HomeTecnologia & InternetApple watch: diferença entre os watches

Apple watch: diferença entre os watches

-

Com os avanços da tecnologia muitas coisas evoluíram de suas formas simplistas para apetrechos mais modernos, tais como o Apple Watch criado pela Apple.

Mas, antes da relação com a tecnologia se tornar algo mais comum no dia a dia, os relógios já foram artigos de todos os tipos, desde luxo até uma necessidade.

Suas principal função era apenas o uso para medir o tempo, ter pontualidade com horários e saber a devida hora para cada ação do dia.

Entretanto, com o advento das tecnologias que tornam os aparelhos eletrônicos inteligentes, essas funcionalidades se tornaram mínimas.

Ainda no século XIV o relógio era uma inovação e somente era usado por aqueles que tinham posses, ou seja, os mais ricos.

- Continua Depois da Publicidade -

E ainda assim não era uma tecnologia tão difundida quanto passou a ser com o passar do tempo.

Os anos se passaram e os relógios ganharam diversas modificações, passando de relógios de pêndulo para relógios de pulso.

Então, com o decorrer das épocas, os relógios passaram a se popularizar entre as pessoas.

Mesmo aqueles que não podiam ter condições de usar relógios já possuíam o hábito de olhar as horas em relógios públicos ou perguntar as horas para alguém.

Mas, até que se tornassem artigos populares os quais todos poderiam ter, levou-se um bom tempo.

Estima-se que apenas no século XX que os relógios se tornaram um artigo com uso em grande escala.

E hoje, após o grande salto tecnológico, essa grande invenção da humanidade ganhou alguns acréscimos em funcionalidade.

Além de servir para olhar as horas, os Smartwatches têm funções ligadas à saúde e até mesmo fazem ligações.

- Continua Depois da Publicidade -

Por isso, para entender melhor sobre o Apple Watch e alguns outros aparelhos de outras marcas, aqui está este artigo.

Relógio original iPhone

A Apple é uma das empresas mais promissoras que existem no ramo de tecnologia trazendo sempre mais inovação para seus consumidores.

E entre todas essas inovações está o Apple Watch, que é um relógio original para o iPhone.

Mas, além de ser possível usá-lo de forma vinculada ao iPhone, também dá para usufruir das funcionalidades desse relógio de forma autônoma.

E essa é uma das maiores vantagens em possuir um relógio inteligente da Apple: sua grande variedade de usos.

Mas, para que o uso desse relógio seja otimizado, é interessante que se possua um iPhone para vincular um ao outro.

Enfim, para além do vínculo que existe entre o Apple Watch e o iPhone, existem uma série de fatores que marcam o diferencial dessa tecnologia.

Começando por suas diversas versões, que ao longo do tempo foram aprimoradas para trazer mais benefícios a seus usuários.

- Continua Depois da Publicidade -

Ao todo, até o momento em que esse texto foi escrito, foram lançados 6 relógios inteligentes da Apple e já existem previsões para o sétimo.

E como bem se sabe, a Apple busca sempre aprimorar as funcionalidades de seus aparelhos à medida que lançam novas versões.

Portanto, não se pode esperar nada menos do que ótimas experiências tendo um relógio desse tipo.

Mas, além da alta tecnologia que vem à medida que o modelo ganha novas versões, outros aspectos são chamativos no Apple Watch.

E um deles é o fator estético, o qual é um grande diferencial até mesmo em comparação aos relógios tradicionais.

A Apple permitiu que os donos de Apple Watch definissem seu próprio estilo de relógio.

Isso porque ao possuir um Apple Watch, é possível trocar as pulseiras do relógio.

Enfim, para mais informações, as linhas abaixo contém todos os benefícios em ter um relógio inteligente da Apple.

apple watch
O Apple Watch é o relógio oficial da Apple.

Relógio inteligente

O que define um relógio inteligente é sua capacidade de entregar a seus usuários uma experiência para além da medição do tempo.

Com o surgimento do conceito de SmartWatch muitas coisas mudaram no mundo da tecnologia, tornando esse novo apetrecho eletrônico um artigo muito popular.

Muitos até mesmo desconsideram o nome “relógio” para se referir a esse tipo de tecnologia, visto que, na verdade, consistem mais em computadores de pulso.

Sem nenhum exagero, os relógios de pulso tem algumas mesmas capacidades tecnológicas que muitas máquinas de computador.

Claro que existem algumas limitações que vão desde a tela do aparelho até alguns processamentos, mas isso não diminui a potência que possui um relógio inteligente.

Mas, voltando aos pontos positivos em ter um relógio inteligente, existem vários que podem ser atrativos para vários públicos diferentes.

Começando por suas funcionalidades fitness, como por exemplo a medição da frequência cardíaca por infravermelho e a contagem de passos.

Além disso, é possível medir o gasto calórico com muita precisão e delimitar metas diárias de distâncias para caminhar.

Outro aspecto positivo sobre esses aparelhos é que, diferente de outros aparelhos inteligentes, os relógios precisam de poucas cargas para durar muito tempo.

Alguns possuem baterias que duram dias, enquanto outros podem durar semanas sem nenhum carregamento.

Além disso, é possível vincular os relógios a outros aparelhos inteligentes para receber notificações e chamadas.

E, para aqueles que vivem se perdendo, os Smartwatches, em sua maioria, possuem serviços de GPS.

Fora que entre todas as opções, sempre tem algum que se encaixa melhor no bolso do consumidor. Ou melhor, em seu pulso!

Por isso, abaixo estão alguns detalhes sobre os modelos que já foram lançados pela Apple e o Apple Watch 7, que só será lançado no final de 2021.

Apple watch
O Apple Watch é um dos relógio inteligentes líder em vendas do mercado.

watch 1

O Apple Watch Series 1, na verdade, foi uma continuidade do primeiro Apple Watch que foi lançado pela Apple no ano de 2015.

Trata-se do Apple Watch Original, que foi um relógio inteligente projetado para ser um líder no mercado.

E não foi diferente: o Apple Watch Original, desde que surgiu até o lançamento da versão seguinte do exemplar da Apple, não saiu do topo do ranking.

Mas, afinal, qual foi a diferença estabelecida entre o modelo Watch 1 e o modelo Original da Apple?

Na verdade, foram pouquíssimas mudanças as quais foram feitas de um modelo para outro, e os detalhes são ínfimos.

Mas, quando se fala em processadores, o modelo Apple Watch Series 1 se sobressaiu ao primeiro modelo lançado pela empresa.

Isso porque o modelo Watch 1 possuía um processador S1P, que nada mais é do que uma versão um pouco menos aprimorada do S2.

Outra mudança que ocorreu foi o fator estético que, diferente da primeira versão, foi limitado a modelos de alumínio, apenas.

Isso porque o Apple Watch Original poderia ser adquirido em versões de aço inoxidável, ouro e cerâmica.

Essa mudança ocorreu pelo fato de que a tendência era de que o Apple Watch 1 fosse encarado pela empresa como um relógio de entrada para os próximos modelos.

Todavia, esse possuía um modelo de emparelhamento com bluetooth mais avançado que o Apple Watch seguinte, o Watch 2.

Mas, isso foi um detalhe pequeno visto como vantagem entre esse que foi o relógio de entrada e sua versão seguinte.

watch 2

Muito mais aprimorada, a versão do Apple Watch Series 2 chegou ao mercado de forma estrondosa.

Isso porque ele foi considerado pelos consumidores a melhor versão do aparelho lançada até o momento em questão.

Ainda que houvesse a limitação do Bluetooth ser pareável somente com a versão 4.0, este possuía diversas vantagens sobre a versão anterior.

Começando por seu processador Apple S2, que permitiu um desempenho muito melhor do aparelho.

A velocidade que essa versão do relógio entregou a seus consumidores foi muito superior à versão antiga.

O processador anterior o S1P, de certa forma, se assemelhava a esse. Mas com alguns pontos a melhorar.

E foi isso que foi feito pelos desenvolvedores desse novo modelo do aparelho. 

Tanto é que nessa nova versão foi possível acoplar uma das ferramentas que, posteriormente, se tornou parte de todos os modelos: o GPS.

As versões disponíveis do relógio vinham em alumínio, aço inox ou cerâmica, deixando para trás o ouro.

Fora isso, algumas de suas vantagens se encontram na praticidade para o dia a dia.

Um dos exemplos dessa praticidade é a sua resistência à água. Isso porque o relógio aguenta mergulhos de até 50 metros abaixo d’água.

E esse se tornou um padrão para as versões que foram lançadas em sequência também.

Fora isso, a tela não sofreu tantas alterações, além do fato de que o brilho passou a ser muito superior, emitindo até 1000 nits.

Este foi lançado com o intuito de ser um modelo para aqueles que desejavam um acabamento melhorado, além de um relógio com desempenho aprimorado.

No mais, todas as versões desse relógio chegaram ao mercado com o WatchOS 3, o sistema operacional inovador da época, criado pela Apple especificamente para seus relógios inteligentes.

watch 3

Brincadeiras a parte, a cada novo lançamento de relógio inteligente a Apple aproxima seus consumidores de terem uma experiência de filmes de espião.

E isso começou a se tornar algo notável a partir da experiência proporcionada pelo Apple Watch Series 3.

Afinal, qual foi a primeira vez que a Apple lançou um relógio capaz de ter consigo integrado um sistema capaz de efetuar ligações?

Foi justamente a partir do Series 3 que isso passou a ser uma realidade para aqueles que adquiriram esse modelo do Apple Watch.

Fora isso, foi integrado nesse novo modelo algumas aprimorações com relação à conectividade.

E foi justamente com essas aprimorações que foi acrescentada a possibilidade de integrar ligações e recebimento de chamadas.

Isso porque com esse novo modelo passou a ser possível acoplar chips com 4G no pequeno aparelho.

Mas para conseguir fazer isso era necessário que se adquirisse o modelo com entrada para chip.

Enfim, caso o consumidor desejasse adquirir esse modelo, ele teria, inclusive, a possibilidade de ouvir músicas em seu relógio.

Diferente de todos os outros modelos lançados pela empresa, essa versão trouxe consigo uma característica de semelhanças com os Smartphones.

Tanto é que até mesmo o controle por voz dos iPhones, a Siri, pôde ser controlado integralmente por meio do relógio, assim como era feito via celular.

E essa foi uma das grandes novidades apresentadas pela Apple ao lançar esse modelo, o Apple Watch Series 3.

Claro, não seria possível deixar de comentar a aprimoração que foi feita em seu núcleo.

O Watch Series 3 chegou ao mercado com um processador  quase dois terços mais rápido que a versão anterior.

Além disso, foi acrescentado nele um chip capaz de economizar muito mais bateria do que a versão anterior.

Fora isso, muitas melhorias foram feitas no auxílio que o relógio trazia a saúde de seus usuários, o que inclusive fez com que esse relógio tenha sido altamente recomendado para pessoas com mais de 60 anos de idade.

watch 4

Esse foi um dos últimos três lançamentos da Apple para o público de relógios inteligentes.

Lançado no ano de 2018, o modelo Apple Watch Series 4 foi uma grande revolução dentro do mercado de Smartwatches

E isso é possível de ser afirmado por diversas melhorias que foram acrescentadas nesse novo modelo da Apple.

Começando, primeiramente, por seu display que aumentou consideravelmente com quase 40% a mais de área.

Além disso, o relógio ganhou ferramentas que indicam ao usuário temperatura local, índices de raios ultravioleta e horários de outras regiões..

Fora isso, a grande diferença desse modelo para o anterior é o seu processador que passou por um “salto” tecnológico.

Isso porque o seu novo processador, o Apple S4, foi um precursor na empresa a integrar um de seus modelos de relógio.

Muito mais potente, este é um equipamento de 64 bits que faz com que esse relógio desempenhe um processamento mais rápido e mais fluido.

Fora isso, esse novo modelo ganhou uma versão atualizada de conexão com bluetooth, a versão 5.0.

Ou seja, agora conectar um telefone da Apple com esse relógio se tornou algo melhor do que poderia ser feito pelas versões anteriores do relógio.

Ainda que a bateria seja a mesma de sua versão anterior, as melhorias no processamento e no sistema operacional do relógio fazem com que os gastos energéticos sejam bem menores.

Fora isso, a capacidade do relógio de fornecer dados sobre a vitalidade de seu usuário foi ampliada.

A partir dessa nova versão do Apple Watch Series foi possível que seus usuários tivessem um eletrocardiograma em seus pulsos sempre que quisessem.

Além disso, nessa versão do relógio foram acrescentados o alerta de queda e também o serviço de ligação para emergência.

Ambos são ferramentas que passaram a ser parte do equipamento nas versões seguintes lançadas pela Apple.

watch 5

No ano seguinte ao lançamento do Apple Watch anterior, em 2019, foi lançado o Apple Watch 5.

A novidade entregue pela Apple foi um modelo capaz de permanecer com a tela ligada sem que isso influenciasse na autonomia do aparelho em termos de duração da bateria.

Esse é, inclusive, um dos grandes diferenciais para todos os outros modelos que já vieram, visto que essa era uma das mudanças mais pedidas pelos usuários da Apple.

Para que isso funcionasse, o novo relógio foi projetado para manter seu brilho em níveis em que fosse possível visualizar a tela enquanto o usuário estivesse olhando.

E o mesmo mecanismo tinha como função reduzir o brilho da tela para que fosse possível economizar bateria assim que o usuário deixasse de olhar.

Além disso, um de seus grandes diferenciais foi o acréscimo da bússola, além da possibilidade de se fazer ligações de emergência de qualquer lugar do mundo.

Fora isso, seu processador possui uma velocidade muito superior às outras versões anteriores.

Se trata do S5, que possui um salto em velocidade de processamento se comparado ao S3, processador de duas gerações anterior.

Fora isso, esse relógio teve como alteração estética a possibilidade de vir nas versões de alumínio reciclado, titânio e os outros materiais que já existiam antes: cerâmica e aço inoxidável.

Ademais, o Apple Watch Series 5 possui poucas diferenças com relação a sua versão anterior.

Claro que a cada nova versão do aparelho, alguma otimização foi acrescentada para agregar mais benefícios.

Mas nesse, realmente, a diferença ficou dentro dos parâmetros de processamento e autonomia de bateria.

Enfim, esse é um dos melhores modelos já lançados pela empresa e, até o momento, só foi superado pelo Watch Series 6.

watch 6

Então, finalmente, a Apple decidiu lançar no mercado um relógio que entrega a seus usuários a independência do iPhone.

Além dessa novidade, o relógio possui um exame de eletrocardiograma mais aprimorado, um medidor de oxigênio no corpo e também um detector de quedas semelhante ao das versões anteriores.

Seu novo processador, o Apple S6 dual-core, é muito mais veloz do que os acoplados nas versões anteriores.

Esse processador consegue entregar uma velocidade 0.2 vezes mais rápida que o da versão antiga.

Além disso, sua bateria é capaz de aguentar até 18 horas em funcionamento com a carga máxima.

Fora isso, seu sistema operacional de fábrica é o mais recente até o momento, que é o watchOS 7.

Outro aspecto chamativo deste relógio é sua quantidade de memória muito superior à anteriores.

O Apple Watch Series 6 possui incríveis 32 GB de memória para que seus usuários usufruam o máximo que puderem de um relógio inteligente com muito espaço.

No mais, esse modelo veio com funcionalidades que já estavam presentes em outros modelos da empresa.

A sua grande diferença está no desempenho melhor e também nas melhorias feitas em sua resistência.

Com sua tela de safira, o relógio é muito mais resistente a quedas e riscos no display.

Isso contribui muito para a durabilidade do aparelho que, por seu preço, merece ser utilizado por muito tempo por seus usuários.

watch 7

No momento em que esse artigo está sendo escrito, o Apple Watch Series ainda não foi lançado.

Mas, até o momento, já se sabe muitas coisas sobre esse novo modelo que está por chegar no mercado de relógios.

Por isso, aqui está o que se sabe até agora sobre o Apple Watch Series 7, o próximo lançamento da empresa fundada por Bill Gates.

Primeiramente, uma das mudanças mais notáveis que alguns analistas especulam que o novo modelo obterá é em seu design.

Isso porque o novo Apple Watch, em algumas imagens supostamente vazadas, vem com um formato de tela mais plano e mais “quadrado”.

Enfim, para além dessa mudança, muito pouco se sabe sobre as possíveis mudanças estéticas do relógio.

Mas, quando se fala em funcionalidades em prol da saúde dos usuários, já é sabido que o Apple Watch se destaca entre os demais modelos do mercado.

E no Watch Series 7 não poderia ser diferente. Isso porque especula-se que o novo modelo pode vir com um medidor de glicose.

Essa tecnologia nunca foi vista antes em um relógio inteligente e pode revolucionar o mercado.

Mas vale lembrar que essas são meras especulações. Portanto, não há como chegar a uma conclusão sobre se isso vai ser ou não algo que virá com o novo modelo.

Uma mudança que parece quase óbvia para os analistas da empresa é o novo sistema operacional, o watchOS 8.

Isso porque a cada novo modelo uma nova versão de sistema aparece para os aparelhos.

No mais, as mudanças que se espera para esse novo modelo de relógio inteligente se encontra na bateria, que é muito criticada por sua baixa durabilidade.

Enfim, agora resta esperar seu lançamento para que seja possível confirmar as especulações dos especialistas!

Diferença entre os Apple watches

Depois de ver todos os exemplares de Apple Watch, possivelmente os leitores conseguiram notar que há um salto evolutivo entre cada um dos modelos.

Seja no ganho de funções que ocorreu entre o primeiro e o segundo aparelho, no qual o segundo foi equipado com GPS e um processador mais veloz ou na diferença notável entre as baterias de qualquer um dos aparelhos, existem diferenças notáveis entre cada um dos relógios.

Enfim, para além dessas diferenças, a cada novo aparelho que é lançado, é possível notar um avanço na bateria de cada.

Esse é um dos aspectos mais importantes para um Smartwatch, visto que ele, no fim das contas, tem como maior prioridade pelos usuários que o mesmo permaneça no pulso como aparelho funcional para todos os momentos do dia.

Agora, algo muito interessante sobre os relógios da Apple é que esses podem ser mergulhados na água.

À medida que foram sendo lançados novos modelos, os relógios receberam esse atributo ímpar que permite que seus usuários até mesmo pratiquem mergulho usando os relógios.

Ou seja, antes de comparar os relógios inteligentes entre si, é mais do que necessário fazer um paralelo com os relógios tradicionais.

Afinal, quando é que se poderia esperar que um objetivo de utilidade tão grande poderia se tornar um apetrecho de alta tecnologia?

E foi justamente isso que foi feito pelo Apple ao lançar os primeiros modelos, criar uma nova cultura dentro do que se conhece como utilidade.

Até mesmo quando se fala sobre estar em dia com a saúde esses relógios apresentam algum tipo de aplicação.

Mas, vale frisar que os relógios da Apple não foram os primeiros a surgir no mercado, visto que a IBM lançou um muito antes, no ano de 2013.

E, para aqueles que conhecem a história do relógio, sabem que o conceito de relógio inteligente surgiu ainda no final da década de 70 com o modelo da Hewlett-Packard.

E há grandes diferenças entre cada um dos modelos citados. 

Por isso, para entender melhor as diferenças entre os relógios da própria Apple, aqui estão as diferenças entre algumas das versões.

Apple Watch
A cada nova versão o Apple Watch é aprimorado em algum aspecto, mesmo que mínimo.

Qual a diferença do apple watch da nike

Um dos grandes diferenciais da Apple é que seus produtos são projetados para serem artigos de luxo.

Isso, de uma forma ou de outra, sempre esteve implícito na ideologia por trás da empresa.

Até mesmo seu falecido criador, Steve Jobs,quando foi questionado em em uma entrevista de porque os produtos da Apple serem tão caros.

Ele respondeu que era pelo fato de que a Apple nunca fez produtos mais baratos porque nunca produziu categorias inferiores de produtos.

Ou seja, a empresa nunca se vinculou à imagem de produtos de baixo custo, justamente para manter um “padrão”.

E, visando isso, ao lançar um modelo esportivo de Apple Watch, a empresa escolheu uma grande empresa do gênero esportivo para se vincular à marca.

O que acontece é que a partir do lançamento do Apple Watch Series 2, começou-se a criar modelos do relógio juntamente com a Nike.

As diferenças entre esse modelo e os tradicionais é que esses foram lançados com o intuito de serem usados especificamente por atletas, com foco em corredores.

Além dessa função específica projetada para o Apple Watch, este possui uma pulseira com outra estética, visando o conforto do atleta.

Fora isso, um logo da marca da Nike fica estampado na pulseira do relógio, o que para alguns agrega valor.

Mas, tirando as diferenças estéticas, a única funcionalidade diferente é no display, que possibilita que os atletas possam usar o GPS com maior facilidade.

Ademais, as diferenças entre os modelos tradicionais e os modelos da Nike são ínfimas.

Qual a diferença do apple watch 1 e 3

Quando se fala da diferença entre dois modelos de Apple Watch Series, existe um salto entre os modelos.

Isso porque o primeiro modelo, como foi descrito no texto, possui um processador muito inferior ao modelo Watch 3.

Enquanto o processador do Apple Watch 1 é o PowerVR SGX543, o Watch 3 possui um dual core desenvolvido pela Apple para entregar um desempenho superior as versões anteriores, o S3.

A diferença na memória Ram de um para outro é gritante. Enquanto o primeiro possui 512 Mb, o segundo apresenta 768 Mb.

Fora isso, o armazenamento também passou por um salto de uma versão para a outra, visto que o primeiro possui 8 Gb enquanto o segundo possui 16 Gb.

Já nas funcionalidades a primeira versão lançada após o Apple Watch Original não possui GPS integrado, enquanto a o  Watch 3 possui.

A capacidade de duração da bateria de uma versão para a outra foi otimizada. Enquanto a primeira versão vinha com uma bateria de 250 mAH, a segunda foi lançada com uma bateria de 279 mAH.

Porém ambas são de  íon de lítio não renovável, o que pode ser visto de forma negativa pelos consumidores que entendem sobre o assunto.

Isso porque baterias como essa possuem suas vidas úteis reduzidas à medida que vão sendo usadas.

Algo curioso que chama a atenção dos consumidores que já tiveram os dois modelos, ou ainda os tem, é o fato do display da versão mais recente ser menor.

Mas, isso não significa que a qualidade do display seja inferior também. Na verdade, ela foi otimizada com um display 3D touch com 1000 nits de brilho.

Por fim, a versão 3 do relógio ficou mais leve e mais confortável de ser usada, e isso é algo presente em muitos relatos de consumidores.

Qual a diferença do apple watch 4 e 5

As diferenças que existem entre o Apple Watch 4 e o 5 são poucas, mas fazem muita diferença para o consumidor que está em dúvida entre adquirir um ou outro.

Começando pela principal mudança que é a tela de OLED, que permanece acesa sempre.

Enquanto o modelo de número quatro não apresenta essa tela, o quinto modelo possui.

E seu diferencial está na capacidade do relógio de usar um sensor capaz de deduzir que o usuário está olhando para o relógio, aumentando assim o brilho da tela.

Da mesma maneira, quando o usuário não está usando o relógio, a tela diminui seu brilho de forma que os gastos de energia se tornam ínfimos.

Outra novidade de um modelo para o outro é o acréscimo da bússola, que está presente em produtos da Apple desde 2009.

Fora isso, o modelo de número 5 do Apple Watch possui a função de chamada de emergência.

Os números registrados para emergência são de diversos países, o que traz mais segurança a seus usuários.

Para além disso, a partir do modelo mais recente passou a ser possível usar mais o armazenamento.

Isso porque o novo modelo possui 32Gb de memória, enquanto o anterior, o número 4, possui apenas 16.

O processador da versão número 5 consegue ser duas vezes mais rápido que o da versão antecessora ao Apple Watch Series 4.

Além disso, esse modelo lançado em 2019 foi lançado em titânio, um material muito mais resistente.

Apple x Samsung

A velha disputa entre as duas marcas, onde desde a concorrência entre seus Smartphones ambas vêm concorrendo ao posto de primeiro lugar, também se encontra no lançamento de relógios.

Na verdade, desde que o primeiro Apple Watch foi lançado, muito do que diz respeito ao lançamento de relógios pela Samsung é motivado pela concorrência com a “empresa da maçã”.

Conhecido como Samsung Galaxy Watch, essa linha de aparelhos entrega qualidades tão boas quanto as do Apple Watch.

Além disso, muitos modelos compatíveis entre ambas as marcas contam com o fato de que um pode ser mais barato do que o outro.

Enquanto o modelo de Apple Watch pode custar um valor, o relógio da Samsung compatível em funções pode chegar a custar 30% mais barato ou menos!

Além disso, o Samsung Watch possui um diferencial no que se diz sobre o sistema operacional.

Enquanto o Apple Watch possui seu próprio sistema operacional desenvolvido para o aparelho, o Samsung possui uma versão de S.O baseado no Linux.

E, para aqueles que não sabem, essa é uma grande vantagem que o aparelho apresenta: o Tizen é considerado uma tecnologia operacional muito promissora.

Além de oferecer muita velocidade aos aparelhos em que está integrado, o Tizen já é usado pela Samsung há algum tempo.

Enquanto o WatchOS é uma inovação dentro da Apple, projetado especialmente para suprir as necessidades do relógio da marca.

Mas, para além desses detalhes que diferem cada um dos aparelhos, existem alguns outros aspectos que os tornam diferentes.

Por isso, para que o leitor saiba qual dos dois escolher, além de identificar qual  das versões se encaixa melhor consigo, abaixo estão alguns comparativos.

apple watch
O relógio da Samsung concorre diretamente com os modelos da Apple.

Apple Watch series 6 x Samsung Watch 3

Ambos são produtos “top de linha” das duas empresas e apresentam muitas semelhanças em funcionalidade.

Ambas são duas marcas de peso no mercado de tecnologia, principalmente quando se fala de Smartwatches.

Mas, como muitos ficam divididos entre ambos os produtos, aqui está um diferencial entre um e outro para que seja mais fácil decidir qual comprar.

Bom, para começar, como todos já sabem o Apple Watch Series 6 é a última versão do Apple Watch lançada até o momento, assim como o Samsung Watch 3.

Para começar, será comparado o fator mais aparente: seu formato. Enquanto o relógio da Apple é quadrado, o relógio da Samsung é arredondado.

Em segundo plano, o design do relógio da Samsung foi projetado para possuir uma grande capacidade de armazenar músicas.

Enquanto o Apple Watch possui um bom espaço para armazenamento de músicas, mas não tem isso como prioridade em suas funcionalidades.

Ambos apresentam a ferramenta de análise de eletrocardiograma e também o oxímetro, para medir a quantidade de oxigênio no sangue.

Agora, uma das primeiras desvantagens que o Apple Watch apresenta é o fato de ser limitado ao emparelhamento ao iPhone.

Mas, em contrapartida, ele possui um modo partilha, ou como muitos conhecem, o modo família.

Enquanto isso, o relógio da Samsung apresenta a possibilidade de emparelhamento com diversos aparelhos, independente do sistema operacional.

No mais, ambos são muito semelhantes e apresentam até mesmo a mesma capacidade de resistir a profundidades imersos em água.

Quanto ao preço, ambos estão “pau a pau”, com pouquíssima diferença de valores no mercado.

Portanto, estipular qual dos dois escolher é algo que cabe a afinidade do consumidor, visto que ambos são aparelhos muito bons.

Apple Watch 7 x Samsung Watch 4

Até onde se sabe até o momento, tanto o Apple Watch Series 7 e o Samsung Galaxy Watch 4 serão relógios aperfeiçoados, em comparação às suas versões anteriores.

No momento em que este artigo está sendo escrito, muito pouco se sabe sobre cada um deles.

Tudo que se tem sobre informações são meras especulações. Algumas que, inclusive, estão escritas neste texto sobre o Apple Watch 7.

Mas, quando se trata da comparação entre ambos fica difícil estipular qual será melhor ao serem lançados no mercado por dois fatores.

O primeiro fator é a característica que ambas empresas possuem de concorrer uma com a outra, buscando entregar mesmas funcionalidades para atrair o mesmo público interessado em relógio inteligentes.

O segundo aspecto é o fato de que como esses relógios ainda não foram lançados, dificilmente será possível estipular qual possui vantagens sobre o outro.

Mas, como nesse artigo já se foi falado do Apple Watch 7, aqui estão algumas das possíveis características do lançamento da Samsung.

A primeira característica que muitos analistas da empresa Samsung esperam que aconteça é que o relógio da empresa se mantenha em um modelo mais aparente a um relógio clássico.

Espera-se que o novo relógio da Samsung venha com pulseiras de couro também, assim como na versão anterior.

No mais, algumas mudanças são esperadas dentro do sistema operacional do relógio e também melhorias em seu processador e bateria.

No fim das contas, ambos aparelhos irão apresentar uma grande vantagem sobre suas versões anteriores, mas nada que destaque um lançamento sobre o outro.

Assim como foi dito sobre os relógios anteriores, isso possivelmente só será definido pelos consumidores por afinidade ou outros fatores.

Apple Watch x Xiaomi Mi Watch

A Xiaomi é uma marca chinesa que chegou no mercado de eletrônicos para “ bater de frente” com a Apple.

Mas, para decidir qual dos dois é o melhor, é preciso contrastar alguns aspectos de cada um.

Visto que o Apple Watch que será comparado aqui é a primeira versão, ou seja, a mais simples, possivelmente o relógio da marca chinesa se destaque.

Mas, ao comparar relógios superiores ao Apple Watch Original feitos pela Apple, possivelmente estes se destacam.

Enfim, para começar, o relógio da Xiaomi possui resistência a poeira e água também, enquanto a  primeira versão do Apple Watch não.

Outro aspecto que deve ser frisado que só foi acatado pela Apple posteriormente é o fato de que o relógio da Xiaomi possui um monitor de níveis de oxigênio e GPS.

Além disso, o relógio da Xiaomi apresenta um giroscópio e um barômetro, algo que só foi acrescentado no Apple Watch em suas versões posteriores.

Outro aspecto relacionado à saúde que o Xiaomi Mi Watch apresenta é o monitoramento de sono, algo que só foi acrescentado a partir da segunda versão do Apple Watch.

Na verdade, na maioria dos aspectos relacionados à saúde o relógio da Xiaomi apresenta muitas vantagens sobre o do Apple.

Mas, vale frisar que o relógio da Xiaomi foi lançado posteriormente a esse que é a primeira versão da Apple.

Portanto, nada mais justo do que enfatizar essa informação para que o leitor não ache que a empresa que é líder no mercado de relógio inteligentes não esteja se dedicando o suficiente para entregar um produto coerente a seu preço.

E já que se falou em preço, o Apple Watch Original é mais caro do que o relógio da Xiaomi. E não é pouca coisa!

No mais, a durabilidade da bateria do relógio da Xiaomi é superior, durando até 16 dias com a bateria cheia.

Dentre esses aspectos, muitos outros mostram a superioridade dessa versão do relógio da Xiaomi sobre a primeira versão de relógio lançada pela Apple.

E ainda que esse relógio inteligente esteja a frente nessa seção do texto por ser equiparado com uma versão mais “primitiva” do relógio da Apple, ele não deixa a desejar quando comparado a outros relógios lançados posteriormente pela marca da maçã.

apple watch
O relógio inteligente da Xiaomi é um ótimo exemplar custo benefício.

Apple Watch é líder de vendas

Que a qualidade dos produtos da Apple é superior em muitos aspectos, quando comparados aos de outras empresas, muitos já sabem.

Seja pelo fator “status” ou até mesmo por questões de preferência de sistema operacional, entre diversas outras razões, os produtos dessa empresa são muito consumidos.

E mesmo que seus preços sejam um dos mais caros dentro do ramo de artigos eletrônicos mundo afora, a empresa consegue se destacar como uma das mais compradas pelos consumidores.

Visto isso, com o Apple Watch não é diferente! Na verdade, esse relógio é um líder de vendas dentro do mercado de relógio inteligentes.

Segundo um levantamento da Strategy Analytics, os relógios da Apple se destacam no mercado sendo 55% dos produtos consumidos no mercado de relógios inteligentes.

Esse levantamento foi feito no ano de 2020 e comparou os dados com o ano de 2019, que levou à conclusão de que houve uma fomentação de 20% nas vendas dos líderes do mercado, Apple e Samsung.

A Samsung, que se encontra entre as melhores empresas de smartwatches do momento, possui 13,9% do mercado em suas mãos. Ou melhor, “em seus pulsos”.

Brincadeiras à parte, isso faz com que seja possível chegar a um questionamento um tanto quanto plausível de se ter: afinal, por que a Apple está quase sempre à frente?

Isso pode ser explicado por uma série de fatores, mas o principal é que a Apple não é somente uma marca, mas um símbolo cultural.

As pessoas que detêm um produto dessa empresa geralmente se vêem possuindo um artigo superior aos demais produtos semelhantes.

E, por mais que isso não seja inteiramente uma realidade, é algo que está no imaginário de muitas pessoas.

Isso já foi explicado na bibliografia, mas também está presente no documentário Steve Jobs: Billion Dollar Hippy.

No documentário, muito se fala sobre como a Apple deixou de ser uma empresa de garagem para se tornar uma das mais importantes empresas de tecnologia do mundo.

Updates mesmo com pouco espaço

Uma novidade que tanto os celulares da Apple quanto seus relógios apresentam é a possibilidade de fazer atualizações mesmo com pouco espaço na memória.

Mesmo que isso pareça um grande conto de fadas para aqueles que já tiveram que comprar espaço de armazenamento em nuvem, isso é uma realidade!

A Apple anunciou que os próximos aparelhos da geração que ainda está por vir no final do ano de 2021 ou no ano de 2022 apresentarão essa capacidade.

Isso foi revelado no próprio site da Apple com uma mensagem que dizia que seria possível atualizar o aparelho com menos do que 500 Mb de memória.

Agora, aqueles que possuem um gasto muito grande de memória e pouco espaço no dispositivo não precisam se preocupar tanto com o espaço para atualizar.

Um dos maiores exemplos de um smartwatch da Apple que precisa passar por processo de reconfiguração para que seja possível atualizar o sistema operacional, por exemplo, é o Apple Watch Series 3.

Muitas vezes é preciso até mesmo desemparelhar o relógio do iPhone em que está vinculado para que seja possível conseguir atualizar um dos aparelhos.

Enfim, essa será ,possivelmente, um dos grandes diferenciais que a Apple poderá oferecer em superioridade quando comparados aos lançamentos de outras marcas.

Mas, para que se confirme isso é preciso esperar até que os novos modelos de aparelho sejam lançados no mercado.

Enquanto isso, é preciso paciência e, claro, ser um grande “economista” de memória de aparelhos eletrônicos da Apple.

Smart Watch em função da saúde

Hoje em dia é notável que o humano vive em um constante correria devido a rotina, ao trânsito das grandes cidades e ao trabalho.

E quando se fala em qualidade de vida, dificilmente as pessoas têm como foco cuidar da própria saúde.

Por isso, ter indicativos claros e fáceis de entender que “tudo está nos conformes” em seus corpos é algo que muitas pessoas gostariam de ter em mãos.

Mas, melhor do que ter informações sobre a própria saúde em mãos, é carregar as informações para onde se quiser e no próprio pulso.

Por isso, com o conceito de Smartwatch surgiu também uma série de funcionalidades que já eram existentes em outros aparelhos.

E de forma aprimorada, algumas ferramentas passaram a entregar muitas informações interessantes sobre o corpo de quem usa os relógios.

Hoje, mesmo aqueles que não possuem tempo para cuidarem de seus corpos diariamente, podem acompanhar alguns aspectos de suas fisiologias por meio dos relógios.

Batimentos cardíacos, pressão arterial e atividade física feita no dia são alguns dos dados computáveis por esses computadores de pulso.

O Apple Watch, por exemplo, entrega a seus usuários a possibilidade de medir todos esses dados e ceder informações que podem contribuir muito para a saúde de quem toma medidas a partir dessas informações.

Hoje é possível programar alertas sobre a quantidade de água que se deve beber no dia, além de estipular a quantidade de passos diários para ter uma atividade física mínima.

Fora isso, os relógios inteligentes podem até mesmo medir a quantidade que se dormiu, a qualidade do sono e o quanto se dormiu profundamente.

Por mais que as informações concedidas por esse tipo de tecnologia não substitua uma visita ao médico, ajudam muito para que se tenha uma noção sobre as condições da própria saúde.

O Apple Watch pode contribuir muito para aqueles que desejam ter informações sobre sua saúde.

Qual é o primeiro Smartwatch de todos?

Uma curiosidade que permeia a mente de muitos entusiastas de tecnologia é qual seria o primeiro Smartwatch de todos os tempos.

Por mais que muitos venham a responder que isso possui como resposta o relógio criado pela IBM no ano de 2013, essa afirmação pode estar errada.

Claro que isso depende muito da perspectiva que se tem sobre o que é um relógio inteligente.

Mas, ao definir o relógio inteligente um aparelho de pulso que tem como função algo além da informação de horas, é preciso voltar ainda no século XX para remontar a criação do primeiro Smartwatch.

Com mais precisão, o ano em que foi criado o que acreditam ser o primeiro smartwatch foi em 1977.

E, antes de mais nada, o primeiro smartwatch não foi inventado pelas grandes empresas de tecnologia, não.

Na verdade, o primeiro relógio inteligente foi criado pela Hewlett-Packard,o HP-01.

Esse foi o relógio de pulso mais moderno da época e possuía um visor de LED muito moderno.

Além disso, um de seus grandes diferenciais era o seu teclado que possuía um incrível número de 27 caracteres.

Fora isso, esse relógio tinha como ferramentas embutidas o calendário, cronômetro, calculadora, despertador e um timer.

Por mais que não tenha sido o primeiro relógio da época a apresentar uma calculadora embutida, esse entregava uma soma de várias outras funções com muita modernidade.

Além de seu design totalmente diferenciado, que o fez se destacar entre os demais relógios que possuíam uma ou outra função semelhante.

Por mais que tenha sido um relógio inteligente que, ao ser colocado em comparação aos atuais, não apresenta tanto a agregar em tecnologia, ele foi um salto para a época.

Tanto é que este era considerado um artigo de luxo o qual poucas pessoas podiam ter em seus pulsos.

Vale a pena comprar o modelo SE da Apple?

Esse é um dos grandes questionamentos de muitas pessoas que desejam comprar um smartwatch da Apple mas não sabem por onde começar.

Afinal, será que o Apple Watch SE é tão bom quanto os outros modelos,ou será que ele é inferior aos demais por ser mais barato?

Na verdade, isso é mais uma questão de qualidade do que de preço, propriamente se dizendo.

Isso porque esse é um dos relógios inteligentes com maior custo benefício do mercado todo.

Mas, antes de mais nada, é preciso dizer que, possivelmente esse é o melhor relógio da Apple para se adquirir.

Começando pelo fator preço. O Apple Watch SE é muito mais barato do que a maioria dos relógios da família Apple.

Por exemplo, o relógio pode custar 1500 reais mais barato, no Brasil, quando comparado ao último lançamento da marca, o Apple Watch Series 6.

Basicamente, o SE possui todos os atributos de um relógio de alto desempenho e de última geração.

Ele possui todos os mesmos recursos de saúde que foram acoplados aos demais modelos da Apple.

Além disso, ele não sai perdendo de forma alguma quando se fala das outras funcionalidades.

Mas, com um adendo: ele não possui sensores elétricos para eletrocardiograma e muito menos o oxímetro.

E em comparação ao Series 5, ele possui muitas funcionalidades semelhantes. Mas sua bateria é superior ao do modelo mencionado anteriormente.

Além disso, seu processador não deixa nada a desejar e muito menos sua interface ou design.

Portanto, esse é o relógio ideal para todos que desejam ter um relógio inteligente da Apple.

Mas, claro, ele não descarta o destaque que as versões mais completas apresentam, afinal, isso é apenas uma sugestão que visa o custo-benefício.

Apple Watch salva vidas

Já fazem alguns anos desde que a ficção retrata as máquinas sendo usadas a favor da vida humana.

Por exemplo, um clássico dentro do gênero sci-fi, ou ficção científica em português, que retrata uma máquina em prol do ser humano é a série e filme “Super máquina”, onde um carro praticamente tem vida própria e está a serviço de seu dono.

Mas, ainda que essa realidade esteja um tanto quanto distante dos dias atuais (ou nem tanto assim), um dos apetrechos modernos que funcionam a favor de seus donos é o Apple Watch.

E, para ser mais específico, além de registrar alguns dados vitais, atividade física e quantidade de sono, esse acessório pode ajudar a salvar vidas. Literalmente!

Em torno do mundo alguns casos do Apple Watch salvando a vida de seus donos já aconteceram.

Um deles foi o caso de um senhor de 78 anos que caiu e ficou inconsciente, Mike Yager.

Basicamente, ao cair e bater sua cabeça contra o chão, o seu Apple Watch imediatamente acionou a detecção de quedas.

Ao mesmo passo que esse idoso caiu e a detecção foi ativada, o relógio ligou para a emergência.

Esse fato ocorreu nos EUA, onde o relógio além de ligar para o serviço médico, compartilhou informações sobre a localização do idoso.

Essa opção de detecção de quedas é uma função especial do Apple Watch feito especialmente para a população mais idosa que possui esse acessório.

Por mais que o senhor tenha se machucado de forma leve,fraturando o nariz e se ferindo no rosto, o serviço de bombeiros foi acionado imediatamente e Mike foi socorrido.

Hoje, tanto o idoso quanto os responsáveis pelo atendimento afirmam que o relógio pode salvar vidas.

O Apple Watch já salvou a vida de muitas pessoas com sua função de ligação de emergência.

Vantagens e desvantagens de ter Apple Watch

Agora que os leitores têm acesso a informações sobre as características do Apple Watch, nada mais justo do que saber quais são as suas vantagens e desvantagens.

Portanto, antes de falar sobre o ponto “Vale ou não vale a pena comprar um Apple Watch”, aqui estão esses dados.

Antes de mais nada, o ponto mais importante para começar a falar sobre vantagens do Apple Watch é sua funcionalidade.

E com funcionalidade se infere a série de benefícios que esse apetrecho tecnológico pode trazer para o dia a dia.

Como já foi abordado aqui, o Apple Watch possui grande vantagem no que diz respeito a agregar na praticidade do cotidiano de seus usuários.

É possível fazer ligações sem que seja preciso usar um celular diretamente, assim como definir alertas sem que seja preciso andar com o celular da Apple em mãos.

Outro aspecto positivo sobre possuir um Apple Watch, e que ainda está dentro de sua funcionalidade é o quanto agrega para a saúde de um indivíduo.

Dentre essas vantagens, existem várias outras que podem ser um grande diferencial do próprio Apple Watch, mas há também as que estão presentes em outros relógios inteligentes.

Então, aproveitando a brecha sobre a comparação com outros relógios, é possível começar a mencionar algumas de suas desvantagens.

Começando pelo fato de que sua bateria, com o passar do tempo, vai ficando cada vez mais fraca.

E o pior é que mesmo uma bateria nova pode apresentar dificuldades para segurar carga por um prazo de tempo que outros relógios conseguem conter.

Além disso, o Apple Watch é um relógio inteligente muito mais caro do que a maioria dos outros que estão no mercado.

Portanto, levando isso em consideração e o fato de que muitos outros relógios apresentam funções semelhantes ao Apple Watch, vale frisar que mesmo que se tenha dinheiro para comprar um Smart Watch da Apple, muitas vezes é de maior valia adquirir um relógio de outra marca mas que esteja paralelamente no mesmo patamar que o Apple Watch.

Afinal, irá se pagar menos para usufruir de um mesmo tipo de benefício que ambos podem oferecer a seus usuários.

Onde comprar?

O Apple Watch é vendido por diversas lojas e sites, especializados em produtos de tecnologia ou não.

Antes de mais nada, é necessário frisar que existem alguns aspectos importantes para o consumidor que deseja comprar um Apple Watch.

Começando, primeiramente, pela necessidade de comprar esse aparelho em uma loja de confiança.

Hoje, com tantas informações que se pode ter na internet, não pesquisar por uma loja de qualidade e confiança na internet, seja para compras online ou não, é quase um ato de negligência com o próprio dinheiro.

Afinal, hoje existem diversas avaliações feitas por consumidores, sites de reclamações e muitas outras formas de se descobrir se uma loja é ou não confiável.

Portanto, o lugar onde mais se recomenda comprar um Apple Watch é numa loja da Apple, ou em alguma loja autorizada.

Isso porque, antes de ser uma loja que tem como objetivo lucrar em cima do produto vendido, existe uma ética que vincula uma empresa a outra.

E no caso, fala-se da ética que existe na Apple que conta com o comprometimento para o cumprimento, seja de suas lojas ou de lojas autorizadas.

Outros locais interessantes para se buscar Apple Watches para comprar é em grandes lojas de varejo as quais se conhece.

Alguns bons exemplos são Magazine Luiza e Americanas que, apesar de não serem lojas ligadas à marca, possuem um bom conceito dentro do comércio.

Além disso, é possível adquirir um Apple Watch em diversos locais da internet ou em lojas de estabelecimentos físicos.

Mas, como já foi dito, nada melhor do que comprar em um local de confiança. E isso infere um estabelecimento onde se tem garantias, um bom atendimento e todos os outros aspectos que caracterizam um local como confiável.

Vale a pena comprar?

Primeiramente, antes de definir se vale a pena ou não comprar um Apple Watch, talvez seja preciso retomar alguns pontos do texto, assim como é preciso que o leitor tente responder essa questão de forma crítica.

Bem, antes de mais nada, é necessário dizer que vale a pena comprar um Apple Watch, afinal esse possui uma série de vantagens sobre um relógio comum.

Mas, para aqueles que já possuem um celular da Apple, é muito válido que se houver o desejo de comprar um Smartwatch, que seja esse.

O Apple Watch foi projetado especificamente para se vincular ao iPhone, o que o torna, de certa forma, um relógio exclusivo.

Com ele diversas interações entre celular e relógio são possíveis, além do fator “status” que a marca carrega consigo que pode, ou não, ser um outro aspecto determinante.

Mas, para aqueles que possuem outros smartphones de outras marcas, não há porque priorizar o Apple Watch como opção de relógio inteligente.

Na verdade, até mesmo aqueles que possuem um iPhone não precisam priorizar o Apple Watch como primeira opção.

Hoje em dia existem vários exemplares de outras marcas que competem diretamente como o Apple Watch e que não perdem nada em qualidade.

E, ao colocá-los em equiparação, certamente é notável a discrepância de preços que existe entre um e outro.

No próprio texto exemplos de relógios inteligentes de outras marcas que são tão bons quanto o Apple Watch foram mencionados.

Então, para dizer se vale a pena ou não comprar um Apple Watch é necessário ir muito além da qualidade que o aparelho oferece.

Um fator a ser levado em consideração é o custo-benefício. Além disso,é importante também saber sobre o aspecto sobre ter ou não um celular compatível.

Ademais, cabe somente ao consumidor decidir se o relógio supre suas necessidades a partir da conclusão sobre quais são suas prioridades tendo um relógio inteligente.

Conclusão

A partir deste artigo foi possível introduzir aos leitores uma série de dados sobre o Apple Watch e alguns aspectos do mercado de relógios inteligentes.

Mas, deve-se lembrar que dentro de tudo que foi abordado no texto, o mais importante é lembrar que é preciso pesquisar bastante antes de se fazer uma compra.

Muitas referências que foram usadas no texto tiveram como critério para estipular algumas comparações fatores que podem não ser coerentes aos que os leitores usariam antes de decidir a compra de um Smartwatch.

Além disso, muito pouco da linguagem técnica foi usada para falar sobre os aparelhos mencionados no texto.

Portanto, o mais sensato é que o leitor busque se aprofundar no tema para que faça uma boa compra que esteja dentro de seus requisitos para um bom relógio inteligente que esteja de acordo com suas necessidades e desejo.

Enfim, para além da definição de qual é o melhor relógio a ser adquirido, muitas curiosidades em torno do relógio estão contidas neste artigo.

Mas, além dessas, existem algumas outras curiosidades, como por exemplo a possibilidade de fazer trocas de pulseiras na própria Apple.

No entanto, claro que para fazer isso é preciso que os acessórios estejam em bom estado.

Por fim, o Apple Watch é um dos mais importantes modelos de smartwatch e também um dos mais aprimorados. E por isso é líder em vendas e um dos preferidos dos consumidores.

VEJA TAMBÉM: Horas iguais: entenda o significado espiritual de cada número

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -