HomeEntretenimentoMulan o Filme - Tudo sobre o filme, a lenda e onde...

Mulan o Filme – Tudo sobre o filme, a lenda e onde assistir

Web Stories

Um dos live-actions mais aguardados pelos fãs nos últimos anos, com certeza foi Mulan, uma produção que já era uma das mais queridas da Disney. A animação foi lançada em 1998, com base em um poema chinês, chamado de “A Balada de Mulan”, uma história realmente muito conhecida no país, que mostrou muitos elementos dentro da animação, principalmente com o dragãozinho Mushu e algumas cenas de abertura.

Tudo sobre Mulan o Filme

Assim que foi informado que o Live-action de Mulan seria lançado, o primeiro ponto que se destacou logo de cara, foi de que o filme, não seria um musical como foi a animação da Disney. De acordo com a própria diretora Niki Caro, as músicas da primeira produção ficariam de fora do filme, que teria sim canções que fizeram parte da história, mas não de forma integral, fazendo parte da narrativa, como no desenho original.

Essa declaração da diretora foi dada durante o início do projeto e durante todas as filmagens não se falou mais sobre o assunto. Durante todo o período de produção, várias especulações sobre o longa saíram, os fãs procuraram muito saber como seria recontada a história da heroína até que o filme saiu e matou a curiosidade de todos.

Assim que foi lançado nos cinemas, foi possível ver diversas referências da produção com a animação antiga. E foi possível ver que algumas melodias da animação estão presentes no longa de forma mais sútil, principalmente no momento em que a personagem principal percebe que não se encaixa no papel que esperam dela dentro da sociedade.

Mulan o filme

- Continua Depois da Publicidade -

Além disso, foi possível ver também que alguns personagens se mantiveram na história, principalmente os soldados que fazem parte de boa parte da história e viram amigos de Mulan. No filme Ling (Jimmy Wong), Chien-Po (Doua Moua) e uma grande surpresa ao ver o imperador da China, a quem a personagem salva, sendo interpretado por Jet Li.

Na animação de 1988, a personagem principal era filha única, no Live-action ela tem uma irmã, interpretada por Xana Tang. No filme também, não há a presença de Li Shang, então o comandante Tung entra no lugar, interpretado por Donnie Yen, que será um personagem novo, que auxilia Mulan como seu mentor e professor.

Um ponto importante que foi muito criticado durante os primeiros murmurinhos sobre o Live-Action da Disney, foi a falta do dragão Mushu. Desde o começo já foi dito no projeto que o personagem não faria parte do novo longa e isso entristeceu alguns fãs que gostavam do personagem.

Mushu foi criado para a animação por Roy E. Disney, que o desenvolveu especificamente para ser um guardião da personagem principal durante sua trajetória. Ele não possui qualquer referência tradicional da China, com os dragões de cantiga. Mesmo que o longa tenha como base a animação, é possível ver que várias mudanças foram feitas, para produzir um conteúdo mais realista.

Quem assistiu à animação também e gostava do caso velado entre Mulan e Li Shang, também vai se decepcionar um pouco com a história atual do Live-Action. O comandante não está presente na nova trama, mas no seu lugar, Mulan se apaixona por um outro recruta, que é confiante e ambicioso, chamado de Chen Honghui, interpretado pelo ator Yoson An.

Outra diferença que os fãs da animação da Disney vão notar é a mudança no vilão. No Live-Action, Shan-Yu que é o líder dos Hunos do desenho, não será o responsável por causar a guerra. Nesse caso, a mudança foi feita por uma bruxa poderosa, que é interpretada por Gong Li, e junto dela Khan, que é interpretado pelo ator Jason Scott Lee, interpreta um guerreiro que está em busca de vingança pela morte de seu pai.

Toda a fotografia do Live-action é incrível, as filmagens foram feitas de uma forma para não fazer ninguém perder nenhuma cena. As quase 2 horas de filme são compensadas por cenas magníficas de paisagens da China, esteticamente muito bonitas e coloridas, uma ótima observação aliás, para a diretora Niki Caro.

Embora tenha sido um filme muito aguardado, a crítica evidenciou algumas falhas, mas isso fica muito a cargos técnicos, coisas que nem todo mundo que assiste vai notar, principalmente no que diz respeito a atuações e algumas cenas de luta.

- Continua Depois da Publicidade -

Leia também: Disney: Saiba onde assistir os melhores filmes

A lenda de Mulan

Com relação a tudo que diz respeito sobre a lenda e a história ou cultura Chinesa o filme deixou um pouco a desejar. Existem várias incoerências com relação a própria lenda de Mulan e no longa é possível ver várias cenas de luta que são exageradas para efeito cinematográfico propositalmente.

Em alguns pontos as lutas acabam se tornando o principal da história, deixando para traz muitos conteúdos e histórias que poderiam ser contadas. Para quem conhece ou entende da cultura chinesa, deve ter reparado nisso, e como a jornada da heroína ficou mais por cima.

A Disney se esforçou muito para agradar ao público chinês, mas é possível ver que alguns pontos precisavam levar em consideração a comercialização da história, do que apenas o conto chinês de onde deriva a história da personagem.

A Lenda de Mulan não foi reproduzida ou contada fielmente pela Disney, nem na produção de 88 e nem no Live-action. Na primeira história, mostra a vida de uma jovem que para proteger seu pai, se alista no exército chinês escondida, como se fosse homem, para enfrentar os terríveis Hunos que invadiram a China.

Nessa nova versão, a história já mudou um pouco, e boa parte do elenco tem algumas preocupações sobre essa diferença da história original, mas o que falta em semelhante da animação da Disney, sobra com a obra original que é a responsável e a inspiração da criação do Live-action.

mulan o filme

Fa Mulan, possui um poema sobre os relatos de Hua Mulan, que conta a história de uma guerreira que se disfarça de homem para enfrentar a guerra. No poema chinês, a história é datada do século VI d.C. e leva o nome de “A Balada de Mulan”.

- Continua Depois da Publicidade -

Na versão clássica, a existência da personagem nunca foi provada, mas há relatos que dizem eu ela teria vivido entre os séculos IV e V d.C. e ao decorrer dos anos teve diversos efeitos elencados com a história do poema e o que mudou de tanto ser contato.

De acordo com a lenda, os séculos renderam uma boa parte de toda a história original, que foi se perdendo, o que se tem conhecimento do que se aproxima mais da realidade mais conhecida. Originalmente, a história foi escrita entre os séculos XI e XII, mas também é possível encontrar uma outra versão que foi escrita na dinastia Ming e uma peça de teatro do chinês Xu Wei, no século XVI.

A história que ficou mais conhecida e é responsável por inspirar todas as outras, inclusive as obras da Disney, é a versão que fala sobre a personagem como uma verdadeira heroína chinesa. Na versão original é contado todos os seus feitos de forma corajosa e como salvou a nobreza tendo o coração tão puro.

No poema da Lenda de Mulan, conta exatamente a mesma história que vemos na animação da Disney, de quando ela sai escondida de casa e se veste de homem para entrar no exército e ir à guerra. Quando volta como vitoriosa, consegue provar seu valor dentro do campo de batalha, e então é recebida por sua família e tudo termina bem. Bem parecido com a animação de 88.

Segundo o poema original da história de Mulan, ela fica cerca de 10 anos fora de casa, lutando na guerra e tendo que passar por diversas provações. Outra diferença entre a lenda e o desenho, é que na escrita, as pessoas só descobrem o seu segredo depois que ela volta para casa e tira o disfarce de homem. No caso do poema, ela não sofre qualquer tipo de preconceito, já que por todos os seus feitos, as pessoas a reconhecem como igual.

Durante a batalha final, em uma das versões da lenda, a personagem é seguida pelos demais companheiros de exército e assim como todos haviam lutado ao seu lado, todos acreditavam em sua destreza dentro de combate, principalmente por já terem estado ao seu lado em inúmeros confrontos e ocasiões.

Com relação a par romântico, existe uma versão que fala de um soldado chamado de Jin Yong, com quem Mulan se casa. Esse personagem na versão de 88, é como se fosse o general Shang da Disney.

Em uma das versões mais tristes sobre a lenda de Mulan, depois de passar por tudo o que foi preciso para se tornar uma heroína, quando ela volta para sua casa, descobre que seu pai morreu enquanto ela estava em batalha. Com tamanho revolta e tristeza, a personagem tira sua própria vida.

O vilão do desenho animado, Shan you, não existe na lenda de Mulan, ou até mesmo o Mushu, que servia como um guardião para acompanhar a personagem durante sua jornada. A Disney aproveitou um ponto em comum com a história verdadeira, que é sobre a recusa da recompensa que é ofertada a jovem pelo imperador, por tudo que ela faz para proteger o país.

Tanto na história quanto no desenho, Mulan recusa a recompensa e diz que tudo que deseja é voltar para a casa e encontrar sua família novamente. Isso prova um desejo altruísta, um coração puro e muitas qualidades morais da personagem para com seu pai e família, como a frase de “trazer honra a todos”.

A honra é algo muito ressaltado ao longo da animação da Disney e também da Lenda de Mulan, ela faz parte das principais qualidades morais da personagem e um de seus desenhos mais verdadeiros.

Na China, a lenda de Mulan é muito conhecida por fazer parte do folclore do país. Existem até estátuas como homenagens a lenda que ganha tributos de fãs da história todos os anos.

Uma curiosidade que muitas pessoas não sabem, é que o Live-action da Disney, que teve como base a animação de 1988, não é a primeira obra que conta a história de Mulan com atores. Em 2009, a China produziu um longa sobre a história, chamado de “Mulan: Rise of a Warrior” que conseguiu trazer para as telonas uma versão muito mais adulta, série e realista sobre a lenda da personagem.

A história da guerreira criada pela China, mostra nas telas uma heroína com mais fibra que passa por vários apuros enfrentando os horrores de uma guerra que dura muito tempo. E o longa chinês consegue entregar uma história muito mais realista da jovem mulher, que salvou a China.

Se Mulan existiu mesmo ou não, ninguém sabe. Mas a história de sua coragem se espalhou pelo mundo, principalmente com os longas que foram lançados. A história inspira chineses há muitos anos, o exemplo de sua história é mostrado para diversas pessoas que julgam principalmente as mulheres por falta de capacidade ou qualquer outra característica que a impeça de algo.

No que se tem escrito na lenda de Mulan, uma jovem de apenas 16 anos, no século V, foi capaz de remontar o seu destino e lutar pela própria vida mudando toda a história de uma nação.

Leia também: Disney Plus: Confira recomendações

A Lenda de Mulan

Onde assistir Mulan o Filme?

O novo Live-action de Mulan pode ser assistido pelo Disney Plus e está disponível para todos os assinantes. Além do novo filme a versão animada de 1988 também está disponível no streaming.

Na versão mais antiga que é possível ser assistida também pelo Disney Plus, é fácil conhecer Mulan e todos os demais personagens da versão criada com base na Lenda chinesa, mas com toques mais leves, mas ainda assim, é uma ótima versão para ser vista em família.

Os planos de assinatura podem ser feitos pelo site, com valores que ficam em R$ 27,90 por mês ou R$ 279,90 por ano. Além dos planos tradicionais, o streaming também oferece o Premier Access para assistir produções em estreia e lançamentos. Os filmes podem ser vistos pelo Disney Plus, pagando o valor de R$ 69,90 para assistir quantas vezes quiser.

As produções também podem ser vistas de qualquer lugar, tanto pela smart TV, há e da para assistir o filme dublado e legendado, pelo computador, por smartphones, tablets e também em videogames, sempre que desejar.

Leia também: Princesas da Disney: Nomes de todas as princesas

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -