HomeInvestimentosBovespa: Cotação e ações rentáveis para investir

Bovespa: Cotação e ações rentáveis para investir

-

Em suma, a Bovespa, bolsa de valores no Brasil, foi fundada no ano de 1890. Há muito mais de cem anos. Um dos principais pensadores e criadores foi Emílio Rangel Pestana. No entanto, em menos de um ano ela viria a fechar pelo encilhamento e a fugir de algumas regras impostas pelo estado.

Investir na Bolsa de Valores não é uma das alternativas mais fáceis e, em apenas um ano, pode haver ganhos acima de 300% enquanto há perdas na faixa de 60%. 

Logo, o primeiro passo é entender como funciona, quais são os fatores que influenciam e, claro, todos os dados sobre a marca para saber se ela pode ser próspera ou não. 

Para ter um verdadeiro retorno sobre os investimentos, é necessário que o usuário tenha em mente que precisa acompanhar todos os movimentos de mercado. Por exemplo, se uma empresa libera os lucros a cada semestre, é importante saber sobre os dias para ter uma média do porquê as variações ocorrem. Quando uma marca libera altos lucros, ela tende a se valorizar. No entanto, quando tem altas dívidas e prejuízos, os investidores vendem suas ações. 

Neste artigo, separamos algumas dicas para quem deseja começar a investir e também iremos abordar um pouco mais sobre do que se trata e o que é essa Bovespa e Bolsa de Valores. Portanto, continue a leitura conosco para saber mais sobre. 

O que é Bovespa?

- Continua Depois da Publicidade -

O Bovespa se trata da Bolsa de Valores que conta com uma série de investimentos arriscados e robustos. As empresas podem migrar para ele caso se encaixem dentro de uma série de requisitos diferentes como a chance de ter acionistas prioritários e a divisão de lucros. 

Após ter sido fechada no ano de 1891, no ano de 1895 surgiu a Bolsa de Fundos Públicos de São Paulo e que mais tarde se tornaria o que temos hoje sobre os fundos de capitais. Foi na década de 60 do século XIX que a instituição começou a se chamar Bolsa de Valores de São Paulo e tem esse nome até os dias atuais. 

Neste artigo, iremos ensinar um pouco mais sobre como funciona e também quais são as melhores opções para investir. 

Leia também:B3: o que é, história e como investir

Como funciona o Bovespa?

O primeiro passo para começar a investir no Bovespa é ter uma conta em alguma corretora ou banco que permite a compra e venda de ações, como é o caso do banco Inter. 

Depois disso, basta comprar e vender quando a ação estiver supervalorizada. 

Justamente por isso dizemos que é mais que necessário aprender a analisar o mercado para comprar quando as ações caem e desvalorizam para começar a vender quando elas começam a valorizar. 

Por exemplo, no ano de 2021, o banco Inter teve uma valorização de 200%. Ou seja, se alguém comprou durante a queda e vendeu no ápice, praticamente teria triplicado o patrimônio. 

- Continua Depois da Publicidade -

O mesmo vale para outras instituições, como é o caso do banco Pan. 

  • Em suma, as empresas entram para o Bovespa como uma forma de trazer investimentos para a marca e proporcionar retornos maiores de lucros. 
  • Para que as marcas possam participar do Bovespa, é necessário contar com uma série de requisitos diferentes, como a participação dos acionistas nas decisões. A participação, no entanto, ocorre somente com os majoritários. 

De forma sintetizada, é como se a Bolsa de Valores fosse um grande mercado. Neste mercado, existem várias frutas (que são os ativos). Dessa forma, você pode comprar frutas na promoção (ou até mesmo quando os valores estão altos) e vender para outros mercados. Se comprar a fruta com o valor alto e vender por um mais baixo, perderia dinheiro. No entanto, ao comprar em uma promoção ou desvalorização e vender por um preço mais alto, teria um retorno sobre os investimentos. 

  • Geralmente, os maiores retornos ocorrem para quem investiu na empresa na Bolsa de Valores quando a marca estava entrando e começando. Dessa forma, teria pego a fruta ainda sem tempo para se alimentar (verde) e poderia vender por um preço mais caro quando estiver madura. 

Leia mais: Euro: confira o valor de compra da moeda para hoje

Como começar a investir na Bolsa de Valores?

Para começar a investir na Bolsa de Valores, é necessário levar em conta uma série de fatores diferentes. E, iremos explicar de forma mais detalhada neste artigo. 

1. Não é para qualquer um

O primeiro passo é entender que  esse tipo de investimento não é para qualquer tipo de investidor, principalmente se você for dos mais conservadores. Existem perdas assim como existem lucros. 

Neste caso, o primeiro passo seria entender quais são os riscos e consequências de investir errado, como a perda de patrimônio. 

O investidor deve dominar a área que escolher investir. 

Por exemplo, se optar por investir em bancos, deve conhecer notícias sobre os bancos, quantos clientes possuem, possibilidades de crescimento e muitos outros aspectos diferentes. 

2. Determine um nicho

- Continua Depois da Publicidade -

Essa não é uma das dicas obrigatórias. No entanto, faz toda a diferença no momento de começar a investir. 

Já pensou se você investe em empresas que fazem serviços relacionados a petróleo, bancos, atacados e até mesmo em outros tipos de instituições? 

Teria que literalmente ter domínio em todos os assuntos e se manter atualizado sobre todos eles para saber como está o andamento do mercado. 

Então, seria muito difícil de administrar. Logo, se você é uma pessoa que não trabalha somente com o Bovespa e que não tem tempo para pesquisar sobre tudo, o primeiro passo é escolher um nicho para investir e se manter atualizado somente nele de forma aprofundada. 

Depois disso, quando tiver mais prática, pode ir esticando os braços para que consiga pegar outros nichos. 

  • Atualmente, existem empresas com maiores retornos de investimentos, como é o caso das que vendem hospedagens como é a Locaweb e também alternativas de carros elétricos como a Tesla, que é liderada pelo empresário Elon Musk. 

3. Tenha previsões para o futuro

Além de conhecer a empresa, também é necessário que o investidor tenha previsões para o futuro dela. 

Por exemplo, uma empresa que oferece serviços de hospedagens de sites online tem altas chances de ter as ações valorizadas justamente porque a demanda de mercado vem crescendo. Dessa forma, o faturamento e lucro da marca também aumenta. 

Outro exemplo clássico são as fábricas de carros elétricos da empresa Tesla. É estimado que até no ano de 2045, os países da Europa irão parar de usar carros a gasolina, diesel e etanol. Dessa forma, a demanda de carros elétricos vai aumentar de forma expressiva. 

Logo, investir em marcas que produzem carros elétricos pode ser uma alternativa viável visto que é um mercado que está em constante crescimento. 

Outro exemplo são as criptomoedas como o Bitcoin e até mesmo o Ether. O pagamento em criptomoedas vem aumentando, principalmente nos Estados Unidos. 

Então, empresas e carteiras de criptos são as que mais se valorizaram nos últimos anos. 

Um exemplo que não se trata de ação mas é ainda mais fácil de você compreender são os fundos de investimento do banco Inter: os fundos de investimento em criptomoedas chegam a valorizar mais de 250% em apenas um ano. São os maiores crescimentos que os imobiliários e outras alternativas. 

Cotação Bovespa

Para acompanhar as cotações do Bovespa, basta acessar o site oficial da B3. No portal, será possível até mesmo que você crie um acesso para que consiga começar a investir de forma especializada. 

Outro portal que permite investimentos dentro da Bovespa é o XP Investimentos que é uma corretora que conta com altos rendimentos até mesmo para investidores mais conservadores como é o caso da renda fixa. Existem oportunidades de conseguir até 200% da CDI em alternativas de CDB. Ou seja, rendimento na faixa de 10% ao ano, um pouco maior que a inflação brasileira. 

Ações Bovespa

Neste artigo, também separamos algumas ações para quem deseja começar a investir mas que, ao mesmo tempo, não sabe quais são as melhores. 

Portanto, continue a leitura para saber quais são as mais baratas e até mesmo quais foram as mais rentáveis nos últimos anos – também iremos abordar um pouco mais sobre as previsões de crescimento para o futuro. 

Leia mais: iBovespa: O que é, como funciona e como investir corretamente

Banco Inter

Em apenas 52 semanas, valor equivalente a um ano, o banco Inter teve valorização na faixa de 200%. No ano de 2021 em si, a valorização até o mês de setembro estava na faixa de 71%.  A instituição chegou a cerca de 13 milhões de contas somente no ano de 2021. 

A marca se destaca justamente pela possibilidade de não cobrar anuidades em nenhum dos cartões. Além disso, contam com uma série de cashbacks que chegam a 1,25% no pagamento da fatura para aqueles que atuam como clientes WIN. 

Os benefícios são mais democráticos que em outros bancos. Por exemplo, para ter acesso ao cartão Platinum, basta ter o investimento de R$ 50 mil na instituição. Nos concorrentes a média tida como requisito é na faixa de R$ 150 mil. 

  • O cartão Platinum conta com vantagens como acesso exclusivo a salas VIPS de aeroportos e também a cashbacks no pagamento de faturas que chega a 0,5%. 
  • Além disso, com esse valor de R$ 50 mil investido ou o salário de R$ 6 mil, os clientes podem ter acesso a um assessor exclusivo que fornece dicas de onde investir o dinheiro de acordo com o perfil do investidor. O assessor é totalmente gratuito e permite que você agende consultas via vídeo chamada ou troque e-mails. 
Mín — Máx (Dia) 18,39 – 19,3
Variação (Dia) -10.06%
Variação (Mês) -14.12%
Variação (2021) +72%
Variação (52 semanas) +206.05%

Leia também: Banco Inter: tipos de cartão e melhores investimentos

Banco Pan

Outra alternativa para quem está pensando em começar a investir em bancos e instituições do gênero é o banco Pan. A valorização de apenas um ano da instituição foi de praticamente 100%. Ou seja, seria possível quase duplicar o patrimônio. No mês de setembro de 2021, entretanto, a instituição estava enfrentando uma leve queda na faixa de 14%. 

O banco Pan, com a anuidade zero de cartão e a possibilidade de financiamentos e juros baixos, vem sendo um dos principais concorrentes do banco Inter e até mesmo de alternativas mais tradicionais como o Banco do Brasil e o Banco do Bradesco. 

No ano de 2021, a valorização foi de 70%. Essa é uma das alternativas mais promissoras da Bovespa. 

Mín — Máx (Dia) 15,55 – 16,38
Variação (Dia) -6.22%
Variação (Mês) -14.2%
Variação (2021) +69.34%
Variação (52 semanas) +94.42%

Méliuz

A Méliuz conta com um cartão de crédito que fornece cashbacks para os seus clientes. Em apenas um ano, o crescimento da marca foi acima de 150%. No dia 20 de setembro de 2021, a queda de quase 10% teria sido originada devido às bolsas de valores na China e a Evergrande que estava com uma dívida na faixa de US$ 300 milhões, valor este equivalente a cerca de R$ 1,5 bilhões no Brasil. 

O valor das ações também é bastante baixo e acessível para todos que desejam começar a investir e, ao mesmo tempo, gastar pouco (visto que é necessário comprar as ações em lotes específicos). 

No portal da Méliuz, é possível encontrar uma série de cupons de desconto com promoções que chegam a mais de 75% no site oficial de compra de determinada loja. 

  • Neste caso, os clientes conseguem descontos de lojas como: Americanas, Amazon e até mesmo a Magalu.
Mín — Máx (Dia) 6,55 – 7,16
Variação (Dia) -9.22%
Variação (Mês) -1.32%
Variação (2021) +167.74%

Minerva

As ações da Minerva são as que mais estão crescendo nos últimos tempos e, claro, estão recuperando todos os prejuízos que tiveram em relação ao crescimento no passado. O valor médio de cada ação está na faixa de R$ 10, mas pode ser alterado no momento em que ler esse artigo. 

  • A Minerva é uma empresa responsável pela venda e abatedouro de animais. Vale ressaltar que, neste ano, o mercado vem crescendo de forma expressiva. 
  • O valor das ações está mais baixo que a média visto que a empresa estava passando por uma onda de desvalorização constante devido a baixa quantidade de lucro, o que fazia com que os investidores migrassem para outros concorrentes. 

Veja, abaixo, a tabela com os valores médios cobrados para cada ação durante um dia. 

Mín — Máx (Dia) 9,47 – 9,68
Variação (Dia) -1.62%
Variação (Mês) +15.78%
Variação (2021) +1.97%
Variação (52 semanas) -18.97%

E então, tem mais alguma dúvida sobre como investir nas ações da forma certa? Para você, quais são as ações que prometem crescer nos próximos anos? 

Comente aqui com a gente. Não esqueça também de avaliar os nossos conteúdos para que possamos melhorar em nossas próximas produções. 

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -