HomeRedes SociaisHackear Instagram: Conheça como os ataques são feitos e como se proteger

Hackear Instagram: Conheça como os ataques são feitos e como se proteger

-

Hackear Instagram está se tornando algo cada vez mais comum com o passar do tempo. Por isso, é preciso sempre se manter alerta, e tomar os devidos cuidados para evitar as ações dos criminosos.

Felizmente, tomando as atitudes corretas, é possível utilizar a rede social de forma segura. E, mesmo quando o ataque for bem sucedido, também há a possibilidade de recuperar a conta novamente.

Dada a importância desse tema, nesse artigo iremos mostrar como esses ataques são feitos, e também algumas formas de se proteger dos ataques.

Instagram hackeado: o que fazer?

Canal:RapidTutors

- Continua Depois da Publicidade -

O ato de alguém hackear Instagram é algo que realmente pode causar muitos problemas para o usuário. No entanto, pode-se reverter essa situação, desde que se tome uma atitude rapidamente.

Felizmente, há algumas soluções bem práticas, que podem reverter essa situação de uma forma segura. De uma forma geral, a própria rede social auxilia bastante nesse momento, e sempre que um novo login é feito em outro dispositivo, ela envia um sinal de alerta.

Assim, uma das soluções encontradas é justamente seguir as instruções da própria rede, que irá dar todos os passos necessários para recuperar a conta hackeada. Mas, além dessa, pode-se seguir ainda outras soluções. Então, vejamos melhor cada uma delas!

Informar que esqueceu a senha da conta

Uma alternativa interessante de recuperar o Instagram hackeado é buscando redefinir a senha da conta. Para isso, basta tentar um acesso normalmente, mas em vez de colocar a senha, é preciso informar que ela foi esquecida, clicando no botão “esqueceu a senha?”.

É importante levar em consideração para essa solução, a necessidade de sempre manter os dados da própria conta atualizados. Afinal, aqui será necessário redefinir a senha, e para isso uma mensagem será enviada para o e-mail do usuário, e por lá é possível realizar essa redefinição e recuperá-lo, mesmo após alguém hackear Instagram.

Acessar o e-mail da conta do Instagram hackeado

Como mencionado, após ter o Instagram hackeado, a própria rede social irá emitir enviar uma mensagem para o e-mail cadastrado na conta do usuário. Por isso, a primeira coisa que deve-se fazer, é justamente acessar o e-mail da conta e clicar sobre a mensagem de alerta.

Nela, informa que um novo login foi feito em outro dispositivo, e caso não seja a própria pessoa que o tenha feito, é necessário  tomar algumas medidas. Assim, basta seguir as instruções da mensagem, e recuperar a conta após se hackear Instagram.

Aqui entra novamente a importância de manter os dados de acesso sempre atualizados. Afinal, o endereço de e-mail, e o número de telefone também, são elementos importantes, que mostram sua importância justamente nesses momentos mais difíceis.

Buscar o suporte técnico da rede social

- Continua Depois da Publicidade -

Essa é uma alternativa mais complicada, mas que também é bastante útil para solucionar esse problema. As soluções apresentadas anteriormente, muito provavelmente, já terão surtido o efeito desejado, mas caso isso não tenha acontecido, é possível buscar um suporte técnico  do Instagram.

Para isso, na própria página de acesso, basta informar que precisa de ajuda, e que não está conseguindo acessar a conta. Desse modo, é preciso preencher um formulário com detalhes do que realmente aconteceu. Assim, o próprio Instagram dará o apoio necessário nesse momento, fornecendo todas as instruções a se seguir.

Hackear Instagram: como os ataques são feitos ?

hackear instagram
Créditos:sistemasrapidos.com.br

O ato de hackear Instagram vem se tornando cada vez mais comum com o passar do tempo. E as formas como esses ataques acontecem são bastante diversificados. Tudo vai depender bastante da própria pessoa que está hackeando essa conta, e de quais são os seus objetivos.

Isso porque as invasões podem partir de grupos maiores, mais arquitetados, que utilizam sistemas de invasão mais complexos. Ou então, podem ser invasões menos arquitetadas, por assim dizer, que vão depender de vacilos que o usuário der.

Uma forma bastante comum, por exemplo, é através de links que outros usuários enviam nas mensagens dentro da própria rede social. Dessa forma, ao clicar no link, o hacker consegue ter acesso aos dados da rede.

O hackeamento através do e-mail, onde o próprio e-mail de acesso é invadido, abrindo o caminho para a rede social, também é bastante comum.

No entanto, também é possível hackear Instagram simplesmente através de métodos mais simples, como quando o usuário deixa a senha salva em um dispositivo, e outra pessoa consegue acessar a conta livremente.

Hackear Instagram: 4 formas de se proteger

Mesmo com esses ataques, é possível manter a segurança ao acessar a rede social. Tomando os devidos cuidados, evita-se bastante essas ações, impossibilitando que alguém tenha acesso a conta. Com isso, essas são 4 formas de se proteger dos hackers:

Nunca clicar em links suspeitos

- Continua Depois da Publicidade -

Caso uma conversa seja iniciada com alguém desconhecido dentro do Instagram, é sempre preciso se manter em alerta. Nesse caso, para evitar de alguém hackear Instagram, é preciso evitar os links.

Não sair clicando em qualquer link enviado é uma forma eficiente de se manter protegido. Isso porque, muitas invasões ocorrem através desses envios, onde ao clicar o usuário acaba dando acesso a sua conta. 

Criar uma senha difícil

Uma forma realmente interessante de se proteger para ninguém hackear Instagram é simplesmente criando uma senha bastante difícil. Essa é uma regra básica, mas que vale muito a pena se seguir.

Senha simples, como data de nascimento, nome da pessoa, números sequenciais ou repetidos, por exemplo, são opções muito simples. Por isso, é importante criar uma senha totalmente do zero, alternando letras maiúsculas, minúsculas, números, símbolos, etc.

Utilizar um endereço de e-mail seguro

O endereço de e-mail tem um papel importante nesse processo de hackear Instagram. Isso porque ao se ter acesso ao e-mail, é possível também chegar às redes sociais cadastradas nele.

Além do mais, a própria recuperação da conta hackeada também vai depender bastante do e-mail utilizado no cadastro. Desse modo, utilizar um e-mail seguro, com uma senha também difícil, é uma forma importante de evitar essas ações hackers.

Nunca salvar a senha nos dispositivos de terceiros

Uma opção bem útil para quem utiliza essa rede social é sempre manter sua senha salva no aplicativo. Realmente essa é uma ação bastante prática, que evita a necessidade de realizar um login toda vez que alguém quiser entrar no Instagram.

No entanto, isso deve-se limitar apenas aos dispositivos de uso pessoal. Qualquer outro dispositivo de terceiros, ou que sejam mais compartilhados, como através do Instagram Web, deve-se evitar deixar essa senha salva.

Afinal, esse é um método bastante simples de hackear Instagram, já que o acesso estará liberado para qualquer um que utilizar o dispositivo.

Leia também: Como ganhar seguidores e curtidas no Instagram: Comprar para conseguir crescer?

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -