HomeEmpresas & NegóciosPosto de gasolina: tudo que precisa saber para montar o seu

Posto de gasolina: tudo que precisa saber para montar o seu

-

Tabela de Conteúdo Ocultar Índice

Começar um novo negócio do zero e saber exatamente onde e como investir o seu dinheiro nem sempre é um processo fácil. Os empreendedores que buscam iniciar um novo comércio, empresa, etc. precisam ter a mínima segurança do custo-benefício nessa transação, sendo assim, abrir um posto de gasolina tem se mostrado um dos melhores investimentos do Brasil.

A busca e demanda é altíssima, além dos valores extremamente altos que o mercado de combustíveis vem passando nos últimos anos, tornam esse um grande atrativo para investidores, empresários e empreendedores. Portanto, vamos conhecer um pouco mais sobre como ter um posto de gasolina, suas vantagens e como montar um.

Posto de gasolina: como montar um?

Montar um posto de gasolina não é uma tarefa das mais simples, sendo preciso passar por diversos procedimentos e aquisições estruturais antes de iniciar com o funcionamento.

Além disso, é necessário que seja estabelecida uma rede com os distribuidores e também preparar o seu corpo de funcionários. Outros inúmeros fatores também são igualmente importantes, como as licenças necessárias. Assim, vamos mostrar os pontos que você precisa saber para abrir um posto de gasolina no Brasil.

Compreenda o mercado

A demanda para o mercado dos postos de gasolina é excelente e muito amplo, afinal, é possível encontrar um posto de gasolina em qualquer lugar do país, seja no centro ou bairros das grandes cidades, nas entradas e saídas de qualquer cidade e até mesmo em zonas rurais, nos chamados povoados, os postos de gasolina também estão presentes.

- Continua Depois da Publicidade -

Primordialmente isso acontece pela alta demanda do público, os combustíveis são necessários atualmente para o funcionamento da sociedade. Afinal, eles estão em todos os transportes e a sua durabilidade é curta, sendo necessário está sempre abastecendo os veículos. Sejam pessoas de classe alta ou baixa, todos precisam de combustível para se locomover com seus automóveis, o que faz de um posto de gasolina um negócio extremamente rentável.

Além do mais, ao investir nesse negócio as vendas não estão restritas apenas aos combustíveis. Os postos têm comercializado cada vez mais serviços diversos, como óleos, produtos alimentícios e bebidas e muitos outros itens em suas lojas de conveniência.

A quantidade de oportunidades para investir em um posto de gasolina vai muito além disso, a depender da área é possível criar pousadas, lojas para alugar, estacionamentos, restaurantes, lavagem, elétrica e muito mais. Portanto, dependendo da criatividade, localização e espaço disponível para ampliação dos negócios ao redor do seu posto de gasolina irá torná-lo ainda mais lucrativo.

Esses investimentos podem ser um grande diferencial para o sucesso do seu posto, afinal de contas é possível encontrar diversas opções em cada cidade. Deste modo, ter um atendimento de qualidade e conseguir anexar bom preço aos seus combustíveis e aos seus produtos extras, podem ser a chave para o sucesso.

As distribuidoras do seu posto de gasolina são fundamentais

Entender o mercado e desenvolver os melhores contatos com as distribuidoras de combustível é um aspecto fundamental para o seu negócio. Existem duas opções básicas para manter o fornecimento da sua empresa, porém elas são bem distintas e é importante traçar e conhecer bem a estratégia que resolva escolher.

Uma das opções é escolher por ser um posto de gasolina “bandeira branca”, onde o posto não terá uma fornecedora exclusiva, permitindo ao proprietário explorar o mercado e a cada nova demanda buscar os melhores preços, o que pode permitir baixar os preços dos seus combustíveis e por consequência, ganhar ainda mais tráfego no seu posto, conquistando ainda mais clientes.

A segunda opção para o seu fornecimento é se associar a uma bandeira fixa, ou seja, uma marca de vendedora de combustíveis. Assim, a sua compra fica presa a esse fornecedor exclusivamente, por outro lado, a marca pode acabar ajudando na construção e estruturação do posto de gasolina, diminuindo os custos para o empreendedor ou empresário que está iniciando um novo posto. 

O valor para começar um posto é superior aos 600 mil reais, sendo que se espera que o investimento seja recuperado em menos de 2 anos. É evidente que essa estimativa muda drasticamente a depender do tamanho da cidade e do fluxo de clientes. Portanto, ter uma ajuda das empresas de combustíveis na abertura do seu posto de gasolina pode se mostrar uma parceria bem vantajosa.

Posto de gasolina: Localização é um diferencial

- Continua Depois da Publicidade -

A localização é um ponto chave para todos os tipos de comércio, estar bem situado traz uma maior visibilidade, acessibilidade e por tabela uma maior movimentação. Deste modo, focar em em centros urbanos quando possível. Entradas e saídas de cidade também são boas pedidas, o foco é lugares que tenham um alto fluxo de veículos durante o longo do dia. Caso a sua área seja mais deserta ou afastada, compense isso retirando as dificuldades para chegar até o seu posto de gasolina.

Caso esteja preocupado com o nível social do seu posto de gasolina, fique tranquilo. Seja onde for localizado, se ele estiver em pontos com alto fluxo de movimento automotivo a sua vendagem será a mesma do que em algum bairro nobre. Carros, motos e afins estão em todos lugares, isso faz dos postos de combustíveis um empreendimento para qualquer lugar. Além do mais, esses pontos também exigem um menor valor investido na aquisição das áreas para construção do seu posto.

Antes de escolher a área do seu posto de gasolina e começar a construir, lembre-se de procurar a prefeitura de sua cidade. A construção desses lugares dependem do consenso da instituição para poderem atuar, pois algumas áreas são restritas para certos tipos de funcionamento. Portanto, busque sempre começar o seu negócio com tranquilidade e dentro da lei.

Infraestrutura

Posto de Gasolina
Posto de Gasolina

Como vimos anteriormente, quanto maior a sua área para construção e mais variados os serviços fornecidos, maior será o retorno financeiro. Mas focando exclusivamente nas vendas de combustíveis, alguns fatores são importantes.

Um posto de gasolina de porte intermediário vende uma média de 150 a 180 mil litros de combustíveis por ano. Tendo uma área média de 900 metros quadrados nas áreas urbanas e nos pontos de rodovias ou mais afastados dos grandes centros podem chegar até 5.000 metros quadrados de espaço.

Essa área deve contar essencialmente com:

  • Tanques subterrâneos para que os combustíveis sejam guardados;
  • As bombas e filtros para transporte, controle e abastecimento;
  • Compressores de ar e também uma balança de ar;
  • Equipamento de manutenção e limpeza em geral.

Outro ponto importante na infraestrutura é os já mencionados serviços extras. Dentre eles temos atualmente o entretenimento como diferencial dos postos de gasolina. Hoje em dia é cada vez mais comum ver espaços voltados para que o público possa fazer um lanche, comprar uma cerveja ou refrigerante e mesmo passar uma parte do seu dia nos ambientes extras, interagindo com outras pessoas em um bom e velho bate-papo. 

Atenção com as licenças necessárias

- Continua Depois da Publicidade -

Abrir um posto de gasolina não é das tarefas mais fáceis do mundo, a burocracia envolvida em todo processo é enorme, necessitando de várias etapas e ainda muitas outras licenças para liberação do funcionamento de forma legal. 

Assim, vamos conhecer melhor todas as licenças que você vai precisar para fazer com que o seu posto de gasolina seja construído e possa funcionar perfeitamente dentro da legislação vigente, evitando qualquer tipo de problema.

Órgãos que você deve registrar seu posto de gasolina

Para chegar até as licenças de funcionamento, antes é preciso passar por órgãos responsáveis por diferentes etapas do processo de abertura do posto de gasolina. Com os devidos registros realizados fica mais fácil saber exatamente os próximos passos para seguir. 

Portanto, é necessário fazer o registro de forma obrigatória nos órgãos da Junta Comercial, na Receita Federal do Brasil e no Sefaz (Secretaria da Fazenda Estadual), para daí então solicitar as licenças.

Estes órgãos governamentais são responsáveis por guiar os proprietários nos restante dos procedimentos. Sendo responsáveis pela geração do número CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica), realizar a Inscrição Estadual e por fim, também são responsáveis pelo NIRE (Número de Identificação do Registro de Empresas). 

Portanto, procure esses órgãos de forma imediata quando resolver abrir o seu posto. Eles vão te guiar para facilitar todo processo de abertura dentro da legalidade, além de auxiliar no andamento para as instituições que fornecem as licenças necessárias. Vejamos abaixo, quais são elas:

Licença ambiental

Posto de gasolina: Licenças
Posto de gasolina: Licenças

Esta licença é uma das obrigatórias para conseguir fazer a abertura do seu posto de gasolina. Para que essa licença seja emitida para o seu negócio, existem uma série de regras a serem cumpridas, afinal de contas esse tipo de comércio trabalha diretamente com produtos que possuem alto nível de poluição para o meio ambiente.

A licença ambiental é de suma importância para a segurança de todos os envolvidos de forma direta e também indireta. Mantendo contato com o comércio de combustíveis que possa conter um número maior de riscos dentro dentro de algumas situações, por exemplo:

  • Vazamentos, esse tipo de ocorrido pode causar grandes danos devido aos produtos feitos de petróleo e também diversos tipos de combustíveis, pois afetam o ar, subsolo e até mesmo nascentes de rios, o solo e lençóis subterrâneos.
  • Riscos de incêndios ou explosões. Esse é simplesmente o maior risco que um posto de gasolina envolve, principalmente aqueles alocados dentro de grandes centros urbanos.
  • Qualidade de equipamentos duvidosa que possa tornar os vazamentos recorrentes. Sendo necessário que os profissionais envolvidos tenham total controle sobre o seu uso.
  • Sistemas para fazer uma detecção eficiente de possíveis vazamentos, prever esse tipo de ocorrência é fundamental para o bem do meio ambiente.
  • Preparo dos postos de gasolina para controlar as situações que envolvam maiores riscos. Tanto na parte técnica, quanto profissional.

Para obter a licença ambiental é preciso atentar para os detalhes estabelecidos pela lei 6.938/1981. Quem cuida dessa emissão é o Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA), sendo também responsável por todo esse processo de regulamentação que precede a emissão da licença para os postos de gasolina, garantindo de forma total que tudo esteja dentro das regras e da legalidade.

A resolução 273/00 do CONAMA é a responsável pelo regimento que regulamenta as regras do licenciamento desse tipo de funcionamento ou atividade.

Além da licença ambiental, são necessárias ainda outras 3 licenças, vejamos quais são elas:

Licença Prévia: Essa licença é necessária antes mesmo do início da construção, pois ela é a garantia de que houve uma verificação de que o posto de gasolina está adequado para funcionar na área destinada a sua instalação. Essa licença acompanha outros pontos em sua emissão, como o cumprimento de etapas que envolvem a instalação, por isso é preciso que ela seja conseguida antes mesmo de que alguma alteração ou possível crescimento saia do papel.

Licença de Implantação:  Esta licença é emitida apenas após toda verificação do projeto e do local de instalação, sendo necessário atender a uma série de exigências pré-estabelecidas para esse segmento. A Licença de Implantação faz a aprovação e autorização para que o processo de construção do posto de gasolina possa ser iniciado. Importante lembrar que a liberação só irá acontecer se exatamente todos os pontos forem atendidos, caso haja algum problema é possível que o projeto precise passar por adaptações até estar dentro da legalidade.

Licença de Operação: A última licença do processo de funcionamento do posto de gasolina. Ela é responsável por assegurar que todo processo de implantação foi cumprido corretamente, atendendo a todas as diretrizes estabelecidas. Assim, é necessário que ela seja solicitada antes que o posto de gasolina passe a funcionar de forma oficial.

Para obter todas essas licenças, o responsável pelo posto de combustíveis deve fazer um pedido formal para aquisição da licença junto a instituição já citada, após atender a todos esses requisitos e análise da documentação, enfim a licença será emitida.

Licença ANP

A ANP (Agência Nacional de Petróleo) é responsável por emitir uma das licenças necessárias para que todos os postos de combustíveis ou empresas que trabalham com derivados de petróleo possam funcionar de maneira regular.

Importante salientar que caso algum dos responsáveis pelo posto de gasolina que irá ser aberto, possuir alguma pendência com a ANP em um período correspondente aos últimos 5 anos, a licença não será emitida. 

Porém, se tudo estiver nos conformes é preciso fazer o envio de toda documentação exigida pelo ANP, para um cadastro que passará a regulamentar o manuseio desses produtos pelo posto de gasolina. Os documentos exigidos, são:

  • Um alvará emitido pela Prefeitura do seu município;
  • Licença para operação emitida pelo òrgão responsável pelo meio ambiente;
  • Certificado de liberação do Corpo de Bombeiros emitido após vistoria;
  • Para postos flutuantes, é necessário o Certificado Nacional Borda Livre;
  • Se o posto for funcionar no espaço de uma antiga empresa, é preciso dar baixa na mesma.

Além do mais, é preciso preencher um formulário eletrônico, que pode ser encontrado no Sistema de Registros de Documentos de Postos Revendedores, através da internet é possível encontrar e utilizar juntamente o certificado digital.

Alvará do Corpo de Bombeiros

Alvará
Alvará dos Bombeiros

O Corpo de Bombeiros é fundamental para o funcionamento de um posto de gasolina, pois ele realiza uma vistoria no novo local de funcionamento para garantir menores riscos durante as atividades realizadas nesse ambiente, para então emitir a licença de segurança.

Para conseguir essa licença é preciso fazer um agendamento com (PREVFOGO) o Sistema de Gerenciamento Estadual de Vistorias. Então, o próximo passo é comparecer a um quartel dos Bombeiros para uma espécie de treinamento.

O PREVFOGO exige todos os dados relacionados ao novo posto de gasolina (ou qualquer empresa que trabalhe com produtos de risco) para que seja realizado um cadastro junto ao sistema da empresa. Sendo necessário fazer o pagamento de uma taxa única.

Assim, notamos que o processo para iniciar um novo posto de gasolina não é dos mais simples e exige muita burocracia e pode acabar demorando bastante em alguns casos. A alta quantidade de licenças é o fator principal para essa demora, por isso se faz muitas vezes necessário a presença de um especialista no assunto.

Um especialista pode agilizar todos os processos e reconhecer todos os pontos pendentes em documentações e nas licenças específicas, como para postos de gasolina em beiras de estrada, que precisam da liberação do Departamento de Infraestrutura e Transportes.

Mas se depois de toda essa burocracia o seu posto estiver pronto para funcionar, agora é hora de dar o passo seguinte que é tão importante quanto, a contratação dos profissionais que vão trabalhar no seu posto de gasolina.

Monte uma boa equipe para o seu posto de gasolina

A montagem de uma equipe para o posto de gasolina é uma das etapas mais importantes, pois eles são os responsáveis por fazer todo o lugar “andar” de forma harmônica e funcional. 

Eles são uma parte da sua empresa e precisam estar bem organizados, pois nos postos 24 horas existe um rodízio ainda maior de funcionários e é importante que a qualidade do trabalho não baixe durante algum dos turnos.

Portanto, vamos listar abaixo 6 motivos sobre a importância de ter um bom time trabalhando no seu posto de gasolina, afinal, prestar um bom atendimento é uma das maiores exigências por parte dos clientes em qualquer tipo de comércio. Vejamos:

Trabalho
Trabalho em Equipe: Melhor engrenagem

  1. O trabalho em equipe é um trabalho eficiente

Um pilar fundamental da revolução industrial, um alicerce da civilização moderna, foi a divisão do trabalho. E essa é apenas outra maneira de dizer trabalho em equipe.

O trabalho em equipe dos funcionários permite que sua força de trabalho:

  • Divida as tarefas difíceis em outras mais simples e trabalhe em conjunto para concluí-las mais rapidamente;
  • Desenvolva habilidades especializadas, para que a melhor pessoa para cada tarefa possa realizá-la de forma melhor e mais rápida;

Em suma, as equipes tornam o trabalho mais eficiente. Isso pode levar a melhor produtividade , custos reduzidos, maior lucratividade e muitos outros benefícios.

  1. As equipes se auto-monitoram

Quando uma pessoa faz uma tarefa sozinha, ela tem total autonomia – mas se essa pessoa começar a trabalhar de forma lenta ou ineficazmente, quem irá corrigi-la? Ninguém, por isso é necessário que exista uma forma de monitoramento ou com algum gerente presente 24 horas (o que não é recomendável) ou ter uma equipe que tenha comprometimento e busque sempre motivar os outros a manter o trabalho em ordem.

No trabalho em equipe, muitas pessoas são responsáveis ​​pelo mesmo objetivo. Mais significativamente, os colegas de equipe observam e dependem da qualidade do trabalho uns dos outros. Quando o desempenho de um membro da equipe cai, os outros têm o conhecimento e a motivação para ajudá-los a melhorar. Sem a intervenção da gerência, equipes eficazes podem frequentemente regular seu próprio desempenho.

  1. As equipes inovam mais rápido

Para qualquer tarefa ou problema, geralmente existem inúmeras soluções. Quando um funcionário aborda um projeto, ele pode ser capaz de pensar em algumas idéias diferentes com o tempo, porém muitas vezes em meio às correrias do dia a dia esse tempo para buscar soluções pode não existir. 

Mas quando uma equipe trata de um problema em conjunto, o projeto se beneficia de várias perspectivas, somando os conjuntos de habilidades e experiências ao mesmo tempo, afinal de contas a “união faz a força”.

Uma abordagem de equipe pode, portanto, levar a uma inovação ou solução para contratempos de maneira mais rápida e mais profunda.

  1. Os companheiros aprendem uns com os outros

Imagine que você tem uma força de trabalho de 10 funcionários, todos trabalhando de forma individual. Cada um deles irá trabalhar com seus próprios pontos fortes e sofre com suas próprias fraquezas, sem ninguém para ensinar ou aprender.

Agora coloque-os todos no mesmo espaço de trabalho para que colaborem entre si. Trabalhando juntos, eles logo aprendem os pontos fortes um do outro e corrigem os erros um do outro. E o desempenho de todos vai melhorar, beneficiando ainda mais o seu negócio e tornando o ambiente de trabalho mais leve.

  1. O trabalho em equipe pode criar uma competição saudável

Mas o que acontecerá com a mesma equipe de 10 funcionários trabalhando juntos por um ano inteiro? Quando eles aprenderem tudo o que podem uns com os outros? Eles logo começarão a competir (preferencialmente de forma saudável) uns com os outros, para provar sua habilidade e buscar promoções dentro do posto de gasolina ou de conseguir outros incentivos extras, principalmente os financeiros.

Desde que o desafio e as recompensas corretas estejam disponíveis para promover a competição, o desempenho da equipe pode continuar melhorando.

  1. O trabalho em equipe promove fortes relações de trabalho

Finalmente, quando os funcionários trabalham juntos e têm sucesso como uma equipe, eles formam laços que podem se transformar em confiança e amizade. É a natureza humana. E é ótimo para sua organização, uma vez que os funcionários que gostam e confiam uns nos outros têm maior probabilidade de:

  • Se comunicar bem uns com os outros;
  • Apoiam e motivam uns aos outros;
  • Trabalhar cooperativamente;

Não é de se admirar que as organizações de sucesso valorizem tanto o trabalho em equipe. Sabendo disso e vendo todos os pontos positivos de uma equipe bem montada, lembre-se disso e tenha paciência na montagem do seu time. Eles serão essenciais para o crescimento do seu posto de gasolina, então, atenção com suas escolhas.

Posto de gasolina: Estudo de viabilidade

O estudo de viabilidade para abertura de um posto de gasolina não funciona de forma muito diferente dos realizados para abertura de outros tipos de negócios. Sendo preciso analisar todos os processos que englobam o funcionamento de um posto de gasolina. Vejamos alguns dos pontos principais para serem estudados antes de resolver (ou não) abrir um posto de combustível:

  • Características do empreendimento
  • Localização e área de instalação do posto
  • Produtos e serviços extras oferecidos no seu posto de gasolina
  • Plano de marketing e comercialização 
  • Fornecedores
  • Estrutura organizacional
  • Concorrentes
  • Política de gestão.

Esses são alguns dos pontos principais, mas não são todos que devem ser considerados. É de uma importância que faça um estudo detalhado dos Gastos em infraestrutura, despesas mensais, custos das instalações, gasto com funcionários, bens e itens de funcionamento permanente. Atenção com o Planejamento Tributário, Impostos, PIS e Cofins, Declarações e Fluxo de caixa.

Trabalhando todo um estudo detalhado sobre todos esses aspectos de um posto de gasolina desde a sua abertura até o seu funcionamento, será possível fazer uma análise da viabilidade em abrir ou não um posto de gasolina. 

Abrir posto de gasolina: quanto precisa?

Como vimos anteriormente, o custo de um posto de gasolina simples, pode chegar até 600 mil reais iniciais de investimento. Entretanto, a depender do tamanho do posto e das instalações ou serviços extras que pretende oferecer no posto de gasolina, esse valor pode subir para 1,5 milhões de reais.

O valor pode variar dependendo da localização do posto, tamanho da área para instalação, estacionamento e outros serviços, como criação de espaço para lojas de conveniência, bares ou restaurantes. Cada um desses itens pode fazer com que o custo de um posto de gasolina possa flutuar entre os 600 mil e até mais de 1,5 milhões. 

Todos esses valores podem ser medidos com maior exatidão através da realização de um projeto mais detalhado sobre o negócio, assim é mais fácil saber o custo de um posto de gasolina. Vejamos a seguir:

Projeto posto de gasolina

O projeto do posto de gasolina é um compilado de todas as etapas que já mencionamos anteriormente. A escolha da bandeira de uma distribuidora de combustível ou bandeira branca, estudo detalhado da área e o que construir dentro desse espaço, valores da infraestrutura total desde a preparação do solo até os itens permanentes do posto, como as bombas e a estrutura de cobertura do posto. 

Além disso, envolve ainda os custos para obtenção das licenças, quantidade de funcionários e muitos outros. Diversos sites na internet oferecem a possibilidade para realizar o seu projeto de forma mais detalhada. 

Portanto, é importante que você saiba exatamente o que deseja inserir no seu posto de gasolina, desde o tamanho e todos os serviços ofertados e expectativa de investimento e lucro, bem como o período para recuperar o seu investimento inicial total.

Posto de gasolina à venda: onde encontrar?

A quantidade de licenças e processos necessários para abertura de um novo posto de combustível pode acabar desanimando muitos da ideia de fazer esse empreendimento. Assim, uma das possibilidades que acabam aparecendo na cabeça de muitos é a possibilidade de comprar um posto já funcional e investir apenas na melhoria do mesmo.

Encontrar postos de gasolina à venda de forma presencial é algo muito inviável, devido ao alto número desse tipo de comércio e em que a grande maioria não está à venda. Portanto, é preciso recorrer aos métodos online para facilitar essa busca.

Existem alguns sites especializados na venda de postos de gasolina, dois que destacamos aqui são o Posto a Venda e o MA Consultoria e Negócios. O postoavenda.com trabalha na área há mais de 25 anos e é possível encontrar opções de compras em diversos lugares do Brasil. O site é voltado única e exclusivamente para quem busca adquirir um posto de combustível.

Entretanto o MA Consultoria e Negócios é mais amplo, porém possui muitas opções e uma página específica para venda de postos de gasolina dentro do seu site, tudo muito bem detalhado e com opções nos mais diversos lugares do país.

Assim, é preciso avaliar os custos de abrir um posto de combustível novo ou comprar um pronto. É possível encontrar alguns com valores entre 650 mil e 1 milhão de reais, portanto é necessário fazer um levantamento sobre o faturamento desses postos para fazer um comparativo do tempo de recuperação do seu dinheiro e qual das duas opções (criar um novo ou comprar um pronto) vai ser mais efetivo para o seu investimento.

Posto de gasolina: 18 prós e contras

Você pode ser responsável por um negócio lucrativo quando possui um posto de gasolina. Como acontece com qualquer oportunidade como essa, existem vários fatores diferentes que devem ser considerados antes de você decidir abrir um ou comprar um posto já existente. Quando esse negócio é bem administrado, pode gerar um lucro saudável que atinge as metas esperadas para os seus resultados financeiros.

É fundamental encontrar um local de tráfego intenso para que haja um volume significativo de combustível comprado todos os meses. Você também vai querer ter espaço suficiente para uma loja de conveniência no local, para complementar o valor da renda possível naquele local.

Esta oportunidade de negócio também exige muita mão-de-obra. Sua capacidade de operar com lucro depende muito de alguns fatores que muitas vezes estão fora de seu controle. 

É por isso que é importante revisar todos os prós e contras de possuir um posto de gasolina antes de decidir que esta é a maneira certa de investir seus recursos.

Lista das vantagens de possuir um posto de gasolina:

Posto de Gasolina
Posto de Gasolina: Vantagens

1. Um posto de gasolina tem um produto que está sempre em demanda em todas as comunidades.

As pessoas precisam ir e vir do trabalho todos os dias. Eles estão levando seus filhos para treinar futebol e atividades extracurriculares. Somos uma sociedade onde o transporte é uma necessidade essencial. Mesmo quando há uma recessão e os motoristas economizam combustível viajando menos ou usando transporte público, ainda há demanda por combustível. O fato é que a maioria das famílias depende fortemente de um veículo particular para suas necessidades diárias. Enquanto continuarmos dirigindo para cumprir nossas tarefas, sempre haverá a necessidade de postos de gasolina.

2. Postos de gasolina oferecem aos motoristas mais opções hoje

As opções de combustível alternativo estão se tornando uma das inovações mais significativas na indústria automobilística hoje em dia. Veículos 100% elétricos não precisam comprar combustível em posto de gasolina e aos poucos estão chegando aos mercados mundo afora. Alguns podem ver isso como uma desvantagem para investir em um posto de gasolina a longo prazo (gerações), mas é uma oportunidade para criar mudanças neste setor. As pessoas vão precisar de uma maneira de adicionar combustível aos seus veículos de alguma maneira no futuro. Mesmo que seja um recurso de base elétrica, ainda haverá demanda por postos de gasolina. Eles podem não estar oferecendo gasolina no futuro, mas tudo bem. E por fim é preciso levar em conta que estamos muito longe dos veículos elétricos se tornarem “comuns” como os automóveis movidos a combustível.

3. Você pode vender mais do que combustível em um posto de gasolina

Ter um posto de gasolina significa que você tem a oportunidade de vender mais itens para sua comunidade. É por isso que muitas estações criam uma loja de conveniência onde lanches, bebidas e até mesmo bares. Você também pode adicionar uma oficina ao seu local como uma forma de fornecer aos motoristas os serviços mecânicos que eles podem precisar durante a viagem. Mesmo se você comprar este negócio sem a devida estrutura, você ainda pode adicioná-los no futuro com as licenças de construção adequadas.

4. Não requer mão de obra qualificada para o atendimento

A menos que você decida adicionar uma oficina ao seu posto de gasolina, as oportunidades de emprego que estão disponíveis através deste negócio não requerem mão de obra qualificada. Esse benefício torna possível manter seus custos de mão de obra baixos, porque você pode adicionar profissionais que não possuam grandes níveis de formação (como mestres ou doutores), todos os níveis incluindo a gerência podem ter um salário acessível. É possível administrar este negócio sendo um proprietário ausente se você encontrar um gerente de confiança que esteja disposto a assumir suas operações diárias.

5. Você pode dar as cartas no posto de gasolina

Quando você possui um posto de gasolina, é você quem toma todas as decisões sobre como o negócio funciona. Você decide quais serviços sua empresa oferecerá. É sua escolha oferecer horários específicos de funcionamento para a comunidade, podendo decidir se deseja franquear o negócio ou pode tentar operar como uma empresa independente (bandeira branca ou de fornecedor). Essa estrutura permite que você, como proprietário, faça o que acha que é certo para o seu posto baseado no mercado atual. É ainda possível obter produtos competitivos para venda de distribuidores e vendedores locais.

6. Pode haver assistência financeira disponível

Se você decidir comprar um posto de gasolina de um proprietário independente, é possível que o vendedor financie uma parte considerável de sua compra inicial. Esse benefício também é uma vantagem potencial ao optar por trabalhar por meio de franquias, especialmente se você trabalhar com um departamento que seja conveniado a grandes bancos ou financeiras. Embora isso não reduza o custo de capital geral do seu investimento, pode tornar mais fácil ter capital líquido adicional disponível durante os primeiros meses de propriedade.

7. Você pode vender seu negócio quando quiser

Quando você possui um posto de gasolina de forma independente, não há restrições sobre como ou quando você pode vender o negócio. Se você estiver pronto para se aposentar ou buscar uma oportunidade diferente, você pode colocar esse ativo à venda. Essa vantagem também é possível com franquias, embora existam mais restrições em vigor que às vezes podem tornar um desafio encontrar um novo proprietário adequado. Você precisaria garantir que o novo grupo de proprietários tenha o patrimônio líquido e o capital disponível para atender às demandas da marca (distribuidora de combustível ou financiadora) com a qual o seu posto possui vínculo.

8. É possível trabalhar com uma marca conhecida como proprietário de um posto de gasolina

Posto de gasolina Shell
Posto de gasolina Shell

Quando você olha para os postos de gasolina com médio porte funcionando na comunidade, eles estão operando com uma marca conhecida, graças aos contratos de franquia disponíveis neste setor. Empresas como a Shell e Petrobrás trabalham com fornecedores locais para criar uma oportunidade de negócios que pode gerar empregos e lucros imediatamente devido ao reconhecimento da marca pelo consumidor. Embora você deva manter sua empresa com a base nos padrões da empresa fornecedora de combustível, tornar-se franqueado dessas organizações é uma maneira rápida de se tornar um empresário bem sucedido neste setor.

9. Você pode receber seguro contra problemas ambientais

Ao decidir operar um posto de gasolina sob um contrato de franquia, você recebe seguro e proteção contra possíveis problemas ambientais que possam ocorrer no local. Se os inspetores determinarem que há problemas com seu posto de gasolina, é o franqueador (empresa que dá nome e abastece o posto) que se torna responsável por corrigir o problema e limpar o problema. A empresa também é geralmente a responsável pelas atualizações de tanques e cuidados com vazamentos de equipamentos, que às vezes são despesas necessárias para a operação contínua de seu negócio.

Lista das desvantagens de possuir um posto de gasolina:

Posto de Gasolina
Posto de Gasolina: Desvantagens

1. É um negócio que apresenta altos níveis de flutuação

Embora o potencial de lucro seja alto quando você tem um posto de gasolina em seu portfólio de negócios, há muitas flutuações de consumo que ocorrem nesse setor. Sempre haverá necessidade de combustível em algum nível. Porém, quando os preços do gás estão altos, você verá menos consumidores vindo para abastecer e consequentemente, menos uso dos seus serviços extras. Pode haver flutuações diárias com base nos níveis de tráfego, construção de estradas e até mesmo no clima. Quando você adiciona esses fatores às mudanças no preço do combustível que ocorrem, esse negócio pode ser desafiador ao tentar estimar os lucros com exata precisão.

2. Postos de gasolina podem operar até 24 horas por dia

Se você deseja maximizar os lucros potenciais de um posto de gasolina, deve operar o negócio 24 horas por dia, 7 dias por semana. Mesmo que você contrate alguém para estar lá com frequência, haverá momentos em que você deverá estar no local para garantir que tudo esteja funcionando perfeitamente. Isso significa que você está abrindo mão de seu próprio tempo com essa oportunidade de negócio, para garantir que o posto de gasolina continue funcionando em harmonia.

3. Pode haver contratos de combustível que você deve seguir

Quando você opera um posto de gasolina como um fornecedor independente, a maioria dos fornecedores deseja prendê-lo em um contrato de longo prazo para garantir que eles possam permanecer no mercado e você tenha um produto para vender. Essa desvantagem pode tornar difícil de mudar para um novo fornecedor se os preços do seu contrato atual estiverem se tornando impossíveis de gerenciar. Se você decidir franquear o negócio, só poderá comprar gasolina do seu sócio durante a vigência do contrato.

4. As empresas de postos de gasolina com preços acessíveis nem sempre estão nos melhores locais

Se você está procurando por um investimento que não vai quebrar, então abrir um posto de gasolina acessível geralmente é um dos pontos principais. Evitar bairros menos movimentados ou mesmo em uma pequena cidade onde não há muito tráfego disponível. A maioria dos postos de combustíveis que se enquadram nessas categorias devem estar abertos 24 horas por dia como uma forma de compensar o menor fluxo. Importante lembrar que isso não significa que cidades menores não dêem lucro aos postos, elas dão. Apenas, estamos relatando que em comparação com as grandes cidades esse valor cai, então é importante ter um planejamento financeiro do investimento e do lucro esperado para manter tudo equilibrado.

6. Pode ser um negócio perigoso

Trabalhar com gasolina pode ser perigoso devido à sua inflamabilidade e vapores dos produtos utilizados. Postos de gasolina também são alvos frequentes de pessoas que realizam assaltos, por isso é importante ter segurança e seguro. Mesmo que você tenha sistemas de segurança de última geração protegendo e monitorando sua propriedade, há uma excelente chance de que alguém tente lucrar às suas custas de uma forma perigosa. Portanto, é preciso que haja um boa segurança para o posto e seus funcionários, bem como um seguro financeiro para evitar maiores danos. A localização do posto também pode ser outro fator levado em conta para esse aspecto, porém não determinante.

7. Há muita competição no setor de posto de gasolina

A maioria das comunidades com mais de 5.000 habitantes tem vários postos de gasolina para atender às suas necessidades. Saber o que seus concorrentes estão fazendo se tornará um trabalho de tempo integral. Muitas empresas devem tentar igualar ou superar os descontos disponíveis em outros postos para criar uma chance de lucratividade ainda maior, melhorando seus preços. Muitos consumidores baseiam suas decisões em qual local oferece o preço mais baixo, mais do que focam na qualidade, porque o preço do combustível é uma variável para eles. Se você for o lugar mais caro da cidade, provavelmente o seu posto de gasolina é também o menos movimentado da cidade.

8. Seus clientes querem os melhores serviços

Serviços
Serviços

Se você está pensando em um posto de gasolina como uma possível oportunidade de negócio. Portanto, você deve pensar na quantidade de bombas que irá instalar no seu local. As pessoas não gostam de pegar longas filas para conseguir o combustível e a demora para abastecer é considerado um incômodo por muitas pessoas. Se você tiver apenas algumas bombas, isso pode criar longas filas que farão as pessoas procurarem um lugar diferente para comprar sua gasolina.

9. Pode ser desafiador comprar um posto de gasolina pronto

Proprietários de postos de gasolina são notoriamente ruins em manter registros. Embora essa desvantagem seja um estereótipo, pode ser problemático se você estiver tentando determinar o potencial de lucro de um local que esteja pensando em comprar. Você precisará tomar a maioria de suas decisões com base nos fatos e números que seu contador e advogado podem revisar e aprovar para finalizar a transação. Entretanto, se não houver documentação disponível para provar que é lucrativo, você pode procurar uma oportunidade diferente do que correr um risco desnecessário.

Conclusão

Os prós e os contras de possuir um posto de gasolina são semelhantes aos problemas que qualquer pessoa enfrenta quando é o próprio patrão. Você descobrirá que uma localização excelente, instalações bem administradas e disponibilidade de produtos podem ajudar a estabelecer vários fluxos de receita que ajudam a tornar sua empresa lucrativa rapidamente. .

Bem aqui no final do arrtigo, você pode conferir um video feito pelo canal MONTAR UM NEGÓCIO, tudo sobre montar um posto de gasolina

VEJA TAMBÉM: Portal do Empreendedor: cadastre-se gratuitamente

 

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -