HomeTelefonia & ComunicaçõesGalaxy S21 é bom? Confira review e análise

Galaxy S21 é bom? Confira review e análise

-

O que sabemos é que a Samsung não para de nos surpreender. Com o Galaxy S21, não foi diferente. Assim como o Galaxy S20, esperava-se que o S21 também agradasse a todos, e foi exatamente o que aconteceu. Sua ficha técnica é mais moderna e avançada, com um processador Snapdragon 888 ou Exynos 2100, bateria de até 5.000 mAh e câmera de até 108 megapixels.

Ao contrário dos outros smartphones da linha, a tela do Galaxy S21 é plana e ainda assim com bordas curvas iguais aos outros. Dependendo da versão (sim, há outras versões) as cores estão disponíveis em cinza, branco, rosa, violeta, preto, prata e preto.

Esse celular tem muito a oferecer, começando pela câmera com 108 megapixels. É provavelmente o destaque do celular por trazer um conjunto de câmeras tão avançado, além disso, há também o zoom capaz de aproximar a foto três vezes mais que o permitido. A câmera frontal, por outro lado, chega até os 40 megapixels.

A memória RAM traz 12 GB e armazenamento de 128 GB, 256 GB e 512 GB. Muita coisa, né? Fora isso, o smartphone conta também com recursos como conectividade 5G, Bluetooth 5.0, Wi-Fi 6, NFC e ultra wideband (UWB). A bateria, como o esperado, é de até 5.000 mAh, gerando durabilidade ainda que seja usado durante muitas vezes, demorando a ir para a tomada. Essa versão está disponível nas cores preto, azul, branco e vermelho.

Galaxy S21 Plus 5G

Como já foi dito, o Galaxy S21 tem outras versões. Digamos que o Galaxy S21 Plus 5G é um dos conjuntos oferecidos pela marca Samsung, com semelhanças iguais a primeira versão – o Galaxy S21. Claro que há alguns diferenciais, como uma tela maior e uma bateria com mais durabilidade.

- Continua Depois da Publicidade -

Para os que são atrapalhados e vivem deixando o celular cair da mão, quem adquirir essa versão do Galaxy S21 não terá problemas com arranhões, isso porque a construção do celular é feita com vidro e alumínio, protegido com Gorilla Glass Victus.

O desing sempre surpreende, o que é uma coisa normal e comum da Samsung. Na parte de traz, há uma pintura lisa e as câmeras são verticais, dentro de uma moldura com metal. Ele pode ser vendido em cinza, branco, violeta, rosa, dourado e vermelho.

Com bordas finas, o smartphone tem câmera para selfies e alto-falantes estéreos, assim como os outros modelos da Samsung. O melhor é que tem proteção contra água. Legal, né?

Apesar da tela ter 6,7 polegadas, não é a maior entre os celulares da Samsung, isso com diferença entre uma polegada, apenas. O importante é a tecnologia que ele oferece: a tecnologia Dynamic AMOLED 2X e resolução Full HD. Isso dá a possibilidade de ver fotos com altíssima qualidade, cores reais e vívidas, muito contraste e brilho. Essa tela também tem proteção Gorilla Glass Victus, evitando aqueles arranhões de quedas que ninguém gosta.

Para os que gostam de ver vídeos a todo momento ou assistir qualquer outro conteúdo, é interessante saber que a proporção é de 20:9, ou seja, a tela consegue ficar um pouco mais esticada, melhorando a experiência de quem está assistindo.

O smartphone não deixa de ser seguro também. Ele oferece leitor biométrico ultra sônico no próprio painel, com rapidez e claro, segurança. O processador utilizado é o Exynos 2100, o que é ótimo para quem gosta de jogar no aparelho. Dá para rodar vários jogos sem causar problemas junto com o seu ótimo desempenho e velocidade, podendo fazer mais ou menos vinte trilhões de operação a cada segundo.

Com 8 GB de memória RAM, o risco de o celular travar é quase impossível. Sua versão pode ser encontrada com outras versões, como 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno, porém, não há espaço para cartão de memória.

Ele é capaz de armazenar informações importantes que o consumidor quer guardar com uma segurança maior. O “Vault Knox” é responsável por isso. Assim fica fácil compartilhar arquivos no modo privado e não é preciso se preocupar se esse arquivo irá se espalhar. Ah, esse arquivo tem um tempo para expirar depois de um tempo que você mesmo pode escolher.

- Continua Depois da Publicidade -

O smartphone vem com o Android 11 e tem compatibilidade com rede 5G. É isso e muito mais que faz desse celular um dos melhores da marca Samsung. O celular ganha destaque por si só, com ótimos recursos e uma ótima construção, moderno, com tecnologia de ponta. É sem dúvidas um celular único.

Como nem tudo é perfeito, o preço do Galaxy S21 Plus acabou sendo mais alto do que esperavam. No Brasil, está na faixa dos R$ 6.999 ou R$ 7.399.

S, NOTE, A ou Z? Qual é o melhor celular da Samsung?

É verdade que a Samsung tem inúmeros modelos, dos mais modernos ao que menos chamam a atenção, e dessa forma, fica difícil escolher o celular dos sonhos, certo? Principalmente quando o assunto é preço ou a própria ficha técnica – onde explica exatamente o que o celular oferece.

O legal da Samsung é que ela oferece celulares muito bons, o que dificulta a tarefa em escolher um. Tem modelo que é até à prova d’água, dá para acreditar? Cada celular oferece a sua vantagem, a sua potência, o seu modelo, seja ele de vidro ou metal, câmera perfeita ou não. O que importa é que todos são muito bons.

Mesmo que a tarefa de achar o celular que seja a sua cara continue difícil, aconselhamos procurar saber sobre o smartphone. É dessa forma que é possível conhecer o aparelho e descobrir o que ele pode oferecer de bom.

Produtos que a Samsung fabrica e que você não sabe

Muitos pensam que a Samsung fabrica apenas celulares, certo? Mas, estão enganados. A Samsung fabrica não só celulares ou eletrodomésticos, na verdade, essa empresa gigante é capaz de fazer muito mais coisas do que podemos imaginar. Confira:

1. Helicópteros
Desde 1987, a Samsung fabrica helicópteros para uso comercial e militar. Um modelo, inclusive, o Bell 427, foi desenvolvido com parceria entre empresas dos Estados Unidos da América, Japão e Canadá.

2. Tanques de guerra
Se alguém dissesse a você que até Tanque de Guerra a Samsung produzia, você acreditaria? Pois é. Mas é verdade. Modelos como K2 Black Panther, K9 Thunder e K10 ARV acabaram sendo desenvolvidos pelo governo da Coreia do Sul, Turquia e Austrália. E não pense que é uma coisa de século passado. Em 2013, o governo do Azerbaijão começou a negociar com a Samsung para poder comprar modelos do K9 Thunder.

- Continua Depois da Publicidade -

3. Motores de aviões, helicópteros e navios
Assim como helicópteros e aviões, há também produtos como navios. A Samsung estava disposta a fazer um acordo com o governo da Coreia do Sul e cessar as suas necessidades, fabricando turbinas desde 1979. A empresa conseguiu fabricar mais de cinco mil peças. Exemplos de peças são turbinas de gás, como: F404, F110, T700-T701K e LM500.

4. Navios
A Samsung é apenas a segunda maior fabricante do mundo quando o assunto é embarcações desse tipo, nada demais.

5. Edifícios e construções
A Samsung também é construtora em várias partes do mundo, isso através da Samsung C&T Corporation. A prova disso é: o quarto prédio mais alto do mundo, a Petronas Twin Towers, na Malásia e o Taipei 101, em Taiwan, que é o terceiro maior prédio do mundo. Eles foram feitos pela própria Samsung. Além disso, há outros portfólios, em lugares como: Arábia Saudita, Emirados Árabes, e Coreia do Sul.

6. Refinaria de petróleo
Através da Samsung Engineering, é possível construir refinarias de petróleo ou estações de tratamento de água. Desde 1970, há projetos como usinas hidroelétricas e siderúrgicas ao redor do mundo.

7. Agência de publicidade e propaganda
A publicidade não poderia ficar de fora. A Cheil Worldwide, uma agência de publicidade e propaganda, atua em áreas de relações públicas, marketing esportivo e marketing digital. A Cheil é nada mais, nada menos, que a quinta maior agência do mundo, com clientes como New Balance, Coca-Cola, ESPN e AIG.

8. Cartão de crédito e seguro de vida
Sabia? Há mais de dez anos, a Samsung trabalha como operadora de cartão de crédito e de fundos de investimento, isso na Coreia do Sul. A Samsung Electronics é responsável pelos próprios equipamentos eletrônicos que todos conhecem, com uma parceria junto da Samsung Life Insurance, uma outra empresa também responsável pelo mesmo conteúdo.

9. Parque de diversões
Na Coreia do Sul, há um parque de diversão conhecido como Everland Resort. Desde a década de 70, ele é propriedade da Samsung. Além disso, para turistas que querem descansar, a Samsung também consegue oferecer hotéis Shilla.

10. Futebol
Os interessados em futebol com certeza já viram os seus times patrocinados pela Samsung. Um exemplo de clube é o Corinthians. Porém, essa pareceria é mais conhecida com o Chelsea. Porém, ainda que seja na Coreia do Sul, a Suwon Samsung Bluewings conta com o suporte completo da Samsung, sendo a sua maior propriedade.

Algumas curiosidades sobre a Samsung


Que a Samsung é uma das marcas mais conhecidas do mundo, isso todo mundo já sabe. Ela é considerada uma das melhores simplesmente porque oferece os melhores aparelhos e tudo o que o seu público quer. A Samsung é uma marca que quer ser amiga dos seus consumidores e isso é bem raro de acontecer. De acordo com alguns rankings, a Samsung está logo atrás da Coca-Cola, da Amazon, da Microsoft, do Google e da Apple.


Toda marca tem segredos e curiosidades. Separamos algumas que você não conhece – ou já conhecia e vale lembrar – sobre essa marca tão famosa.

  1. Desde 1938, a Samsung acumula mais de 400 mil funcionários em suas empresas espalhadas ao redor do mundo – são mais de 80 países.
  2. Essa empresa enorme começou com importações de alimentos, ao contrário de muitas empresas que já começaram investindo em tecnologias. O fundador da Samsung, Lee Byung-chull, conseguiu criar a própria empresa com a ajuda da família. A contribuição foi de mais ou menos 5 milhões de dólares.
  3. Foi apenas em 1969 que a Samsung começou a trabalhar com eletrônicos. Antes disso, ela se envolveu com construção, fabricações e refinarias de açúcar.
  4. Hoje em dia, a Samsung é famosa e conhecida por criar eletrônicos muito bons, mas até 1970, ninguém levou muita fé nessa ideia. Depois desse ano, ela foi reconhecida, quando vendeu dez milhões de aparelhos de TV, isso apenas na Coreia do Sul.
  5. De 1992 até 2000, a Samsung teve a sua própria linha de carros. Havia até carros elétricos. Porém, a Veículos Comerciais da Samsung acabou falindo quando em 1997, a crise financeira tomou conta de toda a Ásia.
  6. A Samsung possuiu três logos ao longo dos 80 anos de história. Ela mudou no fim dos anos 60, de novo na década de 80, e só firmou com uma logo em 1993, a que é usada até hoje.
  7. A Samsung e o Google tiveram uma parceria, mas em 2005, a Samsung quase comprou o Android, que só não aconteceu porque foi o Google quem conseguiu ficar com ele.
  8. Como todo produto, é preciso fazer testes para conferir se está tudo certo. A Samsung conseguiu devolver um tipo de “rabo robótico” para ter certeza que os smartphones criados resistiriam aos bolsos traseiros das roupas.
  9. Em 2003, a Samsung produziu o Samsung SPH-N270, um celular que foi inspirado no filme Matrix: Reloaded. O negócio não surpreendeu muito, na verdade, foi produzido mais como uma jogada de marketing para promover o filme.
  10. Quando o 3G começou a ser conhecido, sua chamada foi feia no topo do Monte Everest, isso em 2011, e o celular usado foi um Samsung Galaxy SII.
  11. Muito importante saber. Em 2012, o governo da Coreia do Sul organizou uma campanha junto com a Samsung para reduzir o número de suicídios. A Samsung, como sempre, foi uma marca amiga e espalhou sinais luminosos com mensagens positivas de anti-suicídio. Depois que essa campanha aconteceu, a taxa de suicídio caiu 77%.

Galaxy S21: Você sabe escolher o celular perfeito?

Sabemos que não é fácil escolher o smartphone ideal. São tantos modelos, tantas marcas, tantas opções de escolha. É difícil escolher o celular ideal como no caso do Galaxy S21, aquele que é a nossa cara. No entanto, todo esse mar de escolhas não é uma coisa ruim. Por um lado, fica fácil de escolher um, porque sempre vai ter um aparelho feito especialmente para você.

Tela, câmera, bateria, espaço, tudo isso é importante saber antes de escolher e comprar um smartphone. Não se pode esquecer também que precisa ter um preço acessível. Existe aqueles com telas enormes para ver filmes, séries, novelas, e tem aqueles mais simples, mais prático, e ainda com qualidade. Às vezes, mesmo o celular menor, pode ser o melhor, com um processador bom para passar o dia na internet, por exemplo.

Você precisa escolher o celular que seja a sua cara, que ofereça o que você necessita, que seja veloz e fácil de mexer. A memória RAM também é uma das coisas mais necessárias de saber, porque é ela quem vai ser capaz de armazenar todos os seus arquivos. O aconselhável hoje em dia, é comprar um smartphone com no mínimo 2 GB de memória.

Cada celular tem exatamente o que você quer. Quem gosta de tirar fotos, por exemplo, um bom aparelho seria o Galaxy A8 ou o A8+.

A câmera de selfie é dupla e têm 16 MP e 8 MP, além disso, traz um ótimo recurso de embelezamento para quem não gosta de nenhuma imperfeição no rosto. Há também o iPhone X, com duas câmeras traseiras de 12 MP e função de Retrato, sendo capaz de ajustar a iluminação da câmera caso a foto seja tirada no escuro.

Ninguém gosta de celular lento e que trava, certo? Uma dica: é tranquilo comprar um smartphone com 16 GB de memória.

Assim, dá para baixar os aplicativos da sua escolha e aqueles que todos usam, desse jeito, você fica por dentro de tudo. Boas escolhas são: o LG K8 e o Moto E5 Plus. Para quem quer algo mais potente, quem gosta de guardar muitos arquivos, fotos, documentos, vídeos, etc., vale a pena comprar um smartphone com 32 GB, e esse não é o maior número.

Existe celular com até 256 GB, como o Iphone 8 Plus, além do mais, você pode acrescentar cartão de memória no smartphone para aumentar o espaço e ficar tranquilo, continuando a baixar todos os aplicativos e arquivos que você quiser.

Uma curiosidade: nos aparelhos da Apple não é possível aumentar o espaço, então, quem quer comprar esse tipo de smartphone, precisa escolher um com exatamente a memória que quer e necessita.

Há aquelas pessoas que usam muito o celular, né? Tipo, todo dia, e geralmente uma bateria de 3000 mAh é o suficiente para não precisar colocá-lo na tomada. O aparelho ideal para isso é o Moto E5 Plus.

Ele oferece uma bateria de 5000 mAh, e dá para ficar no máximo dois dias sem descarregar totalmente. Tem também impressão digital e uma tela bem grande. O Android é aquele que todos já testaram e aprovam. Com ele, é possível mudar o celular, baixar aplicativos, desinstalar, testar. Aparelhos como LG, da Motorola, da Samsung, são os ideais.

Não é difícil escolher um smartphone, isso você já percebeu. Basta saber exatamente o que você quer, o que você necessita, o que o celular oferece, as vantagens, as desvantagens, os recursos. É preciso procurar e pesquisar bastante para não se arrepender mais tarde. Ficar de olho em preços e concorrentes é também importante.

Por exemplo, a Galaxy é sim um dos melhores aparelhos, mas às vezes, os seus concorrentes, como iPhone 12 Pro Max ou o Motorola Edge+ ou o Xiaomi Mi 10T Pro podem ser melhores. Oferecendo um melhor preço, recursos melhores, mais garantia, e até um design melhor. Nem todo celular recém-nascido é o melhor smartphone, por isso, não se incomode em comprar um mais em conta, que não seja tão moderno – até porque, provavelmente, um fora de linha pode até estar com um preço mais acessível.

São muitos detalhes que você precisa ficar de olho, porque comprar algum produto nunca é fácil, principalmente um celular, um produto que fica com você durante três ou quatro anos – ou mais.

Não esqueça de ser sincero com você mesmo: você precisa mesmo de um novo smartphone ou só está de olho em modelos novos?

É preciso se perguntar se você está precisando de um celular novo, qual o problema do seu atual, a versão dele, se quer mudar de plataforma, não pagar caro para algo que você não goste só porque é um bom lançamento, ler com atenção a ficha técnica e não comprar um smartphone ruim, experimentar o celular pessoalmente.

Veja se realmente faz sentido trocar de aparelho, escolha uma marca, um modelo atual ou não, pesquise o seu lançamento, verifique se é a prova d’água, arranhões, poeira, converse com quem já usou o aparelho, procure saber se já houve problemas com ele, vá atrás do marketing da empresa.

Tudo isso parece muito, mas é o que você precisa saber antes de adquirir aquele aparelho que vai ficar com você por bastante tempo. Quando você completar tudo da lista, aí sim, você pode comprar um novo – de preferência, um Galaxy S21.

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -