HomeRedes SociaisWhatsapp: história, curiosidades, bugs e atualizações

Whatsapp: história, curiosidades, bugs e atualizações

-

Você com certeza conhece o Whatsapp ou Zap zap. O aplicativo de mensagens mais famoso do mundo hoje em dia está presente na maioria dos smartphones. Ele revolucionou a forma de se enviar mensagens, e atualmente praticamente o mundo inteiro está conectado graças a ele. Por isso, hoje vamos mergulhar fundo na história do Whatsapp.

Apesar de ainda possuir certos perigos, como riscos de algumas mensagens enganosas e outros golpes. As mensagens criptografadas fazem com que hackers atualmente tenham mais trabalho para invadir e acessar qualquer smartphone. E a segurança do aplicativo é maior, mas, ainda sim existe uma certa chance.

Portanto, vamos ver um pouco mais a respeito do Whatsapp. Vamos ver sua história, como funciona o App e o que o fez ser tão famoso. Além de falar um pouco mais a respeito também do telefone e das comunicações em geral.

História do Whatsapp

A história do Aplicativo se inicia em 2009, fundada por Brian Acton e Jan Koum. No momento em que surgiu, não havia no mundo muitas opções de aplicativos de envio de mensagens, todos eram exclusivos dos Desktop.

Basicamente, naquele tempo, o único aplicativo de mensagem que era o MSN que era visto como único ou o aplicativo de mensagem mais viável naquele momento. Pois os concorrentes ou não caíram no gosto do público ou eram mais voltados ao mundo corporativo. 

- Continua Depois da Publicidade -

O MSN não tinha sua versão mobile, assim como a maioria dos aplicativos da época, o Facebook Chat só recebia mensagens por dentro do aplicativo. Com isso ficou um vácuo pois, pelo smartphone não era possível mandar mensagens através do celular, apenas com o SMS. E com isso surge o Whatsapp que nesse primeiro momento serve apenas como uma atualização de status.

Algum tempo depois, quando passou a ser de fato um app de mensagens passou a ser um App pago, e exclusivo da Apple Store por um ano.

Somente em 2010 passou a ser disponibilizado para BlackBerry e Android. E somente no ano seguinte começou a ser disponibilizado para o Windows Phone. Em 2013, o Whatsapp passou a ter um recurso revolucionário que foi a mensagem de voz, até o momento não havia nada igual a isso as mensagens eram todas apenas escritas.

Em 2013, o que mais chamou a atenção foi a compra do Whatsapp pelo Facebook pelo valor de 19 bilhões de dólares. O valor chama atenção até hoje, pois foi uma das vendas mais caras da história. 

Principais Bugs

É impossível falar sobre o Whatsapp sem falar a respeito dos seus bugs ao longo dos anos. Ele já virou meme, já foi assunto de polícia, mas, sempre tem alguma coisa para se falar com relação aos bugs.

Em primeiro lugar, você conhece a origem da palavra Bug? Ela começou a ser utilizada em 1947, para relatar problemas tecnológicos. Existe a história de que uma mariposa pousou dentro do computador Mark II da marinha britânica, e causou um problema técnico. A partir daí, o apelido para problemas relacionados à tecnologia passou a ser bug.

Um Bug bem conhecido no Whatsapp, foi quando um emoji presente em uma corrente fez com que o aplicativo travasse, e só voltasse quando o aplicativo fosse reiniciado. Mas, esse não foi o único bug que deu trabalho na história do Whatsapp.

O principal bug com relação ao Whatsapp são as quedas que ocorrem com o aplicativo. Isso acontece porque todas as chamadas do aplicativo são criptografadas, e em alguns casos dentro de investigações policiais as mensagens não são divulgadas por questões de privacidade. E como punição o Whatsapp muitas vezes tem seu sistema interrompido por algumas horas, no país onde ocorreu a punição, além de quase sempre pagar uma multa.

- Continua Depois da Publicidade -

Esses não são os únicos bugs que já ocorreram na história do Whatsapp. Outros bugs são muito conhecidos como mensagens não enviadas, e fotos que não carregam bem. Mas o principal deles é com certeza o “gemidão”, que fez muitas “vítimas” por volta de 2018 e 2019. 

Segurança no aplicativo

A segurança no Whatsapp hoje em dia é algo que hoje em dia está relativamente resolvido, a criptografia das mensagens dos usuários é algo que mantém as mesmas entre as pessoas que fazem parte da conversa. Mas isso, nem sempre foi assim nos seus primórdios ele teve muitos problemas com a segurança.

No passado bem nos seus primórdios, o Whatsapp teve muitos problemas com relação à segurança. Vazamentos de dados e mensagens dos usuários era o principal problema do aplicativo.

E até mesmo em 2020, ocorreram ainda alguns problemas a respeito do vazamento de dados como números telefônicos. Além de outros problemas recorrentes em menor escala envolvendo bugs internos. Mas, com relação ao passado, isso é considerado um problema bem menor do que outros já enfrentados. 

É preciso entender que a internet como um todo passa por mudanças muito rápidas e corriqueiras. Seja para haver uma prevenção contra hackers ou por ação dos mesmos, isso tudo faz com que mudanças constantes sejam realizadas. E sempre ao haver atualizações alguns problemas podem acontecer.

Nem só do Whatsapp vem os problemas,  muitas vezes os problemas também estão relacionados a seus usuários. Vamos ver alguns perigos acerca dos grupos e as mensagens.

Os grupos de Whatsapp e seus perigos

Os grupos de Whatsapp apresentam também os seus perigos pois, nem só do aplicativo se faz a segurança. Muitos casos as medidas preventivas tomadas por seus usuários, podem resolver muita dor de cabeça, e algumas prevenções nem são tão complicadas. E muitas vezes podem ajudar com que problemas mais sérios não aconteçam.

Os grupos de Whatsapp são o principal foco destes problemas, isso porque alguns grupos são de procedência duvidosa. E na maioria das vezes é por eles que são atingidas muitas pessoas ao mesmo tempo. Por isso vamos ver algumas ações para acabar ao menos conseguir frear alguns problemas do Whatsapp:

  • Não compartilhe correntes: Isso pode ser chato, e até triste para algumas pessoas que são do tempo do Orkut. Mas as correntes algumas vezes levam Bugs e até mesmo vírus (embora seja menos comum). Hoje em dia elas estão caindo no esquecimento, mas mesmo assim não custa deixar a advertência.
  • Cuidado com os links: Seja uma promoção imperdível ou qualquer outro assunto sedutor, muitas vezes esses links são malwares que podem danificar seu aparelho, ou simplesmente monitorar suas ações durante seu uso. Portanto, tenha muito cuidado com os links compartilhados em grupos.
  • Não compartilhe fake news: isso parece até mesmo algo lógico, mas que faz todo o sentido uma vez, que você compartilha uma notícia de que não sabe a procedência, você está compartilhando fake news. Por isso, antes de compartilhar cheque sua notícia.
- Continua Depois da Publicidade -

Portanto, esses são os principais perigos dos grupos de Whatsapp. Ainda há muitos outros como golpes diretos como o caso do “Príncipe Nigeriano”.  Isso acontece hoje em dia e é preciso ficar muito atento e desconfiar de tudo que parece ser bom demais. Pois como já diz o ditado “Se a esmola é demais o santo desconfia”, qualquer atitude suspeita seja de grupo ou pessoa denuncie.

Curiosidades sobre o Whatsapp

O Whatsapp é cercado de curiosidades, ao longo de sua história ele passou por diversas transformações que impactaram tanto a internet como o mundo, afinal, é difícil imaginar o mundo hoje sem o Whatsapp e todos os seus recursos oferecidos.

É preciso lembrar que até os anos 90 os telefones eram artigos de luxo, assim como os celulares. Por isso, ter muitos recursos como chamada de voz gratuita é algo que mostra um grande avanço da comunicação.

Portanto, vamos ver algumas curiosidades e fatos a respeito do Whatsapp e da comunicação telefônica. Vamos acompanhar de certa forma como as comunicações se expandiram com o passar dos anos. Além é claro de falar alguns fatos curiosos sobre o Whatsapp.

O substituto natural do MSN

Na virada de 2010 os aplicativos de mensagem estavam começando a não ter mais tanta relevância. Isso porque o MSN estava começando a perder força, o recém-chegado Facebook já tinha sim um chat, algo que o colocou à frente do seu antecessor Orkut.

Mas, até a chegada do Whatsapp essa foi a única opção para se conseguir entrar em contato direto com alguém. É claro que estamos falando das formas mais populares, pois havia outros sites como Skype e outros que não caíram no gosto do público.

Ainda sim, essa comunicação não era uma coisa tão simples naquele momento, uma vez que a internet estava exclusiva aos PCs de mesa. O que significa que muitas vezes você tinha que procurar um Desktop quando precisava enviar sua mensagem. Ou então passar um SMS, o que para muitos era uma grande desvantagem, pois o envio destas mensagem era muito caro.

Os primeiros smartphones começaram a surgir, e os chats da época na sua grande maioria não migraram para esse novo dispositivo. A grande maioria ainda estava muito focada no modelo tradicional, ou simplesmente não tinham um grande apelo “comercial”. Ou seja, não era muito querido entre os usuários, como é o caso do Skype que ficou muito restrito ao mundo corporativo.

O Whatsapp surgiu neste período em que os smartphones começaram a ser como hoje em dia. Ou seja, eles começaram a exigir mais a ter mais funções e é claro que a comunicação passou a ser mais eficaz. Isso porque antes uma chamada ainda tinha muitos ruídos e outros problemas. Mas o principal problema que os usuários relataram era os altos custos com SMS que na época era muito popular e muito caro.

Isso fez com que o Whatsapp fosse otimizado para os smartphones, deste modo é correto dizer que ele pode sim ser o substituto natural do MSN. Mas não só dele como também dos SMS. Uma vez que as mensagens via Whatsapp eram gratuitas. E com o tempo passou a ser o principal aplicativo de conversa. E atualmente ele foi muito mais além, oferecendo chamadas de voz e de vídeo.

Além, é claro, de ter muitas coisas que foram corrigidas em relação ao MSN, principalmente quando o assunto é segurança, e como nós podemos observar ele abrange muito mais do que mensagem.

Monetização do Whatsapp

No seu início o Whatsapp era um aplicativo pago, e custava em torno de 1 dólar na loja da Apple Store. O que gerava um alto rendimento pois, ele começou a cair no gosto das pessoas. Mas por volta de 2013 e 2014 começou a ser disponibilizado gratuitamente, e aí começaram os problemas.

Diferentemente das redes sociais que contam com anúncios, propagandas ou com as promoções pagas por empresas, no impulsionamento de postagens, o Whatsapp não conta com nada disso. Na verdade, é bastante difícil pensar em como o Whatsapp pode ser monetizado e gerar um lucro real.

Muitos se perguntaram na época da venda para o Facebook o porquê ele foi comprado por um valor tão alto. Para se ter uma ideia, o Instagram foi comprado por 1 bilhão de dólares, enquanto o Whatsapp foi comprado por 19 bilhões de dólares, o que nos faz pensar o que Zuckerberg viu nessa mídia.

Isso porque ela crescia ascendentemente com o passar dos anos porém, ela é muito difícil de ser monetizada, após ser disponibilizada gratuitamente.

Não há anúncios ou propagandas dentro da plataforma nem há qualquer maneira de oferecer serviços premium. Há quem diga que a fase mais próspera era na época em que era um aplicativo pago.

No começo, quando a compra foi concretizada, se especulou que era pensada em ser uma forma de integração entre Facebook e Whatsapp. Mas, com o passar dos anos essa integração acabou não acontecendo, e uma coisa não está ligada a outra até hoje. Mesmo assim, não deixa de ser uma grande aquisição.

O telefone nos anos 90

Para se falar no Whatsapp é preciso se falar um pouco mais sobre o telefone, que ao menos no Brasil só passou a ser mais acessível nos anos 90.

Mas mesmo assim as contas de uma linha telefônica eram muito altas, isso porque ele era o principal meio de comunicação da época. Até a chegada da internet em meados dos anos 90 que também passou a ser muito caro.

Naquele tempo as ligações tinham hora para serem feitas e não poderiam ser muito longas, pois o pulso da ligação era muito caro. E chamadas interurbanas para outro país era algo até mesmo impensável, pois isso deixava a conta ainda mais alta do que ela já era. É preciso lembrar que isso era para quem tinha telefone em casa que não eram muitas pessoas. 

Para se ter uma ideia, em 1998 o Brasil contava com cerca de 17 milhões de linhas fixas em um país com mais de 150 milhões de habitantes. Um telefone fixo já chegou a custar em torno de 5 mil reais, quando o salário mínimo era de 150 reais. Ou seja, o telefone valia quase o preço de uma casa.

Isso fez com que quem tivesse telefone alugasse sua linha para outras pessoas, ou quem não tivesse um telefone fixo, recorresse a um orelhão para realizar as suas ligações. E o celular nesse tempo então era algo até mesmo impensável.

Isso tudo hoje em dia chega a ser até algo banal e difícil de imaginar muito porque as chamadas telefônicas ficaram de lado. Assim como o telefone fixo também é algo que pouco a pouco vai sendo substituído pelo celular.

Conclusão

Portanto, essa foi a história do Whatsapp, e todo o seu caminho até os dias de hoje. Como podemos ver, ele conseguiu ter uma evolução significativa para ser como é hoje em dia, de modo que atualmente é o maior aplicativo de mensagens do mundo.

Englobando muito mais do que apenas conversas por mensagem, mas, sim envolvendo vídeo e áudio também sendo um dos aplicativos de conversas mais completo.

Ele soube muito bem acompanhar as mudanças do seu tempo, e hoje em dia o Whatsapp é um aplicativo que serve tanto para a família quanto para o mundo corporativo.

O que é algo muito raro de se acontecer se formos pensar na história dos aplicativos que por muitas vezes servem para um público ou outro. De certo modo o Whatsapp foi fundamental para romper essas barreiras.

E, se formos comparar com o telefone, o Whatsapp graças a muitas coisas, dentre elas o fato de ser oferecido de forma gratuita e a internet ajudaram com que seu alcance fosse muito maior, abrangendo muito mais pessoas. Ele conseguiu alcançar o mundo em pouco tempo, e oferecer um serviço até mais abrangente. Por isso é correto dizer que ele mudou a história da comunicação.

É claro que a história do Whatsapp envolve muito mais do que isso, pois envolve desde comunicação softwares quanto hardware. Pois para entendê-lo bem temos que saber como eram serviços de mensagem, aparelhos telefônicos dentre outras coisas. Mas isso tudo não cabe apenas em um texto.

Por isso nós vamos ficando por aqui, espero que tenha gostado da nossa explicação a respeito do Whatsapp. Espero que tenha aprendido um pouco mais sobre este aplicativo que muito facilita nossa vida. Mas isso é tudo

 

1 Comentário

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -