HomeSaúdeFimose Feminina: Fotos e como saber se tenho fimose feminina

Fimose Feminina: Fotos e como saber se tenho fimose feminina

Web Stories

Apesar de ser menos comum que a masculina, a fimose feminina se caracteriza quando há uma aderência dos lábios vaginais sobre a parte da entrada vaginal. E, como sequência, a mulher pode vir a ser prejudicada durante o ato devido ao fato de que há maior atrito ao mesmo tempo em que se pode sentir mais dor e sangramentos. Assim como acontece com os homens, é comum que as mulheres sintam dificuldades em limpar a região e até mesmo tenham problemas com a auto estima. 

Os impactos acabam caindo diretamente na vida sexual como dores e falta de auto estima.  Mas não se trata somente disso, visto que se pode ter mais dificuldade para limpar a higienizar a regulação, fazendo com que haja um aumento de mau cheiro e odores que sejam desagradáveis. 

Neste artigo, preparamos um guia completo para mostrar se existe algum tipo de cirurgia para fimose feminina e até mesmo quais são os valores que estão sendo cobrados atualmente no Brasil. Outro ponto que iremos abordar no artigo é sobre os sintomas e até mesmo as dicas de como se recuperar mais rápido depois da operação.  Portanto, se quiser um guia completo, basta que você continue a leitura aqui conosco. 

O que causa a fimose feminina? 

fimose feminina bebê

Muitos pais acabam não sabendo disso, no entanto, as mulheres podem desenvolver esse tipo de problema  ainda durante a idade inferior a 3 anos. Isso acontece porque a criança pode ficar muito tempo durante o dia com urina e  fezes da fralda, e isso pode impactar diretamente na produção de homens femininos ou pode fazer com que o corpo feche  a região apenas com uma proteção contra as bactérias. 

- Continua Depois da Publicidade -

Outro aspecto que pode causar a fimose feminina é em relação a alguns tipos de doenças que podem estar sobre a pele, como é o caso de líquen plano e o líquen escleroso (dados pertencentes ao Tua saúde). 

Como saber se tenho fimose feminina?

Canal: Dra. Lorena Carramaschi

Para saber se tem fimose feminina, é importante que você se sente de frente com um espelho e analise os lábios vaginais. Se eles estiverem colados na parte em que o xixi deveria estar saindo ou até mesmo na entrada do pênis para as relações sexuais, pode ser que esteja sofrendo com isso. 

Em casos  que sejam mais sérios, pode ter impactos diretos no orgasmo devido ao fato de que os lábios podem colar na parte do clitóris e, como consequência, se tem a anorgasmia. 

A anorgasmia, dificuldade em conseguir orgasmos, faz com que as mulheres se sintam desanimada para ter relações sexuais e até mesmo com isso dentro de um relacionamento afetivo.  Por isso, se está com uma mulher que sofre com isso, ter compreensão e entender que é um problema sério, pode ser uma forma de começar a melhorar a situação. O mais indicado é pedir para que ela vá ao médico porque isso conta com cura. 

Como efeito o tratamento e que pomada usar?

fimose feminino
Créditos: uol.com.br

O Postec é uma das melhores pomadas para a fimose feminina  devido ao fato de que conta com substâncias  que permitem com que a região fique mais relaxada e se sinta menos dores no tempo em que for ter relações sexuais e até mesmo a masturbação.  

Quando é necessário fazer a cirurgia? 

De acordo com os especialistas, é mais indicado fazer a cirurgia somente quando todas as partes da vagina estiverem coladas e isso estiver impedindo até mesmo a paciente de fazer a urina. No entanto, isso não impede que as mulheres que sofrem apenas com a  fimose em uma área vaginal também tenham acesso ao procedimento. 

- Continua Depois da Publicidade -

O valor que deverá ser pago pode variar de acordo com cada região do Brasil e até mesmo com a autoridade dos médicos que estão trabalhando no hospital. No entanto, a média está por volta de R$ 5 mil. 

Ter convênios de saúde também podem fazer com que você tenha acesso a descontos e, assim sendo, tem-se planos e valores mais em conta para o seu bolso. 

Recupere-se mais rápido da cirurgia com 3 dicas simples 

fimose feminina causas
Créditos: mundodastribos.com

O que fazer para se recuperar de forma mais rápida depois da cirurgia de fimose feminina? Bem, existem algumas dicas que o Flame Content separou algumas dicas que podem te ajudar no seu dia a dia.

Realizar sempre uma limpeza completa 

Limpeza completa não se trata apenas da parte da vagina como também do ânus. Neste caso, deve-se usar um sabonete líquido que seja neutro e destinado para a região. Deste modo, garante-se que não haverá nenhuma proliferação de bactérias que podem, posteriormente, causar problemas como a candidíase. 

Outra dica para garantir que haverá uma recuperação mais rápida da cirurgia é usar sempre calcinhas que estejam limpas e  por até 12 horas.

Evite também, fazer o uso de absorventes sem que esteja no período menstrual porque isso pode fazer com que  haja maior quantidade de suor e até mesmo alergias que também impactam no pH. 

Calcinha de algodão 

Algumas mulheres possuem o costume de usar calcinhas de renda e até mesmo sintéticas. No entanto, isso pode ser prejudicial para a saúde do local e o indicado é que se use sempre calcinhas de algodão. E, para deixar a região respirar  por mais tempo deve-se dormir sempre sem calcinha. 

Também, se deve tomar alguns cuidados em relação a como está sendo a lavagem das calcinhas. Para evitar que haja o aparecimento de fungos e bactérias patológicas, ainda existe a alternativa de você usar o vinagre durante a lavagem. 

- Continua Depois da Publicidade -

Diluir o Omo ou qualquer outro sabão em pó que esteja usando também é uma forma de garantir que não terá impactos de produtos sintéticos e químicos na região.

Por fim, também, é importante que evite lavar a calcinha ainda dentro do espaço do chuveiro. O banheiro é um espaço mais úmido e deixar as peças secando na região pode fazer com que haja a proliferação de bactérias ao mesmo tempo em que se está usando uma peça que não passou por todas as etapas de lavagem que são indicadas como um molho longo e até mesmo o enxágue duas vezes. 

Deixar a calcinha sobre o sol após a lavagem ou secar na secadora é uma forma de garantir que ela não vai ficar muito tempo molhada e, como consequência causar  impactos diretos sobre a saúde da região. 

Se for criança, evita que toque no local 

Se for uma criança que fez a cirurgia, é importante que se faça com que ela não toque no local. Isso porque é com que ela sinta algum tipo de coceira ou dor  e tente colocar a mão para evitar o desconforto. No entanto, explique a ela que quanto mais colocar a mão, mas tende a doer e que precisa tomar alguns cuidados por algumas semanas para que consiga se recuperar de forma realmente saudável. 

Leia também: Fimose: o que é, tipos e fotos antes e depois da cirurgia de fimose

Quais as consequências de não fazer uma cirurgia?

fimose feminina fotos
Créditos: novamulher.com

 

Muitos médicos alertam para os impactos de quem não faz a cirurgia e continua vivendo com esse tipo de anomalia na região. Neste caso, o Flame Content separou algumas delas que podem estar presentes no dia a dia de mulheres que estão tendo problemas com a fimose feminina. 

Dificuldade em urinar

Um dos primeiros pontos que são observados desde que a menina é pequena, é sobre a dificuldade que ela terá ao urinar, tanto por dores quanto pelo fato dela se sujar mais do que deveria durante esse processo. 

Dor ao ter relações sexuais

Na vida adulta, os impactos acabam caindo justamente sobre as práticas sexuais devido ao fato de que o local está mais fechado e nem sempre permite a entrada de um pênis ou até mesmo os dedos para a masturbação.  Como consequência, a mulher pode começar a se afastar da sua vida sexual e parar de sentir libido.

Isso impacta diretamente nos relacionamentos devido ao fato de que a maior parte das pessoas não está disposta a viver com alguém que não tem interesse em práticas sexuais. 

Outro aspecto é que não apenas impacta o casamento e a união entre duas ou mais pessoas como também, faz com que a mulher tenha abalos diretos na auto estima, sinta que ela não é aceita dentro do meio em que está vivendo. E isso impacta justamente no aparecimento da ansiedade e das crises diárias, que afetam também, na produtividade escolar e acadêmica como também em relação ao trabalho.

Dificuldade em fazer a limpeza no local

como saber se tenho fimose feminina
Créditos: facebook.com

Devido ao fato de que a pele da região acaba sendo mais fechada e grudada uma na outra, faz com que a menina ou mulher tenha mais dificuldade em limpar a região corretamente. Isso ocasiona no aparecimento de cheiros e até alterações na flora bacteriana vaginal – que faz com que algumas bactérias se multipliquem com mais frequência e tenha maiores riscos de desenvolver a candidíase. 

A candidíase conta com sintomas bastante semelhantes na maioria das pacientes, como é o caso de um corrimento branco e grosso, dor ao urinar, coceira na região e cheiro diferenciado nas partes íntimas. A doença pode ser tratada em menos de um mês com o uso de medicamentos indicados por médicos e pomadas. Em casos mais graves, em que se está mais avançada, é comum que se sintam sintomas como  sangramentos e febre. 

Cheiro desagradável

O cheiro desagradável surge quando não se consegue fazer a limpa no local e pode fazer com que a mulher  se sinta mais constrangida ao estar em locais fechados. 

Uma dica para tentar limpar a região é usar os dedos e um sabonete que tenha o pH neutro ao mesmo tempo em que ele deve ser indicado somente para a limpeza vaginal. 

Caso não consiga limpar entre os lábios, ainda existe a alternativa de ter sempre um lenço umedecido e sua bolsa para que use sempre em que for ao banheiro  para garantir que não terá nenhum tipo de problema com aparecimento de odor durante o tempo em que está trabalhando ou estudando – ou seja, longe de casa, na maior parte das vezes. 

Falta de auto estima 

O cheiro, dificuldade em ter relações sexuais e até mesmo a candidíase, fazem com que a mulher tenha problemas diretos na sua auto estima e, como consequência, tenha o surgimento de ansiedade e  depressão. Neste caso, é comum até mesmo que os relacionamentos começam a ser prejudicados. 

Fimose feminina existe? 

existe fimose feminina
Créditos: meudodoi.wordpress.com

Então, respondendo a uma pergunta bastante comum que é feita tanto entre homens quanto em mulheres,  sim! A fimose feminina realmente existe e pode trazer impactos diretos para a vida feminina. Ela  surge com a falta de hormônios e até mesmo a falta de limpeza do local quando a menina ainda era criança (pelos pais). 

Em suma, os impactos da fimose feminina são os mais variados, desde o fato de que pode causar dores na região e dificuldade  ao urinar até mesmo em relação a dificuldade para limpar a vagina e ter relações sexuais. 

Felizmente, hoje em dia existem alternativas que podem auxiliar a controlar  a fimose feminina como as pomadas e até mesmo a cirurgia que pode chegar a custar na faixa de R$ 5 mil – neste caso, a operação pode ser feita enquanto a menina ainda é criança. 

Conclusão

Neste artigo, abordamos um pouco mais sobre o que é fimose feminina: se trata de um problema ocasionado tanto na formação feminina quanto durante a sua infância que está relacionado à falta de hormônios de higiene. Em suma, faz com que a região dos lábios se mantenha fixada sobre a pele. 

Um dos impactos diretos da fimose feminina se trata do fato  de que a mulher pode ter dificuldades em limpar a região ao mesmo tempo em que sente dores sempre que for ter relações sexuais, ainda mais quando forem intensas. 

Felizmente, existem cirurgias que podem ser feitas desde a infância que garantem que a mulher não terá problemas futuros com o assunto. O valor pode variar de acordo com a cidade, região e até mesmo a reputação do médico que está fazendo todo o procedimento, chegando a uma escala de até R$ 5 mil. 

E então, tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Comente aqui com a gente para que possamos te ajudar e, claro, não esqueça de comentar suas dicas para as mulheres que estão sofrendo com a fimose feminina. O que pode ser feito? Existe algum tipo de pomada que pode ajudar?

Leia também: Fimose em Adulto: Sintomas, tratamento e cirurgia em adulto

Deixe seu Comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Talvez Você se Interesse

- Publicidade -