HomePets & AnimaisRaças de cachorro todos os tipos: grande, amoroso e outros

Raças de cachorro todos os tipos: grande, amoroso e outros

-

Os cachorros são uns dos pets mais amados por aqueles que têm animais domésticos ou gostariam de ter. Confira nesse artigo as raças de cachorro

De todos os tipos, dóceis, brincalhões, bravos, de guarda, para cuidar de rebanho e também cães guia, são diversos os tipos de cachorro.

Mas, apesar de serem muito amados entre os criadores de pets, esses precisam ser criados em locais específicos de acordo com seu tamanho e temperamento.

Além disso, é preciso sempre tratá-los com amor e carinho, independente da finalidade para qual será criado.

Mas, enfim, a história dos cachorros com os seres humanos é muito mais antiga do que se pode imaginar.

- Continua Depois da Publicidade -

Na verdade, a criação de cachorros pelo ser humano data de 500 mil anos atrás, ou seja, é uma relação muito antiga.

Além disso, o cachorro foi o primeiro animal de todos a ser domesticado pelos seres humanos.

Basicamente, as raças ancestrais de cachorros, muitas vezes até mesmo os lobos, começaram a ser alimentados por humanos que ainda viviam em tribos.

Dessa forma, os cachorros passaram a ficar mais dóceis e até mesmo acompanhar os humanos em suas funções cotidianas.

Seja para caça, combates, proteção ou qualquer outra finalidade, a história da criação dos cachorros por humanos é ancestral.

E talvez isso explique o fato do cachorro ser considerado o melhor amigo do homem.

Mas, com o passar dos anos e a medida que as civilizações humanas foram evoluindo e apresentando comportamentos diferentes, os cachorros passaram a ser domesticados com outra finalidade.

E, hoje, muitos desses animaizinhos são criados dentro de casa e alguns até mesmo são considerados parte da família.

- Continua Depois da Publicidade -

Por isso, para que os leitores conheçam melhor algumas raças de cachorro de acordo com seus tipos, temperamentos e tamanhos, aqui está este artigo.

Tipos de cachorro

Hoje em dia existem diversas formas de começar a criar um cachorro, independente para qual seja sua finalidade.

Mas, antes da criação, é necessário que se decida a maneira de ter um cão sob a própria tutela.

Hoje é possível adotar cachorros, que é uma das maneiras mais recomendadas de se começar a criar um canino.

Mas, também é possível adquirir um animalzinho como esse de pet shops, canis e criadores de animais.

Vale lembrar que é importante que, caso se compre de um criadouro de animais, que esse seja regulamentado por lei.

Mas, enfim, o número de raças de cachorros catalogadas até o momento é de uma média de 344.

Mas, com as raças que ainda não foram catalogadas ou que não são conhecidas ainda, estima-se que há cerca de 500 raças.

- Continua Depois da Publicidade -

E entre todas essas raças existem diversos tipos de cachorro com tamanhos, temperamentos e pelagens diferentes.

Além disso,os cachorros podem ter outros tipos de características que podem fazer toda a diferença na hora de decidir qual adotar.

No geral, cachorros maiores podem ser criados para finalidades domésticas, mas uma grande maioria é usada para certos serviços.

Existem algumas exceções, como o Border Collie, por exemplo. Esse é uma raça grande de cachorro

No geral, cachorros pequenos são os favoritos para serem criados em casa ou em apartamentos.

Mas, muitos cachorros pequenos podem ser um pouco agitados, e por isso merecem um local com mais espaço para brincarem.

Por exemplo: o Lulu da Pomerânia é uma raça de cachorro pequeno que se não tiver um bom espaço para brincar pode ficar nervoso e até mesmo ter queda de pelo.

Por isso, para que os leitores conheçam melhor os tipos de cachorro, as raças e os diferentes tipos de porte, abaixo estão algumas informações.

raças de cachorro

Qual é a melhor raça de cachorro?

Essa é uma pergunta difícil de responder pelo fato de ser muito abrangente e um tanto quanto subjetiva.

A pergunta certa seria algo como “ Qual é a melhor raça de cachorro para apartamento” ou “Qual é a melhor raça de cachorro para a fazenda”, por exemplo.

Decidir qual é a melhor raça de cachorro é algo que, antes de mais nada, merece que se coloque alguns critérios para estabelecer isso.

Por exemplo, dificilmente uma casa com crianças pequenas pode ter uma raça de cachorro que pode ser violenta.

E, sim, por mais que o estigma de “raça violenta” siga algumas raças e já seja do conhecimento dos amantes de pet que isso é um tabu, certamente existe a possibilidade de algo dar errado entre a criança e o cachorro que pode vir a ser violento.

Afinal, quantos casos já não se ouviu falar de crianças que foram severamente machucadas por cachorros que podem se tornar potencialmente perigosos, como o Bull Terrier?

Enfim, de qualquer forma, além das raças de cachorro também existem os cachorros sem raça, os chamados vira-latas.

E esses, apesar de não terem nenhuma raça definida, podem ser tão dóceis e amáveis quanto os cachorros de raça.

Ainda sobre os vira-latas, esses são cachorros que, geralmente, são abandonados e que se encontram em feiras de adoção.

Então, por que não procurar saber se vale a pena adotar um vira-latas também?

Eles também merecem uma chance de se tornarem os melhores amigos de alguém.

Enfim, de qualquer forma, existem também ótimos cachorros para lares pequenos, para aqueles que estão sempre viajando e também para quem passa muito tempo fora de casa.

Como existem muitas raças de cachorro e como definir qual é a melhor delas é algo que vai depender só da convivência entre animal e homem, não é cabível fazer esse julgamento em poucas linhas.

Por isso, abaixo estão alguns detalhes sobre as melhores raças de cachorro de acordo com algumas especificidades.

Raças de cachorro mais dócil

Todos amam aqueles cachorros dóceis que só de chegar perto viram a barriga para cima pedindo carinho.

Mas, vale lembrar que para que um cachorro seja dócil, é preciso que sua criação tenha sido a melhor possível.

É preciso amor, carinho e todos os devidos cuidados para que um cachorro cresça forte, saudável e dócil.

Mas, entre todas as raças que tendem a serem mais dóceis, existem algumas que costumam apresentar mais essas características.

E, para começar com os exemplos, a primeira raça que é considerada uma das mais dóceis é a dos Golden Retriver.

Esses cães peludos, apesar de chegarem a um porte médio-grande, são animais muito dóceis e que não podem ser confundidos pelo tamanho.

Geralmente, esses são ótimos cachorros para convivência com outros animais e crianças também.

Em seguida, outro exemplo de raça de cachorro dócil são os Xitsu. Essa é uma raça de cães que há muitos anos vem sendo criada por humanos.

Na verdade, os Xitsu, ou Shi Tzu, são uma raça derivada do Lhasa Apso e são criados pelos humanos há tempos mais remotos do que os de Cristo.

Com uma característica de serem bem dóceis e calmos, os Shi Tzu são uma das melhores opções de caninos para criar.

Além dessas duas raças, outro exemplo de raça dócil de cachorro para se ter em casa são os Pugs.

Os Pugs são uma febre entre os “Pais de pet” e conquistam a cada dia mais fãs com sua pele enrugada.

Geralmente, os Pugs são cachorros dóceis e brincalhões. Mas, apesar de serem uma ótima raça, podem apresentar muitos problemas do trato respiratório ou cardíaco.

Todavia, isso não os descaracteriza como uma ótima raça de cachorros para se ter em casa ou onde quer que seja.

raças de cachorro

Raças de cachorro que dá menos trabalho

Uma coisa que muitos acreditam que pode acontecer ao adotarem um pet é o fato de terem trabalho demais para cuidar.

Ter que levar no pet shop para tomar banho, cortar suas unhas, dar medicações, ter que passear e levar para fazer as necessidades fora de casa devem ser parte do hábito de alguém que cria um cachorro.

Mas, ainda com esses cuidados, muitas raças de cachorro exigem alguns cuidados especiais que podem tomar muito do tempo e da paciência de seus donos.

Nem sempre aqueles que decidem ter um cachorro tem o devido tempo ou capacidade de dar atenção que os caninos precisam.

Portanto, aqui estão alguns exemplos de raça de cachorro que dão menos trabalho para cuidar.

Para começar, uma raça de cachorro nada trabalhosa é aquela que consegue ser facilmente treinada.

E um bom exemplo de raça de cachorro assim são os Buldogues Franceses, que além de dóceis são muito inteligentes.

Apesar de serem uma raça com preços de mercado relativamente caros, o buldogue francês não exige tanta manutenção.

A única coisa que geralmente tem que ser dada a eles em demasia são os carinhos e as brincadeiras.

Mas, isso é algo que independe de raça de cachorro. Raros são os casos de cachorros que não precisam brincar com seus donos.

Enfim, outra raça que dá pouco trabalho para seus donos são os Beagles, que além de muito dóceis, são inteligentíssimos.

Esses por sua alta cognição são capazes de aprender em pouco tempo onde devem urinar e defecar, além de terem horários muito bem definidos.

São ótimos cachorros para aqueles que possuem rotinas mais aceleradas e que possuem crianças em casa.

Por fim, uma última recomendação de raça que dá pouco trabalho é a dos Pincher.

Esses são muito pequenos, e mesmo que agitados, fazem suas necessidades em pouca quantidade. 

Então, mesmo aqueles que ainda não foram adestradas demandam poucos cuidados.

raças de cachorro

Raças de cachorro pequeno

As raças de cachorro pequenas são muito recomendadas para aqueles que moram em locais pequenos ou que não querem ter tanto trabalho.

Muitas raças de cachorros pequenos são consideradas dóceis, mas isso pode variar de acordo com cada uma.

No geral, as raças de cachorro pequenos são muito mais fáceis de treinar, tanto por seu tamanho quanto pelo bem comportamento.

Além disso, os cachorros pequenos são muito mais fáceis de serem levados para qualquer lugar.

Algumas raças como Pinscher ou Chihuahua são alguns dos exemplos mais populares entre as raças pequenas.

Mas outra raça de cachorros pequenos que pode ser mencionada aqui são os Shitzu, que inclusive já apareceram no texto.

Esses e os Lhasa Apso são alguns dos exemplos de cachorros peludos, pequenos e dóceis que se comportam muito bem em todos os tipos de ambiente.

Para aqueles que gostam daqueles do estilo de cachorro salsicha, a raça Basset.

Extremamente brincalhões, esses cachorros podem passar horas se divertindo com seus donos, e o melhor sobre os Bassets é que a manutenção de seus pelos é muito fácil, pois possuem pêlos espessos porém curtos.2

Já o Yorkshire faz parte do grupo dos cachorros pequenos que além de calmos são muito afáveis. 

Entretanto, há muitos relatos de que esses cachorros podem ser ariscos e até mesmo nervosos com visitas.

Todavia são ótimos exemplos de raça canina pequena. 

é claro que, além dessas raças de cachorros mencionadas aqui no texto há muitas outras de porte pequeno, e claro, vale lembrar que sempre há cachorros precisando de um lar em feiras de adoção.

Mesmo que sem raça o cachorro pequeno ideal pode ser um vira lata.

Raças de cachorro medio

Existem muitas raças de cachorro de porte médio possíveis para serem escolhidas.

Os cachorros de porte médio, geralmente, são animais mais ativos e que precisam de espaço, tanto para habitar quanto para se movimentarem.

Muitos desses cachorros são usados como parte crucial do cuidado com rebanhos ou outras funcionalidades, mas isso não impede de serem domesticados e criados em casa.

Primeiramente, a primeira raça de porte médio a ser comentada aqui é a raça Sharpei.

Essa raça é muito conhecida por ter a pele e o seu rosto enrugados.

O temperamento desta raça varia muito de acordo com a criação. Quando pequenos são dóceis, mas agitados.

Quando crescem, tornam-se cachorros fortes e rigorosos.

Se bem tratados, permanecem calmos.

Os border collies são considerados a raça mais inteligente de cachorros.

São ótimos para as áreas rurais por ajudarem a fechar e conduzir os rebanhos.

Quando bem treinados, são capazes de fazer tudo que seus donos ou adestradores ensinarem.

Os famosos cachorros com a língua de cor roxa, os chow chow, são uma raça com bastante pelagem.

Muitas vezes são comparados  a ursos de pelúcia, por possuírem  bastante pelos.

O temperamento do chow chow pode variar muito. Há aqueles com “gênio” mais calmo, enquanto outros nem tanto. 

Bom, outra raça de cachorro de porte médio, muitas vezes treinados para lidar com rebanhos, são os Bull Hillers..

Além de serem extremamente inteligentes, são cães companheiros e de muito vigor físico.

Sua pelagem é um de seus pontos mais característicos, pois as cores preto, branco, cinza e as vezes marrom são mescladas de forma muito chamativa.

Os Bull Hillers são considerados bons cachorros para todos os tipos de ambiente.

Raças de cachorro amoroso

A maioria das pessoas, antes de adotar um cão como pet para si, procuram conhecer mais sobre as raças e seus comportamentos.

E nada mais natural que as pessoas procurem um cachorro pelo qual possam mostrar e receber amor.

Por isso, para que os leitores conheçam as raças de cães mais amorosas, aqui estão alguns bons exemplos.

Para começar, uma das raças mais amorosas com seus donos é a dos Labradores.

Os Labradores são tão protetores, amorosos e cuidadosos com seus donos que são uma das raças selecionadas para serem guias para cegos.

Os Labradores, assim como os Golden Retriver e os São Bernardo, são animais de muito carinho para com os humanos.

No geral, não costumam ficar agressivos, mesmo com a pior das criações possível dadas a essa raça de cães. 

Enfim, outra raça muito carinhosa de cães é a dos Boxer. Os Boxers são cachorros de origem inglesa.

Apesar de serem o fruto de cruzamentos de cães para caça, esses cachorros são de uma raça muito amorosa para com seus donos e pessoas de convívio.

Extremamente brincalhões, esses precisam da atenção de alguém por quem tem afeto sempre que possível.

Além disso, essa é uma raça que demanda muito espaço por serem grandes e agitados.

Caso contrário, podem chegar a adoecer e começarem a demonstrar comportamentos agressivos.

Por fim, a última raça, que não pode ser considerada uma raça, mas que é importante frisar a sua adoção, é a dos Vira Latas.

Os Vira Latas são cães que geralmente, quando adotados, demonstram muita afeição para com seus donos.

Isso porque esses são abandonados na rua ou maltratados. E, quando são adotados, acabam sendo muito sentimentais com seus donos.

Cachorros grande

Raças de cachorros de porte grande são muito diferentes entre si, menos no tamanho.

Enquanto alguns possuem temperamentos mais sociáveis, outros podem ser um tanto quanto ariscos, e alguns perigosos.

Mas, como dito anteriormente, o temperamento de muitos cães varia de acordo com sua criação.

E, para começar falando sobre raças de cães de porte grande, aqui está uma raça que até mesmo esteve nas telas do cinema.

O São Bernardo, cachorro de porte grande dócil e cuidadoso ( isso mesmo, cuidadoso).

Ainda que pareça curioso que uma raça de cachorros seja considerada cuidadosa, é muito comum ver os São Bernardo sendo treinados para salvamento de pessoas em locais de clima ameno.

Como dito anteriormente, foi um São Bernardo que protagonizou o filme Beethoven, onde o cachorro tinha vínculos fortes com uma família.

E, no geral, cachorros dessa raça costumam criar vínculos fortíssimos com seus donos e até mesmo tomam conta de crianças.

Os Dog Argentinos são uma raça de cachorros esguios, vigorosos e tem aparência de bravos.

Mas, apesar da aparência, eles são cães muito calmos e protetores com seus donos.

Suas características lembram muito a de PitBulls, mas essas são maiores. Geralmente seus donos cortam suas orelhas ou as quebram para que fiquem pontudas.

Mas, vale lembrar que isso não é nada ético e, por isso, o interessante é que não se faça.

Os Dog Argentinos podem ser confundidos com animais perigosos por sua aparência. E por isso, muitas vezes, são usados como cães de guarda.

Golden Retriever é a última raça de cachorros grandes a ser mencionada neste parágrafo.

Estes são cachorros mais delicados, calmos, amigáveis e carinhosos.

Dificilmente se ouve falar de  Goldens irritados ou bravos com seus donos ou visitantes.

Com pelagem densa, em cores dourada ou branca, esses cachorros podem ser ótimas opções de cachorro de porte grande para casas com crianças.

Pequenos e peludo

Nos últimos tempos, os cachorros pequenos e peludos vem sendo os preferidos entre aqueles que moram em apartamentos ou em casas pequenas.

Mesmo que soltem muito pêlo, esses cachorros são optados por seus temperamentos e também por sua beleza.

Os caninos pequenos e peludos costumam ter diferentes comportamentos, mas no geral são dóceis.

Para começar a falar sobre cachorros de raças pequenas e peludas, nada melhor do que falar sobre os “clássicos” Poodles.

Os Poodles são cachorros com pelagem ondulada e, geralmente, branca. Existem ainda Poodles com outras colorações de pelos.

No geral, os Poodles são cachorros calmos e muito apegados a seus donos. Mas, infelizmente, esses podem apresentar muitos problemas dermatológicos ou cegueira.

Não se sabe bem ao certo o motivo dessa raça ser tão afetada por problemas de saúde.

Mas, ainda que corram o risco de terem uma vida doente, os Poodles podem chegar até os 12 anos de idade com bom vigor físico.

Lulu da Pomerânia é uma raça de cachorros peludos e pequenos que vem se popularizando cada vez mais entre os fãs de cachorro.

Esses costumam ser agitados e brincalhões, e são muito conhecidos por sua “fofura” inigualável.

Os Lulu da Pomerânia podem ser territorialistas, mas isso depende muito da maneira que são condicionados a se comportarem.

Um dos pontos negativos para aqueles que desejam ter um Lulu da Pomerânia é que é muito difícil fazer a manutenção de sua pelagem.

Mas, esse tipo de cachorro é considerado um dos mais bonitos, e também um dos mais caros de se comprar.

Por fim, novamente aparecem os Shih Tzu nessa lista de diferentes cães. Os Shih Tzu são uma ótima raça de cães pequenos e peludos para se ter em casa.

Mesmo que já tenham sido comentados anteriormente, esses merecem um destaque por serem extremamente dóceis, além de ter pelagens lindas.

O mais legal sobre os Shih Tzu é que eles podem ter diversos cortes de pelo que ainda assim continuam cheios de charme.

VEJA TAMBÉM: Simples Nacional: quais são os benefícios e como optar por ele?

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -