HomeFrases & MensagensPoemas de amor: Para namorada e namorado

Poemas de amor: Para namorada e namorado

-

A literatura brasileira está repleta de poemas de amor, recheados de muito simbolismo e sentimentos. Criados por escritores talentosos que marcaram épocas e são lembrados até os dias de hoje.

Grande parte dos poemas de amor foram escritos para impressionar, surpreender e por isso, muitas das obras possuem um sentimentalismo extremo, para causar comoção, aflorar sentimentos e derreter corações.

Os enamorados que também escrevem como forma de se declarar, sabem que essa é uma forma de marcar, de se fazer presente e também se declarar para o companheiro ou companheira.

Porém, quem escreve poemas de amor sabe que muitas vezes, esse tipo de demonstração de afeto exige um pouco de conhecimento. Tanto no universo feminino, quando na escrita e maneiras de se expressar.

A escrita através de rimas é uma das opções mais usadas para declarações de amor, e por isso, saber como criar poemas de amor curtos para a namorada ou para quem se ama, é uma das maiores demonstrações do sentimento.

- Continua Depois da Publicidade -

Eles podem ser feitos de diversas maneiras, seguindo estruturas diferentes. Mas é válido ressaltar que a poesia é algo muito transparente, principalmente quando o assunto é amor. É preciso saber o que se sente, para transmitir esses sentimentos através das palavras.

Para saber mais, sobre o que são poemas de amor, e como identificar o melhor entre eles, continue lendo.

poemas de amor

O que é poemas de amor?

O gênero literário da poesia, pode tratar de diversos assuntos, quando falamos de poemas de amor, estamos falando de um dos tipos mais recorrentes que existem. Grande parte dos enamorados e dos poetas, já escreveram algum tipo de poesia sobre o amor e isso acaba se tornando algo emblemático com o passar do tempo e a história.

Existem alguns escritores famosos que criaram poemas de amor muito importantes para a literatura, que são conhecidos e usados até os dias de hoje. Olavo Bilac, Carlos Drummond de Andrade, Vinícius de Moraes e Álvares de Azevedo são alguns deles.

Os poemas de amor são declarações ou histórias contadas através de versos, com rimas ou não, mas que descrevem ou demonstram o lado mais sensível e íntimo do escritor. Muitas pessoas usam esse tipo de escrita para demonstrar seu amor para os namorados e até mesmo para um amor platônico.

Escrever um poema, pode ser uma das melhores maneiras de se expressar, quanto a sentimentos. Pode ser uma forma de demonstrar amor a quem se ama. Existem diversas maneiras de criar um poema e por isso, vai depender muito da experiência do escritor.

Contudo, quem não possui experiência como escritor e quer se dedicar durante um tempo para demonstrar seu amor a alguém, através de poemas de amor, também é possível. Basta conhecer um pouco mais sobre as estruturas e técnicas de escrita, rima e também como se expressar.

- Continua Depois da Publicidade -

poemas de amor

Qual o melhor poema de amor?

Essa é uma pergunta um tanto quanto pessoal, mas saber identificar o melhor poema e escolher qual deles é o melhor, pode ir muito mais além do que apenas ler e escolher algum que tenha palavras bonitas.

Escolher o melhor entre os poemas de amor, exige uma conexão, é preciso saber identificar os sentimentos que estão expressos ali, naquelas linhas, naquelas rimas e descobrir se elas nos impactam de alguma forma.

Porém, em comum acordo entre a grande maioria dos leitores e amantes de poesias, existem os melhores poemas de amor, que são bastante conhecidos, foram traduzidos muitas vezes e se encontram disponíveis na grande maioria do mundo.

Veja abaixo, alguns dos melhores poemas de amor que podem ser enviados as namoradas ou a quem você quiser demonstrar algum sentimento:

  • As sem-razões do amor – Carlos Drummond de Andrade
  • Eu te amo – Chico Buarque de Hollanda
  • Fanatismo – Florbela Espanca
  • Adultos – Vladímir Maiakóvski
  • Soneto de Fidelidade – Vinícius de Moraes
  • Amar e ser amado – Castro Alves
  • Soneto LXVI – Pablo Neruda
  • Cantiga para não morrer – Ferreira Gullar
  • Casamento – Adélia Prado
  • Amor é fogo que arte sem se ver – Luíz Vaz de Camões

Grande parte desses poemas de amor são clássicos da literatura, e fizeram história em parte de movimentos literários importantes. Mas em alguns casos, escolher o melhor poema vai muito de gosto pessoal.

Existem diversos tipos de poemas e saber escolher o melhor, pode ser algo bastante difícil e desafiador. Sendo assim, o ideal seria conhecer melhor os tipos de poemas de amor que existem e como eles podem ser criados.

poemas de amor

Poemas de amor curtos

- Continua Depois da Publicidade -

Ao pensar em poemas de amor e como escrevê-los, é preciso saber que poesias possuem características. A chave para escrever um bom poema é saber como ele funciona e pegar essas principais orientações.

Mesmo que seja algo sobre o amor, é preciso imaginar e selecionar um tema. Muitas das obras de poemas de amor são inspiradas em algo, ou alguém, falam de um relacionamento ou de sofrimento, e as vezes do processo de se apaixonar. Escolher esse tema inicial é importante no início, para ter um caminho a percorrer, saber por onde ir ao longo dos versos.

Outro ponto importante é entender quais são as principais características desse tipo de escrita. A poesia possui muitos conceitos, como a melancolia, a beleza a exaltação, os sentimentos, etc. Durante a criação é preciso aparecer alguns elementos essenciais.

A linguagem dos poemas de amor também costuma ser mais rebuscadas e ser cheias de simbolismo. Além da emoção, as estrofes costumam ter palavras que expressem o que o escritor sente, por isso, elas são cheias de significados. E para que o leitor consiga sentir essas sensações, sejam elas de tristeza, felicidade ou desespero, é preciso escolher as palavras certas e usar expressões adequadas.

É válido ressaltar que poesia tem versos e estrofes, cada uma delas com suas medidas. Para aprender a como calcular isso, é preciso levar em consideração a liberdade que se quer ter como escritor.

Leia também: Poemas Românticos: Para namorada

Poemas de amor para namorada

Ao escrever poemas de amor para a namorada, o ideal é explorar seus sentimentos, pensar no que se sente e no que quer dizer com suas palavras. A expressão dos sentimentos através da poesia exige certa sinceridade, além das características básicas que uma poesia possui.

Portanto, ao começar a escrever uma poesia para a namorada, é preciso ter em mente o que se sente, quais os sentimentos que essa relação provoca, se está sendo rejeitado ou se está confuso. É preciso refletir sobre esse sentimento, antes de começar a escrever.

Procure lembrar e descobrir quais são as emoções que essa relação desperta. Encontre as emoções e busque palavras que expressem esses sentimentos. De forma resumida, é preciso encontrar as palavras certas para descrever suas emoções para a namorada a quem deseja entregar o poema.

amor verdadeiro

Poemas  de Amor verdadeiro

O mesmo pode ser dito dos poemas de amor verdadeiro. Assim como expressar os sentimentos sobre uma relação exige ter em mente o que se sente, falar sobre o amor verdadeiro requer algo um pouco mais filosófico.

É preciso traduzir os sentimentos em palavras. O melhor processo para isso, é primeiramente selecionar palavras que representem esse sentimento para você. Depois escolher as melhores e passar as rimas. Para escrever um bom poema, tente materializar o que se sente em palavras.

Sendo assim, antes de começar a escrever sobre o amor verdadeiro, faça uma pausa para refletir sobre essas palavras em questão. Escreva rimas e frases, palavras soltas e vá selecionando tudo que vier a sua cabeça sobre esse sentimento.

Em um primeiro momento, não há necessidade de se preocupar com aspectos técnicos. Em um primeiro momento, para falar sobre o amor verdadeiro, é preciso deixar a criatividade e a imaginação falarem mais alto. Os poemas de amor precisam ter o conteúdo certo, as métricas e características ficam para segundo plano.

Poemas de amor com Rimas

Muitas pessoas também possuem dúvidas sobre as rimas dos poemas de amor e isso é bastante comum. Para saber a melhor forma de construir rimas românticas, é necessário começar a colocar os versos em paralelo para ir encaixando as palavras que se encaixem foneticamente.

Isso significa que ao criar os versos, é possível ir colocando um sobre o outro para encontrar as palavras que rimem entre si. Ao selecionar dois versos que tenham o som parecido, você pode encaixá-los na poesia, ou um sobre o outro, ou com intervalo de outro verso no meio.

Caso a obra que você esteja escrevendo seja uma música, é possível que o processo das rimas seja diferente. No caso das músicas, encontrar rimas fica até mais fácil, já que normalmente a melodia facilita o tempo e o tamanho dos versos.

Existem dois tipos de rimas, as assonantes e as consonantes. Ao usar rimas assoantes, significa usar palavras que tenham o final rimando com vogais tônicas. O resultado desse tipo de escrita é algo rimado e que combine entre as últimas letras do verso. Tornando a estrofe da poesia muito mais sonora de se ler.

poemas de amor

Poemas de amor Bom dia

Para escrever poemas de amor que desejam um bom dia, foque em todos os sentimentos que uma manhã pode despertar. Isso significa usar as emoções de um amanhecer, a beleza do sol nascente para se expressar e desejar um bom dia para quem se ama.

Metáfora e comparações são bem vindas nesse tipo de poema, assim como o uso de imagens visuais ao longo das estrofes. Descrever um sol nascente comparando a alegria do novo dia com a felicidade em ter quem se ama por perto, é uma das maneiras de encontrar o significado certo para esse tipo de poema.

Quando um escritor fala sobre um bom dia, ele normalmente está se reverendo ao nascer do sol, e tudo que um novo dia pode trazer. Quando são poemas de amor, essa representação pode estar ligada a metáforas que liguem essa alegria do nascer do sol, com detalhes que envolvem a pessoa amada.

Por isso, o bom dia tem tanta ligação e significado com acontecimentos naturais. Essas comparações podem parecer clichês, mas pode fazer com que o poema ganhe mais sentido. Afinal de contas são elementos que mesmo quando usados de forma genérica, ainda expressam beleza e podem perfeitamente se adaptar a emoções e sentimentos.

Poemas de Amor e carinho

Ao falar sobre amor e carinho em poemas de amor, a representação pode ser feita de diversas formas, mas o mais importante, é criar um estilo próprio. Ao escrever sobre os sentimentos, você deve treinar o seu estilo pessoal.

Além de se inspirar em outros escritores, falar sobre amor e carinho, exige um bom conhecimento dos próprios sentimentos. Se expressar dentro desses sentimentos é uma forma de mostrar os sentimentos de maneira delicada.

Carinho também é uma forma de amor e principalmente nos poemas de amor, ler sobre esse tipo de demonstração de afeto, acaba sendo uma forma de homogeneizar o estilo. Esses sentimentos acabam revelando muito sobre o autor.

O carinho quando expresso através das palavras, mostra muito da dedicação e admiração que existe entre o escritor e ao que ele escreve. Sendo alguma coisa ou alguém. Falar de amor e carinho é algo que realmente vem da alma, e está muito bem impresso em declarações de amor feitos através de poemas.

poemas de amor

Emocionante

Um poema emocionante é aquele que consegue captar os sentimentos e consegue fazer com que o leitor também sinta emoções. Saber como fazer isso é uma verdadeira arte e por isso existem diversos poetas que ficaram famosos ao escrever sobre o amor de forma bastante emocionante.

Saber como se expressar, mostrando seus sentimentos é algo que requer técnica e treino. Os poemas de amor podem tratar de outros sentimentos também, inclusive da rejeição, do desamor, de um coração partido, agonia, etc.

Todos esses sentimentos podem ser emocionantes a sua maneira. O que faz um poema ser emocionante ou não, são as palavras se a forma como esse sentimento é expresso entre os versos. Por isso, traduzir emoções em palavras requer tanto treino.

Dependendo do tipo de sentimento e emoção que for escolhido, os termos dos versos mudam e isso também faz toda a diferença. Por exemplo, quando se escreve poemas de amor que falem sobre paixão, as palavras são poderosas, elas precisam ser, já que o sentimento em questão é algo forte.

Assim como a decepção. Quando se fala de decepção, ou frustração, as palavras também precisam conseguir expressar esse tipo de sentimento. Para falar de situações tristes, opte por palavras que representam pena, que geram um sentimento de tristeza.

Quando aprender a usar as palavras certas que consigam representar e incitar sentimentos em quem estiver lendo, então os poemas ficarão mais emocionantes. Quanto for escrever poemas de amor, é preciso se conectar com o leitor.

Shakespeare

William Shakespeare foi um escritor inglês que nasceu em 1564 e morreu em 1616, ficou conhecido no mundo inteiro por suas obras literárias e principalmente algumas de suas peças que ficaram muito famosas.

As principais peças do escritor que ficaram famosas em todo o mundo foram as tragédias “Romeu e Julieta” e “Hamlet”. Além dessas, várias outras de suas obras também ficaram famosas e rodaram o mundo inteiro, incluindo alguns poemas de amor.

Além de deixar um enorme legado precioso sobre a beleza da vida, histórias trágicas, tragédias, amor e destino, também foi o autor de grandes poemas sobre o amor e sentimentos emocionantes.

Todos os seus sonetos que foram publicados no ano de 1609, foram enumerados, sendo assim, eles não possuem títulos muito atrativos, mas ainda assim, se tornaram grande obras chamativas e emocionais.

Alguns dos sonetos que mais falam de amor de Shakespeare, são:

  • Soneto 5
  • Soneto 12
  • Soneto 18
  • Soneto 122
  • Soneto 154

Esses são alguns dos principais que falam de amor, e de formas diferentes. William Shakespeare retrata o sentimento de formas diferentes, inclusive como o tempo, ou em forma de cupido. Os poemas de amor podem ser escritos de formas diferentes inclusive não apenas sendo representados pelo amor.

Usar o tempo e outros monumentos que consigam exprimir sua essência e sentimento. As estações do ano, a vida, a juventude, tudo pode ser usado para representar os sentimentos e criar o seu poema de amor, assim como grandes escritores já fizeram.

No caso de Shakespeare, seus poemas se tornaram conhecidos pela forma como ele sempre tratou os sentimentos em todas as suas obras. Mesmo as peças e também suas narrativas como “Vênus e Adônis” ou “O Rapto de Lucrécia”, em todos eles, os sentimentos sempre estavam muito presentes.

Em sua grande obra de “Romeu e Julieta”, a tragédia entre o casal, acaba tendo um grande peso, mas todo o pesar da história nos faz sentir a tristeza e o desespero dos personagens. E isso quando é bem escrito, faz muita diferença.

poemas de amor

Carlos Drummond

Conhecido como um dos maiores poetas da literatura brasileira, Carlos Drummond de Andrade escreveu diversas obras que ficaram famosas no Brasil e também no mundo. Por estar sempre atento ao que acontecia em cidades grandes, foi um observador e com isso, passou boa parte de sua vida escrevendo sobre o que via.

Desde as transformações que foram acontecendo ao longo do tempo, o poeta também conseguir colocar em seus versos todas as emoções humanas que observava. Se dedicou aos seus poemas de amor para falar de várias formas.

Diversos de seus versos ficaram conhecidos principalmente pelas características de sua escrita. Seus poemas e suas outras obras como a prosa, os contos e as crônicas, e também as tentativas de realizar críticas literárias, fizeram parte importante da vida do escritor, que também era formado em farmácia.

Alguns dos principais poemas de amor curtos de Carlos Drummond de Andrade que podem ser enviados para a namorada são:

  • O amor bate da porta
  • Amar
  • Necrológio dos Desiludidos do amor
  • As sem razões do amor
  • Ainda que mal
  • Canção final
  • Amor
  • Amor e seu tempo
  • Destruição
  • Memória
  • O amor antigo
  • Quadrilha

Grande parte de seus poemas de amor envolvem sentimentos verdadeiros. Mesmo que alguns deles possuam um tom impessoal, a inocência em suas palavras acaba encantando os leitores que ao ler se sentem correspondidos.

A forma como o autor descreve o seu sentimento, afirmando que é como a maioria dos seres humanos também sente. Isso é o que faz com que as pessoas sintam e consigam criar laços junto de seus versos.

Carlos Drummond de Andrade consegue descrever os sentimentos de forma bastante amorosa, e isso traz diversas emoções a quem lê. A experiência acaba sendo diferente e por isso, suas obras ficaram tão famosas.

Leia também: Poemas: O que é ? Como fazer e qual o poema mais lido

Poemas de amor em Texto

Pensando no aspecto técnico dos poemas de amor, a escrita requer um pouco de conhecimento, principalmente para decidir a forma como ele será escrito. É preciso decidir como vai ser feita a estrutura do poema, e então, começar os exercícios de pensar em palavras e sentimentos.

Antes disso, defina quais serão os tipos de estrofes que serão usadas na sua poesia. Elas podem ser definidas como um conjunto de versos. As métricas de um poema são feitas através da quantidade de sílabas que se compõe um verso. Ou seja, quando mais sílabas, maior o verso.

Além disso, os poemas também precisam ser definidos se serão livres, ou se terão rimas. Nesse caso, quando se tem rimas, elas são feitas de sons vocálicos ou consonantes, que nesse caso é quando há total correspondência de fonema.

Tendo tudo isso em mente, é possível começar a escrever os poemas de amor e praticar a forma de escrita. Expressando seus sentimentos e selecionando a melhor maneira de montá-lo depois.

Muitas pessoas preferem ir escrevendo os versos primeiro para depois montar a estrutura do poema. O que não é uma estratégia ruim, principalmente para quem é iniciante. Mas os poemas de amor mais curtos, voltados para a namorada, podem ser simples. O importante é mostrar o que se sente.

poemas de amor

Conclusão

É importante entender que criar poemas de amor requer uma certa prática e muito treino. Quanto mais se escreve, melhor eles vão ficando. Pedir a opinião de outra pessoa antes de entregar a quem se ama, pode ser uma ótima opção para testar se o conteúdo está bom.

Encontre pessoas que também goste de poemas de amor e peça para ler e te dar a opinião com crítica e de forma construtiva. Sendo assim, após ouvir com atenção, reflita e mude aquilo que realmente achar que deve, o que esteja de acordo.

Aceitar as críticas pode ser uma forma de melhorar, sempre e não desanimar caso algo esteja muito ruim. Essa é uma forma excelente de aprender e continuar melhorando a escrita.

Leia também: Letras diferentes para escrever no WhatsApp, PC e Jogos

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -