HomeCasa & DecoraçãoPapel de parede: saiba as vantagens e desvantagens

Papel de parede: saiba as vantagens e desvantagens

-

Tudo aquilo que compõe uma casa é parte do que a torna especial, desde os móveis até mesmo o papel de parede. Seja na sala, em quartos ou em outros cômodos, os papéis de parede são uma forma de estilizar uma casa de acordo com o que moradores querem.

Existem diversas estampas com cores, estilos e texturas diferentes. Por isso, muitos preferem contratar um designer de interiores para escolher o papel ideal. Enfim, entre as diversas possibilidades de escolha, existem alguns modelos de papel de parede que estão na moda.

Mas, pelo fato de ser um “acessório” para as paredes da casa, deve-se avaliar bem se vale a pena ou não colocá-lo. Quando se fala  é importante lembrar do fator financeiro para saber se vale a pena ou se se tem orçamento para comprar o papel de parede, fazer a colagem e manutenção do mesmo.

Além disso, fatores externos podem fazer toda a diferença na hora de decidir se se deve ou não colocar um em casa. Mas, apesar da parte mais “chata” em colocar, existem muitos pontos positivos em fazer isso.

Todos gostam de um ambiente que está decorado a seus gostos, e isso é inegável. E com os papéis de parede é possível deixar um cômodo, seja ele a sala, escritório ou quarto, muito mais bonito e cheio de vida. Por isso, continue lendo para entender mais sobre papel de parede, suas vantagens e desvantagens e muito mais.

O que é?

- Continua Depois da Publicidade -

Provavelmente, aqueles que nunca viram um papel de parede ao vivo já notaram que pelo menos que nos programas de reforma fala-se muito sobre o assunto. Todavia, poucos sabem qual a origem dos papéis de parede e como começaram a ser produzidos.

Basicamente, os papéis de parede atuais seguem o conceito dos mais antigos, que surgiram na China em 200 antes de Cristo.

Os papéis de parede são uma forma bem antiga de decorar cômodos e foram difundidas em todo o mundo, começando pela China.

Usados como elementos decorativos, os papéis de parede eram feitos com um material derivado do arroz e pergaminho vegetal. Além disso, os papéis de parede passaram por diversas culturas no decorrer da história da humanidade e são um elemento decorativo usado até os dias atuais.

Entretanto, a forma como é preparado atualmente é totalmente diferente e foge da maneira como era fabricado artesanalmente. Com várias indústrias que fazem papéis de parede é possível adquirir esse tipo de produto por diversos valores e feitos em materiais muito diferentes.

Eles podem tanto ser comprados como também fabricados, como é feito por muitas pessoas. Por exemplo, existem muitas pessoas que recortam revistas em quadrinhos e colocam nas paredes do quarto para fazer um cenário de HQ que fica muito interessante.

E, inegavelmente, isso se caracteriza como uma forma de decorar a parede de um cômodo. Mas, além dessa forma mais DIY de ter um em casa, existem outras maneiras. Papéis de parede pintados, de estêncil, flocado e muitos outros são alguns dos modelos.

Além disso, há duas modalidades de papel de parede: os adesivos e os vinílicos. Cada um com suas particularidades que tem mais diferença na aplicação e composição.

Adesivo papel de parede

- Continua Depois da Publicidade -

Os adesivos de papel de parede são o tipo de papel de parede mais fácil de serem aplicados.

Entretanto, isso não significa que exigem menos cuidados na hora de aplicar, porque uma vez que um erro está feito, é difícil contornar. Hoje em dia existem dois tipos de papel de parede, sendo que um deles é o papel de parede adesivo.

Esse é como um papel de parede como qualquer outro, mas que já possui uma cola que fixa o papel na parede com mais facilidade, sem que seja necessário adquirir a cola específica para esse tipo de procedimento a parte.

Um fato sobre os papéis de parede adesivos é que dificilmente eles apresentam modelos com textura. Isso porque, em sua maioria, são impressos em máquinas impressoras de papel.

Mas isso não significa que é algo impossível de existir. Enfim, os papéis de parede adesivos são os mais usados atualmente , tanto por suas facilidade de manuseio quanto pela diversidade de estampas disponíveis.

Além disso, é possível fazer o próprio papel de parede adesivo. Apesar de não ser como os que são vendidos em fábrica, esses papéis de parede adesivos caseiros são uma ótima escolha para pessoas criativas ou que não desejam gastar muito.

Para fazer, basta ter uma impressora, cola e uma mistura de amido com água para passar na parede antes de posicionar o papel de parede. Mas, sobre os papéis de parede que podem ser comprados, existem dois com formas de colagem diferentes: os de adesivo e os de cola.

Os papéis de parede com adesivo dão a chance de posicionar mais de uma vez o papel pela parede. Mas, é necessário ter atenção para não desgastar a colagem do papel de parede.

- Continua Depois da Publicidade -

Papel de parede iluminado por luz.

Papel de parede para quarto

Assim como existem vários papéis de parede, existem vários tipos de quartos. Por exemplo, um quarto para um homem solteiro não costuma ser igual ao quarto de uma criança de 7 anos.

E isso vale para qualquer outro exemplo de tipo de quarto possível, como para casais ou um quarto de hotel. Por isso, para escolher o melhor papel de parede de acordo com o tipo de quarto, antes de mais nada o mais interessante é saber qual é a finalidade dessa decoração.

Com finalidade, infere-se um motivo para estar colocando um papel de parede no quarto. Por exemplo, caso a finalidade de um papel de parede seja para um quarto para uma mulher solteira, o interessante é que, além da possibilidade de seguir seu gosto, a dica é usar tons claros e lisos de papéis de parede.

Agora, se for o caso do papel de parede que está sendo buscado, seja para um quarto de casal, o mais indicado são estampas mais escuras, geométricas. Mas, claro que não há um tipo ideal, visto que o interesse sobre um papel de parede vai variar de acordo com o gosto daqueles que irão usar no quarto.

Antes de mais nada, é um tipo de decoração e deve estar de acordo com o gosto daquele que está decorando o quarto. Mas, uma dica para os pais de primeira viagem que desejam colocar um papel de parede no quarto do bebê: o interessante é colocar um papel de parede que possa durar por bastante tempo, tanto em resistência material quanto estilo.

Isso é importante para que não seja necessário ficar trocando papéis de parede atrás de papéis de parede a cada nova fase da criança.

Papel de parede para sala

Assim como para o quarto, escolher um papel de parede para a sala pode ser algo difícil, já que a preferência varia de acordo com o gosto de cada um. Mas, uma das dicas que podem ser dadas aqui nesse artigo é que ao escolher um papel de parede para a sala, que se escolha um papel de parede que combine com o ambiente.

Isso porque no ambiente há móveis que podem possuir um estilo específico, além da iluminação e de todo o resto que compõem o cômodo. Sim, a iluminação faz toda a diferença na hora de ter um papel de parede na sala. 

Isso porque se a sala for mais escura, o interessante é buscar por usar papéis de parede com tons mais claros, ou formas geométricas bem delineadas. Mas, caso a sala seja mais clara, dá para explorar todos os tipos de papéis de parede, preferindo por tons que não fiquem refletindo luz demais.

Mas, assim como dito anteriormente para papéis de parede para o quarto, não há problema algum em seguir o próprio gosto na hora de escolher um papel de parede. O mais importante é estar satisfeito com o resultado, prezando sempre pela harmonia entre tudo que existe no ambiente do cômodo.

Como a sala é sempre um lugar bem frequentado, não há motivos para investir mais para deixá-la com um aspecto mais bonito e acolhedor. Mas, lembrando sempre de não fazer nada exagerado ou desagradável que possa levar ao arrependimento no futuro, visto que papéis de parede nem sempre são baratos para trocar e comprar.

Portanto, para um bom papel de parede na sala, basta usar a criatividade e sutileza. Lembrando que é um ambiente comum da casa e que precisa estar de acordo com o gosto de todos da casa.

Autoadesivo

O autoadesivo ou papel de parede adesivo é a maneira mais fácil e prática de decorar uma parede, como dito anteriormente. Se aqueles que têm o hábito de usar papéis de parede tradicionais já acham fácil o manuseio, o autoadesivo é muito melhor.

Mas, com melhor, não quer dizer que seja superior, mas sim mais prático de manuseio e manutenção também.

AUTOADESIVO PARA PAREDE
Os tipos adesivos podem ser muito práticos e fáceis de aplicar em qualquer parede.

Isso porque, basicamente, o papel de parede autoadesivo contém uma película de cola contida na parte de trás da estampa do papel de parede. Para aplicá-lo, basta tirar uma fina proteção dessa película colante, como de adesivos mesmo.

Depois, basta posicionar o adesivo no local escolhido na parede. O interessante é que ao colocar na parede, haja marcações. Isso porque posicionar o papel de parede adesivo na parede de forma errada, faz com que tenha que retirar o papel da parede.

E, por mais que seja possível aplicar a decoração na parede mesmo após a primeira retirada, isso deixa o papel de parede com uma cola mais fraca na parte adesiva. Portanto, para evitar qualquer tipo de transtorno na aplicação, é melhor prevenir que tudo seja posicionado devidamente.

Assim não fica sendo necessário ter papéis de parede reserva caso haja algum erro, apesar de ser uma boa estratégia para quando houverem reformas ou estrago do papel.

E, para aqueles que têm dúvidas sobre a faixa de preço dos autoadesivos em comparação aos papéis de parede comuns: não há diferenças grotescas entre um ou outro, mas é possível que o papel de parede tradicional seja até mais caro, muitas vezes.

Mas, o interessante é que se cote os preços e então decida qual papel de parede cabe no orçamento para decorar todo um cômodo ou parte dele.

Quais as desvantagens do papel de parede?

Apesar de ser uma ótima forma de decorar ambientes internos de casas, escritórios e outros locais, os papéis de parede também possuem suas desvantagens. Assim como muitas das coisas de decoração de casa, os papéis de parede podem ter preços muito caros.

Começando por aí, é preciso dizer que nem sempre se coloca um papel de parede em apenas um local do cômodo, mas em vários. Por isso, antes de colocar um papel de parede em algum lugar da casa ou local de trabalho, é interessante que se estude se vale a pena de acordo com o tamanho do cômodo.

Além dessa desvantagem, outro aspecto negativo sobre papéis de parede é o fato de que são facilmente suscetíveis a ficarem encardidos, rasgarem ou apresentarem bolhas de infiltração.

Apesar de possuírem materiais mais modernos que os dos primeiros papéis de parede da China, esses papéis de parede não são 100 % resistentes. Então, uma das possíveis coisas que podem fazer com que alguém desanime de ter um papel de parede seja sua fragilidade.

Outra desvantagem dos papéis de parede é que as pessoas podem simplesmente enjoar deles. Mas, essa não é a pior parte, já que enjoar de alguma decoração de casa significa trocar para outra.

E isso pode significar mais gastos desnecessários que poderiam ser evitados pelo ato de refletir sobre o revés de ter um papel de parede em algum cômodo. Além dessas, existem, sim, algumas desvantagens de ter um papel de parede.

Entretanto, não dá para dizer que não é algo recomendável de se ter, visto que é uma ótima forma de decorar ambientes.

Quais as vantagens do papel de parede?

Agora, assim como os papéis de parede podem ter desvantagens, eles tem muitas vantagens em contrapartida. Partindo, primeiramente, da ideia de que os papéis de parede são uma ótima forma de decorar ambientes da maneira que se bem entender.

Sim, com moderação, simplicidade e bom gosto dá para transformar qualquer recinto com um bom papel de parede. Além disso, o fato de possuir um papel de parede pode e não pode significar mais gastos, só que isso não deve ser um impeditivo para que se decore um cômodo com algum.

pessoa com duvida
Será que existem vantagens em ter um papel de parede decorando a casa?

Por isso, ao invés de pensar que papéis de parede são gastos, é mais interessante pensar que existe a possibilidade de mudar um papel de parede sempre que se quiser. Enfim, uma das outras vantagens dos papéis de parede é que são uma boa alternativa para ambientar locais com alguma proposta, como por exemplo: lojas.

Lojas que usam papéis de parede voltados para aquilo com que vendem, geralmente ambientam mais seus clientes e os tornam mais suscetíveis a ideia de comprar algo. Ou senão, um outro ótimo exemplo é o quarto de uma criança, que pode ter um papel de parede com ursos e animais encantados, o que pode ajudar na ambientação.

Em escolas, por exemplo, é muito comum ver papéis de parede que podem ajudar no aprendizado das crianças contendo números e letras do alfabeto. E, por fim, uma das vantagens do papel de parede é a possibilidade de criar o próprio papel dentro de casa usando a criatividade e folhas de jornais, livros, quadrinhos que não tem mais uso.

Portanto, é possível concluir que existem muitas vantagens em ter um papel de parede em casa.

Melhor papel de parede adesivo

Diferente do que muitos pensam, ter um papel de parede em casa não significa qualquer tipo de papel ou material colado na parede. Na verdade, existem diversos tipos de papéis de parede, tanto do tipo clássico quanto do adesivo.

Entre os melhores papéis de parede adesivos, é interessante dar preferência para aqueles que dizem em sua embalagem que tem alta fixação e possibilidade de retirada. Isso porque existem papéis de parede de diversos preços no mercado de papéis de parede.

E entre eles há alguns de menor qualidade de cola, com fixação reduzida e que ficam desprendendo nas extremidades. E, é necessário convir que ao colocar o papel de parede em algum cômodo da casa, o interesse é que permaneça intacto e bem colocado.

Além disso, o melhor adesivo é aquele que possui um material que aparenta ser mais resistente e fácil de limpar. Isso porque, caso seja de um material resistente, mesmo que crianças rabisquem ou que animais de estimação o arranhem, há como fazer a manutenção facilmente.

É sempre válido não se prender somente à boniteza da decoração, mas também é importante prezar pela sustentabilidade do mesmo. Além desses aspectos, tudo que pode definir uma qualidade melhor de um  para o outro são seus preços, estilos e sua qualidade material.

De qualquer forma, é necessário insistir na ideia de que o melhor é aquele que supre o gosto daqueles que desejam decorar um local.

Por isso, não há como dizer por alguém que possui o próprio gosto, orçamento e estilo qual é o melhor adesivo, visto que o que vai variar de cada um são pontos muito específicos além do que é necessário: colagem e facilidade de manutenção.

Cola para papel de parede

Não, não é interessante que se use cola comum ou super cola para posicionar o papel de parede tradicional em alguma parede da casa, escritório ou qualquer lugar que seja. Na verdade, existem colas específicas para esse tipo de serviço que devem ser compradas para que isso seja feito devidamente.

Uma coisa é fato, a aplicação de um papel de parede por um profissional que tem costume de aplicar esse tipo de decoração sempre vai sair sem amadorismos. Por isso, o ideal é ter alguém de confiança que trabalhe com isso para posicionar bem os papéis de parede usando a própria cola.

Todavia, para aqueles que têm interesse em saber qual o tipo de cola simplesmente por curiosidade ou vontade de aplicar o próprio papel de parede, aqui vão alguns tipos de cola para papel de parede.

Cola CMC. Essa cola funciona a partir da solução em água.

O primeiro tipo de cola para papel de parede é a cola pó e cola pastosa, cada uma com uma nomenclatura diferente. Além dessas, existem algumas outras colas que são usadas, mas que apresentam uma menor qualidade de fixação e duração na parede.

Por isso, as únicas que serão mencionadas e explicadas serão as ditas anteriormente. Enfim, começando pela cola pó, ou CMC. essa cola, curiosamente, é feita de materiais que não são tóxicos e que inclusive são usados dentro da gastronomia para pratos de comida.

Para fazer a aplicação, é necessário misturar a cola, que é um pó branco, com água e deixar que descanse em algum recipiente por quase uma hora. Depois disso, é preciso passar a cola de forma delicada por toda a superfície de trás do papel de parede, e, pronto. Agora resta somente colar o papel de parede.

Já o outro tipo de cola para papel de parede é a cola pastosa, também conhecida como REV. Essa cola é recomendável para papéis de parede do tipo vinil, já que possuem uma maior fixação.

Inclusive, o uso dessa cola pode ser feito em paredes de maior tamanho sem que haja problemas, além de ser possível fixar papéis de parede mais pesados. Ambas as colas são ótimas e as melhores entre as opções. Mas, para escolher, é necessário saber qual o tipo de papel de parede será colado.

Além disso, o tamanho da parede, gramatura do papel de parede e localização, visto que não é recomendável usar em locais úmidos esse tipo de cola.

Melhor lugar para comprar papel de parede

Os papéis de parede são artigos para decoração de casa muito procurados, e por isso existem vários locais para adquiri-los. Começando por lojas de departamento para construção, como a Leroy Merlin, que possui uma grande seção de papéis de parede.

Além da Leroy Merlin, há também a Tok Stok, que possui muitos papéis de parede temáticos e estilosos, sempre seguindo as tendências da moda para casa.

Fora essas duas lojas, existe uma vastidão de opções de lugares para comprar papéis de parede. Atualmente, existem muitas lojas, tanto físicas quanto digitais, que vendem papéis de parede ou são focadas no mercado de papel de parede.

Um ótimo site para compra  é o https://www.papeleparede.com.br/ , que possui uma grande portfólio de opções, além de entregar papéis de parede para todo o Brasil. Nesse site é possível ainda comprar  com grandes descontos e escolher entre todos os tipos dessa decoração de acordo com o tipo de material.

Agora, algo que poucas pessoas sabem é que nos sites das lojas Americanas e também Magazine Luiza, existem diversas opções de papéis de parede para serem comprados. Uma coisa é fato: não faltam lugares para adquirir um bom. Por isso, é necessário cotar preços, avaliar a qualidade do atendimento e do produto.

Com tantas opções, além das lojas locais das cidades que vendem papéis de parede, deixar a casa com um papel de parede feio ou de má qualidade é apenas um sinal de falta de pesquisa. O ideal é comprar os papéis de parede, assim como qualquer coisa, em uma loja de confiança e que ofereça muitas opções de compra.

Loja de papel parede

Como dito anteriormente, existem diversas lojas de papel de parede disponíveis no mercado. Todavia, caso o leitor esteja em  busca de uma boa loja virtual para papéis de parede, a Papel e Parede é uma ótima opção.

O site é completo e oferece uma grande diversidade de papéis de parede em seu catálogo. Logo, ao entrar na página inicial dá para notar que é uma loja especializada na venda desse tipo de decoração para casa.

Isso porque todas as seções do site se resumem a tipos de papel de parede, enquanto as subseções variam de acordo com estilo e material do papel de parede. Além disso, o site oferece muitas promoções para papéis de parede e outros produtos que oferecem, como espelhos e foto murais.

Para fazer compras de papéis de parede nesse site é necessário fazer um cadastro, para que fique mais fácil ter acesso aos dados do comprador. Além disso, para aqueles que moram no estado de São Paulo, a entrega é feita de forma totalmente gratuita com compras a partir de 250 reais.

Outro aspecto sobre essa loja é que ela possui uma central de atendimento ao cliente que pode ser acessada via (17)3482-2147 ou 3482-4825.

Além disso, essa loja é avaliada com uma pontuação que fica entre regular e boa no Reclame Aqui, onde 74% dos consumidores tiveram seus problemas solucionados pela empresa. Entre esses aspectos, e muitos outros, essa loja é uma das melhores para se adquirir papéis de parede virtualmente.

Para mais informações, basta acessar https://www.papeleparede.com.br/.

Preço

Os preços dos papéis de parede podem variar muito de acordo com o estilo, material, se tem relevo ou não, e muitos outros aspectos. Mas, aqui serão lançados os preços médios dos papéis de parede além do preço de aplicação por profissionais.

Bom, o preço médio de um de 25 reais por metro quadrado, mas isso pode variar, como dito anteriormente. Já a aplicação do papel de parede por algum profissional começa a partir da faixa de 10 reais.

Mas, como dito anteriormente, cada tipo e estilo de papel de parede pode sofrer alterações de valor de acordo com suas características. Por exemplo, um  3D costuma custar entre 30 e 40 reais, podendo variar de acordo com a qualidade e material.

A diferença entre tradicional e o autoadesivo nos preços existe, por sinal. Enquanto os adesivos costumam ser um pouco mais caros, os papéis de parede tradicionais são mais baratos. 

Mas, para estipular qual vale mais a pena, é necessário lembrar que o vinílico ou tradicional demanda a aquisição de cola e outros artigos, o que pode equilibrar os preços entre um e outro. Uma coisa é fato: os preços são diversos e cabe ao consumidor definir qual é que se encaixa dentro de seu orçamento para ter uma boa decoração em casa.

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -