HomeEsportesCampeonato Paulista: História, Times e Prêmios

Campeonato Paulista: História, Times e Prêmios

-

O Campeonato Paulista de Futebol, popularmente conhecido como “Paulistão”, é a principal competição futebolística profissional do estado de São Paulo, sendo organizado e realizado anualmente pela Federação Paulista de Futebol (FPF). 

A competição é repleta de tradição e muita rivalidade, sendo considerado o campeonato estadual mais difícil do Brasil, uma das principais razões para isso é a quantidade de clubes denominados “grandes” na disputa, além dos fortes clubes do interior, que ano a ano sempre surgem como uma surpresa na briga pelo título.

História

O Campeonato Paulista é a competição de futebol mais antiga do nosso país, sendo iniciada no ano de 1902, e disputada sem interrupções até hoje. A Federação Paulista de Futebol só passou a ser a organizadora oficial do campeonato no ano de 1941 e o primeiro vencedor do torneio foi o São Paulo Athletic Club.

A criação da competição foi dada por Charles Miller, que após voltar da Inglaterra instaurou as regras do futebol no Brasil. Então, em 1901 foi fundada a Liga Paulista de Foot-Ball (LPF) e no ano seguinte se deu a primeira edição do torneio que foi disputado por algumas equipes, o campeão São Paulo Athletic, Germânia, Mackenzie, Internacional e Paulistano, todos esses clubes hoje não possuem mais atividades relacionadas ao futebol.

Charles Miller foi campeão e artilheiro da competição que enfrentava algumas restrições na época, pois o futebol era delimitado para as classes sociais mais altas nos seus primeiros anos, diferente de países como Argentina e Uruguai onde o esporte era totalmente popular. 

São Paulo Athletic Club: O Primeiro Campeão

- Continua Depois da Publicidade -

O São Paulo Athletic Club encerrou as atividades relacionadas ao futebol em 1911, com a exclusão do seu departamento de futebol. Porém, o time tem uma importância histórica para o futebol brasileiro, pois foi o primeiro time a praticar o esporte no país por volta do ano de 1895.

Mas durante o seu curto período ligado à modalidade o clube conseguiu entrar para história não somente por esse fato, mas também por ter conquistado o Campeonato Paulista por 4 vezes, nos anos de 1902, 1903, 1904 e 1911. Atualmente o clube tem suas atividades ligadas ao Rugby, e possui um dos times mais importantes do cenário nacional neste esporte.

Surge o primeiro clube popular do estado: O Corinthians

O futebol começou a crescer no estado de São Paulo e em todo Brasil, porém os clubes ainda estavam ligados a famílias ricas ou apenas as elites. Então, com a visibilidade cada vez maior do esporte, o clube Inglês Corinthian, equipe amadora de Londres visita o Brasil em turnê e acaba derrotando todos os clubes do eixo Rio-São Paulo com certa facilidade, o que encantou diversas pessoas na época.

 Então, inspirados nesse time, um grupo de trabalhadores resolveu fundar a primeira equipe popular de futebol do estado de São Paulo, que não estaria ligada às elites e em homenagem ao clube inglês se chamaria, Corinthians.

Popularização do esporte e a profissionalização 

O futebol continuava a crescer no estado de São Paulo, antes visto como um esporte de diversão para estrangeiros, em pouco tempo isso mudou, atletas como Neco e o lendário Arthur Friedenreich, foram importantes no processo de popularização daquele que em pouco tempo se tornaria o esporte mais popular do Brasil.

Outro ponto que corroborou com a explosão do esporte foram os debates acerca da profissionalização ou não do futebol. A LPF encerrou as atividades no ano de 1917, pois defendia que o futebol deveria continuar sendo apenas para as classes elitizadas. Então, foi fundada a APEA (Associação Paulista de Esportes Atléticos), que defendeu a disseminação do esporte em todas as classes sociais e contava com equipes como o Paulistano, Corinthians e o Palmeiras, que na época se chamava Palestra Itália.

Porém, até aquele ponto todas as equipes eram amadoras e os debates sobre a profissionalização gerou problemas a liga. O Paulistano, que até então era o maior vencedor da competição, se opôs, deixando a liga e criando a LAF (Liga dos Amadores de Futebol), no ano de 1925, porém a liga não vingou e fechou em 1930.

Profissionalização: Surge o São Paulo Futebol Clube

Com o encerramento da LAF e o fechamento do departamento de futebol do Paulistano que encerrou as suas atividades, o caminho ficou aberto para que os clubes e atletas fossem profissionalizados, o que se efetuou de forma definitiva 3 anos depois, em 1933, com a criação da Liga Bandeirante de Futebol.

- Continua Depois da Publicidade -

Naquele momento o Palmeiras e o Corinthians dominavam a liga e davam início a uma das maiores rivalidades do futebol brasileiro. Então, parte da diretoria do Paulistano que era a favor da profissionalização se uniram com dirigentes da extinta Associação Atlética das Palmeiras para fundar na época a terceira força do estado, o São Paulo Futebol Clube, logo depois o Santos se uniu ao bloco e o campeonato se aproximou o máximo dos moldes que possui atualmente.

Campeonato Paulista: Era moderna

A competição atual do Campeonato Paulista de Futebol é realizada entre os meses de Janeiro e Abril de cada ano, possuindo 16 equipes que são divididas em 4 grupos com 4 times cada. Depois as equipes classificadas disputam jogos de ida e volta no sistema mata-mata até chegar a grande final, que também é realizada em 2 jogos, de ida e volta. 

Em 2021, devido às complicações da pandemia do Covid-19, as premiações sofreram algumas alterações, com redução de até 30% do orçamento total. Porém, ainda assim a liga faz o melhor pagamento de um campeonato estadual em todo Brasil. São 3,5 milhões de reais para o campeão e 1,15 milhões para o vice-campeão. Além disso, existem as cotas de televisão, onde os clubes grandes recebem em torno de 30 milhões cada pelo direito de transmissão e os clubes menores entre 6 e 8 milhões cada.

Clubes históricos do Passado

O Campeonato Paulista possui uma história riquíssima quando falamos dos clubes que marcaram a competição. Além do já citado São Paulo Athletic, que foi o primeiro campeão paulista da história,  outros clubes marcaram suas épocas e estarão para sempre na memória da competição.

A maioria desses clubes já encerram suas atividades no futebol, e outros são alguns clubes do interior que marcaram o Campeonato Paulista por conseguirem realizar uma campanha inesperada rumo ao título. Cada um à sua maneira fizeram uma bela contribuição na construção da história desta competição.

Paulistano

O Club Athletico Paulistano, é um dos clubes históricos não apenas do estado de São Paulo, mas do futebol brasileiro como um todo. O Clube conquistou diversos títulos durante a sua jornada no futebol, tendo conquistado nada menos do que 11 títulos do Campeonato Paulista e sendo o primeiro clube do Brasil a vencer uma competição interestadual profissional e oficial, o Torneio dos Campeões que foi realizado no ano de 1920 e reunia o então campeão paulista, além do Fluminense do Rio de Janeiro e o Grêmio campeão gaúcho.

O clube foi fundado no ano de 1900, tendo conquistado 20 títulos nos seus 30 anos de existência. Sendo ainda o primeiro clube brasileiro a fazer uma turnê no exterior, no ano de 1925. Porém, a vitoriosa história chegou ao fim poucos anos depois, em 1930, quando a diretoria e os dirigentes do clube não chegaram a um consenso a respeito da profissionalização que vinha ocorrendo no futebol paulista. Assim, o clube se uniu a  Associação Atlética das Palmeiras e eles deram origem a um clube que viria se tornar um dos maiores do país, o São Paulo Futebol Clube.

 Clubes do Interior

Durante toda sua existência o Campeonato Paulista já teve 102 equipes disputando a sua primeira divisão. E com o passar dos anos e a profissionalização do futebol no estado, a expansão do esporte para todas as classes sociais e a evolução do futebol nas décadas seguintes, os grandes clubes passaram a dominar as competições, Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos se tornaram de forma disparada os maiores campeões, o que fez com que as conquistas dos clubes do interior no futebol moderno fosse ainda mais valorizadas.

- Continua Depois da Publicidade -

Alguns clubes do interior do estado de São Paulo possuem uma bela história e conquistaram a competição de forma até surpreendente em algumas edições, infelizmente algumas dessas equipes não existem mais (Como os já mencionados Paulistanos e São Paulo Athletic) e outras estão em momentos muito difíceis na atualidade, como é o caso da Portuguesa, tricampeã paulista e campeã do Campeonato Brasileiro – Série B.

Dentre as inúmeras campanhas vencedoras de times do interior, podemos destacar algumas, como foi o caso do Bragantino que venceu o título em 1990, do São Caetano em 2004, o clube tinha sido vice-campeão da Libertadores em 2002, um feito marcante, e o Ituano em 2002 e 2014, este o último clube do interior a vencer a competição.

Os 4 grandes e o domínio do Campeonato Paulista

Com o processo de profissionalização e expansão do futebol em todo estado, clubes populares como o Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos, esse último o único situado fora da capital paulista, passaram a dominar a competição estadual de forma arrasadora. Ao todo, os clubes venceram 97 edições do torneio. 

A arrecadação com patrocínios e direitos de transmissão para TV e pay-per-view, criaram uma grande distância de poder financeiro e consequentemente técnico entre as equipes grandes e os clubes do interior, assim, os gigantes do futebol paulista estão quase sempre no topo.

Títulos

Atualmente o maior campeão paulista é o Corinthians que detém 30 títulos da competição, além de ser 21 vezes vice-campeão. Tendo vencido ao menos 1 título em cada década desde a fundação do campeonato. Logo em seguida na segunda colocação encontramos o arquirrival do time alvinegro, A Sociedade Esportiva Palmeiras, que conquistou o título em 23 edições e foi vice-campeão em outras 27 oportunidades. 

Não muito distante do Palmeiras, vem o São Paulo Futebol Clube com 22 conquistas do Campeonato Paulista, além de outros 24 vices-campeonatos. Na quarta colocação encontramos o Santos Futebol Clube, que levou o caneco de campeão para casa também 22 vezes, empatado com o São Paulo, porém disputando menos finais, sendo vice-campeão 11 vezes em sua história.

Maiores campeões consecutivos

Vencer o campeonato paulista de forma consecutiva nunca foi fácil, para se ter uma idéia, nunca houve um tetracampeão de forma ininterrupta. O mais longe que conseguiram chegar a conquistar foram tricampeonatos. 

O Corinthians domina esse quesito também, tendo conquistado o tricampeonato paulista 4 vezes ao longo da sua história. A primeira vez foi nos anos de 1922, 1923, 1924, ainda no final da década e início da próxima o clube conquistaria novamente o tricampeonato, em 1928,1929 e 1930. Repetindo o feito ainda outras duas vezes, em 1937, 1938 e 1939. Voltando a conseguir esse feito somente em 2017, 2018 e 2019.

Por sua vez, o Santos é o segundo colocado, conseguindo o feito da conquista dos títulos consecutivos nos anos de 1960,1961,1962 pela primeira vez. Depois o time voltaria a conquistar o tricampeonato nos anos de 1967, 1968 e 1969. Após isso, o clube passou anos longe desse feito, voltando a realizar essa conquista apenas nas temporadas de 2010, 2011 e 2012.

O Palmeiras só conseguiu realizar o tricampeonato uma única vez na sua história, na temporada de 1932, 1933 e 1934. O outro tricampeão é o São Paulo Athletic, que venceu em 1902, 1903 e 1904. Já o São Paulo Futebol Clube, mesmo estando entre os maiores vencedores nunca levou um tricampeonato. Tendo conseguido o bicampeonato 5 vezes, o recordista.

A tradição continua

A rica história do Campeonato Paulista continua sendo escrita, ano após ano, temos surpresas, clubes do interior fazendo frente aos clubes grandes, rivalidades se tornando ainda mais acirradas, brigas entre federação e clubes e polêmica atrás de polêmica vão fazendo o campeonato ter um sabor especial a cada ano.

Apesar dos debates contínuos sobre o calendário do futebol brasileiro e a realização ou não das competições estaduais, para o bem da tradição e do futebol brasileiro eles continuam, e devem continuar existindo, mantendo a sua tradição e história, abrindo as portas para os clubes do interior terem oportunidade de brilhar e revelar novos talentos para o futebol nacional.

E então, o que achou do nosso artigo? Comente aqui com a gente qual o seu time de coração e, claro, outras recomendações de textos. Dessa forma, sempre poderemos fazer os artigos mais interessantes para nossos leitores.

Acompanhe o Flame Content diariamente em nossos outros artigos sobre esportes  ao clicar aqui. 

Prometemos que não vai se arrepender.

Não esqueça também de avaliar o artigo nas estrelas aqui embaixo. 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -