril de 2017 (quando Naruto tinha mais ou menos 700 episódios), Boruto vem superando as expectativas dos fãs mais exigentes – desse e de outros mangás – , muito por conta da riqueza de personalidade dos seus vilões, um visual tão ou mais impactante quanto o de Naruto, além de afastar-se do tema (já bastante batido) do adolescente em busca de vingança.

Boruto Uzumaki, como o seu nome logo nos indica, é filho de Naruto com Hinata Hyuga; e na saga ele irá contar com a parceria de outros curiosos personagens, como Mitsuk, Sarada Uchiha, Konohamaru Sarutobi, entre outros.

Criado em 2013, Boruto tinha a intenção inicial de apenas mostrar a nova fase de Naruto agora como pai, em uma espécie de desfecho da série. No entanto, graças ao seu sucesso quase imediato entre os apreciadores de animes, ele acabou ganhando vida própria; andando com as próprias pernas; o que se vê claramente nas diferenças dos caracteres que foram sendo incorporados aos personagens, além de motivações totalmente novas quando comparadas com as dos componentes da saga Naruto.

Os principais personagens de Boruto e descendentes do principais de Naruto

1. Yurui

Yurui é um dos principais personagens da saga Boruto. Trata-se de um adolescente que se torna um combatente quase insuperável nas mãos de Killer B., um dos protetores da comunidade onde eles vivem, a Vila da Nuvem, e que ainda, como uma curiosidade, acalenta o doce sonho de tornar-se um rapper famoso.

O objetivo de Yurui não é outro além de tornar-se um dos melhores ninjas do mundo; e até já exibe, orgulhoso, algumas das suas principais armas, como a capacidade de soltar bolhas que dominam o inimigo, absorver a energia dos relâmpagos com a ajuda das suas espadas, entre outras habilidades muito bem desenvolvidas durante o Exame Chunin.

2. Chōchō Akimichi

A saga Naruto também serviu como fonte de inspiração para a criação de um dos melhores personagens de Boruto. Ela é uma jovem pertencente à décima geração do clã Ino-Shika-Cho; e dentre os seus principais poderes, podemos destacar a capacidade de utilizar um dos chakras para expandir-se, além da técnica de selamento, uso das energias dos relâmpagos, entre outras habilidades interessantíssimas.

Além disso, se não é das personagens mais poderosas nesse mangá, Akimichi chama bastante a atenção por ser uma das mais dedicadas, não havendo exigências no Exame Chunin que ela não consiga cumprir a contento.

3. Metal Lee

Rock Lee tem um filho, e o seu nome é Metal Lee. E por que ele pode ser considerado um dos personagens mais representativos de Boruto?

É simples: ele é perito em “taijutsu” (combate mão a mão), atinge limites sobre-humanos durante os treinamentos, é capaz de destruir rochas apenas com a força dos seus punhos, sabe utilizar os seus chakras para adquirir ainda mais força, consegue abrir três Portões Internos que conferem ao seu corpo força extra, entre outras inúmeras habilidades.

4. Inojin Yamanaka

O mangá sucessor de Naruto também traz esse personagem que chama a atenção pelo equilíbrio, sensatez, vivacidade e capacidade de escapar das piores enrascadas.

Ele é Inojin Yamanaka, membro do trio de clãs Ino-Shika-Cho, filho de Ino e Sai, e que já se mostra um grande perito na ténica ninja do jutsu.

Ademais, ele é capaz de produzir obras em pintura e dar-lhes vida! Isso mesmo, dar-lhes vida! Sem contar as suas inegáveis habilidades no combate mão a mão com a espada tantô, entre outras técnicas que o tornaram, de cara, um dos personagens com maior potencial dentro da série.

5. Shikadai Nara

Shikadai Nara é um dos filhos de Temari e Shikamaru, brindado com habilidades pertencentes a ambos: inteligência acima da média, capacidade de utilizar as sombras ao seu serviço, grande competitividade, entre outras habilidades importantes para um guerreiro.

O personagem é visivelmente uma transposição de caracteres encontrados na saga Naruto, o que também pode ser facilmente percebido pela sua característica de já ter recebido ensinamentos ninjas antes mesmo de adentrar em uma academia.

6. Mirai Sarutobi

Antiga guarda-costas de alguns Hokages, perita no combate corpo a corpo (graças às suas imbatíveis lâminas de chakras), conhecedora do genjutsu como ninguém… essas são apenas algumas das habilidades dessa filha mais velha de Kurenaí e Assuma.

Além disso, a jovem mostra-se como uma das mais promissoras candidatas a ninja, com técnicas de ilusões já bastante desenvolvidas, uma rapidez impressionante…e poderíamos nos estender bem mais aqui para descrever as habilidades dessa que também está entre as mais promissoras personagens desse universo de Boruto.

As singularidades da saga Naruto

Naruto é uma série que trata, basicamente, do destino do protagonista (de mesmo nome) e dos seus principais companheiros e vilões. É um mangá/anime que mostra como eles evoluem em poderes e conhecimento.

Na verdade é mais que isso. A série tornou-se uma das referências da cultura oriental japonesa, em especial pelo fato de trazer temas caros ao homem moderno de uma maneira que é típica da cultura oriental.

O que se diz é que tal é a complexidade dos temas abordados nesse mangá, que fica difícil até mesmo rotular os personagens; os limites que separam vilões de mocinhos, e mocinhos de vilões, são bastante tênues; e aí está justamente uma das armas secretas desse estilo de desenho animado.

Mas conceitos filosóficos e psicológicos também se aplicam à saga Naruto, em especial aqueles que tratam da infância e dos seus traumas – e como eles podem ser superados, curiosamente, ainda na fase da adolescência.

Naruto é uma criança que cresce sem os pais, que sacrificam-se em favor da segurança da sua comunidade constantemente atacada pelo demônio “Raposa de Nove Caudas”; e, curiosamente, a solução encontrada por eles, a fim de verem-se livres da entidade, é aprisioná-la na barriga de Naruto, o que acaba fazendo dele uma criança não muito bem vinda no seio da sua comunidade, apesar de repleta de singularidades quanto à sua personalidade.

Uma análise da psicologia e dos arquétipos que ajudam a construir a série

Apesar dessa infância, digamos, problemática, Naruto cresceu como um menino alegre, brincalhão, disposto, e que dificilmente passa despercebido em algum lugar. Talvez por isso mesmo – e como é tão comum na vida de pessoas assim – , ele acabou tendo que passar por situações dramáticas – um tanto quanto horríveis mesmo – , como no episódio em que uma espécie de demônio foi aprisionado em sua barriga.

Alguns especialistas garantem encontrar na saga, de forma bastante evidente, alguns ingredientes freudianos e junguianos, em especial aqueles relacionados ao inconsciente e as suas pulsões, tão bem referenciados na figura da “Besta de Cauda”, ou mesmo no demônio “Bijuu” ( o Kyuubi) aprisionado no corpo de Naruto, e com o qual ele mantém uma relação semelhante à que mantemos com o nosso inconsciente.

Essas dinâmicas psíquicas, ainda segundo alguns especialistas, manifestam-se por constantes sensações de medo e coragem, segurança e risco, ação e retraimento, como demonstra ser a atuação do inconsciente em suas pulsões de vida e morte em uma singular dimensão do nosso psiquismo.

Logo, por meio dessas ordens advindas do inconsciente, o indivíduo segue na vida. E no caso de Naruto, as suas características psíquicas de imediato revelam a figura de um ninja nato, ainda bem cedo levado à Academia Ninja onde, inicialmente, deverá compor, com mais dois parceiros, um trio que o ajudará a dar os primeiros passos em direção a um núcleo social no qual os seus componentes, via de regra, estão ligados por interesses comuns.

Um pouco mais sobre a história de Naruto

Naruto, como dissemos, foi lançado pela primeira vez em 1997, na forma de um one-shote (um capítulo rápido) que contava a história de um adolescente obcecado pelo desejo de tornar-se o maior ninja do mundo, e com isso obter o respeito da sua vila, vingar a morte de parte da sua família por um terrível monstro, além de, por tabela, aproveitar-se dessa motivação para salvar o mundo de tudo aquilo que represente uma ameaça.

Basicamente, Naruto construiu-se como uma história de respeito, coragem, confiança, amizade e persistência; e segundo o seu criador, Masashi Kishimoto, à época ela ainda podia ser consideravelmente melhorada, principalmente no que diz respeito à arte e à forma de contar a história.

Naquele início, já era possível encontrar, além de elementos freudianos e junguianos, elementos da astrologia chinesa (em especial o horóscopo), além do budismo, hinduísmo, confucionismo, alguns elementos modernos, entre outras inserções que tornaram a saga Naruto uma espécie de caleidoscópio, onde se pode enxergar as ações dos indivíduos por variados prismas.

As primeiras publicações do Naruto

Após o one-shot de 1997, Naruto foi finalmente exibido como uma série na revista Weekly Shonen Jump, da Editora Shueisha, no ano de 1999. A obra também foi dividida em partes, inicialmente com pouco mais de 70 volumes publicados no Japão, 27 volumes constituindo a Parte I e o restante da série caracterizada como a Parte II da saga Naruto.

A obra seguiu com os primeiros 238 capítulos compondo a Parte I (a parte central da trama), enquanto a Parte II distribuiu-se entre os capítulos 245 e 700, com os capítulos de 239 a 244 sendo deixados como uma série à parte (o “Gaiden”), mais relacionado com a trajetória de vida de Kakashi Hatake, um dos personagens de Naruto que ganharam uma história só delas.

Como capítulo final da saga, foi lançada uma minissérie contando a grande virada do personagem Naruto, quando ele tornou-se pai. Foi a “Naruto Gaiden: Nanadaime Hokage to Akairo no Hanatsuzuki”, que teve início em 27 de abril de 2015 e terminou em 06 de julho do mesmo ano, em um total de 10 capítulos, posteriormente reunidos e lançados em um único trabalho.

Oficialmente, a série foi encerrada no ano de 2007, para dar lugar à saga do filho de Naruto, “Boruto”, em um dos exemplos mais exitosos de um mangá/anime que conquistou fãs no mundo todo, e ainda hoje é alvo de inúmeras teses e produções artísticas com o objetivo de dissecar, ainda mais, a essência da sua criação.

E caso esse artigo tenha sido útil, deixe a resposta na forma de um comentário, logo abaixo. Saiba que é através deles é que conseguimos aprimorar, ainda mais, os nossos conteúdos. entre no site oficial e veja mais

VEJA TAMBÉM: Disney Plus: Confira recomendações

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -