HomeTurismo & ViagemTrivago: saiba o que é e do que se trata

Trivago: saiba o que é e do que se trata

-

Muitas pessoas buscam pelas melhores acomodações para suas viagens sem saberem que existem plataformas virtuais especializadas nisso, como é o caso do Trivago.

O Trivago é um site onde é possível encontrar as melhores acomodações, planejar estadias, fazer reservas e com ótimos descontos.

O site possibilita que seus clientes aluguem casas, apartamentos, quartos de hotéis, quartos em pousadas e vários outros formatos de estadia.

Mas, vale lembrar que diferente do AirBnB não tem como aluguéis por temporada.

Ou seja, só é possível fazer reservas que durem no máximo um mês.

- Continua Depois da Publicidade -

Então, o Trivago é uma opção ideal para aqueles que desejam viajar por curtos prazos, e não para longas estadias.

Essa empresa atende um número de 190 países, ou seja, está presente em quase todas as nações do mundo hospedando diversos viajantes.

Seja para uma viagem de negócios, uma viagem a passeio ou até mesmo uma estadia diária, o Trivago possui diversas opções que cabem no bolso dos viajantes.

Hotéis de todos os tipos de avaliação, com restaurante, piscinas na dependência e também com café da manhã incluso.

Isso tudo informado aos clientes que fazem a reserva antes mesmo de a concluírem, ou seja, entrega diversas opções de acordo com o que os clientes desejam em suas estadias.

Um fato curioso que nem todas as pessoas que usam esse site sabem é que essa é uma empresa de origem holandesa.

Além disso, a empresa possui escritórios em várias localidades do mundo, como em Xangai e Leipzig.

Enfim, para que os leitores conheçam melhor esse site de busca de hotéis, saibam do que se trata e como fazer uma boa reserva, este artigo foi escrito.

Trivago: o que é

- Continua Depois da Publicidade -

Em suma, a Trivago é uma empresa tecnológica que oferece serviços de hotelaria a seus clientes.

Mais especificamente, tem como principal função ser uma ferramenta de busca de hospedagens para seus clientes.

A Trivago atua no mercado de hotelaria desde o ano de 2005, ano o qual foi criada e lançada no mercado.

Essa empresa surgiu na Holanda com a perspectiva de conseguir suprir uma necessidade de ferramenta de busca de hotéis.

Sendo assim, essa se tornou uma empresa precursora do ramo de busca de hotéis dentro da Alemanha, país onde começaram os primeiros serviços da Trivago.

A empresa que começou com um investimento de um milhão de euros, hoje possui um faturamento anual médio de mais de 900 milhões de reais.

Com o passar do tempo, a empresa começou a ser adquirida por fundos de investimento e empresas do ramo de viagens.

Atualmente, a empresa é uma das maiores do ramo e possui um dos sites mais usados para fazer reservas de estadias.

- Continua Depois da Publicidade -

Outro aspecto interessante sobre essa empresa é que ela oferece um serviço especial para gerentes de hotelaria.

Ou seja, essa é uma empresa que favorece os “dois lados da moeda” da hotelaria.

Os próprios participantes da empresa dizem que a Trivago é a maior empresa de hotelaria do mundo, possuindo mais de 1 milhão de hotéis registrados em seu portfólio.

Por mais que isso não seja algo constatado oficialmente, de fato a Trivago é muito relevante dentro do ramo e possui uma grande presença no entorno do globo.

Seu site está repleto de promoções e opções de locação e sua versão brasileira oferece até mesmo serviços referentes a busca de voos.

Ainda na versão brasileira do site é possível fazer pacotes de viagens e planejamentos para apenas um final de semana.

Enfim, o Trivago nada mais é do que uma ótima ferramenta para aqueles que têm o hábito de viajar.

Acima disso, uma das melhores ferramentas para se planejar uma estadia.

Qual é melhor: Booking.com ou Trivago?

Assim como a Trivago, a Booking.com é um site de origem holandesa, mas está no ramo de hotelaria há muito mais tempo.

Na verdade, a diferença de tempo entre a criação do Booking e do Trivago é de 9 anos.

Por isso existe uma grande concorrência entre Booking e Trivago. Ambas são auto afirmadas como as maiores do ramo.

Mas, apesar disso, tanto uma quanto outra possuem uma grande procura por consumidores para fazer reservas em hotéis e outros tipos de estadia.

Mas, para decidir qual dos dois é melhor para se escolher ao fazer reservas, será feito um comparativo apontando os pontos negativos e positivos de cada uma das empresas.

O primeiro aspecto que pode ser comparado entre ambas é o fator descontos.

Apesar da Trivago possuir sim descontos em reservas, a Booking.com possui descontos exclusivos no site.

Ou seja, é possível encontrar as mesmas hospedagens em ambos os sites, mas a probabilidade de encontrar mais barato no Booking é maior.

Outro aspecto a ser comparado entre ambos os sites é o fato de que o Booking oferece pesquisas com critérios mais específicos.

Por exemplo, no Booking é possível pesquisar por estadias de acordo com bairro ou localidades mais específicas.

Enquanto no Trivago essa pesquisa fica um pouco mais limitada, ou seja, generalizada a uma localidade só.

Exemplo: Ao pesquisar por hotéis no Rio de Janeiro, os resultados do Trivago aparecerão por toda a cidade, enquanto no Booking é possível seccionar por Copacabana, Gávea, Barra, etc.

Por fim, o último comparativo entre ambos os sites e que o Booking outra vez se destaca é a confiabilidade.

Isso porque o Booking oferece sites conhecidos para se fazer reservas, enquanto o Trivago, às vezes, pode oferecer sites menos conhecidos e que passam menos confiança.

Enfim, um outro ponto extra para o Booking é que ele oferece um plano de fidelidade para os clientes que desejam fazer uma assinatura.

Mas, apesar do Booking oferecer muito mais pontos positivos que o Trivago, ainda assim o Trivago é um bom site para se fazer reservas.

Vale mais a pena reservar no Trivago ou no Airbnb?

Bem, entre ambas essas opções é possível fazer um comparativo mais paralelo.

Isso porque o Airbnb é uma empresa que oferece estadias de curta duração e também por temporada.

Enquanto o Trivago é uma empresa que oferece estadias mais curtas, e principalmente em hotéis.

Dito isso, vale frisar que o Airbnb oferece principalmente estadias em residências, quartos, casas, cabanas, ou seja, estadias em dependências residenciais.

Entre um e outro, existem alguns aspectos a serem frisados para destacar qual seria o melhor.

Primeiramente, o Airbnb oferece estadias para aqueles que desejam viajar e terem um ambiente mais reservado, como um local exclusivo, um apartamento privativo.

Mas, ao mesmo tempo oferece estadias de baixo custo, como quartos divididos ou em locais mais remotos.

Já o Trivago não oferece esse tipo de opção para um longo prazo, apesar de oferecer estadias em casas e apartamentos também.

Agora, ao comparar os sites do Trivago e do Airbnb, com toda certeza o site da Trivago é mais funcional, apesar de ser menos bonito.

Por mais que a estética do site do Airbnb seja melhor, a funcionalidade do Trivago é melhor para se fazer reservas. 

Portanto, nesse aspecto o Trivago sai na frente do Airbnb por fornecer aos seus clientes a possibilidade de fazer reservas com mais facilidade.

Por fim, o maior destaque que existe dentro do Airbnb que não existe no Trivago é o fato de que no Airbnb é possível ganhar descontos por indicação.

Basicamente, um cliente pode ganhar uma determinada quantia de desconto caso indique amigos e eles usem seu cupom de desconto.

Enfim, ambos são excelentes, mas cada um possui uma finalidade um tanto quanto diferente.

Enquanto um é ótimo para reservas de temporada, o outro é bom para reservas para viagens curtas, de até um mês.

Site do Trivago

O Site do Trivago é completo e oferece desde reservas em hotéis, passagens, pacotes e muito mais.

Para fazer reservas de estadias no site, primeiramente é necessário digitar na barra de pesquisas o local para o qual se quer visitar.

Depois disso, é necessário inserir as datas de check in e de check out e, por fim, o número de hóspedes e de quartos.

Após fazer isso, é necessário clicar em pesquisar e então todas as opções de estadia ficam disponíveis.

Para segmentar um pouco mais a pesquisa é possível escolher entre hotel, casa e apartamento.

Enfim, após pesquisar e os resultados aparecerem é possível ver os melhores preços em diversos sites diferentes.

Para delimitar mais a pesquisa, é possível escolher preço, avaliação dentre outros filtros que podem ser escolhidos pelos clientes.

Ainda é possível optar por estadias avaliadas de uma a cinco estrelas e também avaliação dos clientes, que é outro aspecto importante.

Então, existe uma grande diversidade de filtros para que os clientes possam optar pela hospedagem ideal.

O mais interessante é que é possível observar o preço de diversos sites, visto que o Trivago é um buscador de sites de estadia e compara os melhores preços.

Apesar disso, já houve uma polêmica envolvendo o Trivago onde a empresa foi acusada de omitir os menores preços para exibir aqueles que pagavam mais comissão ao site.

Todavia, isso será abordado posteriormente no artigo para que os assuntos não se misturem nessa seção.

Voltando à primeira página é possível escolher entre cidades populares e destinos populares também rolando um pouco mais para baixo.

Enfim, o site da Trivago é riquíssimo em opções e oferece o local ideal para seus clientes de acordo com sua escolha.

trivago

Como fazer reservas

Para fazer uma reserva no Trivago é preciso fazer um cadastro no site, antes de mais nada.

E para fazer isso, primeiramente é necessário que se clique na opção “Fazer login” que se localiza no canto superior direito do site.

Ao clicar nessa opção, uma nova aba se abre e é preciso clicar na opção “Crie uma” que fica abaixo da mensagem “Crie uma conta”.

Após fazer isso, uma nova página se abre e fica sendo necessário conceder alguns dados como endereço de email e senha que se deseja utilizar para entrar no site.

Depois de conceder o email e escolher uma senha, é necessário clicar em “Registre-se” .

A partir daí já fica possível fazer reservas no Trivago. Entretanto, o ideal é que se termine de configurar a conta.

Para isso, é preciso clicar no ícone do perfil e, em seguida, clicar em configurações da conta.

Quando a nova página se abre,  basta clicar na opção “Configurações da conta “ e, em seguida preencher a lacuna do nome e do sobrenome com as informações pessoais.

Após isso, basta salvar clicando em “Atualizar informações pessoais”.

Enfim, para fazer uma reserva no Trivago é necessário ir até a página inicial e, em seguida, pesquisar por alguma localidade em que se deseja reservar um local.

É possível optar entre Todas as opções, Hotel e  Casa/Apartamento.

Isso ajudará na delimitação da busca de um local ideal para o cliente do Trivago.

Enfim, em sequência,  é necessário escolher as datas de entrada e saída do hotel e, por fim, a quantidade de hóspedes e quartos.

Por fim, basta pesquisar e escolher o local ideal. Depois de encontrar o hotel ideal com a melhor oferta, basta clicar sobre a oferta.

Por fim, o site irá redirecionar para a página de outro site de reservas, pois é assim que funciona o Trivago.

É como uma grande lista de sites de reserva para se optar pelo melhor aos olhos do cliente.

Como saber se um hotel é bom no Trivago

Existem muitas maneiras de saber se um hotel é bom no Trivago, e isso é algo que pode fazer toda a diferença antes de se concluir uma reserva.

Primeiramente, vale frisar que o Trivago oferece um compilado de informações sobre os hotéis com base na avaliação de outros sites e também avaliações próprias do site.

Então, existem várias maneiras de saber se um hotel é um bom local para ficar durante uma viagem.

Bom, antes de mais nada, a principal maneira de saber se um hotel é bom é por meio dos comentários dos clientes.

Isso porque os comentários dos clientes sobre os hotéis possuem opiniões transparentes sobre as estadias.

Mas, essa não é a única maneira de se saber se um hotel é bom no Trivago. Outro aspecto sobre as opiniões que deve ser levado em consideração é o fato de que se trata de experiências pessoais.

Portanto, não devem ser levados integralmente como uma verdade absoluta sobre um hotel, mas sim como critério.

Enfim, outra maneira de saber se um hotel oferecido no Trivago é bom é por meio das avaliações.

Os hotéis podem ser avaliados entre razoável e excelente, visto que a primeira alternativa é uma nota 0, enquanto a última é equivalente a 8.5 para mais.

No entanto, muitos hotéis recém chegados na plataforma que podem ser ótimas opções não estão avaliados pelo fato de que acabaram de chegar e não tiveram a possibilidade de serem usufruídos pelos clientes para que fosse possível ter considerações sobre a estadia.

Portanto, esse não pode ser um fator determinante, mas sim um fato a ser levado em consideração antes de se fazer uma reserva.

Enfim, a última maneira é buscando conhecer melhor o que é oferecido nas dependências do hotel e se essas dependências suprem todas as necessidades.

Mas isso pode ser considerado algo que vai de acordo com os critérios pessoais dos clientes.

O Trivago é confiável?

Antes de mais nada, é preciso responder essa pergunta. E a resposta para ela é que não, o Trivago não é um site tão confiável.

Levando em consideração as polêmicas as quais o site já esteve envolvido, como de ocultar as estadias mais baratas para que houvesse um ganho maior de comissão pelo site, é possível começar dizendo que não é tão confiável assim.

Para saber isso de forma mais cabal, primeiramente, foi usado como critério sua página no Reclame Aqui.

Ao entrar na página do Reclame Aqui do Trivago, logo na primeira impressão é possível tirar conclusões sobre esse site.

Primeiramente porque tanto na avaliação geral quanto na dos últimos 12 meses, o trivago foi considerado como não recomendado.

Ou seja, essa empresa está no pior grau de avaliação entre os consumidores que já a usaram.

Enfim, ao ir para os índices do site, é possível notar que a maioria das reclamações não foram respondidas.

Além disso, nenhum dos problemas foram solucionados na maioria dos casos e nem há um número constatado de clientes que voltariam a fazer negócios com a empresa.

Enfim, a nota do consumidor também é nula, visto que não existem avaliações sobre a empresa.

Se comparada a outras empresas do ramo, o Trivago perde bastante e pode até mesmo ser desconsiderada como uma boa opção para se fazer reservas.

O Hurb – Hotel Urbano, por exemplo, é avaliado em 7.9 pontos e apresenta uma grande superioridade em números quando comparado ao Trivago.

Portanto, reforçando mais uma vez a resposta para o questionamento se o Trivago é ou não confiável: não, não é.

trivago

Trivago passagens

Algo novo dentro do Trivago é o fato de que agora é possível fazer compra de passagens pelo site.

Apesar da empresa ser focada no ramo de hotelaria, foram vistas ótimas oportunidades quanto a venda de passagens no site em versão brasileira.

Enfim, para fazer compras de passagens no site da Trivago, basta clicar na opção “Voos”, localizada na parte superior do site, logo ao lado do ícone de um carro.

Ao ser direcionado para a página de pesquisa de voos, o site possibilita que o visitante escolha local de partida, destino, data de ida e de volta.

Além disso, é possível optar por somente ida, ida e volta e também por vários destinos.

Outra opção que pode ser escolhida entre os visitantes é a classe em que se deseja viajar.

Após preencher todas as opções para busca, basta clicar no símbolo da lupa para concluir a pesquisa.

Enfim, é possível optar por fazer comparações entre o Trivago, Latam e Viaja Net.

Para fazer isso, basta clicar nas opções que ficam abaixo da barra de pesquisa com os respectivos nomes.

Após clicar na lupa para pesquisar, os resultados aparecem e é nesse ponto onde fica possível escolher os filtros desejados.

Para filtrar a pesquisa, basta clicar em um dos filtros que ficam localizados no lado esquerdo.

É possível optar por horários, preços, número de escalas e muitos mais.

Além disso, é possível ordenar a pesquisa clicando na opção “Ordenado por”, logo acima dos resultados.

É possível ordenar a busca de acordo com voo mais barato, mais rápido, que saem mais cedo, que saem mais tarde, etc.

Enfim, após escolher o voo ideal, basta clicar sobre a opção “ver oferta” e então o site irá direcionar para outra página.

Nessa outra página outro site se abre e é possível concluir a compra, caso se deseje.

Pacotes de viagens

Outro ponto sobre o Trivago é que em seu site é possível comprar pacotes de viagens.

Nesses pacotes estão inclusos acomodação e passagem de avião.

O site disponibiliza pacotes para diversos destinos e entrega ótimos resultados em diversas capitais e cidades interioranas também.

Para comprar um pacote na Trivago é preciso clicar em “Pacotes” na página inicial, na parte superior.

O ícone fica logo ao lado direito do ícone de voos, representado por um avião.

Entre as opções é possível aplicar filtros que vão desde a categoria do hotel até mesmo o tipo de passagem.

O preço que pode ser filtrado é por pessoa ou pelo preço total. Dá para optar entre uma acomodação com café da manhã incluso, wi-fi grátis, estacionamento e até mesmo transfer incluso.

Mas, muitas vezes, comprar pacotes no Trivago pode não ser tão vantajoso quanto planejar a própria viagem fazendo a reserva de acomodação e comprando a passagem de forma independente.

Mas, para decidir o quão vantajoso é fazer isso, é necessário contrabalancear os preços e os benefícios inclusos.

Todavia, isso é algo que cabe somente ao cliente, mas que pode ser feito de forma autônoma dentro do site do Trivago.

Uma ótima sugestão de empresa para se procurar por pacotes com passagem aérea e acomodação é a CVC.

Essa empresa é tradicional no ramo de viagens e atua no Brasil há muitos anos.

Fora o fato de que essa é muito bem avaliada no Reclame Aqui.

viagem de onibus

Infográfico do site

A revista da Trivago organizou uma pesquisa que acompanhava a rotina de hóspedes em grandes hotéis por todo Brasil.

Essa pesquisa, o Infográfico do Trivago, propôs a ideia de como seria a rotina dos hóspedes do Grand Hyatt São Paulo.

E, para começar, os dados que foram recolhidos foram sobre as 24 horas de todos os hóspedes neste hotel.

De todos os quase 1000 hóspedes presentes em hospedagem, apenas 200 tomaram café da manhã no Buffet do hotel.

Para preparar a quantidade de alimentos do buffet, são necessários 10 chefs, enquanto mais de 70 kg de frutas são consumidos, sendo a melancia a mais ingerida.

No almoço, então, o número de pessoas que comem no hotel é reduzido e a quantidade de comida ingerida é menor que 50 kg.

Enquanto isso, sobre os quartos: 8 funcionários ficam responsáveis pela lavagem de uma média de 1 tonelada de roupas.

O número de acessórios recebidos é de mais de 4000 ao todo pelos hóspedes.

Enquanto isso, na recepção, os recepcionistas que são 8 levam 15,5 horas fazendo todos os processos de check in e check out.

Mas, afinal, para que servem esses dados, muitos devem estar se perguntando.

Bom, na verdade esses dados são, além de curiosidades, alguns fatos que contribuem para que se saiba exatamente como estão os serviços de um hotel.

E para aqueles que lidam com a gestão dos mesmos, isso pode ser de extrema importância para a melhora de serviços.

Além disso, são dados muito interessantes de se possuir quando o assunto é viagens e hotelaria.

Portanto, é bem provável que essas informações sejam mais para uso institucional do que propriamente de uso público.

Destinos mais procurados no site

Muitas pesquisas mostram que os brasileiros são uma parcela da população mundial que não viaja tanto quanto pessoas de outras nacionalidades.

Entretanto, existem alguns destinos os quais os brasileiros possuem uma grande afeição, e que por isso são os destinos mais buscados no Trivago.

Por isso, tanto para que os leitores tenham como base quais são os destinos mais pesquisados, quanto para que tenham uma noção de como encontrar os melhores destinos, aqui estão os destinos mais procurados no Trivago.

Começando pela cidade paulista de Campos do Jordão, que é considerada uma capital gastronômica e arquitetônica.

Com seu clima temperado, ou seja, mais ameno, a cidade atrai um grande número de turistas e é a décima cidade mais pesquisada no Trivago.

Outra cidade muito pesquisada por aqueles que acessam o Trivago é a Ilha da Magia, Florianópolis.

Essa cidade é a capital catarinense e apresenta diversas belezas que servem de atrativo para visitantes.

Tanto por possuir um lado místico, praias paradisíacas, uma população muito amigável e diversos pontos turísticos, essa cidade é a sexta mais pesquisada do Trivago.

Além dessas duas, uma cidade do interior do Rio Grande do Sul, muito conhecida por ser parte da rota do vinho brasileira, Gramado é uma cidade muito pesquisada.

Seus passeios por vinícolas, clima europeu, arquitetura alemã e italiana, além de diversos pontos turísticos, tudo isso faz com que os brasileiros procurem muito por visitar essa cidade.

Fora esses atrativos, a cidade possui diversos festivais interessantíssimos que enchem os olhos daqueles que fazem pesquisas no Trivago.

Por isso, essa é a terceira cidade mais procurada para reservas no site do Trivago.

Enfim, por último, mas não menos importante está a cidade mais procurada no Trivago por seus usuários.

É claro que essa dispensa comentários, mas que não podia faltar na lista, não podia.

O Rio de Janeiro, a cidade maravilhosa, é a cidade mais procurada para ser visitada pelo Trivago. E com todos os seus encantos, é com ela que se fecha essa lista.

trivago

Polêmica envolvendo o Trivago

No ano de 2016 essa empresa holandesa passou por uma série de acusações polêmicas envolvendo a omissão de preços mais baratos para os clientes.

Isso porque, segundo as acusações, a empresa estaria lucrando com os preços que eram exibidos devido às comissões recebidas.

O caso se tornou uma ação coletiva nos EUA no estado da Califórnia, e isso rechaçou a imagem da empresa no país.

As acusações eram de fraude, principalmente. Mas, apesar disso, ainda no ano seguinte o caso permaneceu insoluto.

Até que no ano de 2018 um caso semelhante começou a rondar na Austrália, onde a empresa foi acusada de enganar os clientes, tanto em sua propaganda, quanto em sua plataforma.

O caso fez com que o Trivago mudasse algumas de suas políticas pelo fato de que a empresa, factualmente, não era totalmente sincera com os clientes sobre mostrar os menores preços.

Na verdade, a empresa acabava anunciando as reservas em que teria mais lucro, o que configurou-se como propaganda enganosa.

Desde então, algumas mudanças vêm sendo feitas no Trivago para que as demandas definidas pelo tribunal australiano sejam atendidas.

O processo da Austrália surgiu por parte da Associação Australiana de Concorrência e Consumidores.

Basicamente, essa associação é como um Procon e defende os direitos do consumidor, assim como preza pela prática da ética por empresas.

Por isso, essa empresa pode ser um tanto quanto duvidável quando se fala de confiabilidade.

O caso ainda está passível de sofrer mudanças, onde a empresa pode ser penalizada caso não acate os requerimentos exigidos pela justiça.

Então, por ora, o melhor a ser feito é esperar a resolução e a tomada de decisão da empresa para se enquadrar dentro da ética que se espera da mesma.

Conclusão

A partir desse texto o leitor fica apto a entender um pouco mais sobre o Trivago, suas vantagens e desvantagens.

Além disso, neste artigo foram apresentados alguns aspectos cruciais que devem ser levados em consideração antes que se faça alguma reserva no site.

Em diversas seções foram exaltados alguns aspectos negativos desse site, bem como a maneira com que a concorrência consegue ser superior.

Além disso, uma das polêmicas mais marcantes da história do Trivago que manchou a empresa no mercado foi explicada.

Outro aspecto importante desse texto é o guia das cidades mais pesquisadas no Trivago para hospedagem.

Por meio desse guia, que inclusive está presente na revista virtual do Trivago, é possível chegar a conclusões de quais são os melhores destinos no Brasil, tendo como base quais são os mais pesquisados.

Enfim, apesar de toda as pesquisas terem indicado o Trivago como uma plataforma ruim para se fazer reservas que esse site esteja delimitado somente a ser uma péssima alternativa.

Na verdade, como buscador de reservas, esse é sim uma ótima ferramenta que pode contribuir muito para procura de boas estadias.

Mas, para isso, é necessário que o leitor se atente ao histórico que foi reportado sobre a empresa e também que esteja aberto a pesquisar em outros sites para fazer um comparação.

Finalmente, o Trivago pode ser considerado um site mediano, mas que oferta bons preços que demandam uma maior pesquisa dentro do próprio para que se consiga achá-los.

VEJA TAMBÉM: Cartola FC: O que é e dicas para jogar

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -