HomeEntretenimentoSpotify: História, curiosidades, tudo sobre

Spotify: História, curiosidades, tudo sobre

-

Atualmente o Spotify é um dos streamings mais notáveis quando se trata de reprodução de música, assim como o Netflix toma a dianteira em streaming de séries e filmes, por isso, hoje nós vamos te contar um pouco mais da história deste aplicativo que mudou a indústria fonográfica.

O Spotify teve um papel muito importante para a indústria fonográfica, e para os amantes de músicas e podcast, isso porque ele surge no momento onde as músicas eram baixadas de forma ilegal, e o download de músicas era bastante arriscado.

Com uma proposta de trazer música para todos sem precisar dos downloads, o Spotify tomou a dianteira, e passou a frente até mesmo do Apple Music, o principal concorrente da época.

Mas esse é apenas um breve resumo da história, vamos mergulhar a fundo e saber um pouco mais da história do aplicativo. Quais são os seus benefícios e quais as vantagens de se ter o Spotify além de outras curiosidades.

História do spotify

Criada por Daniel Ek e Martin Lorentzon em Estocolmo, Suécia, por volta de 2006. O Spotify dentro do ramo da tecnologia é uma novata, mas, ainda sim bastante relevante. Seu nome gera muita controvérsia, pois, a história mais aceita até hoje é que ele tenha nascido de uma confusão entre os criadores que estavam falando sugestões de nomes até que um dos criadores entendeu “Spotify”, dentre uma das sugestões.

- Continua Depois da Publicidade -

O Streaming de música levou bastante tempo para chegar até a América, o lançamento da plataforma só ocorreu em 2011, juntamente com a Oceania e a Ásia, antes disso ele só estava disponível na Europa.  Mas aqui no Brasil ele apenas chegou por volta de 2014, tendo se expandido em uma velocidade considerável, praticamente já estava disponível para o mundo todo, dez anos após a sua fundação.

Mas, nós vamos ver mais adiante que o Spotify teve um papel muito importante dentro da indústria fonográfica, como nós vamos ver mais adiante, sendo um combate muito eficiente contra a pirataria.

O streamings e a atualidade

Como dissemos anteriormente, hoje em dia é difícil até imaginar a vida sem os streamings, isso porque eles nos oferecem muito mais praticidade na nossa vida. Além de que, eles mudaram a forma de se assistir filmes e ouvir música.

E para falar tanto de Spotify quanto de qualquer outro streaming, também precisamos comentar de dois outros fatores, que foram a internet de conexão rápida e o avanço dos smartphones pois ambos estão entrelaçados.

A conectividade de internet rápida fez com que tanto Spotify, quanto Netflix pudessem ser como eles estão hoje em dia, pois, antigamente com a internet discada se tornava praticamente inviável assistir um filme inteiro como assistimos hoje, ou até mesmo ouvir uma música como nós ouvimos sem pausas e em alta qualidade.

E por falar em internet o Spotify só existe como conhecemos hoje graças aos avanços da internet 3G e 4G pois, antigamente a internet no celular era algo que praticamente não existia.

Outro fator que fez com que o Spotify fosse viável, com certeza foi a chegada dos smartphones, pois, com os modelos antigos era difícil até você conseguir navegar ou realizar qualquer outra operação, que não fosse discar um número de contato ou uma mensagem.

Por isso, é correto dizer que os streamings estão entrelaçados com a internet os avanços do smartphone, porque tudo isso possibilitou que eles fossem o que são hoje em dia, e de fato esses serviços foram responsáveis em especial Spotify pela salvação das gravadoras como nós vamos ver a seguir.

Salvação das gravadoras

- Continua Depois da Publicidade -

Ao contrário da Netflix com os filmes e as séries, onde as produtoras ainda tinham algum recurso como por exemplo a televisão e o cinema e algumas outras mídias, as gravadoras não.

Desde os anos 90, as gravadoras vinham sofrendo com a pirataria no início em mídia física, principalmente com a chegada dos CDs que eram bem mais fáceis de ser reproduzidos do que as fitas K7.

No início isso não era algo tão preocupante, mas depois isso começou a se expandir cada vez mais fazendo com que as gravadoras começassem a se preocupar com as questões em especial com a chegada da internet e os downloads feitos de forma irregular.

Os downloads feitos de forma irregular foram com certeza um marco da pirataria pois se antes ainda havia uma concorrência entre uma mídia mais cara e outra mais barata, aqui a competição era desleal. Pois, um produto pago tinha que competir com download gratuito, em muitos casos até com download de apenas uma música, e isso causou muita dor de cabeça para as gravadoras.

Nesse cenário surgem alguns streamings e aplicativos de música que começam a dar conserta respiro para as gravadoras são eles a Apple music e logo depois o Spotify outros também surgiram mas foram caindo pelo caminho esses dois foram os principais.

Embora, as gravadoras hoje em dia não tenho mais arrecadação que tiveram há muito tempo atrás elas ainda assim gozam de uma certa segurança e royalties que são bem consideráveis pelos álbuns e com o Spotify finalmente a pirataria conseguiu ser escanteada, e hoje em dia é muito pouco comum ver downloads e regulares de música e esses estão cada vez mais sendo punidos.

Benefícios do Spotify

Quando se fala em aplicativos de música o Spotify realmente tem diversos benefícios o que fazem dele ser o principal streaming de música.

Vamos ver quais são alguns desses benefícios:

  • Conectividade com outros aparelhos: O que mais chama a atenção no Spotify é sua conectividade com outros dispositivos ele pode ser pareado em uma Smart TV, ChromeCast dentre muitos outros, isso com certeza é o seu maior diferencial em relação a outros aplicativos.
  • Facilidade de navegação: Outro fator é com relação a navegação dentro do aplicativo, que para muitos é bem mais simples em relação aos seus concorrentes isso faz com que muita gente.
  • Algoritmo inteligente: O algoritmo do Spotify é considerado por muitos como algo muito satisfatório, isso porque para algumas pessoas acerta muito nos gostos em playlists como descobertas da semana.
  • Planos acessíveis: Embora ele não seja a melhor opção em planos, ainda sim seu os oferecidos são bastante acessíveis. Sendo uma boa opção custo benefício.
  • Qualidade de Som: A qualidade de som dentro do Spotify é algo variável, isso porque você pode escolher entre automático, baixa, normal, alta e altíssima, mas isso pode vir a consumir muito da sua internet assim, cuidado.
  • Catálogo: O Spotify com certeza possui um catálogo invejável isso porque o streaming tem em torno de 60 a 70 milhões de títulos, entre músicas e podcasts.
- Continua Depois da Publicidade -

Portanto, o Spotify só nos mostra que de fato é a melhor opção quando o assunto é ouvir música em alta qualidade e com uma melhor experiência. Ele oferece um serviço de alta qualidade, oferecendo uma experiência ao seu usuário que vai desde o momento em que entra no aplicativo até quando a reprodução da música.

Embora atualmente a concorrência esteja mais pesada, e os investimentos que sejam feitos de forma agressiva a ponto que eles sejam uma concorrência de peso.

Outros serviços além da música

É sempre importante pontuar, que o Spotify atualmente também oferece uma gama imensa de outros serviços além da música que são os podcasts e os vídeos. Esses outros serviços também têm chamado bastante a atenção e feito o Streaming crescer ainda mais.

Falando primeiramente dos vídeos, atualmente estão disponíveis de forma bem modesta sendo iniciados em 2015, com alguns clipes documentários e shows são disponíveis pelo Spotify, alguns artistas gravam até apresentações exclusivas. Mas isso é algo que está longe de ser o foco principal para o streaming no momento, que oferece o serviço muito mais como um plus, do que de fato como algo relevante dentro da plataforma.

Já no caso dos podcasts não se pode dizer o mesmo, o Spotify sai na frente dos seus concorrentes com relação aos podcasts, isso porque ele tem um catálogo imenso de podcasts ou como algumas pessoas chamam os “programas de rádio”.

Em alguns casos além dos programas disponíveis em áudio há também as imagens da  gravação do mesmo, ou seja, o podcast também é transmitido em vídeo, mas nem todos os programas têm este recurso.

Hoje em dia pode-se dizer que além da música, podcast tem sido outro serviço que o Spotify tem investido bastante, sejam eles independentes, de grandes emissoras e programas de rádio que passam.

Assim o Spotify pode ser o aplicativo ideal para quem curte ouvir um podcast seja qual for, pois eles vão desde história geral até mesmo notícia. Para muitos o Podcast tem sido o responsável pela retomada do rádio.

Os seus concorrentes

O Spotify reinou praticamente majoritariamente no campo dos streamings de música até meados da década passada, mas, de uns tempos para cá a sua concorrência ficou bastante acirrada, fazendo com que o número de concorrentes de peso tenham entrado na briga dentre qual o melhor streaming de música.

Vamos ver um pouco a respeito dos concorrentes, seja suas propostas ou seus principais benefícios, vamos ver quais são:

    • Deezer: O principal concorrente do Spotify, vem sendo um concorrente a altura aqui no Brasil. Embora ofereça serviços bem semelhantes aos do Spotify, ele atualmente vem fechando diversas parcerias que fez com que eles tenham se expandido cada vez mais. Mas algumas pessoas ainda sim reclamam da navegação dentro do App.
    • Amazon Unlimited: O Amazon Unlimited é o complemento do Amazon Music que vinha junto com o Amazon Prime. Ele também oferece uma experiência bem ampla com relação a podcasts mas, seus usuários reclamam bastante com relação  a navegação e algoritmos.
  • YouTube Music: O YouTube lançou seu próprio streaming de música, que tem como sua principal vantagem contar com diversas apresentações ao vivo e músicas lançadas apenas no YouTube. Embora ele tenha um formato até complexo, seja para montar playlists ou para se pesquisar na sua biblioteca.

Portanto, isso foi um pouco da proposta dos concorrentes do Spotify, o que podemos notar que cada um abrange uma proposta diferente, além do fato de que cada um tem suas particularidades. 

Ainda possui outros concorrentes com Apple Music e Tidal mas, aqui listamos os que estão mais estabelecidos. Ou seja, aqui estão os streamings que estão mais bem estabelecidos e com mais tempo no mercado.

Curiosidades

Vamos ver algumas curiosidades a respeito do Spotify, que além de suas músicas tem muita história para contar. Vamos mergulhar desde a história geral até mesmo as histórias mais secretas do Streaming.

Behind the lyrics

Algumas pessoas ainda não sabem, mas hoje em dia é possível conferir a letra junto com a música que está sendo ouvida. Isso está disponível com boa parte das músicas disponíveis no spotify, mas infelizmente não são todas as composições que contam com isso. Mas você sabia que o recurso da letra e música é graças a uma parceria entre Spotify e Genius? Isso mesmo, essa parceria não termina aí.

O “Behind the Lyrics” que em uma tradução livre ficaria como “Por trás da canção” é um recurso que durante a letra e a música conta um pouco da história da canção além, de contar com fatos da mesma como posições nas paradas e como a mesma influenciou na cultura POP na época de seu lançamento.

Esse é o tipo de recurso que poucas pessoas reparam, mas o Behind the Lyrics de fato não está presente em todas as canções, e isso faz com que ele passe batido por muitos ouvintes. Mas esse é um recurso muito bom para quem quer conhecer mais de história, além de praticar o inglês, sim esse recurso é disponível apenas em inglês.

Músicas não tocadas

Estima-se que atualmente o acervo do Spotify está em torno de 60 a 70 milhões de músicas, podendo este número sofrer alterações com o passar do tempo, afinal todo dia um artista lança um novo trabalho, ou o streaming adquire um novo álbum, isso faz com que o catálogo cresça cada vez mais.

Você já pode imaginar que com um catálogo tão grande, algumas músicas podem acabar não sendo nem ouvidas. Isso acontece porque alguns artistas lançam seus albuns de forma independente e acabam não sendo encontrados, outro fator é que a músicas com menos de mil ouvintes algumas vezes acabam não sendo computadas, isso faz com que os artistas com esse número de ouvintes mensais possam ser “esquecidos”.

Com um acervo tão grande, é até mesmo imaginável que algumas músicas ficassem de fora do radar dos ouvintes. Mas, esse último dado dos “Artistas Esquecidos” acaba indo de encontro com nossa última curiosidade, que é um tema bastante polêmico e até mesmo delicado, tanto para os artistas quanto para as gravadoras.

A reclamação por parte da classe artística

Um pouco do que comentamos a respeito do acervo do Spotify que 25% de suas músicas acabam sendo não ouvidas por seus ouvintes, isso se deve muito aos seus algoritmos que acabam por priorizar os artistas que do Mainstream em suas playlists e até mesmo em seus algoritmos de indicação. Assim, os artistas independentes acabam ficando de lado.

E isso se traduz em baixos rendimentos mensais pois, a remuneração no spotify se baseia majoritariamente nas audições de cada música para realizar a distribuição dos royalties tanto para a gravadora, quanto para os artistas, e se um artista é pouco ouvido isso significa que ele terá poucos rendimentos.

Mas além disso os artistas também reclamam bastante que a remuneração do Spotify é muito baixa, inclusive já existem até movimentos de artistas para que as remunerações da plataforma sejam reajustadas, e além dos autores e do time de executivos responsáveis pela canção e o álbum sejam pagos direitos conexos aos músicos. Mas o jeito é esperar e ver até onde essa briga vai dar.

Como descobrir novas músicas

A última curiosidade fica por uma dica para descobrir músicas novas, existem muitas possibilidades para se descobrir coisas novas dentro do Spotify. Você pode simplesmente ir desde as playlists criadas pelo streaming até mesmo as rádios, que é outro recurso muito eficiente quando estamos falando de descobertas.

Toda vez que terminar de ouvir principalmente uma playlist criada por você, se sua reprodução automática estiver habilitada você poderá ter a oportunidade de ouvir uma rádio baseada nas músicas que fazem parte da sua playlist. Outra possibilidade é a lista de descobertas da semana, que são músicas baseadas nos estilos que você está ouvindo.

Nessas descobertas ainda temos o daily mix, entretanto esse é mais baseado em músicas presentes em suas playlists divididas em gêneros diferentes. Enfim, essas são as formas de se descobrir músicas novas dentro do Spotify, mas existem diversas outras pois com esse aplicativo o céu é o limite nas descobertas.

Conclusão sobre Spotify

Isso foi um pouco mais a respeito do Spotify que atualmente é a forma mais popular de se ouvir música, embora a concorrência seja grande é possível se dizer que o Spotify ainda sim sai na frente de todos pelos seus serviços oferecidos em um plano acessível a todos.

Nós aqui falamos que buscamos trazer um pouco a respeito do Spotify e sua importância para a indústria da música atualmente, além de como ele mudou a forma de se ouvir música. Fazendo com que as gravadoras tivessem uma reação após anos sendo pirateadas sem receber nada.

Esperamos que tenha aprendido um pouco mais a respeito da plataforma e que esse artigo possa contribuir  para que você possa descobrir novas músicas, além de melhorar sua experiência com o App. Nós vamos ficando por aqui, boa sorte em suas descobertas.

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -