HomeTelefonia & ComunicaçõesEstadão: saiba tudo sobre o jornal e se vale a pena assinar

Estadão: saiba tudo sobre o jornal e se vale a pena assinar

-

No Brasil, existem muitos jornais de renome que informam os brasileiros com notícias sérias, como o Estadão. Os jornais são muito importantes para manter a população informada sobre tudo que acontece numa cidade, estado, país e no mundo.

Por isso, há quase 150 anos o jornal Estado de São Paulo, também conhecido como Estadão, é um dos mais importantes grupos jornalísticos do segmento. Desde o século XIX este jornal vem informando a população do estado de São Paulo sobre acontecimentos importantes sobre a região e o mundo.

Fundado por Américo de Campos, José Maria Lisboa e Francisco Rangel Pestana, esse é um dos jornais que surgiram ainda na primeira república que perdura até os dias atuais. Abordando diversos tópicos como política, economia, saúde, esportes, e muitos outros, o Estadão se consolidou como um dos jornais mais lidos no estado de São Paulo.

Apesar da necessidade de imparcialidade nas mídias informativas, esse jornal claramente configura-se como um jornal de viés político de direita. Todavia, todas suas publicações são extremamente éticas e íntegras, quando se fala da maneira como noticia os acontecimentos.

Extremamente premiado, este jornal possui premiações importantes no meio jornalístico, como o Prêmio ExxonMobil de Jornalismo e prêmio Vladimir Herzog. Além disso, o Estadão tem uma média de circulação superior a 250 mil cópias vendidas por dia no estado de São Paulo e possui um plano de assinatura virtual.

- Continua Depois da Publicidade -

Além disso, o Estadão conta com um aplicativo disponível nas principais lojas de aplicativo para IOS e Android. Enfim, para que os leitores desse texto saibam mais sobre a história desse jornal, formas de acesso e muitos mais, esse artigo foi preparado exclusivamente para isso.

História do Estadão

 

Página do Estadão.

Fundado em 1875, o Estadão anteriormente era conhecido como Província, quando o Brasil ainda estava num período de transição entre monarquia e república. Na época, o jornal foi um dos principais meios de comunicação a ajudarem na luta pela proclamação da república.

Todavia, mesmo com todos os esforços feitos para que houvesse uma mudança de regime, o Estadão não parecia ser favorável a nenhum partido político ou segmento partidário. Na época em que foi fundado, o jornal possuía apenas 4 páginas e não demorou muito até que seu viés internacional ganhasse força, com a contratação do grupo de notícias Havas.

Essa agência de notícias era a maior do mundo na época, e contribuiu para que as notícias de cunho internacional ganhassem mais agilidade de publicação. Com o passar do tempo, já no final do século XIX, o jornal se tornou o maior meio de comunicação do estado de São Paulo, passando a frente do Correio Paulistano.

Com o passar dos anos e a virada para o século XX, muitos eventos de cunho global passaram a ocorrer, e consequentemente, o Estadão passou a publicar e ser posicionado. Por exemplo, com o início da Primeira Grande Guerra Mundial, o Estadão noticiou a grande maioria dos eventos que ocorreram no mundo.

E, ao se posicionar favorável aos Aliados, foi um jornal que passou por muita repressão da comunidade Alemã da cidade de São Paulo, que era grande por sinal. Isso teve como consequência a retirada de investimentos no jornal pelos anúncios de marketing advindos de empresas de origem alemã.

- Continua Depois da Publicidade -

Ainda com os prejuízos financeiros, o editor-chefe, Júlio de Mesquita decidiu manter o posicionamento contra os atrozes alemães que desafiaram o mundo.

Censura do Jornal

Júlio Mesquita, integrante falecido da família Mesquita, a qual tem grande envolvimento com o Estadão.

Devido aos posicionamento de Júlio Mesquita quanto a Primeira Guerra Mundial no Estadão, o jornal sofreu censura do governo do estado de São Paulo. Mas, a partir daí, começou a circular o “Estadinho”, que era uma versão de jornal da tarde do Estadão que foi dirigida pelo filho de Mesquita, Júlio Filho.

Então, no ano de 1924, o jornal não pôde mais ser vendido ou circulado por motivos de censura. Algum tempo depois da censura, Júlio Mesquita foi encarcerado e enviado para o estado vizinho, o Rio de Janeiro. Mas, não passou muito tempo até que houvesse sua soltura.

Com o retorno da circulação do Estadão, muitos fatos acontecerem, inclusive o falecimento de seu editor-chefe.

Estadão sob nova direção

Com a morte de seu pai, Júlio Mesquita Filho assumiu o jornal juntamente a um de seus irmãos tomando conta da parte financeira do Estadão. Isso tornou o jornal um pouco mais enviesado e posicionado politicamente. Não atoa, no período da candidatura de Getúlio Vargas o jornal deu total apoio a ideia de sua eleição.

Quando o partido Democrático, o qual Getúlio Vargas era filiado e candidato a presidente, perdeu as eleições, o Estadão manteve seu posicionamento.

Foto de Getúlio Vargas.

- Continua Depois da Publicidade -

E não demorou muito até que acontecesse a revolução de 30, que colocou Getúlio como Presidente do Brasil. Esse marco na história do país foi narrado pelo jornal como algo positivo, apesar de anos depois ter sido um veículo de comunicação extremamente censurado pelo governo de Getúlio.

A repressão feita durante o Estado Novo foi tão grande sobre o jornal, que alguns integrantes da família Mesquita tiveram que se exilar do país, sendo direcionados para residência em Portugal.

Até que um amigo da família fosse nomeado para cargo político importante por Vargas e eles puderam retornar ao país.

Anos de história e lutas políticas

O Estadão é um jornal que já passou por diversos períodos da história do Brasil, e por isso, pode-se dizer que um jornal que fez história junto ao país.

Por isso, passando pelo período de proclamação da república, Estado Novo, outro período de democracia, ditadura militar e redemocratização, o Estadão é um jornal extremamente bem posicionado quanto aos acontecimentos do estado de São Paulo e do mundo.

Enfim, é um jornal de muita história e que passou por diversas mudanças e até mesmo se arriscou no ramo de telecomunicações. Por esse fato e muitos outros, o Estadão é um jornal de renome e que é reconhecido, não somente em SP mas como no Brasil todo, como referência jornalística.

Jornal 

O jornal Estadão é um dos mais lidos do estado de São Paulo, e também um dos mais importantes jornais do Brasil. Atualmente, ele existe na versão digital em app e site, além de ser distribuído em versão impressa.

Tradicionalmente, a versão impressa é a mais circulada, com mais de 250 mil exemplares circulando diariamente.

Jornal digital
Logo do jornal Estadão.

Todavia, com a criação do aplicativo e a possibilidade de assinatura digital, o Estadão também é um dos mais consumidos digitalmente. Com colunas sobre política, saúde, economia, cultura, notícias internacionais e muito mais, o Estadão pode ser considerado um jornal completo.

Estadão digital

O Estadão digital é um jornal que pode ser assinado por 19,90 reais por mês e que entrega todos os 145 anos de conteúdo, seja no aplicativo ou por meio dos sites. Além disso, o acesso a todos os conteúdos que estão no Estadão impresso ficam disponíveis para seus leitores digitais, também.

Além do acesso ilimitado ao portal virtual, há também o benefício de navegação pelo site sem nenhum anúncio e acesso a réplica digital do jornal impresso. Mas, vale se atentar aos tipos de planos que o Grupo Jornal Estado de São Paulo oferece para seus assinantes.

Por exemplo, por apenas três reais a mais é possível ter o benefício de receber o exemplar impresso em casa também. Apesar de ir contra a ideia de ter acesso a um jornal digital para não ter que lidar com o acúmulo de folhas impressas de um jornal, pode favorecer a muitos leitores que ainda são apegados à maneira tradicional de consumir o jornal.

Ainda há também a possibilidade de assinatura do jornal por 9,90 reais por mês. Mas, a possibilidade de acesso ao acervo, acesso à réplica original e a possibilidade de receber o jornal impresso em casa não fica incluso no plano mais básico.

Como assinar o Jornal digital

Para assinar o Estadão digital, é preciso que aquele que tiver interesse acesse seu site ou baixe o aplicativo em qualquer uma das principais lojas de aplicativo. Em seguida, é preciso clicar na opção “Assine o Estadão”. Ao clicar nessa opção, o navegador irá abrir uma outra página.

Ali, informações sobre os planos de assinatura ficam a disposição do pretendente a assinar para que decida qual plano deseja assinar. Uma recomendação é que o leitor desse artigo que tem interesse em assinar o Estadão veja quais são suas prioridades ao assinar um jornal digital.

Isso porque existem diversas opções que podem fazer toda a diferença na hora da assinatura e como os preços não são tão diferentes um do outro, deve-se levar em consideração se se deseja optar por uma opção que tem acesso ao acervo de mais de 100 anos ou não.

Enfim, após optar por uma das opções, agora basta selecionar a forma de pagamento e realizar o cadastro no portal. Para isso, é necessário ceder alguns dados básicos, como e-mail e nome. 

Também é possível ceder a conta do Google ou do Facebook para fazer o cadastro no site. Enfim, depois de ceder os dados, agora resta executar o pagamento e finalizar a assinatura no Estadão. E, dessa maneira, agora o leitor pode ler o Estadão da melhor maneira oferecida pelo jornal do Estadão.

App do Estadão

O App do Estadão é uma das formas de ter acesso a um dos jornais de maior renome no Brasil. Para acessar o App, antes de mais nada é importante frisar que só é possível ter acesso a ele por meio de uma assinatura.

estadão digital
Páginas do aplicativo do Estadão abertas em smartphones.

E, portanto, talvez esse seja um ponto falho que ambos os aplicativos do Estadão possam apresentar para aqueles que só desejam ter acesso a uma leitura livre de um jornal de qualidade.

Enfim, ao baixar esse aplicativo na Play Store ou App Store, é preciso que, após abri-lo, se faça o login ou cadastro de assinatura. Ao fazer isso, basta navegar pelo aplicativo e usufruir das notícias e demais possibilidades que o aplicativo oferece.

146 anos de Estadão

O Estadão é um dos jornais mais antigos do país, e é regido por uma equipe que carrega tradição em jornalismo. Mesmo perante todas as crises pelas quais já passou, o jornal sempre permaneceu coerente aos ideais defendidos e nunca voltou atrás com aquilo que sua equipe editorial achava ser certo.

Depois de diversas mudanças , um processo de digitalização, a saída da família Mesquita de cargos importantes dentro do jornal e vários outros marcos, o Estadão segue com integridade jornalística.

Por isso, há quase 150 anos o Estadão vem sendo um dos principais veículos de imprensa que o brasileiro pode confiar. Cumprindo com normas rígidas de ética, prezando e defendendo sempre valores democráticos , esse jornal já participou de muitos momentos da história nacional.

Além disso, é um jornal que, desde seu nascimento, busca suprir as necessidades dos leitores. Por isso, em rumo aos 150 anos de Estadão, esse jornal caminha para um processo de digitalização e modernização a todo vapor.

Com certeza foram 146 muito bem aproveitados e de grande evolução para essa importante peça da imprensa nacional.

Porque escolher o Estadão

O Estadão é um jornal que possui um cunho de seriedade e que tem em seus valores como empresa, a necessidade de entregar a verdade sobre os fatos, sem distorções.

Além disso, é um jornal que preza por valores éticos e que possui uma grande transparência quanto a suas finanças, uma vez que já se sabe sobre casos de jornais pelo Brasil que aceitam investimentos de pessoas envolvidas com causas políticas, o que caracteriza imparcialidade.

Enfim, além de oferecer conteúdos de diversos assuntos que abrangem todos os tipos de público, seja jovem, masculino, feminino ou qualquer outro, o Estadão se compromete em ter sempre um formato atualizado de abordagem, mantendo sempre a integridade e identidade do Jornal.

Não à toa, o Estadão é um dos jornais mais conceituados do Brasil e, apesar de ser um jornal feito no Estado de São Paulo com foco em notícias do estado, é consumido por leitores de diversas regiões do Brasil.

Por esses motivos e muitos outros, escolher o Estadão, em qualquer um de seus formatos , é algo extremamente positivo quando se fala da escolha de um jornal para ler.

Leia também: O Antagonista: saiba tudo sobre o jornal

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -