HomeEntretenimentoBaixar Call of Duty PC e Mobile: passo a passo rápido

Baixar Call of Duty PC e Mobile: passo a passo rápido

-

Call of Duty é um dos jogos de tiro mais famosos em todo o mundo, permitindo atualmente a interação de diversos jogadores, que podem atuar em conjunto.

E felizmente o que não faltam são opções de plataformas para jogar as diversas versões desse famoso jogo.

Isso porque não são apenas os consoles de videogames que oferecem suporte para esses jogos, mas também alguns PCs, smartphones e tablets.

Vejamos agora o passo a passo de como baixar Call of Duty no PC e Mobile, de forma rápida e prática.

Call of duty
Call of Duty

Download: Baixar Call of Duty passo a passo

Call of Duty é um dos jogos mais conhecidos e famosos de todos os tempos, e em se tratando de jogos de tiros é um dos melhores existentes.

- Continua Depois da Publicidade -

Afinal, já são quase 20 anos de história, passando por constantes evoluções e tratando de diversas guerras importantes, sejam reais do passado, ou futuristas.

E baixar o jogo realmente não é tão difícil, sendo preciso apenas procurar nos locais certos.

Isso porque além dos consoles padrões, como as recentes versões do Playstation e Xbox, ele também está disponível para PC, e até mesmo para dispositivos móveis.

Sendo assim, vejamos então o passo a passo de como realizar o download do Call of Duty para esses últimos dispositivos, ou seja, mobile e PC.

Leia também: Playstation: saiba qual é o melhor para você

Mobile

Não há dúvidas que os dispositivos mobiles oferecem muito mais praticidade e opções de ambientes para jogar.

Afinal pode-se levá-los para todos os lugares, cabendo na palma da mão, sendo assim um meio único de se divertir onde quiser.

E o Call of Duty mobile é um exemplo e tanto de um jogo que consegue trazer muitas possibilidades para seus jogadores.

- Continua Depois da Publicidade -

Isso porque é um dos jogos de tiro mais amados do mundo, comum em versões para consoles (videogames), mas que também está disponível gratuitamente em sua versão mobile.

Obviamente que é preciso levar em conta que os consoles, como Playstation 4 ou 5, ou o Xbox Séries ou One, são muito mais adaptados.

Assim, as versões para esses dispositivos são muito mais abrangentes, com gráficos muito mais avançados, e mais recursos para usar.

No entanto, incrivelmente, mesmo em um aparelho limitado para essa ação, o Call of Duty consegue ter uma qualidade incrível.

É possível jogar com diversos jogadores ao mesmo tempo, e nos campos mais famosos do jogo. Além do mais, há muitos recursos disponíveis.

E o melhor de tudo é que o jogo está disponível gratuitamente para download nos dispositivos mobile.

Tudo o que é preciso fazer é o download do aplicativo, encontrado nas principais lojas, como o Google Play Store e a Apple Store.

1º passo – abrir a loja de aplicativos

- Continua Depois da Publicidade -

2º passoprocurar por “Call of Duty”

3º passoinstalar o aplicativo.

Ou, para quem quer um método mais rápido, basta ir no play store para baixar Call of Duty na versão Android.

Leia também: Xbox One: é melhor que PS4? Veja análise sobre o console

Call of duty - MOBILE
Call of Duty – Mobile

Pc

O Call of Duty também está disponível gratuitamente para PC, e nesse dispositivo realmente não há limitações.

Isso porque lança-se o jogo realmente para os consoles e o próprio PC, desde que ele tenha potência suficiente para rodá-lo.

Essa capacidade vai depender de fatores como memória RAM, CPU, GPU, dentre outros fatores, que são requisitos mínimos para instalar o jogo.

Outro ponto que também deve entrar em questão, é a necessidade de um aplicativo extra, que será o responsável por gerir o Call of Duty.

Em casos mais simples, é possível instalar um emulador, e instalar o jogo como um android, por exemplo.

Assim, é possível jogar a versão do aplicativo mobile dentro do próprio PC, mas com as limitações da versão.

No entanto, como o Call of Duty também é feito diretamente para o PC, ele conta com a versão original, que pode-se instalar.

Em todo caso, também é preciso instalar um gerenciador para esse jogo, que pode ser, por exemplo, o Battle.net.

O Battle.net é uma opção que pode-se baixar dentro do Blizzard, sendo preciso apenas acessar o site, e instalar o aplicativo para PC.

Com o Battle.net instalado, é preciso apenas entrar no app e procurar por Call of Duty, afinal vários jogos estão disponíveis na plataforma.

Após isso, é preciso criar uma conta da Blizzard, ou entrar com um e-mail ou Facebook. Depois basta clicar em “jogar online”, onde haverá a opção de instalar o jogo.

Então, basta seguir as indicações, e pronto, será possível jogar Call of Duty diretamente pelo PC.

Call of duty - PC
Call of Duty – PC

Como jogar:

Call of Duty é um jogo online, assim como o Free Fire, que necessita da conexão com a internet para oferecer opções avançadas de utilização.

Esse é um entendimento da própria empresa, que oferece o jogo apenas com essas alternativas online, justamente para melhorar a experiência do usuário.

Isso porque, uma versão offline não conseguiria oferecer nem metade dos recursos disponíveis.

Afinal, é preciso se comunicar e se conectar com os outros jogadores, que tornam o jogo possível.

Mas, o melhor de tudo é que ele está disponível em múltiplas plataformas, podendo-se utilizá-lo nos mais variados aparelhos.

Para se ter uma idéia, além dos consoles padrões, como alguns Playstations ou Xbox, também é possível jogar Call of Duty através do PC.

E ele também conta com um aplicativo próprio, possibilitando o acesso por smartphones ou tablets.

Assim, realmente não há limites para que se possa envolver nesse mundo, sendo preciso apenas realmente estar conectado a internet.

De toda forma, essa amplitude de dispositivos tornam o jogo bastante dinâmico, sendo adaptado em cada um deles.

E é exatamente por isso também que Call of Duty é tão conhecido e jogado em todo o planeta.

Call of Duty online

De um modo geral, Call of Duty é um jogo online, afinal atua com múltiplos jogadores, que devem se comunicar entre si.

Joga-se a versão mobile, por exemplo, e forma online, pois os próprios gráficos e ferramentas mais avançadas necessitam dessa conexão.

No entanto, independentemente do aparelho utilizado, seja um smartphone ou um videogame, também é possível jogar Call of Duty em sua plataforma online, diretamente pela internet.

Para isso, tudo o que é preciso é criar uma conta da Activision, que é a empresa criadora do jogo.

A conta é criada através do próprio site da empresa, podendo assim ser utilizada em outras plataformas.

O Battle.net, por exemplo, é uma alternativa para quem quer jogar online, utilizando assim a conta da Activision.

E o melhor de tudo é que assim, por ser online, todos os recursos originais estão disponíveis, com uma interface e experiência do usuário avançadas.

Call of Duty Mobile

Para jogar Call of Duty Mobile, é preciso apenas baixar o aplicativo no smartphone ou tablet.

Assim, já será possível utilizar todos os recursos da versão, que já conta com uma experiência interessante para os jogadores.

Vale a pena conferir essa versão, disponível gratuitamente para os usuários de dispositivos móveis.

Como já mencionado e explicado, basta apenas seguir para a loja de aplicativos do dispositivo e realizar a instalação.

Tudo é feito de forma bem rápida e prática, levando poucos minutos, e depois é só iniciar o jogo.

Um ponto interessante é a necessidade de estar conectado a internet para poder jogar Call of Duty Mobile.

Isso porque, é desse modo que é possível disponibilizar todos os recursos fundamentais no jogo.

Afinal, é possível jogar com os amigos, podendo jogar com até 100 pessoas na opção Battle Royale, que podem se comunicar tanto por voz quanto por texto.

Assim, são funções que não existiriam em um jogo offline, sendo exatamente o que tornam Call of Duty Mobile um jogo completo.

Os mapas que os fãs mais gostam estão disponíveis nessa versão de aplicativo, assim como o Battle Royale, que também é uma novidade positiva para os jogadores.

E com o avançar do jogo, é possível ir cada vez mais se armando, conseguindo ferramentas e recursos novos.

Call of Duty Modern Warfare offline

São vários os motivos que tornam Call of Duty um dos jogos de tiros mais populares de todo o mundo, e um deles é a qualidade do jogo em si.

A própria interface, as ferramentas, os mapas, os gráficos e o enredo, basicamente tudo nesse jogo consegue utilizar uma qualidade impressionante.

Assim, quem joga Call of Duty consegue ter em suas mãos um game repleto de opções, como opções de múltiplos jogadores.

E para isso, assim como o Free Fire, ele acaba sendo um jogo totalmente online, pois essa é a única forma de manter todos esses recursos.

Uma versão offline não teria quase nada dos recursos disponíveis, pois tudo depende realmente dessa conexão com a internet.

O próprio Call of Duty Mobile, por exemplo, é um jogo online, pois necessita ser assim para ser tão avançado.

Então, é basicamente impossível jogar Call of Duty ou Call of Duty Modern Warfare offline.

É preciso sim estar conectado a internet, e assim conseguir usufruir de todos os recursos disponíveis.

A interação entre múltiplos jogadores, por exemplo, seria um dos casos impossíveis de acontecer offline. E esse é um dos pontos principais do jogo.

Qual é o melhor call of Duty?

Desde quando foi lançado em 2003, Call of Duty já começou a fazer bastante sucesso no mercado de jogos, ganhando inclusive prêmios de melhor jogo do ano, em seu lançamento.

E realmente sua didática e sua forma de jogar são bem práticas, sendo um jogo em primeira pessoa, onde o  usuário controla o jogador principal.

Então, desde seu lançamento, onde já conseguiu impressionar bastante o público e a crítica, o jogo continuou seguindo os avanços tecnológicos.

A ambientação de suas primeiras versões, na Segunda Guerra Mundial, conseguindo passar por diversas batalhas importantes, também é um ponto positivo para o jogo.

Assim, a cada ano que se passa, Call of Duty busca inovar e acompanhar as tendências, sempre criando e lançando recursos novos.

Afinal, já são quase 20 anos de história, conseguindo acompanhar muito da própria evolução da internet.

A comunicação instantânea, os gráficos em alta definição e o próprio designer e criação mais realista dos personagens, realmente são frutos da ação do tempo.

Com isso, ao passar desses anos, a empresa conseguiu criar vários jogos, temporadas e versões de Call of Duty.

E isso buscava realmente sempre acompanhar, se adaptar às novas tecnologias, oferecendo sempre o que há de melhor dentro desse universo.

Mas, de todos os que foram criados, qual é o melhor Call of Duty? Bem, é exatamente isso que veremos agora.

Call of Duty (2003) …

Esse foi o primeiro jogo da franquia, responsável justamente por conseguir iniciar todo o sucesso do jogo.

Estando ambientado na Segunda Guerra Mundial, essa primeira versão de Call of Duty foi lançada para o Microsoft Windows.

Por ser um jogo em primeira pessoa, o usuário consegue controlar o jogador principal, mas há ainda outros pontos chamativos.

Afinal, o jogo não é solitário, muito pelo contrário, há um esquadrão que faz parte de sua equipe.

Nessa versão são personagens com inteligência artificial, bots que ajudam o personagem principal a chegar em seu objetivo.

Esse é um diferencial interessante do primeiro Call of Duty, que é uma versão que já traz esse senso de coletividade tão comum nas versões mais atuais.

A Segunda Grande Guerra realmente está bastante presente nesse jogo, tendo em vista que todo ambiente e os jogadores estão relacionados a essa época.

As armas disponíveis também se relacionam com o período, que trata das principais batalhas travadas na guerra.

Os kits médicos estavam presentes nessa versão original, onde os soldados deveriam utilizá-los para conseguir tratar seus ferimentos. 

Assim Call of Duty conseguiu obter um grande sucesso, mesmo sendo um lançamento exclusivo para PC.

E é preciso levar em conta ainda que não eram nem todos os computadores, tendo em vista que o sistema operacional deveria ser o windows.

No entanto, nada impediu o início do sucesso da franquia, que conseguiu arrecadar fãs em todo o mundo, já com esse lançamento.

Call of Duty 2 (2005) …

A segunda versão do jogo foi lançada já em 2005, também sendo inicialmente exclusiva para computadores.

Mas isso por muito pouco tempo,  já que menos de um mês após o seu lançamento oficial, chegou no mercado também para o Xbox, que também é da Microsoft.

Assim, o segundo jogo de Call of Duty conseguiu abranger um mercado ainda maior, chegando também em dispositivos móveis e nos computadores da Apple.

Ele também está ambientado na Segunda Guerra Mundial, dando realmente continuidade a franquia.

Contudo, para não ser apenas uma mera cópia da versão original, o jogo realmente buscou evoluir e introduzir novos elementos.

A regeneração da vida, por exemplo, é um dos pontos mais importantes, que introduziram-se nesse período.

Como visto, anteriormente era utilizado um sistema de kits médicos, que acabaram deixando de existir no Call of Duty 2.

Assim, essa versão conseguiu dar continuidade ao sucesso do lançamento original, sendo muito bem recebido pelo público e também pela crítica.

Dessa forma, conseguiu elevar ainda mais o nível do jogo, chegando a ainda mais jogadores, devido às múltiplas plataformas em que foi lançado.

Call of Duty 2
Créditos: Wikipédia

Call of Duty 3 (2006) …

O terceiro título da franquia conseguiu ser um marco na história do Call of Duty, pois foi o primeiro realmente que conseguiu abrir o mercado.

Em outras palavras, ele não foi lançado para PC, mas sim para os consoles da época realmente.

Nesse período estavam circulando já os Playstations 2 e 3, assim como os Xbox 360, e outros consoles da Nintendo.

Dessa forma, o mercado, assim como as interfaces e gráficos conseguiram evoluir, já que os consoles são aparelhos específicos para esses jogos.

Então, eles conseguem ter uma potência muito maior, já que são focados nesse propósito.

Chegando ao mercado ainda em 2006, menos de um ano após o segundo lançamento, o que mostra então o sucesso da franquia.

Um ponto que chama a atenção novamente para esse jogo é sua ambientação na Segunda Guerra Mundial, assim como os outros.

Porém é um ambiente muito mais reduzido, tendo em vista que foca especificamente no Dia D, e na França, relacionado a Normandia.

Dessa forma, ela deixa de lado a vastidão da guerra, mantendo sua atenção para esse ponto específico é muito importante nesse período.

Call of dury 3
Créditos: Wikipédia

Call of Duty 4: Modern Warfare (2007) …

Ainda em 2007, já chegou no mercado a quarta versão da franquia, que já carregava fãs em todo o mundo.

Para muitos esse é o melhor jogo já criado dentro desse universo de Call of Duty, e a julgar pela quantidade de prêmios que ele ganhou, realmente não há que se duvidar.

A quantidade de cópias vendidas também gerou bastante lucro para a empresa, que tem na franquia o seu maior sucesso.

O quarto exemplar foi lançado para PC, Xbox 360 e Playstation 3, sendo o primeiro a fugir do mundo da Segunda Grande Guerra.

Afinal, após ser explorado nos três primeiros jogos, realmente já era hora de fugir um pouco desse tema.

No entanto, o tema das guerras foi mantido, mas agora se passando na Rússia, em uma guerra fictícia envolvendo múltiplas nações.

O cenário também chama atenção, tendo em vista que se passava em 2011, exatos 4 anos depois de ser lançado.

Era então, um tipo mais futurista, mas sem muito exagero, levando apenas mais modernidade ao jogo.

Afinal, desde a Segunda Guerra Mundial, finalizada em 1945, foram adicionados quase 70 anos a mais dentro desse universo.

Assim, são quase 70 anos de evolução tecnológica, sendo possível perceber então o tanto que realmente o cenário foi alterado.

Felizmente, essa alteração foi muito bem vista pelo público e também pela crítica, que enfatizam o fato desse ser o melhor jogo da franquia.

Tanto que ganhou inclusive continuações dentro dessa mesma premissa vitoriosa do jogo.

Call of Dury 4 modern warfare
Créditos: Wikipédia

Call of Duty: World at War (2008) …

Após sair do cenário da Segunda Grande Guerra, essa versão retorna a esse período, já muito bem retratado nos três primeiros jogos.

No entanto, como já haviam saído desse enredo na quarta produção, resolveram voltar para esse mundo original.

Ele foi lançado para o Xbox 360, o Playstation 3 e também para o Microsoft Windows, repetindo novamente o sucesso dos jogos anteriores.

Um fato interessante sobre essa versão, é que muitas de suas características foram utilizadas na sequência Black Ops, que fez muito sucesso com o público. Sendo assim, já havia, por exemplo, a introdução de zumbis em algumas áreas.

Outro ponto chave era a possibilidade de jogar online com outras pessoas, formando pequenos grupos para participarem da partida.

Essa era uma inovação já bastante avançada da franquia, que ano a ano ia se mostrando melhor e mais adaptada à atualidade.

Em relação às batalhas, os mapas passam novamente por muitas batalhas importantes, sem escolher uma em específico.

Dessa forma, é possível ter mais opções para batalhar, e também mais mapas diferentes para percorrer.

A equipe de apoio, formada por personagens de Inteligência Artificial também tem uma função primordial, contribuindo diretamente para o sucesso das missões.

Call of Duty world at war
Créditos: Wikipédia

Call of Duty: Modern Warfare 2 (2009) …

Dando continuidade ao projeto mais bem sucedido da franquia, Modern Warfare 2 surgiu em 2009, e fez novamente um sucesso estrondoso.

Na verdade, em relação a sua estreia, o jogo fez tanto sucesso que ficou pelos 4 anos seguintes como a mais bem sucedida estreia nesse setor.

Dessa forma, é possível observar o quão famosa já estava a franquia nesse período, tendo milhões de fãs espalhados por todo o mundo.

Afinal, conseguiu bater recordes de vendas em sua estreia, deixando para trás franquias como o próprio GTA.

A continuação das batalhas, também bastante modernas, ocorreram agora em 2016, alguns anos após a primeira versão.

E com a introdução dessa modernidade, as próprias armas e utilizações também ganham um teor mais sofisticado.

Um ponto interessante é a presença brasileira dentro do jogo, já que o Rio de Janeiro era um dos cenários disponíveis.

Embora novamente a guerra estivesse relacionada à Rússia e aos Estados Unidos da América.

Quanto às plataformas de lançamento, lançou-se essa versão oficial para o Xbox 360, para a Microsoft Windows e também para o Playstation 3.

No entanto, também havia versões paralelas lançadas para outros consoles mais específicos, como a própria Nintendo.

Call of Duty modern warfare 2
Créditos: Wikipédia

Call of Duty: Black Ops (2010)

Black Ops é uma versão da franquia que durou por muitos anos pela frente, recebendo ainda muitas outras sequências.

Ele foi lançado para o Xbox 360, Playstation 3 e também para a Microsoft Windows, havendo novamente a seção de zumbis.

A versão dá continuidade Call of Duty: World at War de 2008, mas agora estando ambientado dentro da Guerra Fria.

Para quem não lembra o conflito foi travado entre os Estados Unidos e a União Soviética, sendo mais um conflito de inteligências.

No entanto, o jogo retrata algumas batalhas e disputas, relacionadas a personagens específicos desse período, em 1960.

Vendeu-se realmente bastante o jogo, embora ele não trouxesse muitos pontos novos para a franquia.

De toda forma, fez muito sucesso, trazendo novamente esse olhar mais antigo sobre o jogo.

Afinal, durante os seus lançamentos, Call of Duty acaba transitando bastante entre o passado, com essas guerras antigas, e também com o futuro, com as versões de Modern Warfare.

E é exatamente isso que torna a franquia um verdadeiro fenômeno mundial, com milhões de fãs que estão sempre de olho nos lançamentos da empresa.

Call of Duty black ops
Créditos: Wikipédia

Call of Duty: Black Ops 2

Estando presente dentro da Guerra Fria novamente, mas agora inicialmente em 1980, o segundo jogo dessa seção Black Ops, lançado em 2012, trouxe muitas inovações.

Diferentemente do primeiro jogo, que fora seu sucesso, teve algumas críticas pela falta de originalidade, esse novo jogo foi muito além.

O primeiro ponto foi devido ao fato de estar ambientado em dois períodos de tempo, já que além da Guerra Fria original, também mostra uma Guerra Fria futura, já em 2025.

Assim, há alterações entre o personagem principal e seu filho, que alteram entre os mapas disponíveis, perseguindo os mesmos vilões, mas já em períodos muito diferentes.

Outro ponto inovador também é em relação aos finais variados que o jogo possuía.

Assim, tudo depende das escolhas do próprio jogador, que vai moldando um desses finais de acordo com seus passos.

E um terceiro ponto bem interessante é a entrada de algumas armas que nem mesmo existiam, sendo assim um cenário mais futurista em 2025.

Devido a esses fatores, após ser lançado para o Playstation 3, Microsoft Windows e para o Xbox One, o Call of Duty Black Ops 2 realmente conseguiu um sucesso estrondoso.

Além do mais, a presença do cenário de zumbis, presente nessa parte da franquia, também faz parte desse jogo.

Call of Duty black ops 2
Créditos: Wikipédia

Call of Duty: Black Ops 3

Criado em 2015, esse jogo já entrou na oitava geração de video games, sendo lançado já para o Playstation 4 e para o Xbox One, bem como para a própria Microsoft Windows.

Esse é um cenário bastante futurista, já que ocorreu no ano de 1965, muitos anos após a passagem do segundo jogo dessa versão de Call of Duty.

É preciso levar em conta que esse futurismo envolve não apenas o cenário em si, mas também os próprios personagens.

Isso porque muitos deles possuem modificações especiais, com habilidades robóticas.

Dessa forma, eles contam com muitas vantagens em relação aos soldados desde o início da franquia.

Call of Duty black ops 3
Créditos: Wikipédia

Call of Duty: Black Ops 4

O jogo dá continuidade às ações tratadas em Call of Duty Black Ops, sendo totalmente relacionada a esse período.

Também é um sistema moderno, voltado mais para múltiplos jogadores, havendo inclusive a entrada da opção Battle Royale.

Nele, é possível que até 100 jogadores joguem ao mesmo tempo, o que é algo inovador dentro da franquia.

O jogo chegou ao mercado em 2018, sendo novamente voltado para o Xbox One, Playstation 4 e Microsoft Windows.

Devido a própria evolução tecnológica, o jogo conta com gráficos bem mais avançados, oferecendo uma melhor experiência ao usuário.

O modo zumbis, também presente nessa versão, chama a atenção por suas características marcantes.

Embora não tenha conseguido o sucesso esperado pela empresa, ele foi sim um sucesso comercial, tendo milhões de vendas em todo o mundo.

Call of Duty black ops 4
Créditos: Wikipédia

Call of Duty: Warzone

Lançado em 2020, Warzone conseguiu chegar inteiro ao mercado, mesmo após tantos anos de atuação da franquia.

E o sucesso ainda se mantém intacto, tendo em vista que apenas essa versão conta com mais de 100 milhões de jogadores, apenas em 2021.

Além de ser lançado para os videogames da geração mais moderna, como o Xbox X e S e também o Playstation 5, ele também está disponível para outras versões anteriores, como o Xbox One, o PS4 e a própria Microsoft Windows.

Ele traz muitas inovações tecnológicas, principalmente relacionados ao modo de múltiplos jogadores, suportando até 200 pessoas ao mesmo tempo dentro de um mesmo jogo.

O fato de voltar-se também para consoles mais evoluídos, faz com que essa versão acompanhe as inovações trazidas por eles.

Assim, a própria experiência dos usuários é bastante aprimorada, tendo em vista que as próprias funções disponíveis realmente são muito mais avançadas.

Call of Duty warzone
Créditos: Wikipédia

Conclusão

Dessa forma, após acompanhar o artigo, é possível entender sobre alguns dos diversos jogos da franquia.

No entanto, é possível perceber o destaque de dois em especial: Call of Duty 4 – Modern Warfare, de 2007; e Call of Duty – Warzone, de 2020.

Isso porque tem-se a versão Modern Warfare como a melhor de todos os tempos.

Porém, é inegável que os avanços tecnológicos possibilitam ainda mais vantagens aos jogos.

E, devido ao fato do lançado ter ocorrido em 2020, e voltar-se para as versões mais recentes de consoles, o Warzone também não fica para trás.

Seu modo de múltiplos jogadores, com centenas de usuários ao mesmo tempo, é algo realmente único.

Assim, é impossível uma comparação justa, sendo 13 anos de diferenças tecnológicas envolvidas.

É preciso lembrar que em 2007, os Smartphones por exemplo eram algo ainda muito longe de serem essa febre atual, isso apenas para contextualizar.

De toda forma, todos são boas opções para quem quer jogar um bom jogo de tiro, com muita ação e adrenalina envolvido.

Leia também: Xbox: saiba tudo sobre o console e jogos

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -