HomeRedes SociaisTwitter: como ganhar seguidores e curtidas na rede social

Twitter: como ganhar seguidores e curtidas na rede social

-

Atualmente são encontradas diversas redes sociais disponíveis no mundo da internet. Muitas voltadas para o compartilhamento de fotos e vídeos, e onde os usuários realizam posts relacionados ao seu estilo de vida, por exemplo, e rapidamente ganham popularidade entre as pessoas. Porém, dentre essas plataformas, uma possui um foco mais informativo: o Twitter.

O que é

O Twitter é uma rede social gratuita voltada para a comunicação através de textos. Diferentemente das outras redes sociais, que tem um foco maior na utilização de imagens e vídeos, o Twitter o foco são as palavras, e com isso a opinião, a mensagem que o usuário quer passar através delas. Mas está disponível também o compartilhamento de imagens e vídeos.

Apesar de ser uma das maiores redes sociais do planeta, o Twitter é um pouco menos badalado do que outras como Facebook ou Insagram. Mas isto não quer dizer que seja menos importante.

Devido ao seu foco em informar, com sua porta de entrada para os posts “O que está acontecendo?” Essa plataforma é muito utilizada por serviços de imprensa, grandes empresas corporativas de ramos diversos, políticos e figuras importantes do mundo. Tanto que é a rede social preferida e mais utilizada pelo agora ex-presidente dos Estados Unidos , Donald Trump.

Para escrever um tweet (nome dado aos textos escritos na plataforma) há um limite de 280 caracteres, o que faz com que as mensagens sejam claras e contundentes, além, é claro, de dar mais velocidade durante a geração do conteúdo.

- Continua Depois da Publicidade -

O Twitter é como um micro blog, e com ele o usuário pode compartilhar os interesses, acompanhar os tópicos favoritos e expressar as opiniões. Essa rede social é um bom lugar para manter-se informado e saber o que está acontecendo no mundo.

As informações são obtidas com facilidade, e é possível conferir, por exemplo, sobre a previsão do tempo, os melhores jogos para celular, as novidades tecnológicas  e muitas outras informações relevantes.

Assim como em outras redes sociais, nesta há os chamados seguidores, onde o usuário pode seguir amigos, familiares, tópicos, políticos, marcas e celebridades. E também conseguir seus próprios seguidores, que tenham interesse no que tenha a falar.

Funcionalidades

No Twitter há várias funcionalidades disponíveis para os usuários, tais como:

  •   Apesar de o foco ser as palavras, no Twitter também é possível compartilhar fotos, vídeos ao vivo, gifs, memes, adesivos e emojis.
  •         Falar em particular ou em grupo com qualquer pessoa que o siga.
  •     Utilizar links nas postagens (isso facilita muito na hora de redirecionar as pessoas para um blog, um canal no YouTube, ou outra plataforma de interesse).
  •         Retweetar os posts dos outros usuários.
  •         Comentar e responder nas publicações.
  •         Publicar conteúdo visual.
  •         Usar hashtags nos tweets, e ver quais delas estão em destaque na rede.
  •         Assistir a transmissões ao vivo.

História

O Twitter foi criado no ano de 2006, no estado da Califórnia, nos Estados Unidos da América (EUA). Seus criadores são os norte-americanos Jack Patrick Dorsey, Evan Clark Willians, Noah Glass e Chistopher Isaac Stone (conhecido como Biz Stone).

No início, a intenção dos criadores era um serviço de troca de mensagem (SMS) via internet. O significado do termo está ligado a uma pequena explosão de informações e ao gorjear/pios dos pássaros, tanto que o símbolo da rede social é um pássaro (com o bico entreaberto, para simbolizar o seu gorjeio). E refere-se desse modo, a liberdade da plataforma e possibilidade de dar voz às pessoas.

Atualmente o Twitter é uma das maiores redes sociais do mundo. São mais de 335 000 000 (trezentos e trinta e cinco milhões) de usuários ativos, usuários de 40 línguas diferentes. Ele é também uma das preferidas das empresas de notícias, devido à rapidez para gerar e informar notícias urgentes, em primeira mão.

O aplicativo desta rede social já conta com mais de 1 000 000 000 (um bilhão) de downloads na plataforma do Google Play. E conta também de 17 000 000 (dezessete milhões) de avaliações, que lhe rendem 4,2 estrelas, de um total de 5 possíveis. Há também sua versão lite que é mais leve e também já conta com mais de 10 000 000 (dez milhões) de downloads e 3,2 estrelas.

Ferramentas

- Continua Depois da Publicidade -

A rede social possui diversas ferramentas disponíveis e que auxiliam bastante na agilidade para gerar informações, e também termos e expressões que precisam ser aprendidos para se ter um melhor desempenho na hora de utilizá-la. Vejamos:

Tweet – é a postagem em si; o texto ou mensagem postado na rede social.

Tweetar – é o ato de enviar um Tweet, que é o texto ou mensagem postado pelos usuários.

Hashtag – é uma palavra ou frase qualquer escrita, sem nenhum espaço, depois do símbolo #. Ao clicar em uma hashtag, é possível visualizar outros Tweets que contenham a mesma palavra utilizada.

Cashtag – é similar a hashtag, mas é na verdade o símbolo de registro de uma empresa, posto depois de um cifrão. A cashtag do Twitter, por exemplo, é $TWTR. E ao clicar em um cashtag, é possível ver outros Tweets que mencionam o mesmo símbolo.

@ – é o sinal utilizado para fazer uma menção (se referir) aos nomes dos outros usuários nos posts. Exemplo: “sou fã do seu estilo de jogo @10_LionelMessi”.

Aba Explorar – é o local voltado para encontrar assuntos que estão em alta no momento, tópicos, dentre outros.

Assuntos – hashtag ou tópico verificado por intermédio do algoritmo (um robô) do Twitter, como um dos mais populares dentro da rede social, em um dado momento. Eles podem ser personalizados de acordo com a preferência do usuário.

- Continua Depois da Publicidade -

Conta Verificada – assim como em outras redes sociais, nesta plataforma há a verificação das contas de maior relevância e que tenham uma maior propensão para a criação de contas falsas em seu nome, como artistas, figuras públicas, marcas, etc. e recebem um ícone de verificação azul, indicando que o usuário é realmente aquela figura famosa. Por exemplo, vários usuários podem criar uma conta passando-se pelo presidente da República Federativo do Brasil, Jair Bolsonaro, e sem essa verificação ficaria difícil reconhecer qual delas seria a verdadeira.

Menção – é quando se menciona uma outra conta em um Tweet, por meio da inclusão do sinal @ e depois o nome do usuário que se quer mencionar.

Retweet – é um post (tweet) de outro usuário, e que uma pessoa encaminha para seus seguidores, atribuindo os créditos do original.

retweetar – é quando uma pessoa realiza um retweet, o compartilhamento da postagem de outro usuário com os dela.

Tópicos – são como nichos, áreas de interesse, e são, portanto, uma boa forma para ver mais conteúdo sobre os interesses de um usuário na plataforma, sem a necessidade de seguir contas de forma individualizada.

 Fleets – são os “Storys” da rede social. Com ele, os usuários podem postar pensamentos momentâneos e ideias transitórias, e que desaparecem no decorrer de 24 horas. Eles ficam acima da Timeline na página inicial, e é possível interagir através deles.

Bio – é a descrição curta e pessoal (com no máximo 160 caracteres) e que fica visível no perfil do usuário, para caracterizar a identidade do mesmo no Twitter.

botão Tweetar – é um botão adicionado a um website. Com ele, quando o leitor tiver interesse em compartilhar o conteúdo, basta clicar no botão e o usuário poderá publicar um Tweet com um link para o conteúdo que estava lendo. É uma ótima forma de ganhar mais visitas no site e, por isso, é bem utilizado.

Contas Promovidas – são contas sugeridas que o usuário possa querer seguir e que são promovidas pelos anunciantes da plataforma. Essas contas ficam exibidas na timeline da página inicial, na aba Quem Seguir ou aparecem quando realizada uma busca, e também em outros locais do site.

Curtir – é quando uma pessoa gosta da publicação de outro usuário e clicar no ícone de coração do Tweet. Após a curtida, quem fez a postagem receberá uma notificação informando a ação.

Data e hora – são as informações relacionadas ao tempo, período em que o Tweet foi publicado, informando a data e a hora da realização da ação. Essa informação é encontrada na exibição de detalhes de qualquer Tweet da plataforma.

Enquetes do Twitter – é quando um usuário faz uma pergunta em forma de enquete, dando opções de resposta, e as outras pessoas respondem. Qualquer um pode criar com facilidade uma enquete, e essa ferramenta pode ser muito útil para empresas e corporações, para realizar pesquisa ou receber feedbacks.

Mensagens Diretas – são mensagens privadas, que são enviadas de uma conta para outra ou para outras dentro da rede social, pois as conversas podem ser particulares ou em grupo.

Painel de atividades do Tweet – é uma importante ferramenta com a qual o usuário tem acesso a informações e estatísticas dos seus Tweets, e a repercussão que eles causaram com no público. Com esse painel é possível ver como as pessoas interagem com Tweets em tempo real; comparar as atividades de Tweets e seguidores, e ver quais as tendências ao passar do tempo; clicar em qualquer Tweet e conseguir uma visão mais detalhada em relação ao número de resposta, Retweets, cliques, seguidores e favoritos recebidos; obter insights com detalhes sobre quem é o público do usuário, principalmente os que mais interagem com os posts; fazer o download dessas métricas, de cada Tweet.

Lista – é uma maneira útil de organizar a timeline da plataforma. Onde o usuário cria listas de usuários Twitter, organizados por interesse ou tópico. Assim é possível criar uma lista de colegas de trabalho, de atletas, de amigos, de celebridades, etc. criando uma timeline personalizada de Tweets.

Como criar um perfil para empresas no twitter

O Twitter é uma ótima ferramenta para manter-se informado sobre tudo o que ocorre no mundo, sobre as tendências do momento, e como uma fonte de pesquisa de opinião.

Por isso, é utilizado por muitas empresas, tanto para pesquisar e coletar dados, quanto para expor opiniões importantes, ganhar credibilidade dentro da plataforma (e consequentemente fora também) e arrecadar seguidores e novos clientes, que tenham interesse nos serviços prestados ou bens comercializados pela empresa.

Portanto, para uma empresa, principalmente uma jovem, é super interessante a criação de um perfil na rede social, para assim usufruir de tudo que ela possa oferecer de positivo para a marca.

Segundo dados do próprio Twitter, ela é a plataforma nº 1 para descobertas, pois 79% das pessoas nessa rede social gostam de novas descobertas; 53% dos usuários da plataforma tendem a ser as primeiras pessoas a comprar novos produtos; os usuários passam 26% mais tempo vendo os no Twitter do que nas outras redes sociais e grandes plataformas.

Segundo Jordan McDowell, Gerente Sênior de Engajamento Digital da Cooperativa Não há um outro sistema que seja tão flexível ou que esteja em sintonia não somente com como uma equipe de mídia social pode necessitar entender os insights de negócios das mídias sociais, mas também admite que a empresa faça a tradução com facilidade desses insights em algo palpável, tangível para equipes que não tenham experiência  com as mídias sociais. Por isso a importância da rede social para esse grupo.

Para criar um perfil para empresas, os passos são idênticos aos da criação de um perfil de um usuário comum, o que irá mudar são alguns pontos importantes durante a descrição.

Vejamos o passo a passo para essa criação:

Passo 1 – Digite em seu buscador www.twitter.com e acesse o site oficial do Twitter. Para começar a criar a conta, clique em inscrever-se.

Passo 2 – Preencha os dados pedidos, colocando o nome da empresa, um e-mail válido (ou um número de telefone) e a data de nascimento. E como a própria plataforma informa, mesmo em se tratando de uma conta para uma empresa, o recomendado é confirmar a própria idade do usuário.

Passo 3 – Após preencher os dados, clique em avançar e posteriormente em inscrever-se. Feito isso, será enviado um código de verificação ou para o e-mail ou para o celular cadastrados, insira-o e clique em avançar. Na próxima página deverá ser criada uma senha de acesso.

Passo 4 – Essa senha deverá possuir no mínimo 8 caracteres. Crie-a e clique novamente em avançar, e na página posterior insira uma imagem para o perfil da empresa. É importante que esta imagem seja da logomarca da empresa, para dar um pouco mais da cara e da personalidade da mesma.

Passo 5 – A próxima etapa é a descrição da empresa. Nesta parte é crucial colocar informações relevantes, como localização, horário de funcionamento, área de atendimento e um link para o site da empresa (caso tenha).

Passo 6 – Posteriormente, escolha os idiomas aos quais deseja ver os tweets; as áreas de interesse do perfil, e pronto, o perfil da empresa já está criado. Resta apenas começar a seguir os perfis de interesse e postar conteúdos relevantes para dar início a busca por seguidores.

Como ganhar seguidores no twitter?

Por seu foco em informações, a melhor maneira de ganhar seguidores no Twitter é tornando-se uma pessoa ou marca com opiniões relevantes. É necessário a criação de conteúdos que gerem interesse e engajamento com os outros usuários, construir um nome, uma boa reputação dentro da plataforma.

Mas para facilitar a compreensão e entender como crescer e ganhar seguidores dentro da rede social, nada melhor do que as dicas de quem realmente entende do assunto, Fiamma Zarife.

Em entrevista realizada no Youtube, para o canal InvestNews BR, Fiamma Zarife, que é a principal executiva do Twitter no Brasil, deu algumas dicas de como ganhar seguidores e melhorar o engajamento dos Tweets na rede social.

1ª dica – seguir pessoas, empresas, veículos, jornalistas que tenham credibilidade para falar, e que falem sobre assuntos que sejam do interesse do usuário. Pessoas idôneas, em quem se possa confiar.

2ª dica – depois de seguir essa pessoas influentes do nicho ao qual o usuário tenha interesse, é necessário começar a engajar com esses tweets e nas conversas que estão se desenvolvendo, compartilhando a opinião, para começar a exercitar esse lado de tuitar e ir ganhando uma boa musculatura até ir se arriscando mais até retweetar os posts.

3ª dica – ao retweetar um post é importante expor a opinião, trazendo uma coisa mais autêntica e genuína sobre o tema tratado, explicando o porquê do retweet, e não apenas retweetar por retweetar.

dica – utilizar imagens e vídeos nos posts, pois esses formatos engajam 4 vezes mais do que colocar apenas o texto.

5ª dica – usar hashtags, pois elas são uma boa forma de jogar luz, dar mais foco sobre o conteúdo tratado.

Dicas para o mundo coorporativo

Essas dicas dadas pela executiva servem tanto para usuários comuns quanto para as empresas, mas em continuação a executiva deu mais algumas dicas, agora mais voltadas para o mundo corporativo, que ela mesma chama de “Twitter para executivo”. Vejamos:

1ª dica – usar a rede social para ouvir os consumidores, fazendo uma escuta ativa sobre o que é falado na plataforma.

2ª dica – humanizar a marca, pois as pessoas querem saber quem está por trás dela.

3ª dica – engajar com os funcionários e fornecedores, pois os usuários gostam de ver isso.

Outra forma de ganhar seguidores e vender mais (caso seja uma empresa), é importante o uso de técnicas de escrita nos Tweets. Por se tratar de uma rede social voltada para textos, mas usando recursos audiovisuais também, no Twitter é muito comum o uso de técnicas de escrita para dar mais engajamento aos tweets, dentre elas o Storytelling.

O que significa Storytelling?

Storytelling vem do inglês, e é uma terminação que significa “contando uma história”. Esse termo designa a capacidade que uma pessoa tem em contar uma história de maneira elaborada, com um bom enredo e uma boa narrativa, usando recursos audiovisuais e que seja capaz de envolver a pessoa que recebe a mensagem.

Desde antes da escrita que o ser humano tem o hábito de contar suas histórias, pois era por meio da oralidade que a geração mais velha transmitia seus conhecimentos e saberes para as gerações mais novas.

Desse modo, este ato de contar as histórias é algo inerente à civilização humana, e está enraizada nas tradições de todos os povos do planeta. Nos dias atuais é super recorrente este ato, tanto nos diálogos cotidianos, quanto como ferramenta de marketing, usada na publicidade.

Um exemplo do uso dessa ferramenta no marketing é quando, ao realizar a publicidade de um produto, um curso, um serviço, às empresas ou pessoas mostram depoimentos, histórias de sucesso de outros usuários e/ou até delas mesmas.

Esse ato, de contar uma história bem sucedida que envolva um produto, faz com que as pessoas criem uma boa impressão do mesmo e tenham interesse em comprá-lo. Há uma grande diferença entre um anúncio de um produto para o crescimento da barba (pêlos faciais), mesmo que bem montada, mostrando apenas o produto e suas funcionalidades, para um anúncio que além de mostrar o produto, traz histórias de sucesso que o envolvam.

Como aplicar técnicas de Storytelling no Twitter?

Jerome Bruner, psicólogo, revela que um fato tem uma chance 20 vezes maior de ser lembrado quando ele é associado a uma boa história. E existem diversos modos para uma história ser contada, seja por meio de um post no Twitter, de um anúncio de marketing, de um meme, de um filme, etc.

Essa rede social é uma das ferramentas ideais para trabalhar com Storytelling, pois a própria porta de entrada para os Tweets é “o que está acontecendo?”, ou seja, uma boa oportunidade de trabalhar com essa técnica e engajar os seguidores.

Normalmente, muitos posts trabalham os chamados ganchos na história, para engajar seguidores nessa rede ou vender um produto ou serviço. Isto ocorre com a utilização de um extra, que o público goste, como uma música ou assunto do momento. Para isso, é crucial conhecer o público-alvo.

Outra forma é trabalhar com gatilhos, e no Brasil, um gatilho que funciona muito bem é o humor. Então trabalhar uma história divertida, muitas vezes ajuda bastante na boa impressão gerada pelos usuários. É preciso trabalhar o lado emocional, e com assuntos que o público-alvo tenha interesse.

Twitter e o copywriting

O Twitter para as empresas deve fazer o uso de técnicas de copywriting. Para isso, sempre que publicar algo que esteja relacionado a promoções de sua marca, utilize gatilhos e figuras de linguagem para que encante o seu leitor.

Uma dica é sempre associar ao Storytelling. Ou seja, você conta uma história e faz com que o internauta se identifique com o produto. Enquanto conta a história, faça o uso de gatilhos de urgência (como fim dos estoques) e até mesmo de senso de carinho e necessidade (por isso muitas campanhas mostram pessoas se abraçando e se relacionando entre si).

Durante as criações de vídeos, por exemplo, busque descobrir se o seu público prefere opções mais longas ou curtas. Se sua empresa vende bolos e deseja publicar algo ensinando a como fazer determinada receita, não desvie o assunto ao falar de sua vida e deixar o assunto chato e longo. Ensine APENAS a receita, sem enrolar e de forma rápida, sempre usando boa imagem e fala.

Faça com que tudo seja fluído e sem forçar. Ninguém gosta de assistir a vídeos em que se gagueja ou tem ruídos de fundo. Ao falar ou deixar muito longo sem necessidade, ainda poderá perder seguidores. O tempo também é importante.

Nas imagens, sempre mantenha qualidade e nitidez. Procure utilizar editores como o Canva ou alternativas pagas como o Core Draw. Com essas duas alternativas é possível criar muita coisa interessante e divertida.

No momento de criar, evite inserir muitas informações: adicione apenas o básico com alguns gatilhos e chamadas para a ação.

Twitter vai além de uma simples rede para fazer amigos

Durante o ano de 2020 e 2021, o Twitter ficou ainda mais intensificado em questões políticas e econômicas. Políticos, deputados e senadores possuem um perfil na plataforma em que sempre comentam quais são os feitos pelo governo ou contestam outros colegas de trabalho.

Jair Bolsonaro, presidente da República entre os anos de 2018 e 2022 sempre publicou, durante a pandemia, por exemplo, sobre os feitos das Forças Armadas para o Brasil e a enorme ajuda que estão proporcionando ao levar insumos para as sociedades mais carentes.

Ciro Gomes, ex-ministro e candidato de 2018, entretanto, é contra o presidente e diz que ele defende apenas um público que lhe convém e que não preza pelas minorias e diferenças. No dia do livro, postou inúmeras publicações em que contestava a tentativa do governo de retirar as isenções de impostos sobre esses bens.

Em alguns momentos, ainda é possível encontrar escândalos maiores: Boulos, presidente do Movimento dos Trabalhadores sem Teto publicou, em 2021, que o presidente deveria tomar os devidos cuidados já que na França o rei teria morrido na guilhotina durante a revolução. Essa fala resultou, em 2021, a processos graves em que Bolsonaro argumentou que seria uma chantagem e estaria protestando contra a ordem.

Também se tornou um meio de se expressar politicamente, de exigir direitos: cada vez mais é comum encontrar feministas e outras minorias discutindo pontos polêmicos.

Twitter e as regras

O Twitter teve que elaborar regras após a criação da rede social e o aumento de usuários. Quanto mais pessoas utilizando, mais diversidade a plataforma terá e, consequentemente, maiores chances de crimes virtuais ou divulgação de notícias falsas.

Com a chegada da pandemia da Covid-19 em 2020, até mesmo políticos começaram a divulgar notícias equivocadas sobre a cura da doença. Um dos filhos do presidente chegou a ser notificado que estaria violando os padrões da comunidade.

Nos Estados Unidos, o presidente Trump, que terminou o mandato em 2020 e houveram eleições em 2021, também teve a conta bloqueada devido aos discursos de ódio.

No Twitter, é possível encontrar uma série de informações que podem ser úteis até mesmo para o trabalho acadêmico, basta saber como separar. Há muita coisa útil que ensina todo o processo de análise de uma sociedade.

Uma das dicas essenciais para utilizar a rede é que busque sempre compreender as adversidades e nunca tentar impor algo. Isso garante que todos poderão usar a plataforma de forma segura, sem terem que passar por constrangimentos ou cybercrimes.

Nunca, em hipótese alguma, compartilhe fotos ou conversas de pessoas que não são públicas (como de amigos ou parentes) no Twitter porque isso pode causar processos de exposição sem autorização, fazendo com que a vítima se sinta constrangida.

E então, tem mais alguma dúvida?

E então, tem mais alguma dúvida sobre como utilizar o Twitter e ganhar seguidores? O que você faz para fugir do Cybercrime, algo que é tão comum dentro da plataforma?

Não esqueça de conhecer outros posts do nosso site: tentamos fazer o conteúdo mais completo para que você tenha o máximo de informações em um único local!

VEJA TAMBÉM: Facebook: como funciona, história, curiosidades e filmes

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -