HomeTudo SobreAmazon é confiável? Vale a pena comprar no site?

Amazon é confiável? Vale a pena comprar no site?

-

Será que a Amazon é confiável? Vale a pena comprar no site? Neste artigo, iremos abordar um pouco mais sobre a história da marca e muitos outros aspectos. Portanto, continue a leitura conosco para saber mais sobre. 

O surgimento foi no dia 5 de julho de 1994, em Seattle, nos Estados Unidos. O dono da marca, que abriu um comércio online, tinha o objetivo inicial de vender livros a preços mais acessíveis. E, para isso, ele mentiu no site que se tratava de uma das maiores empresas do mundo como forma de enganar os clientes e conseguir vender muito mais. 

E, foi exatamente isso que aconteceu: todos, achando que se tratava de uma história segura e uma loja online confiável, começaram a comprar até que a marca cresceu muito mesmo. Foi então que começaram a se expandir ainda mais. Atualmente, é possível encontrar de tudo dentro do site, inclusive, peças de eletrodomésticos e móveis para dentro de casa. 

Os preços são muito mais acessíveis que os concorrentes. E, é justamente por isso que temos hoje em dia até mesmo o efeito Amazon que conta com uma grande influência na forma como as pessoas pensam e elaboram as suas compras. 

História da Amazon

O nome inicial para a empresa, quando ela surgiu, era de Cadabra, como se fosse algo mágico. No entanto, o advogado Jeff Bezos sugeriu que o nome fosse algo diferente e que não soasse a cadáver e até mesmo coisas mortas. Foi então que decidiram chamar a marca da Amazon, que também faz alguma referência à floresta Amazônica e outros meios. 

- Continua Depois da Publicidade -

A principal inspiração foi o próprio Rio Amazonas, que é um dos maiores do mundo e cresce de forma exponencial em sua expansão em torno do estado.

Hoje, lidam com um sistema complexo de entregas rápidas e ainda permitem a assinatura do Amazon Prime que acaba valendo muito a pena. A Amazon contrata colaboradores ao redor de todo o mundo, inclusive no próprio Brasil. 

A Amazon é confiável?

Antes de comprar em qualquer loja virtual, é mais que necessário saber se ela é confiável ou não. Por isso, é indicado que os clientes analisem a reputação da empresa online mesmo antes de comprar. Isso pode ser realizado de muitas formas diferentes como, por exemplo, CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e até mesmo as redes sociais. Neste artigo, iremos abordar sobre cada um dos casos. Portanto, continue a leitura conosco para saber se a Amazon é seguro de comprar. 

Reclame Aqui

O Reclame Aqui leva em consideração a reclamação dos últimos seis meses. Portanto, no dia que ler esse artigo pode acabar encontrando algo diferente. Nossos dados vão até o dia 04 de outubro. 

No Reclame Aqui, a Amazon está entre as melhores empresas mais bem classificadas em relação ao atendimento e que não possuem sede no Brasil. Geralmente, marcas do exterior acabam não se atentando para o RA e possuem uma péssima reputação. 

Neste caso, a marca conta com cerca de 35 mil reclamações e a nota do atendimento na faixa de 8,5. Ao todo, de todas essas reclamações, cerca de 99.7% foram respondidas e cerca de 81.6% dos clientes afirmam que voltariam a fazer negócios. Além disso, outro ponto que chama a atenção em relação à Amazon é que o índice de solução para a maioria dos problemas está em 85.5%. 

A Amazon vem se preocupando em mostrar que grandes empresas podem oferecer produtos a baixo preço, principalmente no caso de livros – e ainda cobrar fretes baratos e se preocupar muito com a qualidade do atendimento ao cliente. 

Por fim, vale a pena ressaltar que a Amazon está a cerca de 15 anos no Reclame Aqui e, desde então, vem se destacando cada vez mais na forma como se preocupa com os clientes. 

Ebit

- Continua Depois da Publicidade -

Outro portal interessante para analisar a reputação das empresas é o EBIT. Nele, há a avaliação dos últimos 90 dias. Cerca de 100% dos clientes afirmam que comprariam novamente e cerca de 100% deles argumentam que todas as entregas realizadas ocorreram no prazo correto. No entanto, cerca de 73% dos analistas recomendam para os amigos, isso é mais que metade de cem pessoas satisfeitas. 

Um dos lados que o Ebit se destaca mais que o Reclame Aqui é que ele também permite que os clientes façam reclamações e também elogios para a marca. Então, é possível concentrar os pontos positivos e ruins em apenas um. 

“Foi a minha primeira compra e já consegui muitos descontos. Gostei bastante disso e recomendo, principalmente para quem gosta de livros. Acho até mesmo que vou assinar o Prime na próxima!”

“Não tenho absolutamente nada a criticar da marca. Sempre se prontificaram a atender a todos os problemas. Eu gostei bastante da forma como estavam dispostos a me ajudar a encontrar o produto que estava procurando!”

“A entrega demorou dois dias, apenas. Eu nunca pensei que uma compra na internet poderia chegar de forma tão rápida. Sinceramente, um dos pontos que mais elogio na Amazon é a logística da empresa, que é muito boa e merece destaque em relação aos concorrentes.”

“Eu compro com eles há 5 anos e nunca tive problemas. Sério, se tem uma empresa que se preocupa com o que vem fazendo é a Amazon. Eles entregam super rápido, contam com promoções exclusivas para quem é Prime e ainda garantem a nossa satisfação em tudo!”

“Uma das melhores coisas que a  Amazon já fez para incentivar aos seus clientes foi o Prime. Consigo jogar, ver filmes, séries  e ainda ter uma plataforma de música por apenas R$ 9,90 por mês. Sem contar ainda que assinantes do prime podem ter acesso ao frete grátis em TODAS as compras. Eu ainda consigo promoções exclusivas e tenho acesso a livros gratuitos pelo Kindle. Anjos, pensaram sempre na gente!”

CNPJ

Outra forma de garantir que a Amazon é confiável é o CNPJ: mostra que contam com profissionais contratados e ainda que pagam os impostos corretamente. Uma empresa que conta com o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica mostra que é responsável com o que faz e está em constante busca de trazer qualidade e confiança para os seus clientes. 

- Continua Depois da Publicidade -

Em uma busca do Flame Content, foi possível descobrir que a marca conta com o CNPJ 15.436.940/0001-03 e que conta com mais de 500 empresas distribuídas em todo o mundo. 

O CNPJ ainda está presente no momento de pagar o boleto. Ou seja, você sabe que o seu dinheiro está indo para a conta real da empresa e que não é um golpe (antes de pagar qualquer boleto na internet, é necessário saber se ele está no nome de uma pessoa jurídica, física, quem é essa pessoa e a história). 

Muitos golpes são aplicados no meio digital justamente por causa desta falta de cuidado. Logo, é mais que necessário se atentar aos pequenos detalhes porque eles fazem toda a diferença na sua economia final. 

Por fim, e não menos importante, também temos a alternativa de analisar as redes sociais da Amazon para saber se contam com muitos seguidores, quais são os comentários dos clientes (se são positivos ou negativos) e muito mais. 

Redes sociais

Outra forma de mostrar que a Amazon é confiável é analisando as redes sociais da marca. No perfil oficial e internacional do Facebook, a marca conta com cerca de 29.728.523 curtidas e mais de 3 mil avaliações de compra. Além disso, o número de seguidores já ultrapassa a marca de 30 milhões. É muita gente! No Brasil, o número de curtidas nas páginas chega a um milhão. 

A empresa está todos os dias postando e interagindo com os clientes como forma de trazer o máximo de qualidade na produção dos conteúdos e atendimento. 

Além disso, eles respondem bem rápido nas mensagens. O que nos deixa ainda mais satisfeitos em relação a isso e mostra que estão preocupados em satisfazer. 

Outro ponto é que separamos alguns comentários de clientes para que você veja que não é somente no Ebit ou Reclame Aqui e contam com uma boa classificação. Mas, também, em portais como é o caso do Facebook. 

“Amazon, eu te adoro de todas as formas. Nunca pensei que iria mobiliar toda a minha cada com vocês a um preço tão acessível. Vocês são anjos e sou grata por tudo isso!”

“A Amazon com certeza ainda vai influenciar de forma positiva na vida do consumidor porque permite que ele tenha acesso a uma série de itens de forma prática e sem complicação. Eu gosto muito da empresa e estou comprando só com eles há mais de 5 anos. “

“O que mais fizeram de bom foi o Prime. Assim, consegui cancelar a Netfliz e até mesmo o Spotfy para economizar mais durante o mês. Me ajudaram muito com isso e o melhor é que nenhum consumidor gosta de pagar pelo frete. Então, acaba que consegui economizar ainda mais nisso porque não pago nem um centavo para entregar na minha casa, por mais longe que seja. Acho satisfatório como tem uma empresa que faz de tudo para inovar e trazer novidades.”

Comprar na Amazon

Para comprar na Amazon passo a passo, é necessário primeiramente que o cliente tenha acesso a uma conta de login com um e-mail e senha segura. É necessário colocar um e-mail que sempre tem acesso para garantir que você não vai ter nenhum tipo de problema em relação ao acompanhamento dos produtos. 

Em suma, no momento de criar o seu login, o site irá pedir para que você confirme a sua identidade através do e-mail. 

Depois disso, para acompanhar todos os seus pedidos e produtos, basta clicar na aba de carrinho. Ou então, se preferir, clicar em “contas e listas” e depois na aba de “seus pedidos” para ter acesso a mais informações. 

Neste artigo, iremos abordar mais sobre como funciona a política de reembolso da Amazon, como devolver o produto e pedir o dinheiro de volta. Portanto, continue a leitura conosco para saber mais sobre o assunto. 

Como cancelar o item

O processo para cancelar o item é bastante simples. Para isso, basta que o usuário clique em “cancelar” antes que ele saia para entrega. Depois disso, o cancelamento passa por uma análise. 

Se, mesmo assim o produto já ter saído para entrega, basta que você avise o seu porteiro ou pessoa que estaria em casa para receber para que recuse a encomenda. Logo, ela volta para a empresa que fez o envio e há o reembolso. 

Há também a opção de entrar em contato com a marca e solicitar a devolução em até sete dias após o produto chegar em sua residência ou local de destino, como prevê o código 49 do consumidor. Neste caso, a Amazon é obrigada a aceitar o produto de volta mesmo que ele não tenha problemas. No entanto, essa alternativa é um pouco mais burocrática justamente porque você terá que ir até o Correios e, assim sendo, pode acabar perdendo algum tempo visto que era mais simples ter recusado a entrega. 

Dinheiro de volta e reembolso

Outro assunto que é pesquisado na Amazon é sobre como ter o reembolso. Neste caso, é possível que o cliente peça para que o dinheiro volte para a conta bancária (que deve ser a mesma que o CNPJ ou CPF informado na compra, por isso, não use dados falsos porque pode ter problemas em uma possível devolução de valores). Depois disso, a loja virtual tem até duas faturas do seu cartão de crédito para pagar o valor. 

Por exemplo, supondo que tenha cancelado o item e pedido a devolução no dia 20 de agosto. A marca terá até a sua fatura de outubro – equivalente a dois meses – para fazer a devolução. Outro exemplo seria se o cliente comprasse e cancelasse no dia 25 de dezembro. O mesmo teria a fatura de janeiro e de fevereiro para ter o valor. Caso o reembolso não ocorra, pode entrar novamente em contato pelo portal do Reclame Aqui ou até mesmo com os telefones disponíveis. 

Leia também: Prime Video: confira recomendações de filmes e séries

Tempo de entrega e frete

O Amazon Prime permite o frete grátis apenas para produtos que são vendidos pela Amazon. Neste caso, se o cliente comprar de outra loja que está vendendo pela Amazon no site, pode ter que pagar algum valor. O preço de frete para lojistas fora da Amazon e para clientes que não assinam o Prime pode chegar a uma faixa de R$ 3 até mais de R$ 30. 

Neste caso, a variação ocorre por uma série de fatores diferentes como é o caso do tamanho do produto, volume e demais. 

Para aqueles que são clientes e não assinam o Prime, também existe a alternativa de cancelar o frete de acordo com o valor gasto. Por exemplo, até o fechamento desta matéria, o valor necessário para ter frete grátis é de R$ 99 em livros ou de R$ 110 em quaisquer outros produtos dos mais variados tipos. 

Amazon Prime

Você sabe o que é e do que se trata o Amazon Prime? Ele é uma forma que a empresa criou para ter assinantes e usuários de seus serviços a um preço acessível e com algumas vantagens. O valor pago mensalmente por seus assinantes é de R$ 9,90. Além disso, os clientes possuem acesso a uma série de vantagens, veja quais são: 

  • Frete grátis para todos os produtos que são vendidos pela Amazon no site oficial. Os produtos que são vendidos por outros vendedores não contam com frete grátis.
  • Acesso a livros digitais gratuitos através do cadastro no Kindle, que também foi desenvolvido pela empresa. 
  • Direito a assistir filmes e séries dos mais variados gêneros através do Prime Vídeo. O Prime Video tem algumas características bastante semelhantes à Netflix em si e vem se tornando um dos principais concorrentes da marca. 
  • Músicas gratuitas e offline com um serviço semelhante ao Spotify.. Pode-se assistir de qualquer lugar do mundo, baixar e ter no celular para ouvir mesmo que esteja sem internet.
  • Promoções exclusivas somente para assinantes do Amazon Prime como e-books, descontos acima de 50% e muito mais. 

Pelo preço e as vantagens que traz, o Amazon Prime se tornou uma das alternativas mais viáveis para se ter na palma da mão uma série de serviços sem gastar muito. 

Leia também: Assistir filmes online: confira melhores plataformas

Conclusões

Como você pode ver, comprar na Amazon é confiável e seguro. A empresa está há mais de duas décadas no mercado e vem se esforçando para trazer mais qualidade e satisfação em todas as vendas que realiza. Um dos pontos que mais merecem destaque é a possibilidade de ter acesso ao frete grátis em todas as compras. 

No início do seu surgimento, a marca vendia apenas livros. No entanto, se expandiu tanto que decidiu inovar nas suas vendas e agora oferece serviços voltados para eletrodomésticos, roupas, crianças, móveis e tudo o que se pode imaginar. 

Outro ponto é que no próprio site oficial contam com uma série de promoções e descontos através de cupons, seja para primeira compra ou não. 

E então, tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Comente aqui com a gente para que possamos te ajudar. Não esqueça de comentar com a gente quais foram as suas experiências de compra com a Amazon, uma das maiores empresas do mundo atualmente.

Leia também: Consulta CNPJ: como fazer, importância e passo a passo

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -